Bray Wyatt foi um dos nomes mais surpreendentes que a WWE despediu no ano passado, e quase um ano depois, a verdade é que o antigo “The Fiend” ainda não fez o seu regresso aos ringues de Wrestling.

Matt Hardy fez equipa e privou de perto com Bray Wyatt durante vários meses, e no seu podcast, o agora lutador da AEW revelou que o antigo WWE Champion e Vince McMahon têm uma relação muito estranha, quase igual à de um pai e filho.

Windham [Bray Wyatt] sempre teve uma relação muito estranha com Vince McMahon. Eu senti de forma estranha que Vince olhava para ele como um filho de alguma forma.

Quando Bray fazia coisas de que Vince McMahon gostava, ele adorava-o e dava-lhe realmente tudo o que lhe podia dar. Fazia de tudo para o tentar acomodar. Mas quando Bray fazia algo de que ele não gostava, Vince odiava-o.

Era uma dualidade realmente estranha e diferente, aquela que Vince partilhava com Bray. Quando ele gostava dele, dava-lhe tudo. Mas quando ele não gostava dele, oh meu Deus, era realmente mau e ele gostava de o castigar e de o insultar.

Para mim, era tão estranho. Era quase como um pai.


O que pensas destas declarações de Matt Hardy sobre a relação de Vince McMahon e Bray Wyatt?

4 Comentários

  1. Sley1 mês

    Personagem the fiend é prova disso

  2. El Cuebro1 mês

    Acho que todo o destaque que o Windham teve esse tempo pode ter sido em consequência disso, mas se fosse relação de “pai e filho” acho que dificilmente o Vince teria demitido o Windham como foi, alegação de corte de custos, se você realmente gostava dele tentava fazer de tudo para ele ficar e não o descartava como se ele não tivesse contribuído, e bem, para com a sua empresa esses tempos!

  3. O Vince poderia ter dado conselhos ao Bray quando ele errasse em alguma coisa!

  4. Devia de ter continuado na WWE!