Frank casino

O Impact Wrestling anunciou há poucos dias que iria proceder às gravações e transmissão do Rebellion, mas em vez de ser um pay-per-view de uma noite, como estava originalmente previsto para 19 de Abril, serão dois especiais semanais, a serem transmitidos nos dias 21 e 28 de Abril.

Um dos combates mais aguardados da segunda noite do Rebellion era o Triple Threat Match pelo Impact Wrestling World Championship, entre a campeã Tessa Blanchard, Michael Elgin e Eddie Edwards. Só que agora, e segundo o Wrestling Observer, o combate já não deverá acontecer.

O site de Dave Meltzer está a reportar que a campeã mundial Tessa Blanchard falhou as gravações do Impact Wrestling, pelo que poderá não só ficar de fora do Rebellion das próximas duas semanas, como também de outras 5 semanas de programação semanal que já foram gravadas.

É de acreditar que Tessa Blanchard não pôde ou decidiu não viajar até Nashville, cidade onde decorreram as gravações, por causa de toda a crise pandémica do coronavírus. Uma decisão que é preciso respeitar, mas que pode representar alguma incerteza quanto ao futuro do Impact Wrestling World Championship.

Até ao momento, o Impact Wrestling ainda não se pronunciou sobre o assunto, nem tão pouco anunciou uma nova data para o combate acontecer. Pelo que para já, o combate foi cancelado ou adiado indefinidamente.

Os combates confirmados para a primeira noite do Rebellion são:

Ken Shamrock vs Sami Callihan (Unsanctioned Match)
– X-Division Champion Ace Austin vs Willie Mack
– Kiera Hogan vs Kylie Rae
– Tommy Dreamer, Rhino & ??? vs oVe


Achas que Tessa Blanchard fez bem em falhar as gravações do Impact Wrestling Rebellion?

20 Comentários

  1. Sim e não.

    Só espero que com esta decisão, não haja mais heat contra a Tessa.

  2. Facebook Profile photo

    Ngm se importa com essa companhia inferior que os wrestlers são tão fracos que até perdem para mulher.

    • Shockmaster5 meses

      Então vai lá bate de frente , bonzão

    • Facebook Profile photo

      Implicando que lutadorzinha de luta fake sabe lutar na vida real

      Se cm punk que é bom wrestler foi estuprado no ufc, uma mulherzinha qualquer deve ser mais fraca ainda. Cara acha que pro Wrestling é luta real, wrestling sim, pro wrestling é total fake e esses lutadores a maioria em briga real morreriam facilmente

      Impact wrestling é uma decepção e pensar que já acreditaram que essa companhia de amadores destronariam a WWE, mais uma versão piorada e estrogenizada da grande WCW

    • maicon5 meses

      mano da para ver que tu é meio sem noção . Tu acha que por serem wrestlers os atletas que costumam ter força física e condicionamento vão apanhar para qualquer um da vida . Numa briga real vai ser fácil vencer de um sujeito com Drew Mc, Strowman , Lashey e fora que antigamente os lutadores de wrestling tinham fama de serem durões legitimos

    • yuumi5 meses

      Calado, machista. E se latir é pior.

    • Facebook Profile photo

      Hurr durr machista, ver se cresce yuumi, ngm se importa com a divisão feminina, feuds infantis e lutas mediocres, só colocaram em main event ano passado por causa da Ronda, Tirando a Charlotte o Rooster feminino é uma piada, são tão boaa que nem 5star matches tiveram em sua história, vc pode até se negar a aceitar mas Tessa Blanchard é a pior campeã da historia do Impact e a audiencia comprova isso, Impact merece falir por essa administração tão porca e infantil

    • Matt, também não é preciso exagerar. A isso chama-se estupidez. Infantil foi este teu último comentário.

    • Bea Ospreay5 meses

      O cara parece até ser hater de Pro Wrestling.

    • Facebook Profile photo

      Pelo contrário sou hater da parte ruim do Pro Wrestling, como a Impact infelizmente atualmente é

    • El Merenguero5 meses

      Parabéns, Matt!

      Você diz o que tem ser dito.

  3. Não se pode censurar nenhum(a) lutador(a) por dar primazia à sua saúde neste contexto atual, mas o que é certo é que esta decisão de Tessa Blanchard poderá ser-lhe prejudicial visto que o Impact Wrestling apostou e confiou nela.

    • Bea Ospreay5 meses

      Ela devia buscar “novos voos”, ficar no Impact não vai beneficiar ela a mais nada, mesmo sendo campea principal, não quero falar mal do Impact, mas acho que vc me entende.

    • Bea, a questão que se põe é: será que as outras companhias de Wrestling querem a Tessa? Tudo bem que ela é uma das grandes atualmente, mas não se esqueça dos comportamentos que ela teve com algumas colegas de profissão.

    • Bea Ospreay5 meses

      Situação complicada pra ela então.

    • Concordo com essa parte da Tessa poder ambicionar mais e percebo-a perfeitamente, Bea. Mas é como o Mr Brodie Lee disse: não sabemos se ela não sai do Impact por opção ou porque não há outra empresa maior (neste caso, AEW, NJPW ou WWE) que esteja disposta a aceitá-la tendo em conta algumas polémicas anteriores em que se viu envolta.

    • Anónimo5 meses

      Concordo, Jorge Marques.

  4. El Cuebro5 meses

    Uma pena mesmo se a Tessa vier a não participar dessas gravações, ela é uma das melhores wrestlers do momento, mas sei lá podiam fazer como o NXT planejou para o cruiserweight title, colocar o Big Mike e o Eddie para lutar por um título interino e depois faziam a “unificação” do Impact World Title, poderia funcionar!

  5. Anónimo5 meses

    Não se pode censurar a decisão dela, no meio desta pandemia fez o que achou melhor para ela. Agora, óbvio que isto vai mudar muito os planos para o titulo principal.