Faz login e navega sem pop-ups

Reality Check #21 – A Solução Perfeita?

Boas pessoal, o meu nome é Luís Correia e sejam bem-vindos a mais uma edição do Reality Check aqui no Wrestling.PT.

Depois de várias semanas de ausência devido a problemas pessoais estou de volta para vos falar da divisão de Tag Team do Raw que na passada Segunda-Feira viu Braun Strowman a conquistar uma oportunidade pelos Raw Tag Team Titles.

Há quase um ano precisamente no maior evento do ano, a Wrestlemania 33, tivemos a oportunidade de presenciar o regresso dos Hardy Boyz à WWE e respectivamente à sua conquista do Raw Tag Team Championship, num Fatal Four Way Ladder Match que também envolveu Luke Gallows & Karl Anderson, Enzo Amore & Big Cass e Sheamus & Cesaro. Qualquer fã da WWE não ficou indiferente a este acontecimento e não poderia parar de pensar qual seria o futuro da divisão de equipas do Raw agora que uma das melhores Tag Teams de sempre estava de regresso.

Acredito plenamente que a maior parte do WWE Universe ficou extremamente satisfeito com o que se sucedeu nos meses seguintes que foi uma rivalidade entre os Hardy Boyz e Sheamus & Cesaro pelo Raw Tag Team Championship, estes dois que desde que começaram a trabalhar como equipa em finais de 2016 apresentaram uma evolução tremenda e só se poderia perspectivar coisas boas quando medissem forças com Jeff e Matt que demonstraram na Wrestlemania ainda terem muitas das qualidades que nos habituaram no passado.

E foi precisamente o que se sucedeu: uma feud de grande intensidade entre estas duas equipas que proporcionaram excelentes combates, tanto no Payback em que os Hardy Boyz conseguiram manter os títulos tanto no Extreme Rules e no Great Balls of Fire em que ambas as Tag Teams mediram forças num Steel Cage e num Iron Man Match respectivamente. Quem acabou por sair por cima desta rivalidade foram Sheamus & Cesaro que se afirmavam cada vez mais como equipa e pareciam estar a ser construídos para ser uma das duplas mais dominantes do Raw e até mesmo de todo o plantel da WWE.

E agora que Sheamus & Cesaro se tinham afirmado como Raw Tag Team Champions e os Hardy Boyz não tinham direito a mais qualquer desforra depois das duas que tiveram chegava a hora de encontrar uma nova Tag Team para rivalizar com os The Bar numa altura em que poucas eram as duplas que tinham qualquer credibilidade para conquistar a oportunidade de lutar pelos títulos. Posto isto a WWE arranjou uma solução fantástica por este problema e fez algo que o WWE Universe já esperava há muito tempo e isso foi juntar Seth Rollins e Dean Ambrose, ex-membros dos The Shield e fazê-los entrar na rota do título.

Como sabem demoraram semanas até ambos conseguirem recuperar a confiança um do outro mas tal lá acabou por acontecer e teríamos então a oportunidade de ver Ambrose e Rollins de regresso à ação como equipa no Summerslam onde iriam defrontar os The Bar com os Raw Tag Team Titles em jogo. E como esperado tivemos um dos melhores combates de todo o PPV em que vimos novos campeões de Tag Team a serem coroados e ficámos também com cada vez mais a certeza que Seth e Dean são sem dúvida alguma dois dos atletas mais talentosos que a WWE tem atualmente ao seu dispor e que a brand vermelha perde um pouco do seu brilho aquando a ausência de um deles.

A rivalidade entre ambas as equipas viria a durar por um período de cerca de 6 meses devido ao problema que referi anteriormente: a falta de Tag Teams credíveis no plantel do Raw. Duplas como Luke Gallows e Karl Anderson e Heath Slater e Rhyno foram colocadas em segundo plano durante a maior parte do ano de 2017 e o seu estatuto era uma completamente anedota quando, pelo menos, os The Club são uma das equipas mais talentosas que alguma vez o Pro Wrestling já conheceu, basta ver o seu enorme sucesso aquando da sua passagem pelo Japão.

Mas com o fim da rivalidade entre os The Bar e Seth Rollins & Dean Ambrose (que iria ser substituído por Jason Jordan) a chegar ao fim iria voltar a surgir o problema que já referi anteriormente: a falta de uma Tag Team credível para poder agora desafiar Sheamus e Cesaro pelos títulos. Seguiu-se então a ideia de juntar Apollo Crews e Titus O’Neil da Titus Worldwide e fazer deles os próximos candidatos ao Raw Tag Team Championship, Apollo e Titus que não têm sido muito sucesso desde que se começaram a associar um com o outro e que o ponto alto desta Stable foi quando o seu ex-membro Akira Tozawa se tornou Cruiserweight Champion, reinado que durou uns incríveis 6 dias, hilariante.

