Um dos principais “calcanhares de Aquiles” que muitos fãs apontam à AEW é a sua divisão feminina. Porém, Tony Khan confia no valor das suas lutadoras e acredita que o futuro será risonho.

Em participação no programa Busted Open Radio, o presidente da All Elite Wrestling deixou palavras elogiosas às wrestlers da sua promotora ao ponto de considerar que a divisão feminina é cada vez mais um dos seus pontos fortes.

Eu acredito verdadeiramente que a divisão [feminina] tem ficado bem composta e já é um ponto forte da AEW, e temos uma excelente Women’s World Champion, Dr. Britt Baker. Temos algumas ótimas candidatas ao título por vir e eu tenho alguns planos para a divisão sobre os quais estou bastante entusiasmado e que ninguém sabe sobre o que são, porque tenho alguns grandes combates “na manga” para além de planos excitantes. Mas o que se está a passar neste momento é tremendo.

O title match [Britt Baker vs Ruby Soho] será uma grande parte do AEW Dynamite: Grand Slam da próxima semana. Ambas são muito carismáticas e eu e o público estamos mesmo investidos nas duas em diferentes maneiras. Acho que Ruby Soho é neste momento uma das nossas babyfaces mais populares e Britt Baker é incrivelmente polarizadora, mas recebe reações incríveis de qualquer modo e independentemente do que pensem dela.

Estou tão entusiasmado em relação ao que se tem passado na divisão feminina com Jade Cargill, enquanto wrestler rookie nos seus 20 e tal anos, que tem sido dominante. Claramente, há imenso interesse em Jade. Temos visto bastante tráfego nas pesquisas. Ela tem sido tremenda. Novamente, nessa divisão, Britt Baker e Ruby Soho são as nossas veteranas ainda que sejam jovens mulheres que terão, a meu ver, um combate fantástico no Dynamite da próxima semana. Portanto, há muita coisa excitante a acontecer.


Concordas com as declarações de Tony Khan em relação à divisão feminina da AEW?

15 Comentários

  1. Super Concordo. A divisão feminina do AEW está cada vez melhor, mais composta, mais interessante. São vários nomes no roster e eu vejo a grande maioria fazendo excelentes combates no futuro. É um divisão imensa, cheia de talentos e personagens distintos e com certeza, na atualidade, é mais organizada e estruturada que as demais divisões do mundo wrestling. Falo com tranquilidade. Os demais shows não conseguiriam, e nem querem, colocar suas meninas para lutarem frequentemente igual o AEW está fazendo. São mais de 7 combates femininos semanais, e isso, já é um avanço e tanto.

    • joao (diferenciado)4 semanas

      quando a maior parte são combates de 3 minutos no Dark, ajuda

    • É melhor isso do que ficar semanas sem nenhum match feminino igual ocorreu no smackdown.

    • joao (diferenciado)4 semanas

      ya, a wwe nao tem combates femininos, por isso é que tens sempre no minimo 2 por raw, e no ultimo tiveste 4. não é dificil ter 7 combates quando tens 4 programas. nos ultimos 10 dynamites só tiveste 1 combate feminino em cada. os 3 PPVs da AEW deste ano tiveram apenas 1 combate feminino no main show, tirando o all out em que tiveste a battle royale. se é para comparar, comparem justamente e nao sejam “biased”.

    • Bom, se formos comparar ambas empresas, realmente a divisão feminina da WWE está a frente, mas não pelo conteúdo atual que é péssimo, e sim pela história que eles construiram na divisão por todos esses anos. Mas, na atualidade, AEW está a frente. E não, não é possível termos mais de 1 combate feminino no Dynamite se o tempo do show é apenas 2 horas. AEW não costuma apresentar combates relampagos que duram 3 minutos igual ocorre nas demais empresas, e é impossivel colocar outro combate feminino que seja bom na programação. Temos que pensar nas demais histórias e demais campeões também. E sobre o último show do RAW, até teve 4 combates femininos, mas dois foram feitos com menos de 5 minutos e os outros 2 foram uma bagunça total sem história ou conteúdo. Não é algo a se comemorar.

