Visão Brasileira #290 – Raw 2 a 1 e main-event squash

Pessoal tivemos neste último domingo, o PPV Survivor Series, um evento que teve em seus combates tradicionais da temática 5 vs. 5, em um nível muito bom e os outros combates da noite não decepcionaram, os únicos que estiveram um pouco abaixo, foram os do kick-off. No main event tivemos, o combate que saiu da fantasia para o real, mas nem tivemos um combate em si, tivemos um amplo domínio de Goldberg e em menos de 2 minutos ele derrotou a Brock Lesnar.

Sobre os resultados, nos combates temáticos o placar de 2 a 1, já esperado se confirmou, eu diria que a grande surpresa foi que a vitória do Smackdown veio no combate de superstars, eu confesso que pensava que a brand azul venceria o combate de duplas. A vitória do Raw no combate feminino já era esperada e se confirmou, assim como as vitórias de The Miz, Brian Kendrick. Sobre a vitória de Goldberg eu a esperava mas não desta forma tão fácil, pensei que veríamos um combate equilibrado.

Perkins, Swann and Dar celebrate their hard-fought victory.

No Kickoff, tivemos o combate de trios, da divisão Cruiserweight, entre TJ Perkins, Rich Swann e Noam Dar contra Tony Nese, Drew Gulak e Ariya Daivari. Foi um combate bem interessante, estou gostando mais a cada dia da divisão Cruiserweight, espero que eles continuem tendo espaço para se destacarem, só que o trio de de Nese Gulak e Daivari, acabou tendo mais uma derrota, assim como no Hell in a Cell. No deste domingo a vitória veio através de Rich Swann que aplicou o Five Star Swann Splash em Ariya Daivar, para dar a vitória a seu trio.

É interessante este combates de trios pois assim a WWE oportuniza a todos de mostrarem suas qualidades em ringue, mas acho que seria interessante o trio heel também vencer, para das oportunidade a todos e não só aos faces. Mas também não podemos ver só este tipo de combate no kick-off, pode ser que acabe enjoando ao universo WWE, poderíamos ter mais combates um vs. um, do que esta overdose de combates de trios.

Tivemos também um segundo combate no kick-off, entre dois superstar do Smackdown, onde Kane enfrentou Luke Harper. Foi um combate razoável e que serviu apenas para dar visibilidade aos dois na noite de domingo. Kane venceu aplicou um Chokeslam e venceu o combate, que não deverá ter grandes desdobramentos para o Smackdown.

Bayley secures the victory for Team Raw after eliminating Becky Lynch.

Como primeiro combate do PPV, tivemos o primeiro dos combates temáticos da noite, pela divisão feminina, onde o Team Raw, formado por Sasha Banks, Bayley, Alicia Fox, Nia Jax e a Raw Women’s Champion Charlotte Flair contra o Team SmackDown, formado por Natalya, Carmella, Alexa Bliss, Naomi e SmackDown Women’s Champion Becky Lynch. Natalya acabou a vir participar do combate, pois Nikki Bella foi atacada nos bastidores.

A primeira eliminada foi Carmella que sofreu um scissors kick de Alicia Fox. Alicia foi eliminada por Alexa Bliss após um Twisted Bliss. Na sequência, Naomi acabou eliminada por count-out após ser atacada por Nia Jax. Sasha Banks foi eliminada por Natalya após um roll up, e em seguida Charlotte aplicou um big boot em Natalya a eliminando.

Mais adiante, surpreendentemente, Becky Lynch eliminou Nia Jax por submissão. Charlotte eliminou Alexa Bliss após um big boot. No final Bayley eliminou Becky Lynch, após um Bayley-to-Belly Suplex, dando a vitória ao Team Raw. As sobreviventes do combate foram Bayley e Charlotte. Após o combate, Charlotte atacou Bayley e comemorou com Dana Brooke.

A vitória do time feminino do Raw era mais que esperada, e a forma como acabou o combate indica que Bayley poderá vir a ser a nova desafiante de Charlotte. No Smackdown, a derrota não acarretará maiores problemas, até porque pelo que vimos a principal rivalidade não envolve a campeã Becky Lynch e sim envolve Carmella e Nikki Bella.

Maryse prematurely rings the bell and tricks Zayn into thinking he was victorious.

No primeiro dos combates não tradicionais do evento e que foram inter-brand. Tivemos o Intercontinental Champion The Miz do Smackdown a enfrentar Sami Zayn do Raw. Eles nos proporcionara um grande combate e parecia que teríamos a vitória de Sami Zayn, mas ao final Maryse foi decisiva. Zayn estava aplicando o figure-four leglock e Miz estava prestes a desistir, quando Maryse bateu o gongo, e assim Zayn achou que o combate havia acabado e comemorou a vitória, mas o juiz não deu fim ao combate e Miz aproveitou-se e aplicou um roll up para vencer o combate e continuar como campeão.

