Why? #7 – Porque é que a WrestleMania 33 pode ficar na história?

Bem-vindo à sétima edição do “Why?”, o meu nome é Nuno Paço e hoje vou realizar uma análise detalhada à card do “Show of Shows” e provar que se a WWE jogar as cartas inteligentemente poderemos estar perto de um evento histórico.

Antes de mais, todos sabemos que WWE está perto de terminar mais uma jornada com a aproximação da Wrestlemania 33 e, por isso, queria apenas referir alguns nomes dos atletas que, para mim, vingaram mais durante este período.

Primeiro, gostei bastante de Chris Jericho e de toda a história à volta da “Listo of Jericho”, ele foi capaz de provar mais uma vez que é capaz de ter os fans na palma da mão e que continua a ser um nome de referência essencialmente devido ao seu brilhantismo.

Em segundo lugar, é impossível não mencionar Michael Mizanin, mais conhecido como The Miz, nesta “lista”. O wrestler teve ao seu mais alto nível durante este último ano e passou de um dos wrestler que eu menos gostava para um dos meus favoritos. Tenho que dar crédito também a Maryse por esta jornada bem conseguida junto do seu marido, não via um par com tanta química e interesse desde os dias de Edge e Lita.

Braun Strowman foi, no meu ver, um dos maiores casos do sucesso deste último ano.

E antes de referir aquele que foi para mim o melhor wrestler desta temporada, gostava também de mencionar Charlotte essencialmente por ser a melhor wrestler atual na WWE, na minha opinião.

Ora, o wrestler que mais me impressionou foi Aj Styles! Quer dizer, para além de ter mostrado ao público da WWE que é bom no micr ofone, Styles não produziu praticamente nenhum combate que não fosse 5 estrelas. Já não me lembro onde ouvi isto, mas alguém disse que Styles era capaz de lutar contra um pau de vassoura e mesmo assim garantir um espetáculo de combate. Só queria dizer que, depois de ver Styles em ação durante esta temporada, subscrevo esta afirmação por completo.

Posto isto, vou deixar para trás a introdução mais extensa de sempre e ir ao que interessa.

“Porque é que a WrestleMania 33 pode ser espetacular?”

Tal como já referi supra, para vos responder a esta questão vou analisar todos os combates da Wrestlemania e, para além disso, referir aqueles que, no meu ver, seriam os resultados que permitiriam consolidar o evento como um dos melhores da história.

Começando pelo tradicional Andre The Giant Memorial Battle Royal, é importante que este seja ganho por Braun Strowman com a eliminação final de Sami Zayn ou Big Show. Muitos de vós poderão achar que Zayn é a melhor opção mas na realidade não é. Não me interpretem mal, Sami Zayn há de ter a sua grande vitória numa futura Wrestlemania (depois de vencer um Royal Rumble), apenas não nesta. Braun Strowman, por outro lado, tem tido uma excelente build mas depois da derrota contra Reigns no Fastlane, está a precisar de recuperar o seu momentum.

Em relação ao combate entre Neville e Austin Aries pelo Cruiserweight Championship já confirmado para o kickoff da Wrestlemania, acho que Neville deveria vencer para dar continuidade a um reinado que até agora tem feito bem à divisão.

Ainda sobre o kickoff da Wrestlemania, a disputa pelo Smackdown Women’s Championship deve ser ganha por Naomi porque Alexa Bliss já não tem muita credibilidade como campeã e ainda é cedo para Becky Lynch voltar tornar-se a Women’s Champion do Smackdown.

No Mixed Tag Team com John Cena e Nikki Bella de um lado e The Miz e Maryse do outro, penso que a equipa de Cena deve vencer para que este não perca momentum já que ainda existe a possibilidade de uma futura luta contra Undertaker na Wrestlemania 34. Embora este seja um combate à partida não muito interessante como outros da card, era esplendido se Cena pedisse Nicole em casamento para tornar as coisas interessantes. Atenção, não sou de lamechices mas acho que daria um excelente momento de Wrestlemania.