    • joao (diferenciado)4 semanas

      dizes que é mais estruturada e organizada mas não dá para meter 2 combates de qualidade num show? disseste “São vários nomes no roster e eu vejo a grande maioria fazendo excelentes combates no futuro. É um divisão imensa, cheia de talentos e personagens distintos”. criticas o SD do MSG por não ter tido combates femininos mas também já vi edições do dynamite que também não tinham. não apresentam combates relampago? é óbvio que não vês Dark e Dark: Elevation. Já tiraste o único combate semanal do Dynamite, já são só 6 pelos outros 3 show. O rampage, se mais curto é do que o dynamite, tambem nao dá para fazer mais do que 1 combate. Logo, 5 combates femininos no Dark e no Dark: elevation. 2 combates femininos em 3 horas semanais, tal como o RAW, e a WWE ainda tem o SD que também traz combates. Para não dizer que se é uma divisão tão bem estruturada e cheia de talento, porquê que a Ruby Soho foi logo atrás do titulo assim que se estreou? “Os demais shows não conseguiriam, e nem querem, colocar suas meninas para lutarem frequentemente igual o AEW está fazendo.” é só fazer as contas tal como eu fiz lá em cima.

    • Obviamente eu estava me referindo ao show Dynamite quando disse que não há possibilidade de termos outro match feminino com duas horas. Mas talvez você não tenha entendido, ou não quer. Lá não ocorre match’s relampagos, se ocorre é bem raro e envolve a divisão masculina e não a feminina. Lá temos um match feminino toda vez, e sempre é decente ou ajuda a promover futuras histórias envolvendo as meninas. Obviamente temos match’s relampagos nos dois Dark, até porque lá as meninas aparecem para vencerem suas adversárias e divulgarem possíveis feud’s como está ocorrendo com Anna/Tay/Bunny/Pelelop. Mas mesmo que o resultado seja previsível, o show serve para divulgar novos talentos como Queen Aminata/ Sky Blue/ Abbadon/Kris Statlander e tantas outras que fizeram sua estreia nesse show… Sobre o Smackdown, nem vou me prolongar, o show é péssimo (referente a divisão feminina) basicamente já fazem 2 meses que Zelina e Carmella são humilhadas – Constantemente – semanalmente, e sempre, sempre, SEMPRE… o show não sabe nem o que quer, tendo em vista que, até ontem Shotzi e Tegan estavam em feud com as atuais campeãs de duplas. E hoje elas sumiram hahaha o mesmo para Toni que debutou e depois sumiu por um 2 meses hahahaha show horrendo. Prefiro ver as meninas do AEW se enfrentando nos respectivos shows do Dark do que perder meu tempo com a divisão feminina do SD. E sobre a Ruby, seu push é super merecido, e serve para jogar a wwe na parede e dizer: ”vocês são burros/incompetentes e demitem pessoas erradas e talentosas” e outra: a rivalidade da Ruby com Britt é bem melhor que as demais rivalidades femininas que a WWE vem apresentando, falo com absoluta certeza e tranquilidade. E digamos que a WWE também tem esse hábito de colocar mulheres que chegaram ontem para lutar pelos títulos… Que eu saiba Rhea ja debutou no MR vencendo o título feminino hahahahaha (aah… mas ela tava no NXT, e subiu para o MR) não importa, outras estavam no MR antes dela e mereciam uma chance – antes dela – mas você é incapaz de enxergar o óbvio e prefere não gostar de uma divisão que está melhorando/evoluindo/crescendo dia após dia.

    • joao (diferenciado)4 semanas

      secalhar já pensaste que secalhar o smackdown também só tem 2 horas? os combates do dynamite rodam sempre à volta de britt baker/hayter/anna/jada. e lá estão vocês a compararem-se à WWE sem motivo algum com «E sobre a Ruby, seu push é super merecido, e serve para jogar a wwe na parede e dizer: ”vocês são burros/incompetentes e demitem pessoas erradas e talentosas”». E a rhea estreou-se a ganhar? tás-te a esquecer da rivalidade dela em 2020 que resultou num Rhea vs Charlotte na WM? a Rhea só não ficou no main roster devido a problemas de visa. e ainda apareceu no royal rumble por isso não percebi o porquê de teres falado dela. que eu saiba, tiveste agora no smackdown o anuncio da carmella vs liv morgan para o extreme rules, um combate feminino sem ser por titulos, mas como não tás habituado a ver isso na AEW deve ter passado ao lado. e a parte da “Queen Aminata/ Sky Blue/ Abbadon/Kris Statlander” nem merece comentários. preferes ver lutadoras novatas cheias de botches? força, mas então não compares ao nível do smackdown dizendo que a divisão é melhor do que a da wwe quando na wwe tens sasha, bayley, becky, charlotte, belair, rhea, asuka, liv morgan, naomi, natalya, baszler, nia jax, zelina, tamina, alexa bliss, lacey evans, nikki ash, entre outras. isto é evidenciado pelo facto de que a ruby riott andava no catering e assim que foi para a AEW entrou logo na scene do titulo. qualquer mulher da wwe, se fosse para a AEW, entrava logo no top 3. ainda queres falar de divisões? eu não tou a fizer que a divisão da wwe é perfeita mas dizem que a aew não se compara a ninguém e depois vão mandar farpas como “é mais organizada e estruturada que as demais divisões do mundo wrestling” e “os demais shows não conseguiriam, e nem querem, colocar suas meninas para lutarem frequentemente igual o AEW está fazendo”. fica a ver o teu dark: elevation, com os seus combates de 3 minutos cheios de botches que eu fico com o talento que mencionei acima

