Sting afirmou ter os dias contados em relação à sua carreira, uma vez que dada a sua idade, a sua reforma dos ringues poderá estar por perto.

A estrela de 63 anos, numa entrevista à Sports Illustrated, depois de ter sido anunciado que irá juntar-se a The Great Muta no último combate da carreira do japonês, depois da estreia deste no Dynamite, afirmou ter tido lembranças do seu passado com a lenda.

Foi um momento. Eu tive flashbacks quando ele entrou no ringue. Vê-lo cara a cara fez-me voltar no tempo.

A rivalidade entre os dois remonta a 1989, quando rivalizaram pelo NWA World Television Championship.

Continuando a sua entrevista, Sting falou sobre querer dar o melhor de si aos fãs enquanto ainda está no ativo, dizendo que anseia combater junto do The Great Muta no seu último combate.

Sei que meus dias estão contados, então estou a tentar aproveitar ao máximo o tempo que resta e dar aos fãs tudo o que tenho antes que esta onda chegue à costa de vez.

Sou grato por Muta poder estar aqui comigo nos Estados Unidos. Essa é uma memória que vou guardar e significa o fim de nossa era. Estou ansioso para ter um último grande hoorah com o The Great Muta, especialmente no Japão.

Ambos vão enfrentar uma dupla ainda desconhecida no evento do Pro Wrestling NOAH, o The Great Muta Final Bye-Bye, que será a 22 de Janeiro de 2023.

Sting regressou aos ringues em Dezembro de 2020 e esteve presente em 12 combates para a AEW.


O que esperas nesta fase final da carreira de Sting no mundo do Wrestling?

4 Comentários

  1. Não há palavras para descrever Sting, uma lenda em qualquer empresa de wrestling que passou, fez a diferença sempre e continua a fazer. Tal como Chris Jericho continua a ser muito importante a ensinar os jovens, mas gostava de ver ainda uns tag team matches com ele e o Darby Allin e quem sabe um combate pelo título de tag team.

  2. El Cuebro4 meses

    O Sting é uma lenda, um ícone, um verdadeiro pilar da história do pro-wrestling, o cara fez muita coisa boa em um monte de lugares diferentes WCW, NWA, WWE, AEW, TNA/Impact, etc, certamente não há ressalvas em tudo o que ele fez e tem feito na carreira, mas hoje em dia toda vez que ele entra num ringue para lutar ou afugentar alguém eu fico apreensivo, porque ele é um dos meus lutadores preferidos e me preocupo muito, realmente tem uma hora que o tempo e o corpo pedem seu espaço/descanso, ele certamente ainda irá ajudar muito o pro-wrestling independente de não mais lutar!

  3. É só um dos maiores de toda a historia do pro wrestling, sempre fui enorme fã do Sting desde a WCW e a gimmick The Crow foi para mim a mais brutal quando foi world champ contra o hogan mas sting sempre foi sting, quamquer gimick valeu a pena de assistir, lutador unico

  4. Alexandre4 meses

    A passagem do Sting pela AEW não está sendo nada menos do que fantástica, está sendo tratado como a lenda que é. Só lhe faltava um título, acredito que o de duplas há uma possiblidade.