Boas pessoal, sejam bem-vindos a mais um The Last Ride. Esta edição é bastante especial, porque pela primeira vez sugeri que fossem vocês a escolher o tema para esta semana. Foram várias as sugestões, mas apenas uma foi a vencedora, e por isso a que irei falar hoje.

Desde já, agradeço ao Simão Rouxinol, mais conhecido por Reigns one versus all, pois foi a sugestão dele que mais me agradou e que por isso será tópico desta semana. No entanto, não se preocupem, porque em princípio irei fazer mais interações deste género, de forma a recolher mais opiniões e obviamente as vossas sugestões.

Esta semana irei falar de um tema bastante atual, e que se enquadra perfeitamente na Road to Wrestlemania que estamos a viver neste momento. Irei falar do regresso de Shane McMahon, da sua rivalidade com Mr. McMahon e com Stephanie McMahon, e perspetivar o seu combate na Wrestlemania contra Undertaker, e quais as implicações que este regresso e respetivo combate poderão trazer à WWE daqui para a frente.

Decorria o Raw da semana passada, mais precisamente o segmento de abertura, em que Mr. McMahon apresentou o prémio “Vincent J. McMahon Legacy of Excellence”, atribuído à sua filha Stephanie, quando para surpresa de todos, e de mim mesmo, toca a música de Shane McMahon. Pela primeira vez em seis anos, o filho de Mr. McMahon regressava à WWE.

Naquele que foi um regresso surpreendente, e após vários confrontos entre família, o presidente da WWE anunciou que Shane McMahon teria a oportunidade de conseguir ter o controlo oficial do Monday Night Raw, se defrontasse e derrotasse Undertaker na Wrestlemania… E como se isto não bastasse, acrescentou a estipulação de Hell in a Cell Match.

Confesso que fiquei surpreendido com o anúncio, pois não esperava que Undertaker fosse utilizado desta maneira, e também não perspetivava o regresso de Shane McMahon nesta altura.

Porém, entendo que este combate, e como vimos no último Raw, está mais focado na rivalidade entre Mr. McMahon e Shane, do que propriamente em Undertaker, que é o wrestler que é, e que certamente Vince achou que seria um obstáculo difícil de ultrapassar para Shane, que se ganhar, ganhará o controlo do Raw.

Esta é verdadeiramente uma rivalidade que tem como objetivo único alcançar o poder, e se Shane ganhar, colocará a WWE a caminhar rumo à Brand Extension, na minha ótica. É uma possibilidade, e acredito que poderá acontecer.

Caso isto aconteça, teríamos Shane a comandar o Raw, e Vince e Stephanie o SmackDown, no que será uma luta de interesses pelo poder e pela superioridade em fazer mais e melhor.

No entanto, todo este cenário é coberto de uma imprevisibilidade extrema, devido á multiplicidade de caminhos que a WWE pode tomar. Por exemplo, se Shane McMahon vencer na Wrestlemania, Undertaker ficará mais enfraquecido, naquele que é o evento que o consagrou como a superstar que ele é hoje, mas se pelo contrário, Undertaker vencer, Shane não conseguirá o controlo do Raw, que é o centro da questão neste combate.

Desta forma, e não entrando em previsões antes do tempo, pois isso ficará para mais tarde, eu gostava de ver Shane a vencer, mas de uma forma que não envolvesse Undertaker diretamente. Talvez tivéssemos a interferência de alguém do exterior para atacar Undertaker, porque para ser sincero, não vejo outra maneira do Shane vencer o combate, se não for com a interferência de outra pessoa. Caso isto não aconteça, provavelmente Undertaker ganhará o combate.

Todavia, este cenário coloca a seguinte questão: Será que Shane McMahon conseguirá o controlo oficial do Monday Night Raw? Pois bem, só com o tempo conseguiremos chegar a uma resposta conclusiva, pois são muitos os fatores em jogo e vários os cenários possíveis. É mesmo esperar para ver… Enquanto fãs de wrestling, cabe-nos prever o que poderá acontecer, mas entre aquilo que dizemos e o que realmente é feito existem algumas diferenças, o que provoca uma boa ou má reação, dependendo dos casos.

