Olá leitores do Visão Brasileira, aqui no Wrestling PT!

Neste último domingo, tivemos o PPV Money in The Bank, onde tivemos um grande PPV e um retorno para lá de importante, a volta de John Cena a WWE. Também tivemos o retorno do público aos shows, algo importantíssimo, pois muda toda a atmosfera dos shows e nos dá outro ânimo a assistir os combates. Até o retorno de uma música de entrada, no caso para Jeff Hardy, celebramos. Tivemos também outras novidades, onde todas serão comentadas neste artigo.

Sobre o PPV, Tivemos duas excelentes escolhas por parte da WWE como Mr. e Ms. Money in The Bank, com as vitória de Nikki ASH e de Big E. Tivemos algumas mudanças de cinturões, já esperadas no evento e no Main Event, tivemos um bom combate, com um final espetacular para o PPV.

O combate MITB Feminino foi um bom combate, tirando os momentos em que Alexa Bliss manipulou as adversárias, como fez como Zelina Vega, mas apresentou bons spots e tivemos um final bem caótico com seis lutadoras a atacarem-se no alto de três escadas, com os confrontos entre Tamina e Asuka, Naomi e Liv Morgan e Natalya e Zelina Vega, em meio a essa confusão, Nikki ASH aproveitou-se e pegou a pasta tornando-se assim a Ms. Money in The Bank.

Nem deu tempo de fazer uma análise em relação a possibilidade de cash-in, pois este será comentado ao final deste artigo, mas gostei muito da vitória de Nikki ASH e pelas comemorações de vários superstars, Nikki é alguém que merece e tem o carinho de todo o roster. Claro que esta nova faceta pode não agradar a alguns, mas fico muito feliz de vê-la como campeã. Agora sobre a construção de seu reinado, será algo que teremos que aguardar, a princípio o que reserva-se a ela é uma Triple Threat para o SummerSlam, contra Charlotte e Rhea Ripley, mas como ainda temos algumas semanas, é algo a se aguardar.

A MITB Match Masculina entregou tudo que esperávamos. Grandes momentos, muitos spots espetaculares e um vencedor muito interessante. Diria que praticamente todos os participantes entregaram o esperado e por exemplo aquela queda de Kevin Owens na escada foi algo estupendo. Tivemos o esperado ataque de Jinder Mahal a Drew McIntyre e um final emocionante com Big E a aplicar um  Big Ending em Seth Rollins do alto da escada, para depois pegar a pasta e vencer o combate.

Gostei muito da vitória de Big E, mas penso que seu cash-in a algo a ser pensado sem pressa. Até porque agora o Universal Champion Roman Reigns, terá um enorme desafio pela frente. Se bem que podemos lembrar que John Cena é um grande entusiasta de Big E e não me surpreenderia que Big E fizesse o cash-in sobre Cena, mais adiante. Mas como falei para mim ele pode esperar por uns bons meses, para fazer valer sua oportunidade ao cinturão.

Dos novos campeões do MITB, tivemos a conquista dos cinturões pelos Usos, contra Rey & Dominik Mysterio, em um combate do Kick-off, algo já esperado e a vitória de Charlotte Flair, contra Rhea Ripley. O combate entre elas foi muito bom e agressivo e ao final após Rhea bate a cabeça poste, Charlotte colocou o pé da campeã entre o poste e as escadas, atacando o tornozelo de Rhea. Depois Charlotte aplicou o Figure 8-Leg Lock e tornou-se a nova Raw Women’s Champion.

Sobre o reinado de Charlotte, este nem vai pode ser comentado, pois findou-se no dia seguinte e será comentado ao final deste artigo. Rhea teve um reinado razoável, mas gostaria de tê-la vista também contra outras adversárias. Para o SummerSlam, vamos ver como se desenha o cenário para elas duas.

Outro dos retornos da noite foi o de Keith Lee, mas ele fez apenas um combate curto e acabou derrotado pelo WWE Champion Bobby Lashley, que fez um open challenge pelo cinturão. Lashley aliás massacrou Kofi Kingston no Money in The Bank, com uma vitória maiúscula e vem com um grande domínio no Raw, mas pena a que a WWE inventou de fazer regressar alguém para confrontar o campeão. Tomara que Keith Lee venha a ter boas rivalidades no Raw, quem sabe contra o United States Champion Sheamus.

Este retorno é o de Goldberg. Este eu confesso que não comemoro. Goldberg contra Lashley para mim é algo impensável. Pois de um lado temos um Lashley com muita força e do outro um Goldberg, que está bem distante da forma física de outrora e nos dá ultimamente combates que não duram cinco minutos. Goldberg por vezes demora mais em sua entrada em ringue do que no combate em si. Lashley para mim não merecia isso, um combate curto para o SummerSlam.

