Segundo está a ser noticiado, a Comissão Atlética de Oklahoma deu um aviso à AEW após um combate com uma atleta trans, a Nyla Rose.

Em Janeiro, a Comissão Atlética de Oklahoma reuniu-se após Nyla Rose ter enfrentado Alejandra Lion nas gravações do Honor Club da ROH.

Segundo as regras desta comissão, é proibido uma lutadora de Wrestling trans competir contra outras mulheres.

Desta forma, o Dr. Larry Lovelace deixou o “aviso para a AEW não o voltar a fazer”, pelo que poderia ocorrer punições futuras caso volte a acontecer.

Nyla Rose já reagiu à notícia nas redes sociais, sendo que acabou por brincar com a situação:

QUEM RAIO FOI?!!! Não se preocupem Oklahoma, eu vou encontrar o Transgénero que *verifica as notas* entreteve os fãs!!! COMO SE ATREVEM A FAZER AS PESSOAS FELIZES?!!!!

PORRA OKLAHOMA!!! Tornaram-me babyface agora!!!! Eu quero fazer coisas más com os meus amigos maus mas agora não posso.

Tony Khan, o CEO da AEW e da ROH também já reagiu à notícia no “media call” do Dynasty, pelo que este fez grandes elogios a Nyla Rose e demonstrou o seu apoio total à lutadora.


Qual a tua opinião sobre este aviso dado pela Comissão Atlética de Oklahoma?

10 Comentários

  1. Anonimo _BR1 mês

    Q coisa estupida! Como já dissemos, é um entretenimento. Se quiserem homem vs mulher, trans vs homem, anao vs mulher, qual o problema????
    Nao é questao de corpo biológico, que um trans teria supostamente vantagem em relação a outro para competições, como alegam nos casos de wrestling esportivo (olimpico) ou natacao por exemplo

  2. Thanatos1 mês

    Se fosse uma luta tipo UFC mas é pro Wrestling mano kkkk sem nexo

  3. Deixou um “aviso” 😭
    Corta pra AEW colocando ELA nos próximos shows só pra afrontar o aviso hahahaha

  4. Zezinho1 mês

    Se tivesse lutas mistas entre homens vs mulheres tudo bem, mas se a empresa proibi isso porque o trans pode, ele pode se identificar como mulher mas isso não o torna mulher, respeito é uma coisa igualdade é outra

  5. Bankonthat1 mês

    Acho que quando se trata de competições olimpicas de facto pessoas trans nao deviam competir contra pessoas do genero que adotaram porque geneticamente continuam a ser “vistos” de acordo com o sexo com que nasceram e logo aí ha diferenças. Agora num desporto combinado, onde ha combates intergender que sentido é que isto faz? Na impact tivemos uma lutadora campea mundial que venceu um homem e está tudo bem (so para dar um exemplo), mas no caso da nyla já nao é permitido? Ridiculo

  6. A1 mês

    Mulher vs mulher
    Homem vs homem
    Trans vs trans

    Coisa mais patética uma trans lutar contra mulher, ainda mais tira o espaco delas..

  7. Amy1 mês

    É cada uma…

  8. SCRPTZ1 mês

    Eu acho bem que seja proibido um homem trans lutar contra mulheres, seja em lutas fictícias ou não.

    Há casos de homens que não conseguiram ter sucesso a competir contra outros homens que depois mudaram de sexo e passaram a competir com mulheres porque era mais fácil para o raparigo ganhar, há um caso desses na natação… É em muitos desportos distintos!

    Biologicamente o homem é mais forte que a mulher e isso não é mentira, a própria biologia é ciência diz isso.

    Por isso é que em toda a história da civilização moderna(homo sapiens), apenas os homens iam para os campos de batalha combater e defender os seus territórios.

    Que abram uma categoria para trans nas modelidades desportivas e assim acabava-se com tudo mas tem de ser homem trans contra homem trans e mulher trans contra mulher trans.