A disputa pelo Intercontinental Championship entre Dean Ambrose e Baron Corbin deve ser ganha pelo último por duas razões. A primeira é que Corbin já provou que está ao nível de um Main Eventer e, por isso, o título IC é o passo certo na sua carreira prometedora. A segunda razão é que Dean Ambrose tem estado a perder momentum e o passo mais lógico a seguir é torná-lo heel. Ora, não sei quanto a vós mas a minha ideia perfeita de um heel Dean Ambrose é levar a sua “loucura” ao máximo, ou seja, torná-lo num doido varrido que perde constantemente a cabeça e não conhece limites. Para isso, faria sentido que a fonte desta turn fosse um conjunto de problemas psicológicos e falhanços pessoais, entre eles, a perda do Intercontinental Championship para Corbin em plena Wrestlemania. Para além disso, esta turn seria a altura ideal para explorar um Dean Ambrose mais “hardcore”. Fica a sugestão.

No combate pelo Raw Tag Team Championships, os vencedores devem ser Enzo e Cass porque Luke and Gallows falharam redondamente como campeões e Sheamus e Cesaro, a meu ver, precisam de se separar.

No que diz respeito ao combate entre Triple H e Seth Rollins, penso que não há muito a dizer a não ser que Rollins tem que sair vencedor e colocar de uma vez por todas um ponto final neste feud. A minha única sugestão para este combate é depois de Rollins aplicar o Pedigree a Triple H, em vez de fazer logo o pin devia aplicar o Phoenix Splash que passaria a ser o seu finisher no futuro.

O Fatal-4-Way Elimination Match pelo Raw Women’s Championship deve ser ganho por Bayley mas no final do combate, Sasha Banks deve aplicar um golpe baixo na campeã de forma a estabelecer-se como heel, isto porque Banks é muito melhor como heel do que como face e desta forma vai constitui-se o próximo feud a seguir: Bayley vs Sasha Banks pelo Raw Women’s Championship.

A disputa entre Kevin Owens e Chris Jericho pelo United States Championship é talvez a mais difícil de escolher. Por um lado, Kevin Owens precisa muito mais desta vitória para ganhar momentum mas, por outro lado, seguindo a lógica da rivalidade entre os dois, Chris Jericho deveria vencer o combate. No meu ver, acho que Samoa Joe poderia interferir no combate com o intuito de ajudar Owens mas depois Sami Zayn devia aparecer para eliminar Joe da equação. Os dois envolviam-se numa luta junto do público e acabavam a lutar nos bastidores. No final acho que a vitória deveria ser de Owens já que é o atleta que precisa de mais momentum.

No que concerne ao combate entre AJ Syles e Shane McMahon, é obrigatório que Styles vença depois de nos proporcionar mais uma excelente performance. Depois de ganhar, Styles deve pegar no microfone e dizer que depois de ter sido despedido por Daniel Bryan foi-lhe enviado um contrato pelo novo General Manager do Raw (sem revelar o nome do mesmo) e ele assinou-o, divulgando que no dia 3 de abril estará no Flagship Show. Esta passagem de Aj Styles para o Monday Night é o passo certo a fazer por várias razões, entre elas, um futuro feud com Finn Bálor.

Em relação ao primeiro dos três Main Events da Wrestlemania, estou a falar claro de Bray Wyatt vs Randy Orton pelo valioso WWE Championship, acho que é essencial que Bray vença por razões que já expliquei num dos meus artigos anteriores. Basicamente, Bray só deve perder o título talvez no próximo SummerSlam ou Survivor Series para que se estabeleça de uma vez por todas a “Era of Wyatt”. Outro pormenor importante é que não deve existir qualquer interferência neste combate, nem mesmo de Luke Harper. O combate tem de ser ganho de forma clean para Wyatt começar a ser visto como uma verdadeira força a temer.

A disputa entre Roman Reigns e Undertaker tem muito que se lhe diga. Aquilo que vou dizer não vai agradar muitos de vós mas eu acho que Roman Reigns devia vencer o combate. Mas calma! É preciso ter presente que Reigns só deve ganhar se a WWE tiver coragem em torná-lo heel e partindo do pressuposto que este não será o último combate de Taker. Quero com isto dizer que, Roman Reigns deve vencer o combate de forma injusta assumindo-se totalmente como heel no final. Imaginem o ódio que ele vai receber do público! Estamos a falar da possibilidade de criar o wrestler mais odiado de sempre, o que hoje em dia é quase impossível! Este seria um dos momentos de choque da Wrestlemania 33 mas absolutamente necessário ao mesmo tempo. Por outro lado, Taker tem que participar na Wrestlemania 34 e vencer John Cena no seu combate de despedida.