    • Para de falar besteira… Não tem comparaçao, o SD tem 2 horas mas não tem tantos campeões como no Dynamite. O dynamite é o show principal, o sd o show secundário. Bom, não sei se você acompanhou as lutas da meninas que eu citei, até porque nenhuma delas comete tantos botches assim. Diferente das que você citou hahahaha uma vergonha comparar Nia Jax, Baszler, Liv, Tamina, Becky a qualquer lutadora da AEW. Elas são ridiculas e seus ring-skill patéticos e opacos. Tanto que das 5 que eu citei, apenas 1 realmente tem um mérito e isso por ser das 4HW e não por ser talentosa e boa como wrestler. Essas lutadoras novatas ja apresentam combates melhores que a Tamina e Nia por exemplo hahaha mas logico que voce ñão sabe disso, porque mal as conhece, já eu conheço todas que você citou e não me vem a memória nenhum combate alto nível de ambas (tirando a Becky é claro) já quando penso em Kris, Sky Blue e Queen Aminata, ai sim, me vem vários na cabeça e inclusive você pode assisti-los no Youtube caso queira. Vai assistir wrestling de verdade, por favor. E não, a divisão do AEW não gira em torno de Britt Baker, Anna e Jade. Não fale besteira. Anna mal teve destaque, pois se lesionou em uma boa fase. Britt sempre teve destaque mas pq ela é uma heel credível e carismática e Jade, deixe de ser cego, a Jade debutou tem pouquissimo tempo. Tem apenas 12 combates em sua carreira, nem ao menos teve uma oportunidade ou um personagem diferente desse ”dominante que ela apresenta na atualidade” e o que a Jamie Hayter está fazendo na sua menção???? Ela foi contratada esse ano, é impossivel o dynamite rodar ao redor dela kkkk você deve ter se confundido com os nomes (talvez porque voce nem assiste a divisao rsrs) e sim, continuarei assistindo meus 8/10 combates de 3 minutos na semana, e você, continuará assistindo seus combates de alto nível, match’s que a Nia Jax Baszler e Liv te dão hahahahahahaha que piada

    • Que choradeira… 😭

    • Entretenimento do domingo <3

  2. Outro Anónimo4 semanas

    Em termos geras ainda não estão no ponto . Mas as promos estão de grande de nivel. Continuando a crescer

  3. El Cuebro4 semanas

    A AEW sem dúvidas tem uma das melhores, se não a melhor divisão feminina do wrestling hoje em dia, antes se falava de muitas perdas que a divisão sofreu, por causa da pandemia não vimos por lá os nomes do Japão como a Riho, ou do UK como a Bea e a Jamie, também era dito algo sobre combates meio aleatórios e uma divisão que não tinha uma liga e também alguns de seus principais nomes que estavam lesionadas, como a Kris e a Britt, mas hoje em dia e graças aos planos para a Shida a divisão se transformou e melhorou demais, a Britt hoje em dia lidera uma divisão que está muito sólida e eu acho que até mereciam ter mais um título, no caso o de duplas femininas! Também devo citar novos nomes que foram crescendo bem como a Penelope Ford, Jade Cargill (que para mim deveria ser a próxima contender ao título), Leyla Hirsch, Anna Jay, etc!

  4. Anónimo4 semanas

    A divisão feminina ainda continua a ser o ponto fraco deles apesar das melhorias. Têm melhorado, mas ainda precisam de melhorar mais, deviam dedicar mais tempo a elas.

  5. Alexandre4 semanas

    a divisão feminina já evoluiu demais, e o importante é que as campeãs tem sido credíveis, Riho, Shida e Baker, todas campeãs sólidas e com momentum. Com certeza já é a melhor divisão feminina da américa.