Sandman faz comentários polémicos sobre Wrestling feminino

1 semana 45

Jordynne Grace utilizou o Twitter durante a madrugada deste domingo para revelar alguns comentários que Sandman, a lenda da ECW, lhe fez recentemente. A lutadora revelou que Sandman lhe disse que um main event feminino é algo “errado” e que “qualquer lutador com alguma experiência iria concordar” com ele.

Estes comentários terão sido feitos este fim de semana, durante o WrestleCade Supershow, onde Jordynne Grace enfrentou Rosemary, Su Yung e Taya Valkyrie no main event do show. E claro que já estão a tomar grandes proporções dentro do mundo do Wrestling, com várias personalidades a criticar a lenda da ECW.

Tudo terá começado com Tessa Blanchard, que já depois desse combate, fez uma promo onde chamou Sandman de “velho da ECW que bebia cerveja” e que os comentários eram “monte de m*rda”. Ela que irá lutar pelo Impact Wrestling World Championship contra Sami Callihan no pay-per-view Hard To Kill do próximo dia 12 de Janeiro.

A candidata ao título mundial do Impact Wrestling não mencionou Sandman durante a sua promo, mas Jordynne Grace não teve problemas em pegar nos comentários que foram feitos e acusar Sandman publicamente nas redes sociais, lembrando que não estamos em 1998, mas sim em 2019.

Entretanto outros lutadores e personalidades ligadas ao Wrestling também já reagiram, como foi o caso de Will Ospreay, Chris Jericho, Madison Rayne, Shazza McKenzie, Reby Hardy e Melissa Santos. Todos defenderam que o Wrestling feminino veio para ficar e para assumir um lugar de igual destaque quanto o Wrestling masculino.


Qual a tua opinião sobre toda esta polémica?

45 Comentários

  1. Foto de perfil do Facebook

    Tem toda a razão o Sandaman

  2. Marcos Júnior1 semana

    Tem razão nenhuma, é um idiota e preconceituoso isso sim, perdeu a chance de ficar quieto e vc Daniel Alexandre é igual a ele.

  3. rated r1 semana

    Eu concordo com o Sandman, já é excessivo e forçado ver elas sempre no main event.

  4. Samuel Teixeira1 semana

    Tem alguma razao, embora eu pense que o wrestling feminino tenha dado um salto evolutivo colossal ainda nao se equipara ao masculino, e um main event e um main event, e o combate que vai vender os bilhetes e que vai vender ppv e vai fazer com que os fas assistam aos shows ate ao final. E convenhamos, que um main event feminino ainda nao vende tao bem como um masculino. Nao e uma questao de sexismo ou preconceito, mas sim uma questao de numeros.

    • Brito1 semana

      Não sei de que números você está falando, pois a Becky é que tem os segmentos de maior audiência todas as semanas no RAW, além de até algumas semanas atrás era a que mais vendia merchandising, sem falar que é a pessoa maia over de taves toda indústria.

      Também ate o Meltze ja comentou que a maior razão pela Fox ter pago mais de 1 bilhão a WWE foi por causa da Ronda.

    • Não inventem… A Ronda Rousey não vale 1 bilião, e se assim fosse já tinha regressado.

    • Brito1 semana

      Ele disse que o fato da WWE ter a Ronda no Roster valorizou e muito a quantia que a Fox iria pagar a WWE, eu não disse que a Ronda vale 1 bilhão.

    • Epah, e desde quando é que tudo o que o Dave Meltzer diz é verdade? A FOX pagou pelos direitos de transmissão do WWE SmackDown, nem do RAW foi… Se a Ronda Rousey fosse algo “obrigatório” para a FOX pagar 1 bilião e não menos, então isso estaria escrito e acordado num contrato entre as três partes (WWE, FOX e Ronda Rousey). Não é o caso…

    • Samuel Teixeira1 semana

      Citar Dave Meltzer no que toca a WWE é um grande erro. Nao sei o que se passou entre ele e o Vinnie Mac, mas quea azia é notoria, é. E quanto à Ronda, devo ser dos poucos a achar que a WWE esta melhor sem ela. Quanto a Main Even, acho que nenhum combate na WWE venderia mais que CM Punk vs qualquer top guy, desde AJ Styles a Kevin Owens. E existem muitos combates masculinos que vendem mais. A exemplo, os melhores combates da Wrestlmania deste ano: Kofi vs Daniel Brian e Miz vs Shane McMahon. O triple threat entre a Charllote, a Becky e a Ronda, nao foi nada mau, mas seria muito melhor sem a Ronda. É a tentativa de trazer novos fas a custa dos verdadeiros fas. Ainda nao perceberam que que gosta do UFC nao gosta da WWE.

