Visão Brasileira #419 – Mulheres vs Petrodólares

3 semanas 31

Olá leitores e leitoras do Visão Brasileira, aqui no Wrestling PT. Na quinta-feira da próxima semana, dia 31, teremos o Crown Jewel, o evento da WWE na Arábia Saudita, que serve muito mais para a companhia encher os bolsos de dinheiro com os petrodólares e que devido as questões locais, não contam com a presença de mulheres em seu show. Uma questão me incomodou muito nesta semana no Raw, foi o do que não tivemos nenhum combate da divisão feminina e até mesmo nenhum segmento em que o destaque fosse para a divisão feminina, o que é uma lástima, por parte da WWE.

A presença feminina no Raw, resumiu-se primeiramente a presença de Lana, na rivalidade entre Rusev e Bobby Lashley, que é o tipo de rivalidade que me desagrada e que é bem da linha do que Vince McMahon adora, mas que para mim não seria mais cabível, onde a mulher é o fator que causa a rivalidade, mas que esta acabará não levando a lugar algum e será algo apenas para se gastar tempo dos shows, pois não elevará Bobby Lashley a nada, assim como a Rusev. A WWE poderia ter pensado melhor em desenvolver esta rivalidade, de outra maneira. Lana tem seu destaque na rivalidade, mas para mim de forma extremamente negativa.

O outro momento de presença feminina no Raw, foi a vinda de Zelina Vega, a acompanhar Andrade, no combate dele contra Sin Cara. Zelina até participou do combate, ajudando Andrade a vence-lo, atacando Sin Cara e mostrou sua importância ao lado de Andrade em uma parceria que vem dando certo, para mim ela atualmente é a melhor manager de um lutador na WWE, gostaria de ver mais a presença de um manager, tanto masculino como feminino, ao lado de lutadoras e lutadores, poderia ser uma boa solução aos que não possuem bons mic-skills.

Por falar em Andrade e Zelina, espero que eles venham a ter grande destaque no Raw, sua nova brand. Zelina como manager de Andrade, tem sido muito eficaz, e confesso que a gostaria de ver lutando, quem sabe em algumas oportunidades. Lamentavelmente, resumiu-se a isso a presença das mulheres no Raw desta semana. Não tivemos a Raw Women’s Champion Becky Lynch, nem das outras lutadoras da brand que são as Women’s Tag Team Champions Kabuki Warriors com Asuka & Kairi Sane, nem de Charlotte Flair, Liv Morgan, Natalya, Sarah Logan e das The IIconics, com Billie Kay & Peyton Royce.

Lembrando que nesta altura, no ano passado, estávamos rumo ao Crown Jewel, que aliás veio a ser uma catástrofe, como já se esperava e se confirmou em uma péssima edição, mas ao mesmo tempo, a divisão feminina vinha tendo destaque, por parte da WWE, pois estávamos a caminho do PPV Evolution, que foi totalmente dedicado a divisão feminina, foi um show muito bom, mas para este ano, foi definido que não teremos este PPV.

No Evolution revemos Trish Stratus & Lita a vencer Alicia Fox & Mickie James, assim como Nia Jax a vencer a Women’s Battle Royal, a final do Mae Young Classic 2018, onde Toni Storm derrotou Io Shirai, o combate em que Natalya, Sasha Banks & Bayley derrotaram a Riott Squad, o combate em que Shayna Baszler venceu a NXT Champion Kairi Sane e conquistou o cinturão, a excelente Last Woman Standing Match entre a SmackDown Women’s Champion Becky Lynch e Charlotte Flair, vencida por Becky e a Raw Women’s Champion Ronda Rousey a derrotar Nikki Bella. Uma pena que neste ano, não teremos estes combates por parte da WWE, pois ela simplesmente não dará outra edição do Evolution.

