Faz login e reduz a publicidade

The Elite poderão criar nova companhia de Wrestling

O futuro do grupo The Elite é um dos tópicos mais discutidos nos últimos meses e, no início deste mês, o futuro dos Young Bucks, Cody Rhodes, Brandi Rhodes e Hangman Page pode ter sido conhecido. Dave Meltzer falou em profundidade sobre este assunto na Wrestling Observer Newsletter desta semana e sobre novos desenvolvimentos que aconteceram nos últimos dias.

Durante esta semana soube-se que no passado dia 5 de Novembro, através de um grupo que usou a morada da equipa da NFL os Jacksonville Jaguars, foram registadas várias marcas, sendo as mais importantes: AEW Double Or Nothing, AEW All Out, AEW, Tuesday Night Dynamite, ALL OUT, Double Or Nothing e All Elite Wrestling.

A marca registada “chave” destas todas é sem dúvida ALL Elite Wrestling, pois esse é nome que os Young Bucks e Kenny Omega detêm para propósitos de marketing. Já o nome Double or Nothing também é conhecido, por ser o nome do 2º evento que o grupo queria realizar em Las Vegas, em 2019, depois do All In em 2018. Apesar do show não estar confirmado, haver alguém que registe esse nome mostra que pode estar algo a ser desenvolvido.

Outra das marcas registadas a seguir é a Tuesday Night Dynamite, que parece o nome de um possível programa semanal televisivo, o que mostra que esta nova empresa pode já estar a trabalhar para puder ter um programa semanal televisivo para transmitir o seu conteúdo.

Como referido anteriormente, quem registou as marcas usou a morada da equipa da NFL os Jacksonville Jaguars. Shahid Khan, que é o dono dos Jacksonville Jaguars, é também o dono do Fulham FC da Premier League e é considerado o 221º homem mais rico do mundo. No entanto, quem está por detrás destas marcas registadas é Tony Khan, que é um grande fã de Wrestling. Segundo Dave Meltzer, é subscritor da Wrestling Observer Newsletter desde a sua adolescência e conhece muitos dos grandes nomes do mundo do Wrestling, sendo grande amigo dos Young Bucks.

Ao início falou-se de que Jim Ross, Chris Jericho e Barry Bloom (um agente bastante conhecido na indústria) iriam também ser donos parciais desta possível nova companhia de Wrestling, mas pelo que se sabe até agora, é que todos têm apenas conhecimento do projecto. Se Jim Ross e Chris Jericho fizerem parte do projecto será apenas como comentador e lutador, respectivamente.

Se o projecto começasse hoje, só Chris Jericho, Cody e Brandi Rhodes poderiam assinar com a AEW, pois todos os outros membros dos The Elite ainda têm um contrato em solo americano com a Ring of Honor. No entanto, um dos grandes rostos desta possível nova companhia de Wrestling poderá ser o atual IWGP Heavyweight Champion Kenny Omega.

É sabido que Kenny Omega acaba contrato com a New Japan Pro Wrestling depois do Wrestle Kingdom 13, que acontecerá no próximo dia 4 de Janeiro, e que a WWE está interessada nele e também nos Young Bucks. Se Kenny Omega ou os Young Bucks realmente assinarem pela WWE, a AEW poderá acabar ainda antes de começar. No entanto, com a relação de amizade dos Young Bucks com Tony Khan e depois de, no final do All In, Kenny Omega ter prometido ficar com o grupo The Elite, a hipótese de irem para a WWE diminui drasticamente.

Ainda assim continua a haver a questão NJPW, onde todos os lutadores, especialmente Kenny Omega, continuam a estar interessados em continuar a lutar e a NJPW tem relações de trabalho com a Ring of Honor, tal como com a Rev Pro e a CMLL. Como irá a NJPW lidar com as novas situações caso esta nova companhia de Wrestling é também um dos pontos importantes para definição do futuro da AEW.

Dave Meltzer também reportou que quando estas notícias começaram a sair, alguns lutadores ligados à WWE mostraram interesse no desenrolar das notícias sobre esta nova empresa. No entanto, não é de esperar que esta nova empresa realmente comece antes de meados de 2019 ou mesmo somente no início de 2020.

Se entretanto surgirem mais notícias relevantes referentes a esta possível nova empresa de Wrestling, publicaremos aqui no site.

7 Comentários

  1. Kauê Silva há 3 semanas

    Muito interessante isso tudo hein, All Elite Wrestling vindo como uma nova companhia, talvez esse seja todo o mistério cercando o fim dos contratos de todos esses caras, se vier a acontecer vai ser algo revolucionário hein, quem sabe alguém pra “combater” a WWE de igual pra igual!!

    • Anónimo há 3 semanas

      Para “combater” a WWE de igual para igual, tinha de andar muito. A WWE está a ficar cada vez mais grande.

    • simaoP1 há 3 semanas

      Tendo em conta que a fortuna da Familia Khan é avaliada em 7billiões de dólares, é suficiente para fazer cócegas à WWE e abanar o império Vince McMahon!

    • Facebook Profile photo

      Só se for mais uma para WWE enterrar como fez Awa , ecw , wcw , SMW , com a TNA entre outras 👌

  2. Anónimo há 3 semanas

    Interessante 🤔

  3. Facebook Profile photo
    Codebreaker há 3 semanas

    A concorrência estimula o crescimento.

  4. Mais de que puderem ser uma potencial concorrente, se chegarem a um estatuto de Titã como a WWE, podemos ter uma nova Monday Nights War o que pode gerar um incremento da qualidade do produto. E desta vez não há um Undertaker, um Stone Cold Steve Austin, um The Rock que possa salvar a WWE, porque em vez de construirem talento, andam a enterra-lo..claro, isto se o Triple H não pegar nos main shows e a nova companhia ter qualidade

Comentar