  5. Paola1 semana

    Ai q machista babaca

    • Marcos Júnior1 semana

      Claro q é machista babaca e vejo pelo jeito q aqui tbm tem desses aff.

  6. Algoritmo1 semana

    Wrestling feminino é mais marketing que mérito neste momento. Brevemente vão chegar ao patamar masculino, mas sem um “push forçado”. Temos de entender que tem uma conjuntura diferente do wrestling masculino por razões históricas; na sua devida altura, vamos ter o Wrestling feminino a aparecer em força e de forma natural!

    Aliás, podemos ver isso mesmo na própria procura. É mais fácil constituir um roster masculino que um roster feminino; veja-se o exemplo da AEW: + 40 wrestlers masculino contra apenas 14 wrestlers femininas, que nem dá sequer para pensar numa divisão de tag team neste momento. Basta ver a escassez de oferta que ainda existe neste momento apesar dos esforços da AEW em alavancar a divisão feminina!

  7. Alexandre1 semana

    Óbio que o Sandaman tem razão. A questão é que hoje existe uma “mordaça” que impede muita gente de falar o que pensa de verdade, é o chamado “politicamente correto”. O nível de desempenho de uma mulher nunca vai sequer se aproximar ao de um homem em qualquer coisa que envolva força física, atleticismo, vigor, resistência. Todo esse destaque forçado que as mulheres tem hoje é fruto desse câncer chamado feminismo que está corroendo a sociedade de uma forma geral, e é bancado por homens, para se ter a noção de como a mulher não tem comando e nem lidera nada que até o próprio feminismo é comandado por homens.

    • Óbvio que o Sandman não tem razão.

      Por que razão é errado duas mulheres estarem no main-event? Por não serem tão atléticas? E então?

      Que eu saiba, o combate que está no main-event não tem necessariamente de ser entre aqueles que são “melhores” em ringue, mas sim com as estrelas mais “over”, sejam faces ou heels, e/ou que estão a protagonizar a história mais relevante no momento.

      Se dentro da divisão masculina temos inúmeros casos em que lutadores menos talentosos dentro de ringue em termos técnicos estiveram no main-event (Mick Foley, Undertaker nos tempos da Attitude Era, Big Show, John Cena, por aí fora), porque é que não pode uma mulher, mesmo que não esteja ao nível de um Daniel Bryan em ringue, estar no combate mais importante se for esse aquele que os fãs mais querem ver?

      Em relação à parte final do teu comentário, devo apenas dizer que sinto pena.

      Desculpa por ter sido politicamente correcto, por favor não me respondas mal 🙂

    • Anónimo1 semana

      Que comentário mais triste…

      danielLP21 falas-te tudo, estiveste muito bem!

    • Algoritmo1 semana

      O Alexandre tem razão. Geneticamente, o homem é mais forte que a mulher só por aí a coisa muda de figura. E o wrestler feminino ainda não está tão desenvolvido como o masculino e, para isso, basta ver a divisão feminina da AEW.

      As coisas estão a evoluir mas estas novas correntes e propagandas feministas é 100% política e é gerado por outro tipo de interesses.

