A ROH realizou esta sexta-feira, dia 21 de Julho, o seu segundo pay-per-view do ano, o Death Before Dishonor, a partir da CURE Insurance Arena em Trenton, New Jersey.

No main event, Athena defendeu o ROH Women’s World Championship com sucesso contra Willow Nightingale, vingando assim a derrota na semi-final do Women’s Owen Hart Cup Tournament.

Já o ROH World Champion Claudio Castagnoli venceu PAC com uma distração de Wheeler Yuta, vingando o que aconteceu no Blood & Guts Match. Depois do combate, Rey Fenix & Penta El Zero Miedo ajudaram o “Bastard” contra os dois membros dos Blackpool Combat Club, até que Best Friends (Chuck Taylor & Trent Beretta) e o AEW International Champion Orange Cassidy apareceram.

O ROH World Television Champion Samoa Joe enfrentou e derrotou o vencedor do recente Eliminator Tournament que ocorreu na ROH, Dalton Castle.

Mais tarde, foi a vez de Katsuyori Shibata defender o ROH Pure Championship com sucesso contra o ex-campeão Daniel Garcia.

Na divisão de equipas, os Aussie Open (Mark Davis & Kyle Fletcher) venceram um Fatal 4-Way Match contra os Lucha Bros (Penta El Zero Miedo & Rey Fenix), os Best Friends (Chuck Taylor & Trent Beretta) e os The Kingdom (Matt Taven & Mike Bennett), conquistando os ROH World Tag Team Championships.

A seguir, os Mogul Embassy (Bishop Kaun, Brian Cage & Toa Liona) retiveram os ROH World Six-Man Tag Team Championships contra o trio de Master Wato, Ryusuke Taguchi & Leon Ruffin.

Por fim, mencionar ainda: um confronto de Skye Blue a Leyla Hirsch no Zero Hour; e a vitória da Dark Order (Alex Reynolds, Evil Uno & John Silver) num Fight Without Honor Match contra os The Righteous (Stu Grayson, Dutch & Vincent).

Resultados

– Josh Woods venceu Tracy Williams (Pure Rules Match) (Zero Hour)
– Action Andretti & Darius Martin venceram The WorkHorsemen (Anthony Henry & JD Drake) (Zero Hour)
– Leyla Hirsch venceu Trish Adora (Zero Hour)
– AR Fox venceu Shane Taylor (Zero Hour)
– Gravity venceu Komander
– ROH World Television Champion Samoa Joe venceu Dalton Castle
– Aussie Open (Kyle Fletcher & Mark Davis) venceram ROH World Tag Team Champions Lucha Bros (Penta El Zero Miedo & Rey Fenix), Best Friends (Chuck Taylor & Trent Beretta) e The Kingdom (Matt Taven & Mike Bennett)
– ROH World Six-Man Tag Team Champions Mogul Embassy (Bishop Kaun, Brian Cage & Toa Liona) venceram Master Wato, Ryusuke Taguchi & Leon Ruffin
– ROH Pure Champion Katsuyori Shibata venceu Daniel Garcia
– Dark Order (Alex Reynolds, Evil Uno & John Silver) venceram The Righteous (Stu Grayson, Dutch & Vincent) (Fight Without Honor Match)
– ROH World Champion Claudio Castagnoli venceu PAC
– ROH Women’s World Champion Athena venceu Willow Nightingale

Vídeos

Watch Wrestling


O que achaste deste ROH Death Before Dishonor?

5 Comentários

  1. Shockmaster7 meses

    Acho que o título mundias feminino da ROH merecia melhor, de resto foi bom evento

    • The Name7 meses

      Como assim? A Athena está a ter a melhor run da sua carreira, mas gostava que a Willow tivesse ganho, mas a Athena têm estado num outro patamar 🔥

  2. El Cuebro7 meses

    Foi um bom show num todo, lembrou os grandes momentos do passado da ROH e espero que o futuro traga mais disso, gostei muito das lutas que encerraram o show, um grande main event pelo World Title feminino e uma grande confusão na luta pelo World Title masculino, gostei da conquista dos Aussie Open também, o que pode garantir mais deles nos USA e quem sabe trazer o Ospreay num futuro próximo, o kickoff trouxe bons momentos também, ainda mais na luta entre o Komander e o Gravity, aliás este último é parente do Bandido não?! No mais espero que a ROH possa ter um bom futuro, menos aleatório e com storylines mais consistentes!

