Frank casino

Dwayne “The Rock” Johnson tem estado bastante ativo nas redes sociais durante este período de pandemia do coroanvírus. O ator e ex-lutador tem feito várias Lives e Q&A’s, sobretudo na sua conta de Instagram.

Numa recente edição do espaço, The Rock foi sincero sobre o princípio da sua carreira na WWE e lembrou como os fãs o odiavam em 1997. O “People’s Champion” referiu que na altura a sua personagem representava “tudo o que havia de mal no Wrestling” e que por causa disso os fãs viraram-se contra ele.

Na altura, The Rock perdeu o Intercontinental Championship e foi mandado para casa devido a uma lesão. Esse período foi de bastante reflexão para Dwayne Johnson, que pensou em várias opções para o futuro da sua carreira. Pensou rumar à UFC, mas preferia não levar socos na cara. Também pensou em lutar no Japão, mas não acreditava que conseguisse fazê-lo.

Felizmente para nós, fãs de Wrestling, The Rock manteve-se na WWE e revolucionou a indústria nos anos seguintes. Depois de conquistar vários títulos e participar em várias WrestleManias, Dwayne Johnson viria a trocar os ringues pelos ecrãs de cinema, onde nos últimos anos tem sido uma das maiores estrelas do mundo.

Gostavas de ter visto The Rock passar pela UFC?

6 Comentários

  1. Ainda bem que The Rock não desistiu do pro wrestling nem foi para a UFC, onde não acredito que fizesse furor.

  2. Felizmente que nao foi para o UFC e se manteve no wrestling,conseguiu passa de alguém bastante odiado para um dos melhores de sempre,uma das caras do melhor período da historia do Wrestling e o wrestler mais carismático de sempre.
    Para mim uma grande lenda e um dos meus favoritos de sempre

  3. Anónimo5 meses

    Pergunta, se o Steve Austin é o homem das cervejas, pq o The Rock é que é o “Brahma Bull”? xD

    Obs: aqui no Brasil Brahma é uma cerveja.

  4. Facebook Profile photo

    Ainda bem que não foi para o UFC imagina um soco daquele braço, numa cara, era uma rinoplastia gratuita

  5. El Cuebro5 meses

    Seria um ótimo heavyweight no UFC e não sei se na altura combinava com o wrestling japonês, mas certamente fez bem em se manter na WWE, é uma grande referência!

  6. Anónimo5 meses

    Ainda bem que não trocou o Wrestling pela UFC.