Navega no Wrestling PT sem pop-ups

Visão Brasileira #287 – Hell Histórica

Pessoal tivemos neste último domingo, o PPV Hell in a Cell, um evento que teve combates em um nível muito bom e que nos três combates temáticos da noite não decepcionaram, nos proporcionando grandes momentos. No main event tivemos o histórico Hell in a Cell Match, entre a Raw Women’s Champion Sasha Banks vs. Charlotte. O resultado confirmou que Charlotte sempre vence em combates de grande envergadura e que Sasha Banks é uma campeã, que só vence no Raw.

Sobre os resultados, a vitória de Owens se confirmou, e Jericho mais uma vez interferiu, desta vez invadindo a cela. Todos os combates do PPV para mim foram muito bons, desde o main event, gostei também de Rusev vs. Reigns. Sobre TJ. Perkins vs. Brian Kendrick, mais uma vez vimos o combate acabar em submissão. Nas duplas New Day se salvou de Cesaro e Sheamus, graças a interferência de Kofi Kingston.

No Kickoff, tivemos o combate de trios, da divisão Cruiserweight, entre Cedric Alexander, Lince Dorado e Sin Cara contra Tony Nese, Drew Gulak e Ariya Daivari. Foi um combate bem interessante, estou gostando mais a cada dia da divisão Cruiserweight, espero que eles continuem tendo espaço para se destacarem. Ao final, Cedric aplicou o Lumbar Check em Gulak e a equipe face venceu.

No Raw voltamos a ter um combate de equipes e desta vez, Rich Swann, Cedric Alexander e Lince Dorado venceram Tony Nese, Drew Gulak e Ariya Daivari. Esta interessante este combates de trios pois assim a WWE oportuniza a todos de mostrarem suas qualidades em ringue, mas acho que seria interessante mais adiante o trio heel também vencer, para das oportunidade a todos e não só aos faces.

Roman Reigns perseveres and executes a Spear to claim victory and retain the U.S. Title.

Na abertura do PPV, tivemos o primeiro combate temático do evento, entre o United States Champion Roman Reigns vs. Rusev em uma Hell in a Cell Match. Tivemos um combate intenso e bem ao estilo Hell in a Cell. Quando Rusev pegou uma corrente para aplicar o Accolade em Reigns, parecia que teríamos um novo campeão. Ao final após um spear, Reigns conquistou a vitória e reteve o cinturão.

Goldberg drops The Bulgarian Brute with the Jackhammer.

No Raw vimos Rusev a vir intervir no segmento inicial, junto com Paul Heyman e que só serviu para ele ser atacado e sofrer um Jackhammer de Goldberg. Depois vimos Goldberg aplicar um spear em Heyman e não tivemos a vinda de Lesnar.

Teremos que aguardar para ver quais serão os próximos passos de Rusev, pois não acredito que ele continue a ser o desafiante do United States Champion Roman Reigns. Como o próximo PPV é inter-brand acredito que ele corra até o risco de ficar fora do Survivor Series. Sobre Reigns comentarei ao final do artigo.

Na sequência, tivemos Bayley a enfrentar Dana Brooke. Para mim foi um combate bem razoável e confesso que não me agrado muito com a capacidade em ringue de Dana Brooke, pelo menos nos combates contra Bayley, os estilos parece que não se complementam. Após um Bayley-To-Belly, Bayley conquistou a vitoria.

No Raw, vimos Bayley a participar do segmento em que a Raw Women’s Champion Charlotte, anunciou que seria a capitã da equipe feminina no Survivor Series. Ela disse que Bayley era o elo mais fraco da equipe e disse que Bayley enfrentaria Nia Jax, que também fará parte da equipe e Nia venceu com tranquilidade.

Sobre Bayley, acredito que mais adiante ela venha a ser a nova desafiante ao cinturão feminino da WWE, capacidade sabemos que ela possui. O que esta me incomodando são as rivalidades em que estão colocando Bayley, primeiro com Dana Brooke e agora possivelmente contra Nia Jax, tomara que não esteja enganado, mas espero que a WWE não acabe fazendo com que Bayley fique perdida no card, sem grande relevância, no futuro.

No combate de duplas entre Luke Gallows e Karl Anderson vs. Enzo Amore e Big Cass, tivemos um bom combate, mas nada de extraordinário. Big Cass dominou a maioria do combate, mas quem acabou vencendo foi The Club, após aplicar um Magic Killer, com Gallows a fazer o pin sobre Enzo Amore.

