Rollins Report #9 – Road To WrestleMania 33: Raw

Depois de ter analisado os combates que vão acontecer na WrestleMania 33 por parte do SmackDown Live, hoje analiso os do Raw.

Vou começar pela divisão de equipas que terá o título disputado numa Triple Threat. Gallows & Anderson vão defender o ouro contra Cesaro & Sheamus e Enzo & Cass. Nos últimos meses, os atuais campeões estiveram em rivalidade com ambas as equipas, mas em separado. Derrotaram a equipa de Sheamus e Cesaro no Royal Rumble para se tornarem campeões, e no Fastlane ganharam de forma controversa a Enzo e Cass. Tivemos um combate para decidir quem lutaria na WrestleMania, mas o The Club interferiu com o pensamento que não teriam combate. Mais tarde, o (ainda) general manager disse que iam defender os títulos contra as duas.

A minha aposta para o combate será uma vitória de Enzo e Cass. Há vários meses que se fala que eles iriam ganhar os tag titles no maior evento do ano, e ter um momento de glória. Eles são o que se considera como favoritos do público. Enzo é talvez o melhor entertainer atualmente, apesar de realizar muitos botches nos combates. Cass é o músculo da equipa e acredito, que no futuro, irá conquistar títulos individuais. Também acredito que, talvez as suas mercadorias sejam bem vendidas, e que a WWE aproveitará a WrestleMania para lucrar ainda mais com eles.

Já na divisão feminina teremos um Fatal 4-Way. Charlotte perdeu o titulo para Bayley num episódio de Fevereiro devido à interferência de Sasha Banks. No Fastlane, a história repetiu-se e Bayley voltou a vencer com a ajuda da “Boss”. Além de perder o combate, Chalotte também perdeu a sua streak. Mick Foley disse que Sasha deveria lutar pelo título, mas Stephanie disse que teria de ganhar à campeã para se juntar a ela e a Charlotte. Ela venceu e tornou-se num Triple Threat. Ontem, Nia Jax veneu Bayley e foi adicionada ao combate.

Acho que será Bayley a sair como vencedora do combate. Foi a última das Four Horsewomen a subir ao plantel principal, e no NXT os lutadores ligam-se mais ao público. Por essa razão, ela é uma das lutadoras mais apoiadas no main roster. A WWE cometeu alguns erros com ela como ser ajudada por Sasha visto que, isso é um comportamento de heel. Mas acho que essa fase já passou, e que até ao SumerSlam será sempre a subir.

Na divisão Cruiserweight vamos ter o campeão Neville a defender o título contra o recém-retornado Austin Aries. Há duas semanas, tivemos Aries a entrevistar o campeão, com este último a mandar bocas. Como resposta, Aries atacou-o e expulsou-o do ringue. Na semana passada, Aries tornou-se o candidato principal ao vencer um 5-Way no 205 Live.

Eu gostava que Aries saísse como vencedor, pois é um grande performer como já mostrou nos seus tempos de TNA. Mas, Neville tem tido um reinado sólido, e parece que veio para dominar. É talvez o único combate em que não sei em quem apostar, porém acredito que terão um dos melhores combates do evento, isto, claro, se a WWE os deixar mostrar totalmente o seu potencial…

Owens Vs Jericho é o combate que mais quero ver nesta WrestleMania. Gosto bastante da forma como a WWE desenvolveu esta rivalidade nos últimos tempos. Ambos começaram uma grande amizade antes do SummerSlam do ano passado que foi tendo algumas discussões pelo caminho. No Roadblock, Jericho até aplicou um Codebreaker no KO, mas mais tarde viemos a saber que foi um plano para manter o título.

Dois meses depois, tivemos talvez o melhor segmento realizado em Raws do ano, o Festival of Friendship. Não me canso de o ver e rever! Tivemos vários momentos cómicos como a dança do Y2J, as prendas que ele ofereceu ao amigo e,até tivemos uma aparição surpresa do Gillberg! Owens não ficou feliz com a situação, o que levou Jericho a proferir palavras de amizade e a afirmar que talvez os presentes não fossem bons. Mas Kevin Owens também tinha um presente, a List of KO que tinha o nome de Jericho escrito. Depois seguiu-se um ataque brutal que levou ao fim da amizade. Só veríamos Jericho no Fastlane, onde apareceu para distrair Owens e levá-lo a perder em uns míseros 21 segundos. E, nas últimas semanas têm trocado palavras, golpes e participaram num combate de equipas que envolvia Sami Zayn e Samoa Joe.

