Faz login e navega sem pop-ups

Rusev quer acabar com o esteréotipo dos wrestlers estrangeiros na WWE

Numa entrevista à ESPN, o WWE Superstar Rusev falou sobre o sucesso do “Rusev Day” e sobre a sua carreira no geral.

O que ele disse foi:

“Está a ser de longe a fase mais divertida da minha carreira. Quer dizer, eu adorei a WrestleMania 31, a minha entrada com o tanque, isso foi espetacular claro. Mas agora estou a mostrar a toda a gente que não tens que estar agarrado ao estereótipo de Heel estrangeiro. Ser um Heel estrangeiro não tem de ser o meu destino e eu consigo ser muito mais que isso. Quando daqui a 20 anos olhares para os wrestlers estrangeiros de agora, vais te lembrar que eu não era como eles. Eu quero ser lembrado como o tipo que acabou com esse estereótipo, para os outros wrestlers estrangeiros.”

O que é que achas desta declaração de Rusev? Acreditas que ele vai conseguir pôr fim a este estereótipo em relação aos heels estrangeiros?

Enviar notícia

12 Comentários

  1. Anonimo há 3 meses

    só se o deixarem o que duvido

  2. Anónimo há 3 meses

    Ele pode dar um passo pra isso, mas acho que vai continuar acontecendo, não é ruim pois até da uma identidade pro personagem tipo o Nakamura e o Sheamus, o que é ruim são os heels anti-americanos

  3. Júnior 007 há 3 meses

    Os estrangeiros são heels ou anti – americanos e sempre assim é o público sempre pega no pé dos estrangeiros , Cezar Bonini tá ae como prova … Quando ele fez uma promoção recente no nxt que ainda vai passar na tv o público xingou ele de tudo quanto é nome , ainda devido ele ter ganho o prêmio do nxt.

  4. Fábio Peres há 3 meses

    Ele já conseguiu casar, arriscando (junto com a Lana) as carreiras de ambos ao “arrebentar” com a própria gimmick.
    Se Rusev foi capaz de brigar com o determinado por Vince – e ganhar dele – não me espantaria que fizesse isso de novo.

  5. Mathh há 3 meses

    IT’S RUSEV DAY !!

  6. Anónimo há 3 meses

    Gostava muito de o ver como Tag Team Champion com o Aiden English

  7. Facebook Profile photo
  8. Facebook Profile photo

    Por acaso tenho pena. Fico sempre com medo quando me lembro quando a WWE deixou de lado o estereótipo do comunista de leste, o último dava pelo nome de Vladimir Koslov, extremamente talentoso, chegou a ser tratado como o main eventer que era, acabaram com estereótipo, fez o face turn, tornou-se um palhaço.
    Não digo que o Rusev não tenha feito uma boa transição, a cena do “Rusev Day” é muito bem conseguida mas falta uma coisa, a WWE levar uma gimmick de comédia a sério e temos que em vez de chegar ao main event com o Rusev Day, ele se torne um palhaço. Ele fica feliz, eu acho um desperdício, a não ser que me provem errado. O Rusev é um dos melhores na WWE e bem que podia ter uma oportunidade contra o AJ Styles, em vez de as darem sempre as mesmos e andarem meses à volta da mesma patetice sem sentido do Shane McMahon e Daniel Bryan.

  9. pouca estratégia há 3 meses

    a wwe em relação aos estrangeiros sempre teve pouca estratégia e bateu sempre na tecla dos heels e anti por isso cada vez mais americanizada e menos internacional, mas vai dando passos de bebe. sei que eles tem direito pois a empresa é americana por isso da cada vez menos vontade de ver apenas o mesmo e so acharem que nos EUA é unico sitio do planeta onde existe bom wrestling.

Comentar