Frank casino

Apesar de ser o país que mais está a sofrer com a pandemia do coronavírus, vários estados dos Estados Unidos da América querem começar a retomar a normalidade das suas vidas.

Um dos estados que vai recomeçar a abrir é o da Flórida, onde se encontra o WWE Performance Center e também a cidade sede da AEW, em Jacksonville. Segundo o plano apresentado pelo governador da Flórida, Ron DeSantis, os eventos desportivos poderão retomar a sua atividade a partir da próxima semana.

O governador explicou que o estado da Flórida irá regressar à sua normalidade com um plano composto por três fases. Na primeira fase desse plano, que começará já no dia 4 de Maio, é dito que eventos desportivos poderão regressar à sua actividade, desde que sigam todas as normas de segurança e que tenham um limite de 25% do número de pessoas que normalmente pode estar na arena.

No entanto, ao contrário do que foi apresentado inicialmente no plano (ver plano), Ron DeSantis referiu mais tarde que, afinal, os eventos desportivos apenas terão autorização para retomar a sua atividade caso sejam realizados sem público. Isto deita assim por terra a possibilidade da WWE e AEW voltarem a ter público já na próxima semana, adiando esse regresso para daqui a mais algum tempo.

Ao que tudo indica, o governador Ron DeSantis espera que os eventos desportivos possam voltar a ter público nos meses de Junho ou Julho. Ainda assim, mesmo que o estado da Flórida autorize, o regresso do público aos eventos da WWE e AEW pode não ser imediato, pois dependerá destas a decisão de abrir as suas portas.


Pensas que a WWE e AEW irão aproveitar para já ter público assim que tiverem autorização para tal?

8 Comentários

  1. Estava a ver que era muito cedo para ter já público e mesmo assim Junho/lho, agora cabe às empresas decidir se vão ter logo o público ou não, é possível que aproveitem com restrições

    • Filipe5 meses

      primeiro deveriam experimentar num sitio familiar como o full sail onde fazem o nxt.. o publico tem que ficar mais longe do ringue e da volta dessa barricada.

  2. Ainda bem. Espero que demorem mesmo que ainda é demasiado cedo para ter público.

  3. Anónimo5 meses

    Ainda bem

  4. Anónimo5 meses

    Ainda bem que não vai ter já público é muito cedo para isso, era muito arriscado. Depois quando poderem meter público, isso vai depender de cada empresa, mas talvez aproveitem para começar a ter alguns fãs, mas claro com todo o cuidado.

  5. Caso haja as condições de segurança necessárias é algo que devera acontecer em breve…mesmo com limitação de pessoas

  6. Alexandre5 meses

    Já passou da hora de acabar essa quarentena, pois, isto sim é que está causando um grande prejuízo para todas as pessoas. Primeiro falam que vão liberar na próxima semana, aí de repente vem e falam “ah, não, só daqui dois meses” PALHAÇADA!!!