Aposto que será o ex-Universal Champion a sair com o US Title até, porque Jericho vai sair por uns instantes para se dedicar à sua banda, os Fozzy. Provavelmente, terão ainda a desforra no Payback. As boas notícias são que essa saída será de curta duração, e ao que parece Jericho voltará aos ringues em junho ou julho.

Ainda não está marcado, mas de certeza que teremos Triple H a enfrentar Seth Rollins. O Hunter custou a Rollins o Universal Championship no fim de Agosto passado. Quando parecia que o ia ajudar, traiu-o e Kevin Owens aproveitou para se tornar o segundo detentor do título. No último NXT Takeover, o “Architect” foi até ao ringue para chamar HHH, mas foi retirado por seguranças. No Raw dessa semana, Hunter respondeu ao desafio, porém não passou de um plano para tramar Rollins. Samoa Joe apareceu do ano e atacou-o. Infelizmente, o “King Slayer” lesionou-se, e levou à possibilidade deste combate não ser realizado novamente.

Triple H tentou convencê-lo a não aparecer na WrestleMania, mas Rollins disse que vai aparecer nem que seja a última coisa que faça. Na última semana, Rollins tentou ajudar Mick Foley contra HHH, só que foi atacado brutalmente no joelho lesionado. Ontem, tivemos a “notícia” que Seth tinha poucas hipóteses de estar no evento,e mesmo assim, Triple H desafiou-o para um Non-Sanctioned Match. Na próxima semana, iremos ter a resposta.

Acho que o vencedor será o Seth Rollins. Triple H não é um lutador full-time e o principal objetivo da sua personagem, atualmente, é elevar jovens talentos. Há um ano, esse talento foi Roman Reigns, há três foi Daniel Bryan. Além disso, Rollins está a precisar de uma grande vitória para se reconstruir. Tenho a certeza que este será um grande combate, ou pelo menos assim o espero, afinal estou à sua espera há mais de um ano.

Por fim, teremos “o melhor combate”, o “main event”, o “único 7-star match da história”, Goldberg Vs Brock Lesnar! Não convenço ninguém, e esse mesmo ninguém está interessado neste combate. O pior de tudo é que deverá ser mesmo o combate principal da WrestleMania! Goldberg regressou antes do Survivor Series, onde recomeçou a sua rivalidade com Lesnar. No evento, a “Besta” foi totalmente humilhada e perdeu em 1 minuto e 26 segundos.  Se não viram o combate, deixo-vos um resumo: empurrão, Spear, Spear, Jackhammer.

No Royal Rumble, Lesnar saiu novamente ridicularizado, pois Goldberg apenas precisou de 20 segundos para o eliminar. Nessa mesma semana, Lesnar desafiou Goldberg para o capítulo final, e o palco seria a WrestleMania 33. Sete dias depois, Goldberg aceitou e desafiou Kevin Owens para o Fastlane. Foram apenas precisos um Spear, um Jackhammer e 21 segundos para Goldberg se tornar Universal Champion.

Acho que o resultado é óbvio, Lesnar vence de forma rápida. Goldberg vai abandonar a empresa e, irá participar em eventos fora da empresa depois deste combate. A forma de Goldberg também não ajuda o que deve fazer com que Lesnar vença em menos de 5 mnutos.

É tudo por esta semana. Como já devem ter reparado, falta falar sobre um combate, The Undertaker contra Roman Reigns. Visto que esse combate irá ser fulcral para a carreira de Reigns na WWE, decidi falar sobre ele em separado.

Deixem as vossas opiniões e apostas sobre estes combates nos comentários, e tenham um boa semana!

Sobre o Autor

- Autor do artigo "Rollins Report" e grande fã de Seth Rollins, Dean Ambrose,AJ Styles e The Miz.

Comentar

Editar avatar »