Aqui tivemos mais um retorno, mas este não me refiro a estreia do NXT Karrion Kross, que acabou sendo surpreendido e derrotado por Jeff Hardy, este sim, que fez o retorno de sua música de entrada, No More Words, o que foi um momento de delírio para a noite. Até agora não entendi o porquê da WWE fazer subir o campeão do NXT, para estrear e ser derrotado, mesmo que de forma errônea. Para que fazer Kross perder a invencibilidade desta forma, é algo sem explicação.

Para fechar o Raw, tivemos o combate entre a Raw Women’s Champion Charlotte Flair e Rhea Ripley, onde Charlotte conseguiu defender o cinturão com sucesso, mas ficou caída no ringue, o que deu oportunidade para Nikki ASH, vir ao ringue e já realizar com sucesso o cash-in. Assim temos uma nova Raw Women’s Champion, o que é excelente para Nikki, que assim ganha o cinturão com sua nova faceta, que alguns podem não gostar, mas me agrada, pois deu outros ares para ela, que assim torna-se campeã.

Assim tivemos uma última semana bem agitada, com muitos retornos, como do público, de Goldberg, da No More Words, de Keith Lee e o retorno mais festejado dos últimos tempo e que mereceu todo entusiasmo do Universo WWE e deste cronista, o de John Cena. Cena retornou logo após o bom combate entre o Universal Champion Roman Reigns e Edge, que fizeram um grande combate, muito equilibrado, que acabou sendo decidido pela interferência de Serth Rollins, que atacou Edge e assim fez com que Reigns continuasse como campeão.

Quando Reigns falou que todos tínhamos de o reconhecer como o nosso “Tribal Chief”, vimos John Cena a vir ao ringue, para fazer explodir a arena e assim teremos esta Dream Match entre John Cena e o Universal Champion Roman Reigns. Esta tem tudo para ser uma rivalidade estupenda e um combate espetacular para o SummerSlam.

Muito bom rever John Cena de volta a WWE, espero que ele faça um retorno a tempo integral e faça uma grande sequência de combates no Smackdown e nos PPVs, pois é excelente revê-lo nos ringues, Cena é o grande nome da WWE das últimas décadas. O Visão Brasileira da próxima semana, deverá ser bem extenso, pois abordará a carreira de John Cena, algo que já devia ter realizado a muito tempo, mas isto ocorrerá na próxima edição, preparem-se.

Para encerrar deixo uma série de perguntas para interagirmos:

–  Vocês acharam do PPV Money in The Bank?
–  Qual o grande momento da noite?
–  Quais dos retornos foi o mais impactante? Por quais motivos?
–  O que esperar do reinado de Nikki ASH?
–  O que esperar da rivalidade entre Roman Reigns e John Cena?
–  Quando você gostaria de ver Big E a realizar o Cash-in?

Desejo a todos uma grande semana e até o próximo Visão Brasileira, com a carreira de John Cena.

8 Comentários

  1. Facebook Profile photo

    Bom artigo. Observação o Open Challenge do Bobby Lashley não foi pelo cinturão. Igual como foi com o Kofi a uns tempos.

  2. Ótimo artigo Mario

    – Vocês acharam do PPV Money in The Bank?
    Resp: Ótimo
    – Qual o grande momento da noite?
    Resp: O retorno do John Cena
    – Quais dos retornos foi o mais impactante? Por quais motivos?
    Resp: John Cena. A WWE precisava do retorno dele e essa rivalidade del com o Roman Reigns vem bem a calhar no momento.
    – O que esperar do reinado de Nikki ASH?
    Resp: Nada contra ela, mas não sei o que esperar, uma incognita pra mim, e por mim ela não devia nem ser a dona da maleta do MITB e muito menos fazer um cash in rápido, não entendo o motivo da WWE não fazer dois reinados de MITB ao mesmo tempo.
    – O que esperar da rivalidade entre Roman Reigns e John Cena?
    Resp: Será épica, melhor coisa dos ultimos anos.
    – Quando você gostaria de ver Big E a realizar o Cash-in?
    Resp: No fim da rivalidade, seria legal se ele fizesse cash in e entrasse em rota de rivalidade tanto com Roman Reigns como John Cena.

    • Muito Obrigado André.

      Também gostei muito do MITB. O retorno do Cena foi uma hecatombe, como dissestes, era algo que a WWE e nós precisávamos.

  3. Samuel Amselem2 semanas

    Sinto que essa será a despedida de Cena, ele está focado nos filmes, na série, e como faz parte da tradição, a aposentadoria deve ser uma derrota para algum Champion.
    Sobre Bobby Lashley, certeza que irá bater Goldberg, se quiserem tirar o título dele teriam que trazer Brock Lesnar de volta.

    • Pode ser mesmo um último run dele, mas confesso que gostaria de ver duas coisas, ele conquistar o cinturão mundial pela 17ª vez e conquistar mais adiante o Intercontinental Championship, que é o único cinturão que lhe falta.

  4. Acho que Cena deveria ganhar o título e quebrar o recorde