O Cantinho do Ferreira #10 – Yowie Wowie!

Foto de perfil do Facebook 2 meses 14

Saudações a todos os membros do site Wrestling PT! Em primeiro lugar gostaria de pedir desculpas pela ausência de artigo na semana passada, mas o trabalho em época de verão tem apertado e o tempo tem sido escasso. Há que aproveitar as férias dos outros para fazer uns trocos, não é? Em segundo lugar, já viram o SummerSlam? Eu ainda não, mas já pude ver que existe um misto de sentimentos para com o PPV.

Bem, o meu tema de hoje não tem nada a ver com o PPV de ontem, mas sim com um ser que sempre me despertou bastante curiosidade. E não é de agora. Foi desde o seu surgimento. Pelo título acho que dá para ter uma noção de quem é que estou a falar.

O meu caro Bray Wyatt! Como este rapaz me cativou! Quem diria que poderia surgir alguém que me impactasse tanto como o Undertaker? Há quem diga que eu estou a exagerar, mas é o que eu sinto.

Claro que se nós formos a comparar entre eles, a diferença é abismal. Isto é, no que toca a reportório de combates. Mas será que eles são assim tão diferentes? Eu acho que não.

Ambos tocam num ponto que todos, sem excepção, têm alguma curiosidade. É um mundo onde o normal deixa de existir, onde tudo é fora do comum e onde o estranho faz a diferença. Eu refiro-me ao tema do paranormal.

Undertaker é a persona do que não pode ser morto, pois já se encontra nesse estado. Bray Wyatt, é apelidado como “The Fiend”, um demónio incontrolável que destrói tudo o que se encontra no seu caminho. Como podem ver, eles os dois tocam nesse ponto do misterioso.

Agora, aqui entra uma opinião pessoal, que muitos discordam de mim.

Eu acho, na minha honesta opinião, que a WWE deveria aproveitar Bray Wyatt e torná-lo como o substituto do Undertaker. Agora, quando me refiro a substituto, não quer dizer para se sobrepor sobre o Undertaker, mas sim tomar o seu lugar na empresa para que uma das lendas mais amadas possa descansar em paz. Temos de ser sinceros, ele já precisa.

No tempo da Wyatt Family eu já tinha uma noção de que Bray poderia ser um bom candidato para ficar com o lugar do Undertaker. No entanto, há medida que o tempo foi passando, fui notando que não era esse o caso. Um pouco mal aproveitado, derrotas atrás de derrotas, enfim. Um misto de tomadas de decisão que não o ajudaram nada.

Quando ele voltou e apresentou os segmentos do “Firefly Fun House”, fiquei logo com a pulga atrás da orelha. A maneira como ele apresentava o conteúdo, a sua postura quase esquizofrénica, desequilibrado… fez com que as minhas esperanças renascessem. Tanto é que, quando vi que eles colocaram o boneco do Vince… esse foi um sinal de mudança.

Acredito que a companhia esteja a dar uma nova oportunidade ao Bray Wyatt. E não uma pequena oportunidade. Uma grande oportunidade para que ele tenha uma presença muito mais forte na companhia. Isso é um excelente sinal.

Depois de ver os segmentos do seu show, eis que começa o tease para o seu novo debut. Quando comecei a ver aquela máscara macabra, as lentes de contacto, toda a sua vestimenta tresloucada, fiquei extremamente feliz. Aliás, cheguei a bater palmas. Não é todos os dias que vemos um programa PG a apostar numa imagem tão violenta psicologicamente. Espero bem que o PG desapareça. Não faz falta nenhuma. Só prejudica o produto da empresa.

O melhor foi quando o “The Fiend” começou a surgir no ringue e a distribuir porrada a algumas superstars. Isso sim foi algo que me soube mesmo bem de ver. A sua maneira misteriosa, mas perturbadora de aparecer no ringue tem um pouco de mística de Undertaker. Contudo, é a tal coisa. É preciso ter algo novo e não reutilizar o que já foi fantástico. Acho que estão a conseguir fazer isso com o Bray Wyatt. Criar algo de novo e mais estranho.

Infelizmente, ainda não tive muito tempo para ver a SummerSlam, mas já li alguns comentários. Muitos dizem que o Bray Wyatt foi um dos que salvou o PPV. Aliás, dizem mesmo que ele é que carregou o PPV às costas. Se é verdade ou não, eu não sei. Tenho de ver para ter a noção.

O novo Bray Wyatt tem tudo para ter sucesso na empresa. Agora, para que isso seja possível, a companhia também tem de lhe dar as oportunidades para que possa crescer mais e mais. Eles precisam e os fãs agradecem bastante. Nada que uma boa aposta para satisfazer a todos.

Este passo pode ser algo de muito positivo, não só para a companhia, como para o mundo do Pro Wrestling. Nunca se esqueçam que as empresas aprendem umas com as outras. Mesmo que não pareça é o que acontece. Nunca se esqueçam disso. Acredito que a AEW fará algo parecido, mas que marque também pela diferença. Se for para fazer um “copy paste”, não obrigado.