E que ideia foi ainda mais “brilhante”? Colocar Apollo Crews e Titus O’Neil a derrotar os The Bar por duas semanas seguidas de forma a se tornarem candidatos ao título no Elimination Chamber, combate em que era mais que evidente que Sheamus & Cesaro iriam manter os Raw Tag Team Titles. Ainda hoje me faz confusão como é que Luke Gallows e Karl Anderson não são atualmente um das duplas com mais credibilidade no Main Roster e porquê que ainda não tiveram um reinado de jeito como campeões, pois o que tiveram foi absolutamente ridículo.

Chegamos então à última edição do Raw em que tivemos uma Battle Royal de Tag Teams de modo a encontrar os novos candidatos ao Raw Tag Team Championship na Wrestlemania e em que acabámos por ter o surgimento de Braun Strowman para espanto de todos. O ‘Monster Among Men’ acabou por ser o vencedor do combate enterrando por completo toda a Tag Team Division do Raw, divisão esta que tinha pouca credibilidade e que depois disto acabou por perder toda a pouca a credibilidade que tinha e levou-nos a pensar o que se seguirá então para a divisão de duplas no futuro.

Mas será Braun Strowman a solução para os problemas da Tag Team Division do Raw? Eu digo que sim. Porque não? Braun Strowman é atualmente um dos atletas que está mais over e que já provou por diversas vezes a sua qualidade e a necessidade imediata que tem de conquistar um título para se afirmar cada vez mais como uma das peças mais fundamentais da empresa e porque não este fazer história e ser o primeiro lutador a possuir os títulos de equipas lutando de forma singular, se bem que um parceiro para Braun não seria uma má ideia para acabar de vez com estas dúvidas sobre qual vai ser o combate pelo Raw Tag Team Championship na Wrestlemania.

Muito se tem falado em Elias como o parceiro de Strowman e a meu ver este é um dos nomes com mais hipóteses para se juntar ao “Monster Among Man” dada a história entre ambos e o facto de Elias ainda não ter qualquer combate para o maior evento do ano, evento este que não se pode realizar sem a presença de outro personagem que mais tem captado o público nos últimos meses e que já foi inclusive elogiado por John Cena recentemente, algo que a meu ver se tem de ter em consideração quando falamos sobre Elias e as suas capacidades.

Acredito plenamente que a WWE tome então a decisão de anunciar Elias como parceiro de Braun Strowman e estes terem uma espécie de storyline semelhante à de Sheamus e Cesaro quando começaram a atuar como Tag Team. Mas será que Elias e Strowman iriam funcionar como equipa? Claro que sim, os dois são bastante bons no ringue e têm personagens com as quais o WWE Universe já se encontra perfeitamente enquadrado e acredito que esta dupla tem potencial para ser uma das melhores dos últimos anos dado o crescimento brutal de popularidade que tiveram durante 2017 e principalmente nos últimos 3 meses.

E tu,

  • Haverá alguma equipa com capacidade de competir com os The Bar atualmente?
  • Acreditas que Braun Strowman irá conquistar os títulos na Wrestlemania 34?
  • Existe alguma equipa do NXT que gostarias de ver subir ao Main Roster?
  • Qual será o futuro do Raw Tag Team Championship neste ano de 2018?

Até para a semana. Fiquem bem!

5 Comentários

  1. Júnior 007 há 1 mês

    Ótimo artigo acho que Elias e Braun strowman darão uma ótima equipe , eles são completamente over , já imagino o pop que devem receber na WrestleMania 34

    Sobre o nxt acho que a dupla dos authors of pain devem subir ir rivalizar com o strowman e o Elias no RAW

    Acho que algumas duplas deveriam ir pro SmackDown pra dar uma ajuda lá team do Titus provou que pode dar certo se forem dadas as oportunidades.

  2. Ruben Ribeiro há 1 mês

    Sinceramente pensei que os AOP iam aparecer como face na Wrestlemania e levar os títulos

  3. Anonimo há 1 mês

    Epá não me lixem.. Andaram a fabricar um monstro como há muito não se via na WWE, rebentar com diversos main eventers pay per view atrás de pay per view e agora vão juntá-lo para uma tag team? Por amor de deus, q sentido faz juntá-lo a alguém se ele destruiu a divisão toda sozinho?? WWE no seu melhor, se querem fazer algo diferente e engraçado e também com algum prestígio de acordo ao booking q tem sido feito ao strowman q ele enfrente os campeões sozinho.

  4. Anónimo há 1 mês

    1 – Woken Hardys
    2 – Talvez
    3 – Street Profits/Authors Of Pain/Sanity/TM 61
    4 – Gostava que uma das equipas que mencionei do NXT, fosse para a Raw e captura-se os titulos, num “evento grande” tipo Summerslam ou Survivor Series.

Comentar