Seth Rollins fala sobre a sua jornada até à WrestleMania 35

há 5 meses 2

Numa entrevista para o canal de YouTube da WWE, que pode ser vista em cima, Seth Rollins falou sobre o seu combate pelo WWE Universal Championship contra Brock Lesnar na WrestleMania 35, entre muitos outros temas.

Na entrevista, o “Kingslayer” fala do seu início no NXT, onde pôde aprender com Dusty Rhodes e como foi entrar no main-roster da WWE com os The Shield. De como pessoas como Joey Mercury e Triple H os ajudaram a tornarem The Shield numa das melhores facções de sempre.

O lutador também falou que Dean Ambrose é alguém que, apesar de serem bastante diferentes fora do ringue, é a pessoa com mais química, tanto a lutar contra como a lutar lado a lado, que encontrou em toda a sua carreira. Rollins também explicou como será esquisito um dia entrar no balneário da WWE e não ver Dean Ambrose, mas que é assim a vida…

Sobre a situação de Roman Reigns, o candidato ao WWE Universal Championship afirmou que só soube que o “Big Dog” tinha leucemia quando este o disse perante as câmaras e que, apesar de ter percebido que algo se passava com Roman Reigns, aquela era a última coisa que ele pensou que se passaria com o seu amigo.

Em relação à sua ética de trabalho, Seth Rollins afirmou que o crédito pertence a 100% aos pais dele, que lhe ensinaram a trabalhar e a nunca se deixar ficar na mediocridade e que eles sempre o apoiaram.

Quando lhe perguntaram sobre a sua escola de Wrestling, Seth Rollins afirmou mais uma vez que acredita que, apesar de tudo o que fará na WWE, o seu legado no mundo no Wrestling será deixado pelo trabalho que fizer na sua escola. Ele afirma que não quer ser como outros treinadores, que só querem ficar com o dinheiro dos alunos e não os treinam como deve ser, tanto para o que se passa dentro do ringue como para as restantes situações que acontecem no mundo do Wrestling.

Sobre momentos na sua carreira que o marquem, Seth Rollins referiu em primeiro lugar um combate que teve contra Nigel McGuiness na Ring of Honor, onde só tinha cerca de 3 ou 4 anos de Wrestling e onde afirmou que não estava nada preparado, e que Nigel McGuiness o carregou para um excelente combate. Que isso lhe deu um aumento de confiança enorme para puder lutar a um nível que ele nunca pensou ser possível.

Sobre o seu primeiro reinado como WWE Champion, Seth Rollins afirmou-se orgulhoso de tudo o que pôde fazer e de como tudo começou com o cash-in na WrestleMania 31. Que infelizmente aconteceu a lesão no seu joelho e que em seguida demorou bastante tempo a voltar a ser quem era. Até pela maneira como foi posicionado no seu regresso, a lutar logo contra Roman Reigns e em seguida à lesão que teve antes da WrestleMania 33, que o quase fazia perder a segunda WrestleMania consecutiva.

Em relação ao combate pelo WWE Universal Championship contra Brock Lesnar, que desde que teve de deixar de ser o WWE Champion por lesão este é o combate que ele mais deseja, um combate por um Título Mundial na WrestleMania. Que finalmente o vai ter no grande evento este domingo.

Seth Rollins falou de como em criança se sentiu inspirado por lutadores como Shawn Michaels e Bret Hart e que Brock Lesnar, apesar de ser um espécime humano quase único na história do Wrestling, não inspira ninguém que inspire os mais jovens. O lutador afirmou que é alguém que trabalha e mantém-se em forma para os seus combates e que foi por isso que enquanto foi WWE Intercontinental Champion Seth Rollins quis ser um fighting champion, para puder inspirar as gerações mais novas a gostar de Wrestling.

Sobre o seu combate, Cathy Kelley perguntou-lhe se acha que deveria ser o main-event, ao que Seth Rollins não teve problemas em responder que este é o ano das lutadoras e que elas merecem o lugar em que estão.

A última pergunta foi sobre quais são os outros objetivos que ainda lhe faltam concretizar na WWE e Seth Rollins não hesitou em responder que ainda tem de ser ele o main-event de uma WrestleMania. Que ainda tem muitos anos para concretizar esse objetivo, mas que se não acontecer não irá fazer birra, porque já conquistou muito na sua vida.


Esta foi uma entrevista um pouco fora de personagem, feita pela WWE. Qual a tua opinião sobre este tipo de entrevistas? E o que achaste da entrevista a Seth Rollins?

2 Comentários

  1. Para finalizar Joe Mercury que ajudou e era interessante o voltar a ver lutar e com relevância e uma petição para o regresso do nitro/Morrison we need this! Mnm

  2. Ronaldo Lima há 5 meses

    Não é a toa que Seth Rollins é um dos lutadores mais queridos pelos fãs.O cara é dedicado,ama o que faz,tem valores éticos e morais dentro e fora do ringue,e mesmo estando onde está não esquece de onde veio e de quem o impulsionou a chegar no status que hoje ele ocupa.

Comentar