Randy Orton é uma das maiores estrelas da história da WWE, e aos 41 anos sempre que está em ringue parece estar a divertir-se mais que nunca.

Em entrevista ao podcast Ringer Wrestling, Randy Orton revelou que pretende retirar-se aos 50 anos.

Tenho 41 anos. Quando tiver 50 anos, vou deixar de lutar. Eu de vez em quando faço audições para uns filmes, mas só as faço porque a minha mulher diz para eu as fazer, porque na verdade, vou a essas audições à espera de não receber uma chamada de volta, porque adoro o que faço. Não quero parar. Não quero ter de parar, por causa do meu corpo.

Eu certifico-me de que estou a fazer tudo o que posso, para fisicamente ser capaz de continuar a lutar. Mas se dependesse de mim, e eu soubesse fisicamente que não seria um problema, diria que vou lutar até aos 50 anos de idade. Teria o meu último combate quando tivesse 50 anos e poderia dizer que o fiz nos meus próprios termos. Isso é daqui a 9 anos. Não vejo a minha carreira terminar tão cedo.

Há uns anos, Shawn Michaels e Undertaker lutavam na WrestleMania e depois desapareciam por uns tempos e voltavam para o SummerSlam ou para o Survivor Series. Eu não quero fazer isso. Acho que ter um calendário assim faz-te mal. Para mim, lutar uma vez por semana é o ideal, e é o que faço neste momento. Acho que ninguém sabe disto e não me interessa se sabem ou não, mas acho que sou talvez um dos únicos lutadores que tem uma quantidade de datas que sou contratualmente obrigado a fazer.

Tenho de fazer 80 datas por ano. Parece muito, mas depois de se fazer um programa de televisão por semana, um PPV por mês, fica-se com uns 15, 20 eventos ao vivo. Portanto, são os eventos na Arábia Saudita, as tours europeias e o evento no Madison Square Garden. Penso que, a lutar uma vez por semana, sou capaz de manter as articulações soltas e sentir-me em forma o suficiente para continuar a fazê-lo.

Se eu der uma má queda e magoar o pescoço, vou tirar uma semana de folga, e acho que é isso que me vai fazer lutar até aos 50 anos. É que eu vou mesmo tirar a semana de folga. Há muitos lutadores que vão lutar apesar de estarem lesionados e era assim que tinha de ser antes. Não eras pago se não lutasses. Se não aparecesses naquele evento no Madison Square Garden, não eras pago. A estrutura salarial mudou e agora és pago mesmo que não lutes. É fantástico.

Por isso, vou fazer o que eles quiserem que eu faça, e vou fazer o melhor que puder. Mas tenho de fazer 80 datas, e se eu mantiver esse número 80 ou mesmo que esse número desça um pouco com o passar dos anos, não há problema. Eu não quero é ser um daqueles lutadores que só faz dois combates por ano, porque penso que é aí que um lutador acaba por fazer um moonsault da terceira corda para o chão e acaba por quase partir o pescoço.


Acreditas que Randy Orton vai conseguir lutar até aos 50 anos?

9 Comentários

  1. Randy está totalmente correto. Lembro do documentário do Undertaker quando ele, Triple H e o Stone Cold comentavam o quão difícil era fazer um ou dois combates por ano, já que seus corpos não estavam mais acostumados a fazer e receber golpes… Orton tem tudo para está entre os maiores de todos os tempos.

  2. MC5 meses

    A ética de trabalho do Randy Orton é impressionante. O gajo tem um recorde que dificilmente será quebrado, do campeão mundial mais jovem da história da WWE (hoje em dia um lutador de 25 28 29 anos é considerado jovem promessa, o Orton foi WHC com 24), tem mais de uma dezena de títulos mundiais e um legado intocável já de várias gerações mas… continua ali, a bulir semana sim, semana sim senhor, e é porque ele mesmo quer. Outro qualquer no lugar dele já só aparecia 2 ou 3 vezes por ano há uns 4 para 5 anos e ficava em casa a receber aquele cheque gordo. E mais, o gajo anda a trabalhar com jovens e em storylines diferentes, não pode sequer ser acusado de andar a roubar tempo de antena no main-event nem nada do que costuma ser dito. É um dos GOATs sem qualquer dúvida, não só na WWE, e quando se reformar será justo olhar para trás e vê-lo incluído nesse tipo de listas.

    • EO Caso5 meses

      seria interessante se ele fosse campeão mundial por 16 vezes pelo menos também, ele merece.

  3. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO5 meses

    É um dos melhores de sempre. Muitos parabéns, Mr. Orton!

  4. El Cuebro5 meses

    O Randy ainda tem muito para fazer no pro-wrestling, ele claramente está mostrando dedicação e quer continuar, o que ajuda muito é que ele começou bem novo numa era diferente do mundo onde é possível se preparar melhor mesmo sendo mais velho, ainda quero vê-lo igualar e quem sabe quebrar o recorde de Flair e Cena, espero que possa acontecer, Hall of Famer ele já é!

  5. Anónimo5 meses

    Acho que sim.

  6. 50 anos é uma idade perfeita, até lá ainda ganha mais uns títulos!

  7. Pedro5 meses

    Até aos 50 depos dissso filmes