No Verão de 2022, Vince McMahon saiu da WWE no meio de vários escândalos que o envolviam a ele e várias ex-funcionárias da empresa.

De todos esses escândalos, o maior envolvia a ex-árbitra Rita Chatterton, que trabalhou na então WWF durante os anos 80, e já em 1992 tinha acusado Vince McMahon de a ter violado.

Esta quinta-feira, Wall Street Journal noticiou que os advogados de Rita Chatterton e os advogados Vince McMahon chegaram a um acordo.

O jornal lembra que Rita Chatterton pedia 11,75 milhões de dólares de indemnização, mas o acordo foi feito por um valor mais baixo, apesar de não se ter conseguido saber o valor específico que Vince McMahon pagará à ex-árbitra.

O advogado de Vince McMahon, Jerry McDevitt, também em declarações ao Wall Street Journal, afirmou que o dono da WWE continua a negar que a tenha violado, e simplesmente chegou a um acordo para pôr fim ao processo.

O regresso de Vince McMahon à presidência da WWE foi controverso, pelo que o facto deste processo estar resolvido, é uma boa notícia para o dono da WWE.


O que pensas do final deste processo judicial que envolvia Vince McMahon?

4 Comentários

  1. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO2 semanas

    Faz bem, ia perder mais se continuasse com o processo, mesmo que acabasse ganhando o caso

  2. Até nos EUA o crime pode ser compensado com dinheiro. E no mundo do Wrestling ainda tem muita coisa encoberta, viu?!

    • Gaspar2 semanas

      Luis Paula vc parece ser um homem conhecedor da vida e da política dos EUA, dê uma palavra ao Vince,estou certo que o ouvirá

  3. Porra o que vale, é que o dinheiro pode tudo…