Frank casino

A semana passada fiz um artigo listando aqueles que, para mim, foram os piores momentos de 2019 na WWE. E tal como vos prometi nesse artigo, hoje vou fazer uma lista com aqueles que para mim foram os melhores momentos deste ano na companhia de Vince McMahon

2019 foi, no geral, um ano francamente bom para a WWE, melhor em todos os aspetos que o ano passado, como, aliás, já o referi no artigo anterior. A Road To WrestleMania foi das melhores de que me lembro em anos recentes e foram talvez os melhores meses de wrestling que a companhia nos proporcionou este ano. Tivemos muitas surpresas, não só em regressos, como em heel turns, tivemos vários momentos que arrepiaram até os mais insensíveis e tivemos também alguns grandes combates.

Em suma foi um ano algo bizarro, mas que permitiu à WWE terminar a década de forma bastante positiva.

Sem mais demoras, apresento-vos os 10 melhores momentos da WWE este ano, na minha opinião.

18 Comentários

  1. Jaumzinho9 meses

    Ótimo artigo, até pro ano

  2. Rooben9 meses

    Excelente artigo como sempre .
    Peço desculpa mas vou ter de te corrigir , a Becky nao fez a Ronda desistir no meio do ringue . Ganhou por pinfall.
    Tirando isso adoro os teus artigos

  3. Eu desgostei mais da luta do Cole vs Gargano do que desgostei da luta do Seth vs Wyatt no HIAC.
    Achei Cole vs Gargano uma desgraça ao pro wrestling, exageraram demais nos kick out de finishs e non-selling, que até seria compreensível se tivesse um personagem sobrenatural ou um power house nessa luta, mas foram dois lutadores “normais”, sem nenhum personagem especial.

    • Andrade999 meses

      Eu discordo,quando voce luta por algo,voce tira forças ate do além para atingir esse objetivo,esses kick out excessivos que você falou nao passaria por exemplo de um jogador de futebol está no limite e dá uma arrancada para tentar fazer o gol.

    • Eu percebo o teu ponto de vista, de facto cada vez mais há um uso exagerado de kickouts e finishers, no entanto acho que neste caso até fez sentido. Como o Andrade99 disse no comentário em baixo, quando aquilo pelo que estás a lutar importa realmente, o ser humano arranja força que achava que não tinha e acho que foi muito isso que se passou neste combate, mas percebo o teu ponto de vista e que combates destes não agradem a todos.

  4. PedrKo9 meses

    “É que se um adulto é apanhado a usar uma máscara destas ou uma t-shirt a dizer Let Me In, é automaticamente preso.”

    Hilariante e verdadeiro ao mesmo tempo

    • É que é mesmo preocupante, uma t-shirt ou uma sweat a dizer Burn It Down ainda passa, desde que não andes com um isqueiro não há problema. Agora uma a dizer Let Me In… espero que sejam as crianças a comprar.

  5. Showstealer9 meses

    Mais um ótimo artigo, Vasco! Concordo com todos esses momentos, sendo que também curti bastante de ver Seth Rollins a derrotar Brock Lesnar na WrestleMania e no SummerSlam. Um próspero 2020!

    • Muito obrigado Showstealer! Eu pensei em pôr a vitória do Rollins na lista, mas como já tinha posto a vitória do Kofi e o main event feminino, achei que já eram demasiados acontecimentos do mesmo evento, mas foi sem dúvida um grande momento. Um próspero 2020 para ti também!

  6. _no_body_9 meses

    “Este é o sonho de José Castelo Branco, ser um travesti relevante, com muito dinheiro e com piada.” Deixa estes comentários em 2019, por favor.

  7. Sk9 meses

    Faltou o retorno do cachorao

  8. Max Araújo9 meses

    Tomara que na luta do The fiend não lute com aquela luz vermelha chata que não dar para ver nada,se for o bray que for lutar melhor ainda,aquela luz vermelha no SmackDown não combina muito,the fiend se não me engano lutou sem aquela luz na estreia contra o Finn valor,só acabem com essa luz vermelha nas lutas, atrapalha muito a visão.

  9. vitor9 meses

    gostei da lista! a becky vencendo a royal rumble foi o melhor momento do ano pra mim, eu lembro que fiquei tão feliz que quase chorei hauhaush. nunca tinha sentido tanta emoção assistindo wwe.

  10. DAniel9 meses

    O royal rumble masculino foi melhor do que o feminino