No Raw, em um combate ao estilo Halloween, vimos Enzo Amore a vencer Luke Gallows em uma Trick or Street Fight. Confesso que não gosto muito destes combates temáticos que a WWE realiza em determinadas datas, mas acredito que o resultado do mesmo, só serviu para nos mostrar que a rivalidade terá continuidade. Para mim a dupla que sair vencedora ao final desta rivalidade, deveria ser a nova dupla campeã dos cinturões de duplas a derrotar New Day.

No segundo Hell in a Cell Match, tivemos o WWE Universal Champion Kevin Owens vs. Seth Rollins. Durante o combate, Owens acabou utilizando o extintor sobre o árbitro, que precisou sair da cela, nisto Chris Jericho acabou invadindo a cela, para vir a ajudar a Owens. Depois Rollins conseguiu aplicar um Powerbomb em Owens, sobre uma mesa.

Depois quando Rollins esteve prestes a vencer, Jericho acabou impedindo o árbitro a realizar a contagem de 3. Depois Rollins ainda conseguiu atacar Jericho e Owens com uma cadeira, mas ao final, após um Pop-Up Powerbomb sobre duas cadeiras, Owens conseguiu a vitória e assim reteve seu cinturão.

Owens interferes after Reigns spears Jericho, and Jeri-KO double-teams the U.S. Champion.

No Raw, vimos Mick Foley a anunciar as presenças do Universal Champion Kevin Owens, de Chris Jericho e do United States Champion Roman Reigns. No fim do segmento ficou definido que o United States Champion Roman Reigns iria enfrentar Chris Jericho. No Main Event eles se enfrentaram em um bom combate e ao final Kevin Owens interferiu, fazendo assim Reigns vencer por desqualificação.

He sets up for the Pedigree on Jericho, but Owens saves his best bud.

Depois Owens e Jericho começaram a atacar Reigns e quem veio para salvar Reigns foi justamente Seth Rollins, que atacou os dois e quando foi aplicar o Pedigree em Jericho, Owens puxou-o para fora. O Raw terminou com Rollins e Reigns a se olharem, será que podermos ter uma lainaça entre eles, e termos o retorno da parte da Shield, seria épico se acontecesse.

Foi muito importante Kevin Owens mais uma vez vencer e continuar assim seu reinado como Universal Champion, mas estou esperando pelo momento que ele venha a vencer um combate sem qualquer tipo de ajuda. Chris Jericho mais uma vez o salvou e espero que tenhamos a tão esperada traição de Jericho, quem sabe no Survivor Series, para que depois eles entrem em rivalidade, quem sabe aí para afirmar Owens, com vitórias limpas, sem qualquer tipo de ajuda.

O WWE Cruiserweight Champion TJ Perkins teve como adversário Brian Kendrick. Tivemos um bom combate e ao final, Kendrick fingiu uma lesão no joelho e surpreendeu Perkins com uma cabeçada e, em seguida aplicou o Captain’s Hook, fazendo Perkins desistir e assim vencendo por submissão e se tornando o novo campeão.

Perkins hurricanranas Kendrick to the outside.

No Raw, tivemos a revanche do combate e desta vez, TJ Perkins venceu o WWE Cruiserweight Champion The Brian Kendrick, por count-out, isso fez com que Kendrick continuasse como o campeão. Após o combate Perkins se irritou e atacou brutalmente a perna de Kendrick.

Esta rivalidade deverá continuar e espero que termine no Survivor Series, até para que tenhamos a oportunidade a outros superstars desta divisão venham a ter a oportunidade de disoutar o Cruiserweight Championship. Quem sabe no PPV, não tenhamos um combate para definir o novo desafiante ao cinturão.

Os Raw Tag Team Champions The New Day tiveram como adversários Cesaro e Sheamus. Por muitos momentos, tivemos a impressão que teríamos novos campeões, mesmo com Sheamus e Cesaro não se entendendo muito bem. No final, Cesaro aplicou o Sharpshooter em Woods, Sheamus atacou Big E com o trombone. Depois Kofi Kingston aplicou um Trouble in Paradise em Sheamus e o árbitro deu a vitória a Sheamus e Cesaro por desqualificação, assim New Day continua com os cinturões.

No Raw vimos primeiro que Cesaro e Sheamus iriam de desentender de vez, depois que Sheamus acabou eliminado por Cesaro na Battle Royal, que determinava um participante da equipe do Raw para o Survivor Series, que acabou vencida por Braun Strowman. Mas depois eles derrotaram The Shining Stars e mostraram que seguem como uma dupla, pelo menos por enquanto.