Se olharmos os dois eventos, que ocorreram em 2018, é claro e nítido que o Evolution foi muito melhor que o Crown Jewel pois ele marcou história, por ser um evento exclusivamente feminino e nos apresentou combates com níveis muito melhores. Mas quem seguirá neste ano é claro é o Crown Jewel, que nada mais é que um Live Show de luxo, bem pomposo, por ser na Arábia Saudita, com seu petrodólares.

Para a Arábia Saudita, teremos as presenças de Cain Velasquez, que até agora estou bastante curioso para como a WWE vai fazer o desfecho deste confronto entre ele o WWE Champion Brock Lesnar. Não acredito em mudança de campeão, mas pode ser que Velasquez vença por desqualificação, mas se esta não for bem feita, será mais um desfecho catastrófico por parte da WWE, como vimos por exemplo no Hell in a Cell. Não acredito que Velasquez assine com a WWE para ser derrotado de forma vexaminosa por Lesnar, se isso ocorrer, Velasquez vem apenas para este evento.

Outro combate que tenho curiosidade é de como Braun Strowman vai ser derrotado por Tyson Fury, pois se isso acontecer, será outra coisa a se lamentar extremamente. Mas não vejo o boxeador a receber os petrodólares para vir apenas a WWE, para ser derrotado por Braun Strowman. Eu confesso que gostaria de ver um massacre por parte de Strowman, mas sei que isso não acontecerá.

Logo no ano que a WWE finalmente dá o devido destaque a uma lutadora, na capa de seu jogo de videogame em 2020, e parecia ter acertado, ao termos a presença de Becky Lynch, com seu devido destaque, mesmo que tenha dividido a capa jogo, ao lado de Roman Reigns, a WWE parece que tem lapsos, buscando atender aos interesses da Arábia Saudita e simplesmente exclui combates e segmentos que envolvam e que possam dar destaque a divisão feminina, neste último Raw.

O que me espanta é que algumas pessoas justificaram que o último Raw, teve o show melhor do que nas últimas semanas, justamente por não termos tido combates e nem segmentos da divisão feminina, o que qualificaria como um ultraje, pois não é a divisão feminina a principal responsável pelo mau momento da WWE.

Até se lembrarmos do PPV Hell in a Cell, o último da WWE, foi o combate feminino entre a Raw Women’s Champion Becky Lynch e Sasha Banks, que foi o grande combate do evento e não a catástrofe entre o Universal Champion Seth Rollins e Bray Wyatt. Sem contar os inúmeros combates da divisão feminina que tem sido excelentes nos últimos meses, querer justificar o mau momento, por conta exclusivamente da divisão feminina é de uma má vontade imensa.

O problema da WWE, todos sabemos que é a má condução do booking por parte da WWE, que afeta tanto a divisão masculina, quanto a feminina e podemos sim ser grandes combates em ambas, assim como grandes rivalidades e até mesmo como provou-se no ano passado, a realização de um PPV. Mas para este ano, falou mais alta a questão dos petrodólares, e que teremos um evento na Arábia Saudita, em que teremos o Team Hogan vs. Team Flair, mas menos mal que eles não estarão em ringue. Depois a WWE que se vire a desfazer as burradas e decisões que tomará na Arábia Saudita e tentar consertá-las no próximo PPV enquanto isso a divisão feminina ficará relegada a segundo plano, o que é uma vergonha.

Para encerrar deixo uma serie de perguntas para interagirmos.

– O que você achou desta ausência de combates da divisão feminina no Raw?

– Você gostaria que houvesse uma nova edição do Evolution?

– O que você acha do Crown Jewel e destes eventos na Arábia Saudita?

– O que esperar do combate entre o WWE Champion Brock Lesnar e Cain Velasquez?

Desejo a todos uma grande semana a todos e até o próximo Visão Brasileira.

