Faz login e reduz a publicidade

Visão Brasileira #396 – Indefinições

há 3 meses Artigos 2

Pessoal, bem-vindos a mais uma edição do Visão Brasileira. Como na semana passada tivemos o shake-up e nesta semana parece que a WWE ainda seguiu com dúvidas, desfazendo algumas das trocas realizadas e ainda realizando outras novas, decidi tentar entender estas indecisões de trocas de brand e outras também como a do nome dos campeões de duplas do NXT os War Raiders, as promos de Sami Zayn e o personagem de Bray Wyatt.

O primeiro dos que foi anunciado no Raw e que agora faz parte do Smackdown é Aleister Black. Ele e Richochet ainda não tinham uma brand definida e pelo shake-up, ficou definido que eram do Raw, mas agora Aleister foi para a brand azul. Com isso, já tivemos a separação de Aleister Black & Ricochet que nos últimos meses vinham lutando como dupla. Teremos cada um em uma brand e espero que esta separação possa ser benéfica a ambos e que eles não venham a perder destaque que vinham a ter no road to Wrestlemania.

WWE Photo

A estada de Andrade & Zelina Vega no Raw, perdurou por uma semana e agora eles retornam ao Smackdown. Por um lado até diria que é válida, para que Andrade venha a desafiar o Intercontinental Champion Finn Bálor, que veio do Raw e Andrade em seu único combate na brand vermelha, derrotou o campeão, então nada mais justo que ele retorne ao Smackdown, para ser o desafiante a este cinturão.

Nesta semana em seu retorno ao Smackdown, vimos Andrade a sair derrotado pelo Intercontinental Champion Finn Bálor, na reedição do combate do Raw, tendo desta vez um resultado diferente. Assim o enfrentamento entre eles está em 1 a 1. Provavelmente eles terão um combate com o cinturão em jogo no PPV Money in The Bank, espero que tenhamos um grande combate e espero que em algum momento, Andrade conquiste o cinturão, mas não sei se já no próximo PPV.

WWE Photo

Sobre as mudanças pós-shake-up e que são novas, tivemos as idas do United States Champion Samoa Joe e de Cesaro para o Raw. A ida do United States Champion Samoa Joe, para mim era esperada, até para que não tenhamos apenas o Universal Championship no Raw. Ele surgiu no segmento inicial, para desafiar o Universal Champion Seth Rollins, sendo o primeiro dos seis superstars a desafiá-lo, os outros foram Rey Mysterio, Drew McIntyre, The Miz Baron Corbin e AJ Styles. Joe acabou derrotado por AJ Styles, em uma Triple Threat, que também teve Rey Mysterio,

Estou curioso para ver quem serão os futuros desafiantes de Samoa Joe no Raw. Ele tem grande qualidade e espero que venhamos a ter boas rivalidades para ele, com nomes do Raw e não com repetição de rivalidades, que já vimos ele ter no Smackdown. Confesso que ainda não sei quem escolheria para ser seu primeiro grande adversário.

WWE Photo

Outro que retorna ao Raw é Cesaro, agora sem Sheamus, com quem formou a The Bar, por uns bons meses e teve bom destaque na divisão de duplas. Cesaro retornou para enfrentar Cedic Alexander e saiu vencedor, em um bom combate.

Cesaro assim pode ter uma nova oportunidade e ter destaque no Raw, após estar sem Sheamus. Espero que a WWE finalmente consiga dar algum destaque a ele. Para mim Cesaro é um dos muitos lutadores sobrevalorizados, pois tem potencial para ter destaque, mas acaba perdido no meio do roster. Depois de um bom tempo na divisão de duplas, penso que é o momento para ele se destacar individualmente, quem sabe sendo um futuro desafiante ao United States Championship.

WWE Photo

O Smackdown recebeu como novidades pós-shake-up, Jinder Mahal e os Singh Brothers. Eles aliás retornam a brand azul após um ano sem muita relevância no Raw.  Mahal fez seu retorno e enfrentaria Cahd Gable, mas Lars Sullivan apareceu e só não atacou a Mahal que fugiu. Sullivan atacou Chad Gable, The Singh Brothers e depois a R-Truth que tentou vingar-se do ataque da semana anterior.