No Main Event, tivemos a histórica Hell in a Cell Match entre a Raw Women’s Champion Sasha Banks vs. Charlotte. No final após um Natural Selection, Cahelotte derrotou Sasha Banks. Antes mesmo de a cela baixar completamente, Charlotte atacou Sasha e aplicou um Powerbomb na mesa dos comentaristas. Depois parecia que não teríamos combate, pois os médicos queriam levar Sasha Banks, mas ainda bem que isto não se confirmou.

O combate iniciou-se na cela e elas não nos decepcionaram, dando um combate bem intenso e com grandes momentos. Foi lindo ver Sasha a aplicar tanto o Three Amigos, quanto o Frog Splash em homenagem a Eddie Guerrero. Elas também utilizaram mesas e cadeiras e ao final Sasha tentou aplicar um Powerbomb em Charlotte através de uma mesa, mas não conseguiu, depois Charlotte jogou Sasha em outra mesa que estava no canto do ringue, aplicou o Natural Selection e venceu o combate.

Não tenho palavras para descrever sobre este combate, foi soberbo e tanto Charlotte quanto Sasha foram muito bem e este combate vai entrar para a história, como um dos grandes combates da historia da WWE. Aquele segmento inicial me deu um grande susto, pois pensei que não teríamos um combate.

Só o que tenho a lamentar é a derrota de Sasha Banks, pode ser que isto venha a ter ocorrido devido a uma lesão, mas lamento que ela tenha mais uma vez perdido para Charlotte em um combate importante. Basta lembrar que Charlotte também venceu os combates na Wrestlemania e no SummerSlam e agora a primeira Hell ia a Cell Match.

Parece que a WWE quer credenciar Charlotte como uma grande campeã, vencendo nos grandes palcos. Mas espero que a mesma WWE não estigmatize Sasha Banks a ser uma lutadora que só conquista o cinturão feminino em combates no Raw, ela precisa futuramente quebrar esta escrita e quem sabe vencer o cinturão na próxima Wrestlemania.

Visão Brasileira #160 Já era de se esperar!

Agora vamos ao espaço para interagirmos:

– O que vocês acharam dos combates do PPV Hell in a Cell?

– Qual o momento mais marcante do PPV??

– O que esperar do reinado de Charlotte?

– O Raw conseguirá se sobrepor ao Smackdown nos combates do Survivor Series?

– O Universal Champion Kevin Owens terá um novo desafiante?

Abraços a todos e até o próximo Visão Brasileira.

13 Comentários

  1. ANDRÉ - há 1 ano

    Ótimo artigo Mario

    – O que vocês acharam dos combates do PPV Hell in a Cell?
    Resp: Muito bons, nota 9 pro PPV.

    – Qual o momento mais marcante do PPV??
    Resp: Quando a Charlotte acerta a Sasha na mesa dos comentaristas.

    – O que esperar do reinado de Charlotte?
    Resp: Não entendi porque a Sasha perdeu o titulo no PPV, mas a Charlotte está evoluindo e espero que seja o melhor reinado dela, provavelmente e minha torcida para que a primeira desafiante seja Bayley.

    – O Raw conseguirá se sobrepor ao Smackdown nos combates do Survivor Series?
    Resp: Ainda não cheguei a uma conclusão sobre isso, acho que o Raw ganha o 5vs5 feminino e perde nas de duplas, na tradicional ainda não tenho palpite de quem vai ganhar.

    – O Universal Champion Kevin Owens terá um novo desafiante?
    Resp: Espero que sim, que seja o Jericho, após uma traição.

    • Muito Obrigado André.

      Aquele Powerbomb foi mesmo um dos grandes momentos da noite. Eu também não entendi, a derrota da Sasha, mas acho que issoocorreu porque Charlotte é queridinha da WWE e sempre ganha nos grandes shows e nos combates de maior envergadura.

  2. FFNXT - há 1 ano

    Sasha não está lesionada, pra quem não acompanha muito os live events, ontem teve Charlotte vs Sasha Banks no primeiro live event de turnê europeia da WWE pelo título feminino do Raw

    https://pbs.twimg.com/media/CwSMYDxWYAAEOIu.jpg

    Ela e Charlotte devem lutar por toda turnê

  3. FambroseDxDx - há 1 ano

    Primeiro que tudo, bom artigo Mário. Só corrigia alguns pequenos erros como lainaça<-aliança,Cahelotte<-Charlotte e Seth partiu duas e não uma mesa com o powerbomb em KO. Nada demais pois também dou erros ás vezes em artigos.

    Quanto ás perguntas:

    1-Achei que os combates foram bons. Destaco os HIAC's e acho que Bayley VS Dana e Club VS Enzo e Cass foram os piores combates (ficaram no nível razoável)

    2-O momento mais marcante foi quando começou o Main Event.

