Frank casino

Olá leitores do Visão Brasileira, aqui no Wrestling.PT. Estamos a menos de uma semana do evento da WWE na Arábia Saudita, o Super ShowDown, que é uma espécie de House Show de luxo, por sua pompa e circunstância, que não modificava muito o panorama da WWE, mas que nesta edição, pode ser decisivo, uma vez que este evento esta as portas da Wrestlemania e vimos no Crown Jewel uma mudança de campeão e que pode se repetir na próxima semana.

Lembrando que no Crown Jewel, vimos Bray Wyatt a conquistar o Universal Championship ao derrotar Seth Rollins. Lembrando que todos esperávamos uma vitoria de Wyatt no PPV Hell in a Cell, mas acabamos tendo aquele final que deixou boa parte do universo WWE irritado e assim acabamos sendo de certa forma surpreendidos que no evento, que achávamos que não teríamos mudanças, esta veio a acontecer.

Bray Wyatt vem tendo um bom reinado como Universal Champion e confesso que não me agradaria ele perder o cinturão tão próximo da Wrestlemania, ainda mais em um evento que nem um PPV é. Ele venceu o cinturão em um evento de mesma importância, mas não o gostaria de ver perde-lo neste momento, isso seja contra quem fosse o adversário, ainda mais sendo Goldberg na Arábia Saudita.

Por falar na combinação Goldberg e Arábia Saudita, tivemos aquele combate catastrófico no Super ShowDown entre Goldberg e The Undertaker, que foi bem fraco, com dois lutadores cansados, lutando em um calor escaldante, onde pesaram as idades avançadas, que geraram muitos erros técnicos e ao final, tivemos The Undertaker como vencedor, com uma cara de poucos amigos.

Lembrando que Goldberg ser o desafiante de pelo Universal Championship, as portas da Wrestlemania, não é uma novidade. Isso me remete a 2017, quando no PPV Fastlane, também as portas da Wrestlemania, Goldberg desafiou o então Universal Champion Kevin Owens e venceu em uma squash match, que foi decepcionante em que venceu graças a interferência de Chris Jericho.

Outro fator que me preocupa em meio a essa rivalidade, foi o segmento entre o Universal Champion Bray Wyatt e Hulk Hogan. Lembrando que Hogan também já participou do último ShowDown na Arábia Saudita, tendo sua equipe contra a equipe de Ric Flair. Desta forma, Hogan pode ser sim, quem poderia vir desta vez a ajudar Goldberg a derrotar Bray Wyatt e assim conquistar o Universal Championship. Claro que isso poderia gerar o retorno de Hulk Hogan aos ringues para um combate contra Bray Wyatt, mas confesso que não sou muito adepto a essa ideia.

Uma vitoria de Goldberg desencadearia nele como Universal Champion e esperaria o seu desafiante, vindo da Elimination Chamber Match, que até este momento ainda não tem seus participantes definidos. Mas em um possíevl spoiler, vimos as presenças de Roman Reigns, Braun Strowman, Daniel Bryan, Shinsuke Nakamura, King Corbin e Robert Roode. Não acredito que estes serão os nomes, tomara que ainda tenhamos algumas mudanças.

Com esta configuração a vitoria provavelmente seria de Roman Reigns, o que geraria um combate entre ele e o Universal Champion Goldberg, onde Reigns sairia como vencedor e assim se tornaria o Universal Champion e o principal nome do Smackdown. O que geraria todo esse olhar ao passado, com nomes como Goldberg e Hulk Hogan a contribuir para o presente da WWE, que é Roman Reigns.

Mas ao mesmo tempo, em que na divisão masculina do Smackdown a WWE, olha para o passado, em sua divisão feminina a WWE tem um olhar para o futuro. Primeiro tivemos a grata surpresa, onde a vencedora da Royal Rumble Match, Charlotte Flair, que faz parte do presente da WWE, vai desafiar a NXT Women’s Champion Rhea Ripley. Pois qualquer outro cenário seria enfadonho, pois já vimos Charlotte a enfrentar inúmeras vezes, tanto a Raw Women’s Champion Becky Lynch, quanto a Smackdown Women’s Champion Bayley.

Charlotte por semanas protelou sua escolha, mas vimos no PPV NXT Takeover Portland. Charlotte Flair veio logo após o combate entre Rhea Ripley e Bianca Belair. Primeiro atacou a campeã Rhea Ripley pelas costas e afirmou que aceitava o desafio lançado por Rhea pelo NXT Women’s Championship, assim teremos na Wrestlemania Charlotte Flair vs. Rhea Ripley pelo cinturão.

