A carreira de Tay Conti na AEW tem sido excelente e tem servido para calar todos os que duvidaram dela quando foi despedida pela WWE em Abril do ano passado, sendo que o momento mais alto aconteceu há duas semanas, quando enfrentou Hikaru Shida pelo AEW Women’s World Championship.

Já através das suas redes sociais, Tay Conti revelou que fez uma nova tatuagem no tornozelo. A lutadora brasileira tatuou a palavra “Predestinada” em inglês e um coração vermelho, mostrando estar agradecida por tudo o que lhe tem acontecido na vida e carreira e também confiante em relação ao futuro.

Não se sabe quando é que Tay Conti vai voltar a lutar por um título feminino de grande relevância como o AEW Women’s World Championship ou até o NWA World Women’s Championship, mas se a brasileira continuar com o ímpeto e desempenho que tem tido, certamente que será para breve.


Achas que Tay Conti pode vir a ser um dos grandes nomes femininos da história da AEW conquistando o AEW Women’s World Championship?

16 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Estou à espera daqueles que dizem que o Salvador mete notícias insignificantes sobre a lutadores da WWE 😂 o que a tatuagem dela traz de importante? nada, mas para quem é fã dela, é uma informação que já fica ganha! isto para dizer que a crítica é fácil mas muitas vezes não vemos o outro lado! Peace

    • Blissful1 semana

      Ela não é da WWE.
      E sim, a notícia não tem nenhuma informação relevante pra carreira dela, mas também ninguém foi obrigado a clicar.

    • Este é daqueles posts que eu agendo durante a tarde para passar o serão mais sossegado… E o site também precisa de um bocadinho de “notícias cor-de-rosa”. 😎

    • Facebook Profile photo

      -blissful, o meu comentário não era para a AEW ou WWE. Mais para este tipo de posts, que não têm mal nenhum, são criticados por “não interessar”. Sabem lá do que as pessoas gostam kkk! Só isso. Sobre a tatuagem, é pequena kkk curto mais daquelas mais ilustradas, tipo caras, animais, emblemas, nomes mas com tipo de letra e não assim em pequeno!

    • Se este tipo de conteúdo não interessasse, uma boa parte dos fãs não seguiria os lutadores/lutadoras nas redes sociais.

    • Facebook Profile photo

      Eu concordo contigo apesar de não seguir Wrestlers nas redes. Às vezes espreito como é óbvio um wrestler ou outro mas não faz parte de mim.
      Até porque desde que descobri este site e com a ajuda do WrestleTalk também, as notícias vão sempre chegando. Eu gosto deste tipo de conteúdo, seja um Wrestler que goste ou não goste porque podemos sempre descobrir cenas novas e factos novos. Reparo também que este site vai fazer 15 anos ou já fez, por isso quero dar os parabéns. Ainda bem que descobri. Só gostava que Wrestling português tivesse uma plataforma para assistir os combates e com isso não termos que deslocar. Vocês costumavam vir ao norte combater? Aí eu já tinha disponibilidade de assistir ao vivo.

    • Obrigado pelo apoio!

      Nope, o Wrestling nacional raramente sai de onde está (Lisboa e Portimão). Infelizmente não há recursos (nem retorno) para isso.

    • Facebook Profile photo

      Mas podiam fazer um esforço. Sei lá, dois mil euros em câmaras. Sei que não é fácil falar mas penso que é uma coisa que se podia fazer. Eu pelo menos assistia aos combates. E certamente que muitos que comentam aqui iriam ver. É um risco que se corre ne! Podia compensar ou não isso já não entra mt nos meus assuntos que eu não percebo dessas burocracias kkk

    • Esforço já fazemos nós em manter a cena “viva” e ocupando o nosso tempo, não nos peçam para meter mais dinheiro na coisa. Muitos assistiriam, mas e pagar?

    • L26MC1 semana

      Luís, podiam fazer uma espécie de série, nem que fosse só 1 episódio e pôr aqui a ser pago, dependente do hype, continuavam para outros episódios.

      Faziam algo tipo Lucha Underground ou algo mais cinematográfico maioritariamente, que não tivesse quase custos e punham aqui no site a ser pago.
      Mas sei que para muito de vocês é complicado, ainda por mais na situação que passa o mundo.
      Seja como for, já fico satisfeito com o site. Sem pressões, vocês saberão o que é melhor.

    • Facebook Profile photo

      Ou no canal do YouTube, patreon.
      2 euros por mês. Se não compensar (imaginemos que assiste pouca gente) aí talvez subiam os preços, sei lá 5 euros por mês. Talvez um dia a gente tenha essa possibilidade. Deixemos esta pandemia passar e depois veremos o que acontece. Pode ser que me dê na telha e vá a Portimão ou Lisboa. É um esforço que se faz.

    • Por mim todas as notícias que o Salvador por aqui são bem vindas, nem que seja quantas vezes o Big Show vai à casa de banho não me importo ahaha!

    • Wrestling PT e Wrestling Portugal não são a mesma coisa, apesar de eu fazer parte de ambos. O primeiro é o site de notícias do qual sou fundador e administrador, o segundo é a academia/promotora portuguesa de Queluz da qual sou lutador, treinador e já fui campeão.

      Nós no WP já tivemos uma série tipo Lucha Underground, mas ao vivo. Tivemos o WP WebShow há uma década (está no YouTube). Mais recentemente tivemos o WP Batalha, que foram 3 anos/temporadas, 6 shows por ano, 18 no total e contou-se uma história do início ao fim. Infelizmente não está disponível online.

      Se com 2€ poucos assistem, com 5€ ainda menos assistirão. Existirão sempre custos: aluguer do espaço, desgaste do ringue, tempo de duas dezenas de pessoas envolvidas, pós-edição, etc.

    • Facebook Profile photo

      Com essa tua explicação, de facto é uma luta bastante difícil! Mas vou ter esperança para que num futuro próximo tenhamos chance de ver nunca se sabe! pode ser que ganhes o euromilhoes 😂🙏

  2. El Cuebro1 semana

    Gostei da tatuagem nova, espero que a Taynara tenha uma nova chance pelo título no futuro e que se torne campeã claro, ela merece isso, pela dedicação e por não ter desistido! Desejo o mesmo para o Bononi e todos os brasileiros no wrestling mundial!!

  3. Facebook Profile photo

    Acho que sim, até porquê ela vem lutando muito bem nos últimos tempos e para mim era o seguinte: Britt Baker vence Hikaru Shida e conquista o AEW Women’s World Championship, e depois a Tay Conti vence a doutora e conquista o título.