Frank casino

Olá leitores do Visão Brasileira, aqui no Wrestling.PT. Depois de uma espera de duas semanas, optei por não escrever na semana passada, pois gostaria de ver mais sobre as duas grandes novidades na WWE, o Retribution, stable que ainda não tem revelado seus membros, que vem atacando tanto o Raw, quanto o Smackdown e a nova modalidade de combates da brand vermelha, que deve servir para abrigar os superstars sem grandes histórias, o Raw Underground.

Sobre o Retribution, esta stable com lutadores mascarados, surgiu no Raw de 3 de agosto, atacando o gerador do Performance Center e causando alguns problemas na transmissão do programa, como por exemplo no combate entre MVP e o United States Champion Apollo Crews. Por uma primeira impressão, pareciam os ninjas mascarados de Akira Tozawa, mas não, trata-se de um outro grupo de mascarados. A WWE poderia ter dados espaço de tempo a estas duas facções, pois só passando os olhos, parecem se tratar do mesmo grupo.

O Retribution voltou a dar as suas caras no Smackdown, onde dominou o fim do show, e apareceu após nova queda de luz e depois cortou as cordas do ringue, invadindo o Performance Center, causando um caos. Entraram com tacos de beisebol e uma motosserra. A stable pintou com spray o WWE Performance Center e concluir sua destruição removendo as cordas do ringue. Retribution assim mostra que veio para ficar, mas o que exatamente está motivando este grupo mascarado de saqueadores.

Quando esperava um avanço nas ações do Retribution, confesso que fiquei um pouco decepcionado neste último Raw, pois eles voltaram a agir, mas apenas na parte externa do Performance Center. Desta vez eles quebraram uma janela com um bloco de concreto e depois capotaram um carro no estacionamento, antes de fugirem. Segue a dúvida de que eles tem a fazer no Roster Principal.

Ainda não temos muitas informações sobre os membros da Retribution, apenas podemos reparar que são um grupo de lutadores e lutadores, sem grande estatura, o que até foi motivo de chacota, por algumas pessoas. Mas confesso que prefiro um grupo assim, do que um grupo com algum lutador gigante e lento. A WWE precisa mostrar novidades.

Quem poderiam ser os membros do Retribution? Nomes que foram despedidos e que estão revoltados com a WWE, ou a subida de nomes do NXT, ou uma mistura de ambos. Eu iria mais pela segunda linha de pensamento. Os rumores apontam para nomes como Tommaso Ciampa e Dominik Dijakovic, assim como Vanessa Borne e Chelsea Green. Claro que temos nomes mais especulativos, como Rusev e o grande sonho de todos os fãs da WWE, o de CM Punk. Mas pode ser até que isso ainda nem tenha uma definição e só tenhamos esta revelação só bem mais adiante.

A outra novidade foi o Raw Underground, uma espécie de Clube da Luta, em um ringue sem cordas, em um campo de batalha para que os lutadores da WWE se provem com poucas, ou nenhuma regra. Serviu para vermos nomes como Dabba-Kato, Erik do The Viking Raiders, Dolph Ziggler e que terminou o Raw, com um domínio da stable de MVP, Bobby Lashley e Shelton Benjamin, que pareciam assim, que a Hurt Business iria dominar o Raw Underground, mas foi apenas uma primeira impressão errada.

O destaque da segunda noite do Raw Underground, foi a presença do brasileiro Arturo Ruas, fazendo assim termos um bazuca presente em um dos shows principais da WWE. Também tivemos as presenças de Riddick Moss, Cal Bloom, novamente Dabba-Kato e Shayna Baszler, que dominou o fim da segunda noite do Raw Underground.

Confesso que de primeira impressão não havia me agradado sobre o Raw Underground, mas com o segundo programa, já me animou um pouco mais e pode ser a solução de dar espaço de TV, a muitos lutadores e lutadoras, que não viriam a aparecer no programa regular do Raw. A grande questão é saber por quanto tempo essa modalidade pode nos causar vontade de assisti-la e como ela poderia evoluir.

Shane McMahon voltar a TV foi interessante, mas ele aos poucos poderia querer aparecer cada vez menos nesse segmento, ele é quem trouxe a ideia, mas não precisa ter destaque. Minha sugestão seria a WWE fazer um segmento com R-Truth a fugir de Akira Tozawa e sem querer, entrar no Raw Underground e ser derrotado por algum lutador, para que o 24/7 Championship ficasse de vez no Raw Underground. Assim o cinturão estaria em jogo nestes combates, que acabam sendo mais curtos, mas confesso que mais adiante eles poderiam ser prolongados. Se continuarem assim curtíssimos, Goldberg, seria um grande nome para lutar ali, antes que cansasse.

Para encerrar deixo uma série de perguntas para interagirmos:

–  O que você achou da Retribution? Quem você gostaria que fossem seus membros?
–  Retribution terá destaque, depois da revelação de seus membros? O que reservarias para eles?
–  Estas duas novidades, podem contribuir para o retorno das audiências da WWE? Qual desta duas ideias, mais lhe agrada?
–  O que você achou do Raw Underground? A fórmula veio para ficar ou será temporária?
–  Quem você gostaria de ver lutando no Raw Underground?

Antes de encerrar, gostaria de dar meus pêsames pelo falecimento James Harris, o Kamala, me lembro dele em meus primeiros combates como fã acompanhando a WWE, era um grande lutador. Me lembro do confronto dele contra The Undertaker.

Abraços a todos e até o próximo Visão Brasileira.

4 Comentários

  1. Passaroni1 mês

    Muito bom esse artigo, parabéns!

  2. Parabéns por mais um ótimo artigo Mario

    – O que você achou da Retribution? Quem você gostaria que fossem seus membros?
    Resp: Parece interesse. Como brasileiro gostaria de ver o Arturo Ruas.
    – Retribution terá destaque, depois da revelação de seus membros? O que reservarias para eles?
    Resp: Acredito que sim. Como ainda não sabemos quem são não posso responder a esta segunda pergunta
    – Estas duas novidades, podem contribuir para o retorno das audiências da WWE? Qual desta duas ideias, mais lhe agrada?
    Resp: Acho complicado a longo prazo. Retribution.
    – O que você achou do Raw Underground? A fórmula veio para ficar ou será temporária?
    Resp: Bem insano, aos modos WWE dos dias atuais mas insano. Será temporaria
    – Quem você gostaria de ver lutando no Raw Underground?
    Resp: Brock Lesnar

    • Muito Obrigado André.

      Arturo já pareceu no Raw Underground, tomara que se destaque ainda mais. Podia ser mesmo da Retribution. Lesnar no Raw Underground ia ser engraçado, mas acho que a modalidade serve mais para o pessoal perdido no Main Roster e para testar novidades.