Por isso, e ao longo desta estrada rumo à Wrestlemania irei falar sobre este combate e sobre todos os outros, mas fica para já um cheirinho daquilo que espero que seja o combate entre Shane e Undertaker, e o que poderá trazer à WWE. No entanto, e como já disse, quando chegar a altura certa e quando todas as peças do puzzle tiverem juntas, poderei formar uma opinião mais fundamentada, de acordo com aquilo que aconteceu nas semanas antes da Wrestlemania.

É com esta ideia que termino o The Last Ride desta semana, mas antes de me despedir, deixo algumas perguntas sobre este tema, para eu saber o que vocês pensam do assunto e o que acham que vai acontecer:

– Estão entusiasmados com o regresso de Shane McMahon?

– O que esperam do combate entre Shane McMahon e Undertaker?

– Acham que Shane McMahon conseguirá o controlo do Raw na Wrestlemania ou terá de passar por mais desafios para conseguir o seu objetivo?

Agora sim despeço-me, espero que tenham um bom fim de semana, bom wrestling e até para a semana. Fiquem bem!

14 Comentários

  1. Eu acho interessante o regresso do Shane mas a história que está a ser montada e meter o Undertaker no meio da história sem mais nem menos não gosto. De um lado gostava que regressa-se as Brand Split mas também não quero ver o Undertaker a perder par o Shane.

    • Concordo contigo, ainda faltam algumas semanas para a Wrestlemania, como tal, aguarda-se por novos desenvolvimentos nesta rivalidade

  2. Boris5 anos

    Concordo com tudo, Miguel. Ficaria muito feliz com uma split, mas ficaria tão ou mais triste com uma derrota desse nível do Taker.

  3. Vitor Oliveira5 anos

    Bom artigo.

    Acho que Taker vai ganhar na Mania e, após isso Shane irá pedir o controle do Smackdown desta forma teremos mais um capitulo desta rivalidade

    • Obrigado Vítor, não tinha pensado nessa possibilidade, pois neste momento o Shane quer o controlo do Raw, mas seria uma boa forma de continuação da rivalidade…

  4. Lucas5 anos

    Um tema bom proximos artigos, que depende com da road to WrestleMania, e como vem sendo bookeado o Dean Ambrose, de forma louca como ele, pois neste momento ele está rivalizando com várias pessoas ao mesmo tempo, Kevin Owens no sd, HHH em live event e o Lesnar na WrestleMania.

  5. Facebook Profile photo

    Bom artigo,Miguel.
    Já sabes a minha opinião acerca do regresso do Shane e sobre esta feud…

  6. Facebook Profile photo

    Eu imagino que shane escolha alguém para ajudá lo a vencer taker, tendo o controle do raw, ele faria esse superstar buscar WHC seja como heel ou face, como o campeão será reings, espero que Bray Wyatt seja escolhido, podendo se vingar de taker, reings, e qualquer um surgir pelo caminho, e com WHC em mãos

    • Já imaginei essa possibilidade, e acredito que até pode acontecer, como disse, ou o Shane escolhe alguém para o ajudar no combate ou alguém interfere a meio de forma a custar o combate ao Undertaker. Existe, neste momento, todo um leque de hipóteses bastante prováveis de acontecer, diria eu…

  7. Facebook Profile photo

    Bom artigo Miguel, quanto às questões:

    Estão entusiasmados com o regresso de Shane McMahon?
    – Obviamente, é o meu McMahon preferido (penso que é o de quase todos) e o seu regresso à WWE foi feito de forma soberba, não estava nada à espera.

    O que esperam do combate entre Shane McMahon e Undertaker?
    – Espero uma vitória do Taker, gostaria de ver a brand split a voltar à WWE, mas não desta maneira. O Taker nunca mais deve perder um combate seu na Mania, a sua derrota para o Lesnar tem que ficar na nossa memória como a única, tem que continuar a ter aquele brilho. Além disso, espero um combate de Mania.

    Acham que Shane McMahon conseguirá o controlo do Raw na Wrestlemania ou terá de passar por mais desafios para conseguir o seu objetivo?
    – Penso que se o objectivo é dar o controlo do Raw ao Shane, faz mais sentido ele perder o seu combate e ter mais alguns obstáculos, com os fãs a salivar cada vez mais com a sua vitória.