31 Comentários

  1. Jonas3 semanas

    – Vejo muito alarde sobre a ausência de combates femininos, acabando por ser mais um pensamento feminista que realmente sentir falta de algo bom. E vamos ser sinceros, a divisão do Raw se resume a Becky e Charlotte (Asuka pode fazer uma graça, mas não consegue construir feuds decentes), e se for a feud das duas toda santa semana vai ficar enjoativo.
    – Com muita gente boa machucada ou indisponível, acho melhor não realizarem só pra agradar a militância feminista.
    – Um live Event com grife, nada demais.
    – Um combate ruim e que provavelmente não será o ultimo

    • BRUNOju.3 semanas

      Homem, vá aprender mais sobre o feminismo antes de vir associá-lo a algo ruim na internet. Vá ler, aprender mais. Vai te ajudar a ser mais feliz.

    • Anónimo3 semanas

      Se o nome dele é Jonas, imagina-se que é homem, não precisava explicitar isso

    • Jonas3 semanas

      Parece-me que é você que precisa aprender mais sobre a REALIDADE antes de querer serum paladino da modalidade

    • vitor3 semanas

      pelo amor de deus fica quieto, só falou merd* em relação a divisão feminina. acho que calado vc é um poeta.

    • Beatriz Lynch3 semanas

      Não concordo não, a unica coisa que vc disse que faz sentido é se ficarem repitindo Becky vs Flair, ai enjoa mesmo.

    • Jonas acredite que não está sozinho apenas há pessoal que não tem coragem de dizer o que pensa tal como você o fez tudo por causa desse hate que recebeu depois de dar a sua opinião, embora acho que tem alguma razão também acho que usou mal as palavras não acho que o pessoal seja feminista, mas acho que gostam muito de ser politicamente corretos… se não há um combate feminino já acham que estão a menosprezar as mulheres… nada a ver… eu acho que fez todo o sentido o RAW ter sido como foi(sem combates femininos)… isso não significa que eu não dou o devido valor à Becky e à Sasha por aquele combate no Hell In a Cell que foi fantástico, eu adorei aquele combate mas sendo que só havia Sara Logan e Natalya disponíveis acho que seria ridículo forçar um combate sem contrução nenhuma só para haver um combate feminino… agora quanto à questão da Asuka.. ela até é uma boa wrestler e tem bastante qualidade mas o facto de ter dificuldades no inglês dificulta-a bastante e por isso entendo o que quer dizer quando diz que não consegue criar boas feuds.. basicamente ela não consegue ter tanto impacto como a Charlotte ou a Becky porque ambas têm mais habilidade no mic(o que também é bastante importante), quanto aos maus combates na divisão feminina é normal e não julgo dado que os últimos combates masculinos não têm sido grande espingarda também, não me parece um problema feminino(embora perceba que há muito mais talento masculino do que feminino no main roster).

      E não me venham com tretas que eu disse que os homens têm mais talento que as mulheres porque o que eu quis dizer é que há mais talento em termos de quantidade de wrestlers.

    • BRUNOju.3 semanas

      Bruno, mas você nao acha um desrespeito com o fã nao haver nenhum combate/segmento e ainda sem aviso prévio?

      Há muitos fãs que só acompanham a divisão feminina na WWE, inclusive eu. É frustante assistir 3 horas esperando algo acontecer e nada. Não é tão simples assim, as pessoas tem direito de ficarem chateadas.

    • Não diria que é apenas um pensamento feminista, mas de a WWE se preocupar muito mais com a questão do evento na Arábia Saudita, do que com sua divisão. Menos mal que eles conseguiram incluir um combate feminino, que é algo histórico. Se não existem outras lutadoras com destaque, é justamente pela má condução do booking da WWE.

  2. Mais um bom artigo como sempre Mario

    – O que você achou desta ausência de combates da divisão feminina no Raw?
    Resp: Chato, mas parece que a maioria das mulheres do Raw estavam em live event na Austrália, então é justificável.

    – Você gostaria que houvesse uma nova edição do Evolution?
    Resp: Sim, o evento do ano passado foi muito bom.