Lembrando que Mahal teve um grande ano de 2017 pelo Smackdown, tornado-se inclusive WWE Champion e United States Champion, quando perdeu o cinturão, justamente no shake-up, em 2018, quando estreava no Rawm, para Jeff Hardy. Mas desta vez, acho que ele nem de perto terá algum destaque, como o anterior.

WWE Photo

Continuando o tema das indefinições, sigo na celeuma dos nomes dos campeões de duplas do NXT, os War Raiders, formado por Rowe & Hanson, que subiram para o roster principal e agora fazem parte do Raw. No Shake-up, eles apareceram como The Viking Experience e com os nomes de Erik & Ivar. Já na semana seguinte, apareceram como The Viking Raiders, que é uma mistura do primeiro nome, com o segundo. Os novos rumores apontam para uma nova mudança de nome, desta vez para The Viking Warriors.

A WWE parece ignorar toda a história e consolidação que os War Raiders tem no NXT, sendo inclusive os campeões dos cinturões de duplas. Claro que a maioria dos fãs do Universo WWE, incluindo a mim, não gostaram desta mudança abrupta de nomes, tando da dupla, quanto dos nomes dos lutadores, que parece assim ignorar que já estavam a se destacar no NXT.

Sobre Sami Zayn, quando falo de indefinições, é de até onde vão suas promos e o que isto poderá resultar de positivo para ele. O universo WWE, parece não querer odiar a Zayn, e eu me incluo neste grupo de pessoas, mas como ele conseguirá se destacar, se a acada semana, fica mostrando o quão tóxico é ambiente da WWE.

Espero que mais adiante, Zayn volte a lutar regularmente e ganhe destaque e possa demonstrar algo a mais do que boas promos. A grande questão é como Zayn vai arranjar espaço para se destacar, justamente no Raw. Acredito que Zayn teria melhor oportunidade de se destacar no Smackdown. No Raw, devido ao excesso de nomes, não sei se ele conseguirá o destaque que espero.

A última das indefinições que existe para mim será a da índole do novo personagem de Bray Wyatt. Após vários vídeos que apontavam para o retorno dele, bem sombrios, como o pássaro em uma caixa e a uma boneca em uma cadeira, vimos Bray Wyatt a ressurgir nesta semana em um segmento denominado “Firefly Fun House”, que é um programa infantil em que ele é o apresentador e vem acompanhado do pássaro e da boneca, com uma nova faceta.

Bray Wyatt mostrou-se mais alegre, mas por vezes mostrou ainda seu lado mais sádico e ao final do segmento cortou com uma motosserra uma imagem do velho Bray Wyatt, como se fosse algo natural. Mostrando que este personagem tem tudo para ter uma dupla personalidade, o que poderá ser benéfico, se for bem trabalhado, mas um desaster se ficar apenas no nível caricato.

Para encerrar deixo uma serie de perguntas para interagirmos.

– Qual destas novas trocas de brand, para ti foram as mais interessantes, quais os motivos?

– Qual destas novas trocas de brand, para ti foram as menos interessantes, quais os motivos?

– Que nome você escolheria para os War Raiders?

– O que esperar destas novas facetas de Sami Zayn e Bray Wyatt?

Desejo a todos uma grande semana e até o próximo Visão Brasileira!

2 Comentários

  1. Mais um bom artigo Mário
    – Qual destas novas trocas de brand, para ti foram as mais interessantes, quais os motivos?
    Resp: Cesaro no raw, vamos ver se agora dão o devido valor a ele.

    – Qual destas novas trocas de brand, para ti foram as menos interessantes, quais os motivos?
    Resp: Andrade no SmackDown, na atual fase dele se encaixaria mais no raw.

    – Que nome você escolheria para os War Raiders?
    Resp: War Raiders mesmo, é o nome ideal.

    – O que esperar destas novas facetas de Sami Zayn e Bray Wyatt?
    Resp: Sami Zayn que tenha espaço de brigar pelos grandes títulos, Bray Wyatt não faço ideia, é no minimo bizarro o que estão fazendo com ele.

    • Muito Obrigado André.

      Também espero que Cesaro, possa ter mais destaque, agora individualmente. Achei uma pena este bate e volta do Andrade no Raw.

Comentar