    3-Charlotte vai ser campeã até á Wrestlemania, perdendo para Bayley. num Triple Treath com Sasha.

    4-Raw ganha nas Womens(traição de Natalya) e masculinos e perde no de duplas.

    5-Claro! Vai ser Jericho e Rollins deve rivalizar com Rusev.

  4. Ziggler IC Champion - há 1 ano

    Otimo artigo

    -Achei os combates extraordinários mas penso que toda a gente está habituada a ver grandes HIAC matches:

    Undertaker
    vs Shane vs Triple H

  5. – O que vocês acharam dos combates do PPV Hell in a Cell?
    Gostei bastante do evento, 4/5.

    – Qual o momento mais marcante do PPV??
    A estrutura metálica descendo sobre o ringue enquanto as lutadoras a admiravam. Brotou-me lágrimas assistir tal.

    – O que esperar do reinado de Charlotte?
    Novas rivalidades, que seja mais duradouro que o anterior. Preferia vê-la enfrentando já Nia Jax, mas sem haver turn de nenhuma das superestrelas.

    – O Raw conseguirá se sobrepor ao Smackdown nos combates do Survivor Series?
    Acredito que sim.

    – O Universal Champion Kevin Owens terá um novo desafiante?
    Tomara.

  6. BRUNOju. - há 1 ano

    Ótimo artigo colega. O PPV Hell In a Cell merece uma nota 8, na minha opinião, porque de todos os combates, apenas os três temáticos é que foram realmente bons, os outros ficaram entre o fraco ou mediano.

    Estou gostando dos novos rumos na divisão dos galos, espero que nas próximas semanas tenhamos mais segmentos é mais tempo ao microfone para eles. Mas, com o anúncio daquele programa exclusivo para a divisão, não sei o que acontecerá. The Club vs Enzo e Cass foi bem broxante, e o combate no Raw foi pior ainda.

    Eu estou muito encucado com a situação da tag Team division, eles possuem boas duplas e não fazem rivalidades sérias. The Club vs New Day foi uma piada e agora Cesaro e Sheamus vs New Day está abaixo do que eles podem fazer. Talvez tenhamos algum grande combate entre eles, pois eles possuem qualidade.

    Roman Reigns e Rusev tiveram uma feud muito boa na minha visão, e o combate no domingo foi o terceiro melhor. Não faço ideia de quem será o próximo adversário do Roman Reigns, mas não duvido nada que seja Braun Strownman.

    Seth Rollins vs Kevin Owens e Charlotte vs Sasha Banks foram os combates da noite. Não tenho coragem de dizer que um foi melhor e o outro “menos melhor”, porque eu amei os dois. No combate masculino, eu gostei do ritmo mais acelerado e com boas sequências, aquele spot do Owens caindo nas duas mesas foi muito bom, e no fim, como prevíamos, Jericho deu uma mãozinha ao campeão e pronto. Os dois devem rivalizar no RoadBlock.

    Charlotte vs Sasha Banks foi um combate muito emocional para mim, e mesmo sendo muito fã da Boss, não fiquei muito desanimado com a sua derrota. Creio que a WWE deve valorizar isso da Streak da Charlotte, pois pode render uma vitória mais significativa para a próxima campeã. Quando a jaula começou a descer, eu tive vontade de chorar. A forma como o combate começou foi muito boa, aquela parte na Crowd e depois elas subindo na jaula e ainda, pela primeira vez duas mulheres quebraram uma mesa… Fenomenal! Eu estou muito orgulhoso dessas meninas, e para os próximos meses nessa divisão eu aposto num combate Charlotte vs Bayley no RoadBlock e depois devem meter a Emma e Nia Jax na rota.

  7. Muito obrigado BRUNOju.

    Os combates temáticos, realmente foram muito bons e tivemos alguns com nível comum, mas no geral foi interessante.

    Sobre a divisão de duplas, paraece que q WWE não sabe muito vem o que fazer com ela e quando teremos adversários, credíveis ao New Day.

    Reigns e Rusev nos proporcionaram bons combates e agora é esperar pelo novo desafiante do Reigns. Eu também acho que mais adainte acabará sendo o Strowman, mas não sei se já será logo após o Survivor Series.

    Rollins vs Owens, mais uma vez nos proporcionaram um grande combate. Só confesso que gostaria de ver em algum momento o Owens a vencer um combate sem qualquer tipo de ajuda.

    O combate feminino foi espetacular e fiquei triste pela derrota de Sasha, que precisará mais adiante vencer o cinturão em um grande evento, só para não ficar marcada por só vencer o cinturão em Raws.

Comentar

Editar avatar »