    – O que você acha do Crown Jewel e destes eventos na Arábia Saudita?
    Resp: Alguns foram bons, outros nem tanto, mas de um ponto de vista financeiro, é atraente, então…

    – O que esperar do combate entre o WWE Champion Brock Lesnar e Cain Velasquez?
    Resp: Vamos ver como tá o Cain Velasquez se já pegou habilidade com pro wrestling.

  3. Obrigado 👍🏻

  4. Vou começar por dizer que assim que comecei a ler o artigo me deu vontade de partir logo para os comentários pois discordei de tudo o que foi dito no início no artigo.. comecemos pela seguinte frase:

    “não tivemos nenhum combate da divisão feminina e até mesmo nenhum segmento em que o destaque fosse para a divisão feminina, o que é uma lástima”

    Acho que este termo lástima tal como vergonha… é completamente exagerado.. Porquê? Pergunta você… e eu respondo, Naomi, Rubi e Nia estão lesionadas e sobram 10 lutadoras no roster feminino, a Charlotte a Becky as Kabuki e as The Iconic estavam na tour da Austrália sendo assim sobram-nos a Becky, a Natalya, a Liv Morgan e a Sara Logan.. vamos retirar a Becky desta lista porque a mesma estava num evento da ESPN e porque está em rivalidade com a Charlotte(que não estava disponível para aparecer), Liv Morgan ainda não fez o debut(dado que a mesma parece estar a mudar a personagem e puderá voltar com uma rivalidade contra a Flair depois daquela troca de palavras durante a conversa dos lutadores com o Shane McMahon), sobram Sara Logan e Natalya…(dado que Zelina apareceu a acompanhar o Andrade e a Lana está agora envolvida na rivalidade do Bobby e Rusev e não faz sentido que lute por enquanto) Vamos forçar um combate entre Sara Logan e Natalya mesmo que sem sentido nenhum só para não faltar um combate feminino no RAW?

    Quanto ao Evolution, nada a dizer, se os PPV acrescentarem bons combates são sempre bem vindos, e como tal concordo que não devessem acabar com o PPV.

    O que acho dos eventos do Crown Jewel.. servem para estragar a WWE mas são injeções de dinheiro… basicamente é uma pros***uição.. a Arábia paga para a WWE esquecer tudo o que fez até agora e fazer o que eles querem…

    O que esperar do Brock vs Cain.. um combate interessante mas mau… não vai surpreender ninguém acho que ninguém está à espera que saia daqui um grande combate serve apenas para atrair pessoal e aumentar o pagamento da Arábia.

    Mas mais uma vez acho que exagera quando diz que por causa deste combate o show vai ser uma desgraça… Até porque mesmo sendo o Main-Event ninguém tem expectativas sobre este combate, e se houverem bons combates antes este não vai apagar o bom combate anterior.

    • David Machado3 semanas

      O inicio de resposta disse tudo, hoje em dia procura-se tudo e mais alguma coisa para criticar, aposto que se fizessem um combate entre natalia e sarah logan iriam reclamar porque nao teve construcao. Enfim

    • Mas a questão da ausência feminina, pela logística e falta de lutadores, que ao menos tivesse sido gravado um segmento de backstage, para evitar este vazio no Raw, bastava um segmento com as lutadoras que estão na Austrália e a ausência seria facilmente resolvida.

      Lesnar vs Velasquez foi uma lástima, poderiam ao menos ter tentado proporcionar um razoável combate.

    • Sim Mário de facto puderiam ter feito isso mas sendo assim só quem estava a assistir pela TV é que tinha acesso ao combate feminino.. também não tinha muito jeito..(na minha opinião) acho que isto não é um aspeto tão grave para ser tão criticado como o fez no artigo sendo que aconteceu uma vez e só porque as lutadoras não estavam presentes mas prt…

      Lesnar vs Velasquez também achei muito mau.. muito rápido e pouco emocionante..