Eu sei que não posso exagerar muito. O “The Fiend” ainda é uma gimmick nova, precisa de ser limada, aprimorada. Precisa de passar por outros estágios de evolução. Só o tempo dirá o que o espera no futuro, mas espero boas perspectivas. Quem sabe, um combate entre o “The Fiend” e o Undertaker na WrestleMania, para que o Taker passe a torça ao Wyatt. Quem sabe.


E vocês? Acham que o Bray Wyatt seria um bom sucessor? Ou é impossível suceder o Undertaker? Gostaria de saber as vossas opiniões sobre este tema.

14 Comentários

  1. Jonas2 meses

    O único atualmente que pode fazer o papel que o Undertaker sempre fez na WWE. Talvez, se trabalhassem melhor o Demon King do Finn Ballor também funcionaria, mas aí já exigir demais dos Bookers

    • Foto de perfil do Facebook

      Sim, o Demon King também seria uma boa aposta. Não acho que iria exigir demais dos Bookers. Eles são muito bem pagos para a criação de conteúdo. Acho que seria um excelente exercício criativo.

  2. Showstealer2 meses

    Acredito piamente que Bray Wyatt será um futuro Undertaker em termos de gimmick, pois é efetivamente aquele que mais se assemelha nos maneirismos e persona ao Deadman.
    Agora, naturalmente que Taker só há um e por isso mesmo nunca o Bray conseguirá subtituí-lo por completo (e ainda bem). Pode acontecer, sim, que a figura do Wyatt, com uma boa construção, evolua ao ponto de cumprir um papel idêntico ao do Undertaker.
    Interessante artigo de opinião, continuação do bom trabalho!

    • Foto de perfil do Facebook

      É verdade. Undertaker só há um e mais nenhum. É o que se costuma dizer.

      Eu acredito que, com o tempo, o Bray Wyatt irá percorrer o mesmo corredor que o Taker. Mas, para isso, é necessário que a companhia apoie o projecto. Eu gostaria que eles apoiassem. Acho que precisamos de alguém para preencher aquele vazio que já se vem a sentir há algum tempo.

      Muito obrigado e um grande abraço!

  3. Eu acho que o Bray seria um bom sucessor do Taker. Tal como aconteceu ao John Cena que passou a torcha ao Roman, o Taker podia passa-la ao Bray.E como escreveste, nada melhor que um combate na WrestleMania ou noutro PPV em que o Taker seja uma referência. Tipo ( Hell in a Cell).

    • Foto de perfil do Facebook

      Seria um bom sucessor, sem dúvida.

      Um Hell in a Cell seria um bocado exagerado. Isto na minha opinião. Não sei se o Taker aguentaria. Mas é possível que fosse capaz. Eu já ficaria satisfeito com um combate normal na WM. Acho que seria o momento exato para lhe passar a torcha.

    • MarcosHHH2 meses

      Esse combate já aconteceu na Wrestlemania 31 💪

    • Foto de perfil do Facebook

      Acontecer aconteceu, mas não causou muito impacto. Tenho a certeza que se houvesse outro combate, mas com o “The Fiend” seria bem diferente.

  4. Taker2 meses

    Taker é insubstituível e não há problema nisso. Tive o privilégio de assistir à sua arte desde o primeiro combate na wwe. Taker logo no começo já tinha carisma para andar na dança com Holgan e Warrior, para apenas falar dos melhores de sempre. Para alem do carisma o tamanho e a agilidade completavam o total package.
    Bray tem uma segunda hipótese de causar uma segunda boa impressão e eu acredito nele.

    • Foto de perfil do Facebook

      Concordo. Ele sempre foi considerado um Total Package. E com razão. Poucos faziam o que ele era capaz de fazer. É caso para dizer que ele era a representação de “Walk the walk and talk the talk”. Muito respeitado e amado por todos.

      Nem acredito que a WCW não viu nada nele. Tanto é que acabaram o contrato com ele se não me engano. Depois saltou para a WWF e aconteceu o que todos sabemos.

      Eu acho que esta versão do Bray Wyatt tem muito para oferecer e explorar. Acho que ele merece.

  5. o novo este , o novo aquele.. querem sempre algum novo qualquer coisa .. este é Bray Wyatt

    • Foto de perfil do Facebook

      Bem verdade. Há uns anos atrás, num Indie ele entrou com uma máscara ao estilo Slipknot. E o seu maneirismo era, mais ou menos, como o “The Fiend”, mas algo embrionário. O que nos faz pensar que ele sempre teve esta personagem pensada.

  6. Anónimo2 meses

    Eu acho que Bray Wyatt vai chegar longe mas não é um substituidor de undertaker

    • Foto de perfil do Facebook

      Que o Vince te ouça! Eu acho que ele merece ir longe. Espero que a companhia continue assim. E cada vez melhor com o melhor.

Comentar