Finalmente, falta analisar o combate entre Goldberg e Brock Lesnar pelo WWE Universal Championship! Eu sei que este feud tem sido mais uma estratégia de marketing do que outra coisa e que Goldberg provavelmente não deve estar à vontade para levar combates muito extensos mas é absolutamente necessário que este não seja mais um combate de 1 ou 2 minutos. Pelo menos uns 9 ou 10 minutos tem que ter senão todos os fans vão sentir-se enganados. Brock Lesnar tem que sair vencedor no final para que este feud tenha algum sentido e também porque o vencedor da streak de Undertaker não pode simplesmente ser tratado como um perdedor. Ademais, eu continuo a achar que Brock Lesnar dá muito mais credibilidade a qualquer título do que Goldberg e o Universal Championship está a precisar de ganhar essa credibilidade (fazer um design do título novo também ajudava). Depois de Lesnar vencer e de estar a festejar as luzes devem-se apagar e a theme de Finn Bálor começava. Finn aparecia como “Demon King” na rampa e olhava fixamente para Lesnar terminando o “Show of Shows” com o começo de um novo feud.

E pronto, chego ao final deste artigo a pensar que é realmente possível que no próximo domingo estejamos perante um show memorável.

Um obrigado a todos os que leram este artigo. Aguardo ansiosamente para ler as vossas opiniões, sugestões de títulos para futuros artigos do “Why?” e responder a perguntas que tenham. Resto de uma boa semana para todos!

Sobre o Autor

26 Comentários

  1. nachbar - há 7 meses

    Não tem pin na luta do HHH e rolins…. mal escrito

  2. Lucas Maranzati - há 7 meses

    Duvido que qualquer artigo possa ser melhor do que este. Parabéns! Brilhante!
    Para um próximo artigo, gostaria de deixar:
    por quais razões os campeões lutam raramente nos shows? (Exemplo de Ambrose, Jericho, Bray, Usos, etc…) Lutam todos os shows sem os títulos, mas quando campeões, raramente se apresentam, apenas se focando a promos…
    Uma outra pequena dúvida: por quais motivos a WWE não estabele melhor a divisão de duplas do Smackdown, visto que há grandes nomes? (Creio que os Ascencion e Breezango poderiam receber um bom push)
    Agradeço desde já.
    Parabéns pelo artigo, novamente!

  3. Lucas Maranzati - há 7 meses

    Só destacando algo que esqueci:

    Se Seth perder para Triple H, e Styles para Shane, seria algo até mesmo bom, pois tenho em mente que com esses resultados ambos troquem de lado. Styles para o Raw, e Seth para o Smackdown.

    o Que acha?

    • Nuno Paço - há 7 meses

      Penso que é possível que ambos troquem de brand mesmo ganhando os combates. Acho que é bastante provável até!

  4. Tem algu fundamento a ideia do Roman ganhar, mas o Undertaker tem de ganhar. Aliás, nunca devia ter perdido. De resto, grande “imaginação”, digo isto entre aspas porque era bom que essa imaginação torne-se realidade… Grande artigo!

  5. Awesome One - há 7 meses

    Concordo que Brawn Strowman tem de vencer de qualquer jeito essa battle royal se bem que isso jamais vai recuperar a credibilidade que a wwe estupidamente lhe tirou com uma derrota para o reigns. Fora que essa batalha real credibilidade ja tem pouco relembro apenas os vencedores da mesma e onde andam agora… sami zayn parece-me perfeito para ser o finalista vencido! Ja agora lanço so uma questao: E quanto ao Samoa Joe? Continuo a acha-lo o segundo favorito a vencer a mesma mas nao consigo imagina-lo a ter uma derrota decisiva para o Brawn no fim!

    em relaçao ao combate cruserweight sinceramente acho que esta no lugar certo. É uma divisao sem qualquer interesse constituida maioritariamente por jobbers e gajos que seriam vencidos por main-eventers em questao de segundos e continuo nao a ver logica em ser desperdiçado tempo dos shows com esta divisao. Fora o fato de Austin Aries claramente merecer mais que estar neste fosso. Acho que ele ganha apesar de tudo!