  8. Bankonthat1 semana

    Se reparares (e nao se trata de racismo, xenofobia nem nada dessas bullshits), a maioria que esta aqui contra os ME femininos sao brasileiros

  9. vitor1 semana

    wrestling feminino >>>> masculino datado e ruim

  10. vitor1 semana

    e não me surpreende q a maioria dos comentários daqui são concordando com esse who kkkkkk

    • really dude1 semana

      na verdade wrestling feminino é uma onda nova, porém dizer que o masculino é datado e ruim, é pq você não esta interessado em qualidade de exibições de wrestling, na verdade você está interessado em vender uma ideia de igualdade irreal, me fale honestamente; main event do survivor series foi bom? do wrestlemania da ronda, becky e charlotte foi o melhor combate da noite? ainda falta muitissimo para o wrestling feminino tornar-se o centro das atenções do público, em termos de qualidade e apelo, mesmo com inúmeras tentativas de engoli-lo goela à baixo das pessoas, se em 10 anos ele de verdade superar o masculino, não por idéia torta, mas de fato superior, serei o primeiro a acompanha-lo com avidez, eu quero assistir os melhores, e não por modismo

    • Brito1 semana

      E o main event do Hell in a Cell desse ano foi bom? A melhor luta desse PPV foi as das mulheres. E o main event do Super ShowDown, foi bom?
      Por que não cita o TLC do ano passado ou Takeover Respect.
      E wrestling feminino só é uma onda recente nos EUA, pois no Japão nos anos 80 e 90 o wrestling feminino era até mais popular que o masculino, constantimente conseguiam esgotar arenas de mais de 10 mil pessoas e até colocar quase 40 mil no Tokyo Dome.

    • vitor1 semana

      a wwe tem milhares de main events masculinos ruins mas quando tem um que envolva as mulheres, e é ruim, a situação é diferente, pq não estão reclamando da luta em si, reclamam de TODAS as lutas feminina e do movimento delas de igualdade. sinceramente, dude n sei oq, eu nem li seu comentário todo pq preguiça. eu posso listar uns 10 ppvs só esse ano em que o melhor combate foi o feminino mas n vou perder tempo pq vc n me parece digno disso. continua na sua bolha e nao enche o saco.

    • vitor1 semana

      brito, nao seu esqueça que no clash of champions o melhor combate foi sasha vs becky e a war games feminina foi melhor que a masculina também. são vários eventos recente mas quando se tem um ruim, já basta para que aparecem 1000 homens com a “masculinidade” frágil pra criticar todas as mulheres. sinceramente, é patético.

  11. Grave aqui é ligar ao que o Sandman diz em 2019. Se nem em 1998 a opinião dele era levada a sério, quanto mais agora. Nem a maioria dos seus pares liga alguma coisa ao que ele diz.

  12. Mais ridículo que isto, só mesmo os comentários nesta publicação a apoiarem o que este gajo diz. Isto também me parece ser tudo ciumes pelo facto de existirem mulheres no pro wrestling muito mais talentosas do que ele alguma vez foi.

    • Anónimo1 semana

      Não podia estar mais de acordo! Vê-se aqui cada comentário. Muitas das mulheres são mais talentosas que muitos homens, e isso deve incomodar esse gajo. Como em pleno século 21 vimos tristezas como estas e pessoal apoiar isto.

    • Algoritmo1 semana

      Ainda não és do tempo da ECW pois não?

      Google it baby!

  13. Anónimo1 semana

    Que palhaçada, é um grande machista.

    • Showstealer1 semana

      Nem mais, haja paciência para estas atitudes/pensamentos retrógrados…

  14. DAniel1 semana

    Depende das lutadoras, se for uma Becky Lynch não vale a pena , ao contrario de uma Toni Storm ou Tessa Blanchard (boas wrestlers)

    • Não se determina o main event de um PPV usando talento como critério, mas sim quem faz dinheiro. Hulk Hogan estava longe de ser um bom wrestler, mas ninguém gerou mais dinheiro para industria que ele.
      Discordo que a Becky seja má wrestler, até a considero melhor que a Toni. Só ver qualquer luta dela contra a Sasha, ou a luta na no Evolution contra a Charlotte para demonstrar o quão boa ela é.

  15. Giusepe Faè1 semana

    Bom eu não concordo mais eu pelo menos ENTENDO o posicionamento dele.
    Um conselho Salvador se for possível as vezes desative os comentários as vezes é bom que o publico daqui do site só apenas leia a matéria e não comenta nada, sei que pode parecer injusto uma forma de “censurar a opinião alheia”.
    Mas isso evitaria uma discussão desnecessárias de opiniões aqui no site, exemplos é só ver os comentários acima,
    até por que é uma discussões inútil e que não levaria em nada.