Outro olhar para o futuro na divisão feminina, neste momento na WWE, deverá ocorrer no PPV Elimination Chamber, quando teremos a vitoria mais do que esperada de Shayna Baszler, na Elimination Chamber Match, contra Natalya, Liv Morgan, Asuka, Ruby Riott e Sarah Logan, onde a desafiante irá enfrentar a Raw Women’s Champion Becky Lynch.

Como já tivemos o ataque de Shayna Baszler a Becky Lynch no Raw, tudo indica e aponta para o confronto entre elas na Wrestlemania. Até também para lembrarmos do fim do combate do PPV Survivor Series, onde Shayna venceu o combate para a equipe do NXT, mas quem acabou o PPV em vantagem foi Becky Lynch, que a atacou após o combate e fechou o evento comemorando, como se tivesse vencido o combate. Elas possuem uma boa historia a ser contada, mas é uma pena termos um combate com um resultado tão escancarado a ser realizado.

Neste ano, vamos para as duas Elimination Chamber Match, com resultados completamente previsíveis. Eu confesso que gosto quando temos vários potenciais vencedores no combate e o fator imprevisibilidade se faz presente. As prováveis vitorias de Roman Reigns e Shayna Baszler são esperadas, mas estão tão previsíveis que acaba desmotivando a vontade de acompanhar estes combates.

É interessante este olhar da WWE para o passado, com a presença de nomes como Goldberg e Hulk Hogan, mas confesso que não gostaria que isto custasse a perda do Universal Championship para Bray Wyatt. Mas parece que a WWE preocupa-se mais com o público ocasional da Wrestlemania, do que com o público fiel, que acompanha os shows todas as semanas. Pois parece que preferem ver um Goldberg vs. Roman Reigns, ao invés de um Bray Wyatt vs. Roman Reigns. Como prêmio de consolação, corremos o risco de vermos um Bray Wyatt vs. Hulk Hogan.

O olhar para o futuro na divisão feminina, com nomes como Rhea Ripley e Shayna Baszler, é bastante interessante, elas já mostraram imenso potencial, o NXT nos deixou aquele gosto de quero mais, com a sua supremacia no Survivor Series, Baszler mostrou grande desempenho na Royal Rumble Match, assim como Bianca Belair e espero que elas venham a continuar a ter destaque.

Vamos ao espaço de interação:

Para encerrar deixo uma serie de perguntas para interagirmos.

– Você concorda com este olhar para o passado, que muitas vezes realiza a WWE, com as lendas?

– Você gostaria de ver Goldberg como Universal Champion?

– Você gostou da escolha de Charlotte Flair em enfrentar Rhea Ripley na Wrestlemania?

– Shayna Baszler irá se tornar a nova campeã na Wrestlemania?

– Você concorda com este olhar para o futuro, na divisão feminina da WWE?

– A previsibilidade dos resultados dos combates, lhe tira a vontade de assistir aos mesmos?

Uma grande semana a todos e até o próximo Visão Brasileira.

4 Comentários

  1. Y2Jean9 meses

    Vou te falar
    Hogan x bray na WM será muita sacanagem
    Seria legal o Goldberg perder por causa do hogan (versão NWO) gerando um combate na mania ou sei lá onde.
    Na EC feminina, torcerei pela Asuka ou pela Ruby Riot. Merecem ser levadas a sério.
    Na EC masculina será o reings outra vez… mas torceria por CESARO. Seria uma rampa e tanto para ele. Ou qie ele entre em rivalidade com o Braun e vença o monstro.

  2. Ótimo artigo Mario

    – Você concorda com este olhar para o passado, que muitas vezes realiza a WWE, com as lendas?
    Resp: Em partes. Para elevar alguém é bom, mas em uma luta de cinturão sem uma boa historia por trás acho sem sentido.

    – Você gostaria de ver Goldberg como Universal Champion?
    Resp: Não, nada contra Goldberg mas seu momento de campeão já passou.

    – Você gostou da escolha de Charlotte Flair em enfrentar Rhea Ripley na Wrestlemania?
    Resp: Sim, se derem liberdade será uma excelente luta.

    – Shayna Baszler irá se tornar a nova campeã na Wrestlemania?
    Resp: Ainda não sei

    – Você concorda com este olhar para o futuro, na divisão feminina da WWE?
    Resp: Com certeza, tem muito talento ai

    – A previsibilidade dos resultados dos combates, lhe tira a vontade de assistir aos mesmos?
    Resp: Não