Renee Young diz que os seus comentários no Raw eram um “desastre”

5 dias 6

O papel de comentador de Wrestling não é fácil. Ao longo dos anos, a maioria dos fãs de Wrestling foi elegendo um pequeno grupo de excelentes comentadores, acabando por criticar todos os outros que não pertenciam a esse mesmo grupo. A inclusão de Renee Young na mesa de comentadores do Raw levou a várias críticas, inclusive dela própria, mas talvez esta esteja a ser demasiado dura consigo própria.

Em entrevista ao Sports Illustrated Media Podcast, apresentado por Jimmy Traina, Renee Young falou de uma audição que fez para a WWE antes de assumir uma posição de comentadora dentro da mesma, dizendo o seguinte:

Eu fiz comentários por algum tempo que foram ainda mais desastrosos do que os que fiz no Monday Night Raw, acreditem ou não. Depois eles quiseram que eu fizesse mais um programa de after show, e aí já me sentia mais em minha casa. Pediram-me para usar “vários chapéus” diferentes. Foi uma grande audição, para perceberem o que eu poderia acrescentar de valor.

Nunca me senti confortável nesse trabalho. Para ser honesta, foi um ano muito stressante. Neste momento estou na WWE, fui a primeira comentadora de um programa principal, e a posição das mulheres na empresa cresceu muito nos últimos tempos, com várias entrevistadoras, apresentadoras e comentadoras. Mas na altura, pensei para mim mesma: o que é que eu preciso fazer? Eu preciso de fazer outra coisa. Não posso ficar a fazer entrevistas de backstage para sempre. Preciso de algo novo.

Mais tarde, Renee Young também falou dos tempos em que fez comentários na mesa de comentadores do Monday Night Raw e da experiência que teve com os seus colegas. Lembrou o ano em que comentou o principal programa da WWE, falando dos desafios e dificuldades que encontrou nesse papel. A comentadora disse o seguinte:

Foi complicado acompanhar o ritmo do Michael Cole e do Corey Graves. Sempre que eu queria falar, o que eu ia dizer já tinha sido dito. Tentei transmitir mais o ponto de vista dos fãs, mas isso nem sempre funciona, porque nem sempre a WWE quer que transmitamos esse lado. Portanto, sentia-me perdida sobre qual era o meu propósito nos comentários. Como se isso não bastasse, ainda tive que comentar combates do meu marido quando este ainda lá estava, haviam muitos fatores estranhos. Não quero dar desculpas, mas não era o melhor lugar para mim. Não era para mim. É um trabalho complicado. Estar ali, dizer boas palavras, falar de diversos pontos ao longo do combate, falar do regresso de alguém, garantir que transmites informação correta, falar durante as entradas, que era normalmente o período em que mais falava, etc. Não era fácil.

Renee Young parece estar agora muito mais confortável no papel de comentadora do SmackDown e também como apresentadora do WWE Backstage, um papel similar ao que chegou a desempenhar no programa Talking Smack.


O que achas dos comentários de Renee Young no Raw e SmackDown?

6 Comentários

  1. DaPTSmark5 dias

    Quando tens um Kevin Dunn e um Vinnie Mac a berrarem-te aos ouvidos, torna-se difícil fazer o teu trabalho. O Michael Cole que o diga.

  2. Flávio Jr4 dias

    Coitada, não estava confortável e talvez por isso não foi bem, ainda bem que ela tem talento e tem consciência do trabalho que fez, tem muito a melhorar, mas tem futuro!

  3. Bruno904 dias

    Eu gostava dela como comentadora. Com o tempo e experiência, seria uma ótima comentadora. Mas já vazou um segmento do Michael Cole a levar bronca do Vince em pleno show, pelo microfone que eles usam. Logo, isso complica ainda mais o trabalho!

  4. Anónimo4 dias

    É complicado estar a fazer um trabalho onde não se sente confortável, e tendo o Vince no ouvido dela a dizer isto e aquilo, ainda mais nervosa a devia deixar. Ela ainda tinha falta de experiência mas como o tempo podia melhorar.

Comentar