    • Basta não comentar a opinião dos outros a acabam os problemas, acho que desativar não é a soluçã.

    • Giusepe Faè1 semana

      Realmente não é a solução desativar os comentários em determinados posts, mas se tu acredita que uma pessoa vai ler a OPINIÃO de outra pessoa e ser for contraria a dela acha que vai deixar quieto ? só olhe acima todos os comentários todo mundo discutindo entre si por que não gostou da opinião de outra pessoa.

    • Giusepe Faè nem tudo são discussões mas há pessoas que só por não concordarem começam logo a ofender supostamente é para isso que existem administradores e um botão para denunciar comentários.

    • Let Me In6 dias

      Engraçado Bruno, você diz basta não comentar a opinião dos outros, mas o que você está fazendo agora ?

  16. Atenção a isto:

    “A lutadora revelou que Sandman lhe disse que um main event feminino é algo “errado” e que “qualquer lutador com alguma experiência iria concordar” com ele.”

    A lutadora revelou que o Sandman lhe disse…. sengundo um ditado popular quem conta um conto acrescenta um ponto e não é certo que o Sandman tenha generalizado que qualquer main-event feminino é “errado” nem sequer sabemos o contexto em que isto foi dito, este diz que disse é muito complicado… o que é certo é que o mais recente main-event feminino da WWE(Survivor Series) foi uma desgraça, o 1º main-event feminino da WM acabou com um erro numa fase crucial e delicada como o final do combate…

    Dizer que é errado e que não deve acontecer ou que é ridiculo haver main-events femininos é simplesmente estúpido mas para mim acho que estão a forçar um bocado o crescimento das mulheres quando ainda não têm tanto talento assim no main-roster para darem um push às mulheres.

  17. Concordo pá. Quem diz o contrario e um vegan paneleiro lol

  18. renato agastao da silva1 semana

    isso sim e revolucionario oq a impact fez mas eu estou esperando ate hoje um show revolucionario da aew nao e criticando nao viu pq eu gosto da empresa tem grandes lutadores mas eles prometeram nao foi

  19. gyk7 dias

    me perdoem não sou ao favor do machismo nem nada disso mas tb não apoio à 100% essa ideia da WWE sinceramente elas não merecem todo esse protagonismo, becky em posição superior a grandes nomes como: Seth, Brock, Aj Styles e ainda mais. Não vejo o que ela (Becky) fez e tb as outras fazem ou fizeram para merecer todos esses protagonismo

  20. JOAO PEDROOOOO6 dias

    Está fora daquilo que se quer ouvir e portanto lá diz o ditado “quem diz o que quer, ouve o que não gosta”.
    Obviamente que pode existir um main-event de mulheres desde que a qualidade das intervenientes, a construção da história e a aprovação do público a justifique. Dando o exemplo da WWE, é óbvio que a Stephanie queira fazer essa revolução, mas às tantas parece que é meio forçado e nem se justifica. Depois dá ideia também que agora uma mulher não pode ser alvo de um movimento sensualista em redor dela. Já percebemos, querem lutadoras e não sex symbol, mas deviamos de ter as duas. Percebemos que estão lá lutadoras e que o papel delas não é esse, mas as divas também fazem falta.
    Acho que pode existir uma separação e havia coisas que eram bastante produtivas entre toda a gente. Por exemplo: quando existiam as divas e até iam parar à capa da playboy (WWE lucrava, Playboy lucrava e lucrava a diva também) havia a Lita e a Trish. Hoje há mais fartura e quiçá mais qualidade também. A única pessoa que faz isso e é duma forma muito tímida e singela é a Lana e a Mandy Rose eles quiseram colocar logo isso de parte.
    Nem acho que isso fosse uma descridibilização para o trabalho que tem sido feito. Aliás, é um segmento engraçado. É o mesmo que comparar o 24/7 ou o No way José àquilo a que foram as prestações do Rollins, Owens, Orton, Aj, Drew e Rey. Não tem nada a ver e não é pelo título 24/7 ou por existir um gajo que faz umas danças engraçadas que os outros lutadores são mais descridibilizados por serem do sexo masculino ou mesmo como lutadores.

Comentar