      No entanto no fim deste PPV dá para criticar ainda mais este artigo… Você viu a felicidade na cara dos árabes ao ver a Natalya vs Lacey? Tanto mulheres como crianças quanto homens… Agora sendo que o Evolution o ano passado foi criado para compensar a ausência de mulheres no Crown Jewel e sendo que você falou em Mulheres vs Petrodólares agora gostava que me dissesse se a WWE não merece ser reconhecida não como o demónio que fez parecer ser mas sim como A EMPRESA que quebrou finalmente o tabu… A empresa que finalmente conseguiu meter um combate feminino na Arábia Saudita… A empresa que deixou milhões de pessoas felizes na Arábia por finalmente as mulheres conseguirem dar mais um passo… será que a WWE é tão má assim para as mulheres… Será que o quadro é tão feio como esse que pintou acima? Para mim a WWE está de parabéns… Eu arrepiei-me a ver a felicidade da crowd… Emocionou-me… É isto que marca as grandes empresas não é só o que fazem por si… É aquilo que fazem pelo mundo… Se a WWE tivesse desisto da Arábia Saudita o ano passado por não aceitarem mulheres, este ano não teríamos visto o sorriso na cara daquelas milhares de pessoas presentes na arena… Petrodólares petrodólares… É verdade que receberam bem… Mas pelo que fizeram lá deveriam ter recebido muito mais… Para mim o PPV podia ter corrido todo mal que aquele momento já valia a pena…

      Mas aproveito para apontar o dedo para o que foi bem feito invés de falar apenas no quão mau foi o combate do Brock Lesnar… Mansoor vs Cesaro ótimo combate… AJ vs Humberto ótimo combate… Natalya vs Lacey não foi um combate de encher a vista mas teve um significado enorme… Team Hogan vs Team Flair ótimo combate, Seth vs The Fiend ótimo combate…
      Apenas os lutadores que caíram do nada Tyson Fury e Cain Velasquez é que não tiveram tão bem(embora o Cain tenha sido um bocado culpa da forma como a WWE quis fazer o combate) e o Turmoil Match que para mim também não foi muito interessante mesmo assim tivemos 5 combates muito bons em 8 combates não foi simplesmente uma injeção de petrodólares foi um bom PPV, há que saber criticar quando as coisas são mal feitas e há que saber dar os parabéns quando as coisas são bem feitas

  5. Sandrojr3 semanas

    Esse raw foi bom, tanto que teve aumento em audiencia. Eu não sou muito chegado a combates femininos pois em minha opinião são demasiados lentos, ocorrem muitos botchs e eu vejo que as lutadoras tem medo de aplicar alguns movimentos que exigem mais do corpo, tipo aplicar um mortal, mas eu gosto de lutadoras como a IO SHIRAI, que é muito boa em ring, mas a maioria não chega a ter nem metade da ring que a Shirai tem, por isso eu não me empolgo muito com a divisão feminina. (Já estou vendo uns babacas virem me criticar me chamando de machista só pelo fato de eu não gosta da divisão feminina, mas vcs tem de entender que ninguem é obrigado a gostar de nada)

    • Simon3 semanas

      Com excessão de Sasha Banks que entrega seu corpo em suas matchs

    • É válida sua opinião contrária a divisão feminina, por exemplo eu não sou muito entusiasta das grandes bestas em ringue, são questões de gostos de estilos de combates.

  6. vitor3 semanas

    a única coisa que me agrada no main roster é a divisão feminina, então n precisa nem dizer mais nada né kkkkk
    mas essa semana foi compreensível n ter tido nada, todas as garotas estavam fora. as únicas que sobraram, sarah logan e natalya tiveram um combate no main event na mesma noite do raw, então n tinha nenhuma sobrando mesmo :c (só a liv mas ela nem fez o debut ainda…)

    • Vitor, pela questão de logística se entendeu a ausência, mas poderiam ao menos ter gravado um segmento de backstage, ao menos.

  7. A maioria das lutadoras do Raw estava na Austrália, a Becky num evento d ESPN, a liv não faria sentindo aparecer sem a Charlotte lá, levando em conta sua storyline e fazer uma luta aleatória entre a Naty vs Logan não seria muito bem o ideal.
    Mas acho que pelo menos deveriam ter pre-gravado um segmento de bastidores.