  3. O melhor PPV de longe da era Tony Khan, isto foi bestial.
    Vou falar de cada combate, em primeiro Josh Woods que é um wrestler que eu admiro, tal como o Tony Nese em que acho que ambos merecem algo nesta ROH, talvez o ROH Pure Championship fosse um bom começo, bom combate.
    Action Andretti & Darius Martin vs The WorkHorsemen, Andretti e Darius têm trabalhado muito bem como tag team, acho que poderiam ter uma oportunidade no futuro como ROH tag team champions.
    Leyla Hirsch vs Trish Adora, não gostei, acho a divisão feminina da ROH ainda fraca mas é normal porque tem muitas jovens.
    AR Fox vs Shane Taylor, gostei e acho que o AR Fox também é daqueles que poderia ter um título na ROH porque bem merece.
    Gravity vs Komander, o combate não foi mau e até foi bom mas como têm estilos muito parecidos faz parecer um combate secante, para mim foi.
    Samoa Joe vs Dalton Castle, WOOOOW! O que foi isto, acho que pela primeira vez o Samoa Joe sentiu medo num combate por este título, então possa andar perto de o perder.
    Aussie Open novos ROH World Tag Team Champions, adorei e já precisavam de novos campeões a ROH, é muito merecido e tenho acompanhado muito o trabalho dos Aussie Open ultimamente.
    Mogul Embassy vs Master Wato, Ryusuke Taguchi & Leon Ruffin, combate aleatório que já se sabia quem iria vencer, e estou curioso para saber quem vai lhes tirar os títulos.
    Katsuyori Shibata vs Daniel Garcia, foi muito bom mas estou farto de ver os mesmos adversários nos PPV para este título, tentem arranjar novos adversários.
    Dark Order vs The Righteous, foi simplesmente fantástico e não estava à espera de ver um combate destes na era do Tony Khan, e coloco facilmente os Dark Order como os novos campeões de trios da ROH.
    Claudio Castagnoli vs PAC, istoi foi lindo e aquele fim foi um caos como eu gosto! Eu bem disse que os Death Triangle iriam voltar, já me estava a cheirar, e o Orange com os best friends ainda apareceram, foi bastante interessante este fim.
    Para o fim, um belo combate entre a Athena e a Willow Nightingale, foi simplesmente fantástico mas esperava a Willow vencer, não estava à espera da Athena vencer aqui, mas acho que isto ainda vai dar feud espero eu.

  4. Gostei:
    – Dalton Castle vs Samoa Joe (c). O Dalton Castle e os The Boys foram o meu destaque neste combate muito divertido de se assistir. O público também ajudou imenso aqui com o constante apoio a ambos os homens.
    – The Kingdom vs Best Friends vs Aussie Open vs The Lucha Brothers (c). Caraças, podia ter visto isto a noite inteira. Tantas sequências incríveis, tanta ação boa, as tensões entre as equipas a crescerem, e um final muito bom. Todas as 4 equipas estiveram muito bem, especialmente os Lucha Brothers e os Aussie Open que, a meu ver, estão 2 níveis acima das restantes. Um combate fantástico pelos Tag Titles!
    – The Mogul Embassy (c) vs Six Or Nine & Ruffin. Toda a gente teve direito a brilhar neste combate com um trio algo aleatório a desafiar pelo título. Os momentos finais foram muito bons e a forma como o Ruffin voou na finish dos Mogul Embassy foi brutal. Ótimo combate aqui!
    – Katsuyori Shibata (c) vs Daniel Garcia. Ai, Daniel Garcia, como eu te amo. A ti e à tua dancinha parva. O Daniel Garcia a dançar enquanto desmaiava no Sleeper Hold sacou a maior risada da minha parte durante este PPV. Um fantástico combate com uma excelente história do Garcia continuar a insistir que é um sports entertainer mas, de vez em quando, o pro-wrestler dentro dele sobe à superfície.
    – The Dark Order vs Stu Grayson & The Righteous. Ao fim de 5 minutos, já tinhamos mesas partidas, sangue, pioneses e arame farpado. Não é possível para mim descrever a loucura que foi este combate. Vejam-no! Vale a pena!
    – Claudio Castagnoli (c) vs PAC. Tivemos imensas ótimas sequências com imensos counters a grandes manobras de cada um. Adorei especialmente o counter à Ricola Bomb da top rope. Não fui grande fã do final com a interferência do Wheeler Yuta, mas ajuda a preparar uma futura rematch entre estes dois. Isto aqui é mais um combate que recomendo a verem!
    – Athena (c) vs Willow Nightingale. Não sei o que a pessoa um bocado acima de mim fumou para dizer que o título feminino merecia melhor que isto. Combate PERFEITO! As duas partiram a casa com um combate fenomenal, tendo uma ação 5 estrelas e nearfalls na parte final 5 estrelas. O kick-out da Willow ao 2.9999 ao O-Face da Athena foi lindo. Após este combate, certamente temos que começar a incluir a Athena nas discussões de melhor lutadora do mundo. Combate candidato a melhor do ano. Vejam isto!

    Não Gostei:
    – Komander vs Gravity. A química não esteve presente, o que é surpreendente dado que estes 2 eram parceiros de equipa. E dado também esse passado, seria de esperar que este combate tivesse alguma história em vez de ser algo feito à última da hora. Não é que tenha sido um mau combate mas esperava bem melhor. Numa nota mais engraçada, o Gravity vai enfrentar o PAC no Dynamite. Engraçado porque? Porque a alcunha do PAC na WWE era “The Man Gravity Forgot”. Hehehe!

    Overall: 8/10. Um PPV muito forte da ROH. Não consigo dar uma pontuação maior devido ao facto de uma boa parte destes combates não terem tido build ou pouco dele e alguns deles, apesar de muito bons, tiveram o sentimento que só estavam lá para ocupar tempo no PPV. Mesmo assim, consigo destacar todos os combates menos Komander vs Gravity. PAC/Castagnoli e o Fight Without Honor Match são combates que recomendo a ver, mas Athena vs Willow foi algo especial e se só tiverem tempo para ver 1 combate deste PPV, vejam este. Candidato a melhor do ano!