A vitória de Miz era esperada, ainda mais que ele acabou conquistando o cinturão nesta semana. Não sei se teremos maiores desdobramentos, para quem sabe mandar Sami Zayn do Raw para o Smackdown, isso se acontecesse seria bem interessante. Miz deverá ter a continuidade de seu reinado, onde defenderá o cinturão contra Ziggler no TLC, onde deverá ser mais uma vez ajudado por Maryse, que nesta semana foi fundamental a suas vitórias.

Incredibly, The Celtic Warrior and The Swiss Superman back each other up long enough to emerge victorious for Team Raw.

No combate temático de duplas, a 10-on-10 Traditional Survivor Series Tag Team Elimination Match, onde tivemos o Team Raw formado por Enzo Amore & Big Cass, Shinning Stars, Luke Gallows & Karl Anderson, Sheamus & Cesaro e RAW Tag Team Champions Kofi Kingston & Big E contra o Team SmackDown formado pelos SmackDown Tag Team Champions Heath Slater & Rhyno, The Hype Bros, American Alpha, Breezango e The Usos.

O primeiros eliminados foram Breezango, após um Midnight Hour de Big E e Kofi Kingston. Logo depois, Jimmy Uso deu um superkick em Kofi, eliminando o New Day. O combate seguiu-se e tivemos Luke Gallows a eliminar Zack Ryder, após um Magic Killer. Jason Jordan eliminou Primo, após um golpe combinado e após outro Magic Killer Karl Anderson eliminou Jason Jordan. Depois após um Gore, Rhyno eliminou Luke Gallows. Enzo e Cass aplicaram um Bada Boom Shakalaka para eliminar Rhyno e Jimmy Uso eliminou Amore após um Samoan Splash.

Ao final, cada equipe ficou com apenas uma dupla, o Raw com Cesaro e Sheamus e o Smackdown com The Usos. Eles nos proporcionaram grandes momentos e após Cesaro aplicar o Sharpshooter em Jey Uso, o Team Raw, venceu, tendo Cesaro e Sheamus como os únicos sobreviventes do combate.

O combate foi muito bom, e várias duplas tiveram bom momento de destaque e daria grande destaque aos Usos e American Alpha pelo lado do Smackdown e por The Club, Amore e Cass, e Sheamus e Cesaro pelo lado do Raw. A parceria entre Sheamus e Cesaro, que poderia ser um ponto chave para a derrota do Raw, não se confirmou, eu tinha a impressão que o Smackdown venceria, mas o Raw venceu.

No outro combate interbrand da noite, em que a divisão cruiserweight estava em jogo, o WWE Cruiserweight Champion The Brian Kendrick enfrentou Kalisto. Tivemos um bom combate e que foi bem equilibrado e ao final, após interferência de Baron Corbin, Kendrick acabou vencendo por desqualificação, pois foi atacado por Corbin, que depois também atacou Kalisto, que na verdade era seu alvo. Com o resultado a divisão cruiserweight continua no Raw.

Foi importante Kendrick vencer e assim ter um bom reinado como Cruiserweight Champion. A ida da divisão para o Smackdown não seria nada benéfica, pois a brand azul possui tempo de show menor então é melhor que eles continuem no Raw. Kalisto que mais adiante poderia ser remanejado ao Raw, quem sabe após esta rivalidade com Baron Corbin, que sinceramente acho que não levará nenhum dos dois a lugar algum.

Orton sacrifices himself to save the Wyatt Family patriarch from a Spear by The Big Dog.

No principal combate interbrand da noite, a 5-on-5 Traditional Survivor Series Men’s Elimination Match, onde tivemos o Team SmackDown formado pelo WWE Campion AJ Styles, Dean Ambrose, Bray Wyatt, Randy Orton e Shane McMahon a enfrentar o Team Raw, formado pelo WWE Universal Champion Kevin Owens, Chris Jericho, Seth Rollins, Roman Reigns e Braun Strowman.

Ambrose e Styles começaram a se desentender e após um Running powerslam, Braun Strowman eliminou Ambrose. Depois Shane atacou Strowman fora do ringue e ele acabou sendo eliminado após James Ellsworth, que estava escondido embaixo do ringue, segurar sua perna. Mais adiante, Kevin Owens acabou eliminado por desqualificação, após atacar AJ Styles com a lista de Jericho. Depois Orton aproveitou a distração de Jericho com sua lista e o eliminou após um RKO.

Quando Shane McMahon foi aplicar um Coast to Coast em Roman Reigns acabou eliminado após sofrer um spear. Depois Ambrose, retornou para atacar AJ Styles e tivemos um momento de união do Shield, com ele juntamente de Rollins e Reigns a aplicar o triple powerbomb em Styles, que assim foi eliminado por Rollins. Logo em seguida Orton aplicou o RKO em Rollins, e Bray Wyatt fez o pin.