  8. Beatriz Lynch3 semanas

    Ótimo artigo

    -Infelizmente tinha muitas lutadoras indisponiveis, mas fazer o que…
    -Sim, o do ano passado foi ótimo.
    -Perca de tempo para os fãs, e dinheiro no cofre da WWE.
    -Um combate chato e arrastado, tenho quase certeza que o Cain não esta pronto pra dar uma boa luta, mas vamos ver se diverte pelo menos.

    • Muito Obrigado Beatriz Lynch.

      Com a questão logística, ficou difícil de termos a presença feminina, mas para mim bastava ter sido gravado um segmento de backstage, teria diminuído esta questão.

      Acertasse em relação ao Cain, nos deu um combate bem limitado.

  9. Anonimo3 semanas

    O que você achou desta ausência de combates da divisão feminina no Raw?

    Por mim é na boa até porque não sou fa de wrestling feminino. Para mim elas só lá estão para agraciar a vista não me cativam nem me chamam a atenção para serem lutadores crediveis como os homens

    – Você gostaria que houvesse uma nova edição do Evolution?
    Não tenho nada contra mas não assistiria

    – O que você acha do Crown Jewel e destes eventos na Arábia Saudita?
    Pessoalmente e independentemente da qualidade dos combates amo pela nostalgia

    – O que esperar do combate entre o WWE Champion Brock Lesnar e Cain Velasquez?
    Acho que vai ter maneira de o velasquez nao perder limpo mas logicamente que nao vao tirar o titulo do novo john cena da wwe brock lesnar

    • As questões de gostos, são de cada um, assim como tu não aprecias as mulheres, eu não costumo apreciar as grandes bestas em ringue. Velasquez perdeu limpo e nem aguentou muito tempo em ringue.

  10. Isso é mais um grande exemplo do quanto esses shows na Arábia Saudita são lamentáveis. Tem uma propaganda política enorme, fazendo parecer que o país é moderno, mas se vocês lembrarem até imagens de mulheres nas chamadas durante o Great Royal Rumble foram objeto de crítica do governo Saudita. A WWE não erra só em booking, erra em praticamente tudo. Diferente do Hell in a Cell, dessa vez, duvido que tenhamos algum combate decente, já que são house shows glamurosos, mas com os pés nos freios. Lamento por Wyatt e lamento pela divisão feminina.

    • No fim o evento na Arábia Saudita, nos surpreendeu, incluindo de última hora, um combate feminino e a conquista de Bray Wyatt pelo Universal Championship. No mais não trouxe nenhuma grande novidade.

  11. Fábio Peres3 semanas

    – O que você achou desta ausência de combates da divisão feminina no Raw?
    Como já disseram, a maioria das mulheres estava em “live event” – mas poderia ser, também, uma iniciativa para chamar a atenção para o “Crown Jewel”, que atende a um público diferenciado.

    – Você gostaria que houvesse uma nova edição do Evolution?
    Claro, ainda mais com os eventos sauditas fazendo parte do calendário da WWE (e garantindo qualquer risco que a companhia possa ter, no presente e no futuro).

    – O que você acha do Crown Jewel e destes eventos na Arábia Saudita?
    Se o príncipe paga (e, pelo visto, paga bem), porque não fazê-los? Vale lembrar que mesmo uma ditadura religiosa não pode ser mais forte que os que a sustentam – culpem os religiosos sauditas por não ter mulheres nesses eventos, pois são eles que tornam o Irã um paraíso feminista comparado com a Arábia Saudita.

    – O que esperar do combate entre o WWE Champion Brock Lesnar e Cain Velasquez?
    Brock vence, o príncipe paga a conta – e todos vão tomar água, depois da luta.

    • Provavelmente esta ausência justifica-se pelo evento da Arábia Saudita, mas diria que só um segmento de backstage, já bastava para suprir a ausência das mulheres no Raw.

Comentar