A Chairwoman e co-CEO da WWE comentou sobre os planos da globalização e expansão internacional da empresa.

Os planos da WWE são de expandir a sua “localização global”, que é um termo que foi introduzido por Triple H quando explicou a sua intenção de abrir vários Performance Centers por todo o mundo.

No Wells Fargo TMT Summit, Stephanie McMahon falou sobre a estratégia da empresa e sobre a possibilidade de criar um género de World Cup.

Além disso, o internacional é o nosso foco, como discutimos no passado, mas agora realmente temos a oportunidade de criar o que chamamos de “localização global” ou “glocal”, onde podemos criar Performance Centers locais com talentos locais. Replicar as linhas de negócios que temos aqui na WWE e fazê-lo numa escala muito menor.

Em última análise, espero que isso se transforme num produto maior e, potencialmente, crie um cenário do tipo World Cup que seria divertido e empolgante. Também é claro que é uma oportunidade para o talento ir rodando e podemos ter estrelas locais que podem chegar ao roster da WWE.

Stephanie McMahon ocupa este cargo de chefia desde que Vince McMahon se retirou do mundo do Wrestling em Julho deste ano.

Também o seu marido Triple H ganhou novos cargos, entre eles, como WWE Chief Content Officer.


Gostavas de ver os planos da “localização global” da WWE a acontecer?

1 Comentário

  1. El Cuebro2 meses

    É importante uma expansão assim e sei que a WWE quer criar novos nomes para seu futuro, mas acho que eles poderiam ter um pouco de foco em talentos mais prontos também e claro poderiam buscar parcerias com outras empresas pelos USA e pelo mundo também, acho que só faria bem ao pro-wrestling!