Ao final, Reigns tentou aplicar um spear em Wyatt, mas Orton empurrou Wyatt e sofreu o golpe, em seguida Wyatt aplicou o Sister Abigail em Reigns e deu a vitória do Team Smackdown, tendo como sobreviventes Bray Wyatt e Randy Orton.

Para mim foi surpreendente a vitória do Team Smackdown. Sabia que teríamos desentendimentos nas duas equipes, mas a eliminação de Owens, para mim foi bem absurda, mas serviu para não descredibilizá-lo. A união momentânea da Shield, foi um grande momento, mas achei que teríamos algum tipo de punição a Ambrose, mas nada aconteceu no Smackdown. Gostei de Wyatt e Orton terem sido os sobreviventes e bem que isso poderia ser o inicio de um bom push para a Wyatt Family.

The WWE Universe is stunned by the outcome of the match.

Quando chegamos ao main event, todos esperávamos um grande combate entre Goldberg vs. Brock Lesnar e estava curioso para ver a capacidade física de Goldberg, mas nem deu tempo de se ver algo, pois após um minuto e vinte e seis segundos, após dois spears e um Jackhammer, Goldberg venceu facilmente a Lesnar, num nítido squash match.

And after thinking about what she said, Goldberg came to Raw to announce that he is competing in the 2017 Royal Rumble Match.

Goldberg apareceu na abertura do Raw e deu a impressão que não iria mais lutar pela WWE, mas na verdade anunciou que estará presente na Royal Rumble Match. Agora o que a WWE irá projetar para ele ainda não faço muita ideia, mas confesso que gostaria muito que ele entrasse em rivalidade contra um dos superstars ativos da WWE, para quem sabe nos proporcionar um grande combate na Wrestlemania, até porque gostaria de ver ele em um bom combate e não em um squash match.

Visão Brasileira #160 Já era de se esperar!

Agora vamos ao espaço para interagirmos:

– O que vocês acharam dos combates do PPV Survivor Series?

– Qual o momento mais marcante do PPV??

– Qual dos combates temáticos foi o teu preferido?

– O Main Event foi surpreendente?

– Goldberg tem chance de vencer a Royal Rumble Match?

Abraços a todos e até o próximo Visão Brasileira.

Sobre o Autor

- Autor da Coluna Visão Brasileira e da pesquisa dos combates em listas elaboradas pela WWE. Um grande fã da WWE, desde os anos 90. Geógrafo de formação, um riograndino, que vive em Porto Alegre.

6 Comentários

  1. ANDRÉ - há 11 meses

    Ótimo artigo Mario

    – O que vocês acharam dos combates do PPV Survivor Series?
    Resp: Ótimos, alguns surpreendentes até.

    – Qual o momento mais marcante do PPV??
    Resp: A vitória do Goldberg, não achei que ganharia e muito menos da maneira que ganhou. Também destaco o triple powerbomb dos Shields em cima do AJ.

    – Qual dos combates temáticos foi o teu preferido?
    Resp: 5 vs 5 tradicional masculino, já é um dos maiores da historia do PPV, só não foi perfeito porque faltou algo surpreendente nele.

    – O Main Event foi surpreendente?
    Resp: Sem dúvida, só espero que este resultado tenha consequências ao personagem do Lesnar.

    – Goldberg tem chance de vencer a Royal Rumble Match?
    Resp: Eu não daria a vitória, e não acho que vai ganhar, chance sempre tem, mas acho que serão remotas, mas sua participação na match vai indicar seu adversário na WM33, creio eu, e gostaria que ele fosse uma das duas primeiras entradas, pra sua entrada show.

    • Muito obrigado André.

      O PPV em si me foi bastante agradável, gostei dos resultados. A vitoria do Goldberg, da forma que foi, realmente surpreendeu a todos. A reunião do Shield, foi mesmo muito legal.

  2. 434 Days - há 11 meses

    Bom artigo Mário.

    – O que vocês acharam dos combates do PPV Survivor Series?
    No geral satisfatórios. Penso que o feminino podia ser melhor e o main event desiludiu. Destaque para o combate 5×5 dos superstars masculinos como o melhor da noite

    – Qual o momento mais marcante do PPV??
    Powerbomb dos Shield. Espero que se reúnam no futuro.

    – Qual dos combates temáticos foi o teu preferido?
    O principal entre os superstars masculinos

    – O Main Event foi surpreendente?
    Acho que foi. Esperava um combate com mais tempo

    – Goldberg tem chance de vencer a Royal Rumble Match?
    Certamente que tem, pois não sei qual os planos que se tem para ele. Pessoalmente gostava de ver Finn Bálor regressar e vencer mas veremos o que acontece.

    • Obrigado 434 Days.

      O feminino também acho que poderia ter sido melhor desenvolvido, mas também não foi um desastre. Todos nós esperávamos mais combate no Main Event, só as entradas levaram mais tempo que o combate.

  3. BRUNOju. - há 11 meses

    A Natalya não foi atacada nos bastidores.

Comentar

Editar avatar »