A TNA transmitiu esta quinta-feira mais uma edição do Impact na AXS TV, a partir do Osceola Heritage Park em Kissimmee, Florida, rumo ao No Surrender de 23 de Fevereiro.

No main event, Alex Shelley conseguiu uma vitória sobre Eddie Edwards dos The System. Após o combate, o derrotado e Brian Myers quiseram vingar a derrota, mas KUSHIDA e Kevin Knight vieram em auxílio do lutador dos Motor City Machine Guns.

Alex Shelley também fez uma promo em que anunciou que o combate contra o TNA World Champion Moose será um No Surrender Rules Match, em que só terminará quando os seus parceiros atirarem uma toalha para o ringue.

Na divisão de Knockout’s, o destaque vai para o Tag Team Match que a equipa da TNA Knockout’s World Champion Jordynne Grace & Trinity venceu a de Gisele Shaw & Savannah Evans, mas há também a registar uma vitória de Tasha Steelz.

Além disso, depois da derrota no combate de equipas, a vencedora do Knockout’s Ultimate X Match deste ano despediu a Shawntourage.

Já no combate de abertura, o TNA X-Division Champion Chris Sabin derrotou John Skyler num Non-Title Match, num combate que foi “patrocinado” por Mustafa Ali, o adversário do campeão no No Surrender.

Ainda em destaque: a vitória de Zachary Wentz sobre Mike Bailey, sendo que Trey Miguel atacou o “Speedball”, que foi salvo por Trent Seven, e Steve Maclin e Nic Nemeth também se juntaram à brawl; e a vitória de Kon num Handicap Match, tendo depois tido uma brawl com PCO.

Por fim, dar conta: da inesperada estreia de Simon Gotch, que atacou Josh Alexander após este ter vencido Alan Angels; um cara a cara entre Jake Something e Frankie Kazarian; uma promo envolvendo Deaner, Joe Hendry e AJ Francis; e a promessa de Rhino que irá destruir o TNA Digital Media Champion Crazzy Steve.

Resultados

– TNA X-Division Champion Chris Sabin venceu John Skyler (Non-Title Match)
– Tasha Steelz venceu Xia Brookside
– Zachary Wentz venceu Mike Bailey
– TNA Knockout’s World Champion Jordynne Grace & Trinity venceram Gisele Shaw & Savannah Evans
– Josh Alexander venceu Alan Angels
– Kon venceu Richard Adonis & Ori Gold (Handicap Match)
– Alex Shelley venceu Eddie Edwards

Vídeos

Watch Wrestling


O que achaste deste TNA Wrestling?

5 Comentários

  1. tosse3 semanas

    será que TNA ainda existe daqui 1 ano?
    enfim

    • The Name3 semanas

      Existir deverá existir, como até agora, mas se fizeram a escolha errada em mandar a pessoa que salvou a empresa? Obviamente, o homem queria gastar mais dinheiro, mas a tal empresa que manda na TNA não queria, querem reduzir os custos, com o hype que a TNA teve e com a chegada de mais alguns lutadores podia ajudar, mas assim fica complicado, muitos dos lutadores adoravam o Scott, portanto daqui em diante não sei como vai ser o ambiente por lá, mas de certeza que ainda vai existir a TNA, deverá continuar igual como têm sido este últimos anos.

    • TakerVanDerVaart233 semanas

      Ainda há dias (se não estou errado), o Moose veio dizer que um dos principais motivos de ficar na TNA em vez de sair era sentir-me em família na empresa, muito devido ao Scott, pois são amigos próximos.
      E agora sai esta “bomba”, pois pode-se classificar como isso para a TNA.

    • The Name3 semanas

      Exatamente muitos deles estão lá porque escolheram ficar na TNA foi tudo por causa da relação próxima que têm com ele e agora fazem isto ao homem do nada, é só a TNA a ser TNA, nunca mais vai voltar a ser a mesma, é o que acho, se já era difícil agora ainda mais…

  2. Começámos o episódio com um combate decente entre Sabin e John Skyler, com o campeão a ter uma vitória previsível antes do seu confronto com Mustafa Ali. Falando neste último, gostei da sua campanha estar a patrocinar este opener. Esta personagem dele é interessante e, por enquanto, sou fã. Tasha Steelz vs Xia Brookside precisava de mais tempo para ser melhor do que foi. Mike Bailey vs Zachary Wentz foi bem divertido, com um ritmo elevadíssimo e várias sequências brutais. O pós-combate prepara uma 6-man tag com potencial! Trinity & Grace vs Shaw & Evans foi igualmente divertido, dando uma chance a todas para se exibir e avançando a feud entre a Gisele e a Jordynne. Cumpre também como a despedida oficial da Trinity – uma passagem de grande sucesso pela TNA, como referi há umas semanas! De seguida, o Kon despacha 2 jobbers antes de… o que estou a fazer com a minha vida para estar a ver o Konnor dos Ascension à porrada com o Quebecer Pierre? Meu Deus. Pouco depois, outra squash com Josh Alexander a despachar Alan Angels antes de ser atacado pelo Simon Gotch?! “Wtf, thought he was dead, LOL.” Alex Shelley vs Eddie Edwards foi bom, sendo que abusaram nas distrações constantes da Alisha. Em geral, achei um episódio misto de TNA. 2 combates muito bons mas também vários curtos, incluindo 2 squashes.