    Quanto ao combate feminino do smackdown espero sinceramente que ainda apareça mais alguma lutadora regressada como ja foi ate falado ate porque ficando-se só por isto nao tera o interesse suficiente e sera apenas uma questao de tirar o titulo a uma para colocar em outra sem grande impacto ou momentum. No entanto e conhecendo a criatividade da wwe como eu conheço espero mesmo que ninguem apareça e que vença alguem ja apresentado.

    No mix tag tenho quase a certeza absoluta que john cena vai vencer como quase sempre. A wwe praticamente nao da importancia ao fato de o miz nunca ter sofrido um pin 1,2,3 na wrestlemania e fora isso acho que jamais iriam dar-lhe uma vitoria ao miz aqui. No entanto acho que a unica coisa que faz sentido é elevar o miz de vez dando-lhe uma importante vitoria suja no combate. nao vejo interesse nenhum em dar a vitoria a um gajo que se vai afastar depois da mania alem disso so para lhe dar ainda mais ego e para poder pedir a mulher em casamento. Acharia isso ridiculo.

    Subscrevo totalmente o que foi dito em relaçao ao combate do titulo intercontinental e de equipas e tambem em relaçao ao combate se rollins e hhh. No entanto acho que rollins deve continuar com o pedigree nao so pela historia e tradiçao do finisher mas tambem como aquele testemunho passado pelo seu “professor” digamos assim. Em relaçao ao combate feminino da brand vermelha tambem concordo com tudo.

    Quanto a jericho vs owens para mim so far sentido ganhar o Y2J por tudo que fez este ano e porque merece. É sabido que nao gosto da forma como ele é bookado sendo o melhor da empresa disparado mas acho que pelo menos esta vitoria a merece totalmente. Fora o fato de nao apreciar owens e estou muito longe de o considerar sequer um “atleta”.

    AJ Styles deve vencer o seu combate ate para poder premiar um ano em grande do mesmo e claro deve haver tempo para as tais manobras mais hardcore do shane

    Quanto aos 3 main-events:

    wyatt vs orton – acho que o orton vence até poque wyatt esta muito longe de ter qualidade para ser campeao mundial e é claramente um erro de casting fora o fato da sua forma fisica ser pessima. orton por outro lado tem sido retratado cada vez mais como shawn michaels nos seus anos finais de carreira ganhando pouco ou nada e perdendo para nomes importantes e gostaria de ver isso mudar. Orton tem de ser um dos nomes de topo desta geração deia por onde der e se estragarem tudo tornando-o tão vulneravel ja nem para elevar os talentos certos vai servir em uns tempos.

    Goldberg vs Brock Lesnar- A meu ver considero que brock lesnar deve levar de vencido o goldberg ate parar restabelecer a sua aura e considerando o fato de goldberg provavelmente nao permanecer na empresa e ja ter varias vitorias contra a besta. Percebi o booking apesar de tudo espero um combate mais longo e interessante entre ambos e nada de squash matches

    reigns vs taker – tem que ganhar o taker e ponto. heat para o reigns? facil. perde e depois ataca o taker sem ninguem estar a espera durante a celebraçao do mesmo e retira-o da tv… se o reigns vencer a quantidade de povo que vai deixar de ver wwe e vai deixar de subscrever a network vai ser massiva!

  6. FambroseDxDx - há 7 meses

    Bom artigo,Nuno! Nunca nos decepcionas!!
    Gosto especialmente na tua criatividade para imaginar cenários. Basicamente, as nossas escolhas para vencedores são as mesmas.
    Não vou dar sugestões para futuros artigos, pois com o fim da Road to WrestleMania não tenho grandes ideias.
    Abraço!

  7. Brilhante, concordo em tudo por ti escrito. Espero bem que esta WM seja memoravel.

  8. Kira - há 7 meses

    Na minha opinião a WWE errou feio no combate entre o AJ Styles e o Shane, acho que este combate não vai trazer nada de novo, tirando o spot fest que vai acontecer por parte do Shane, preferia 1000 terem aproveitado o AJ para fazerem um combate inter-promocional contra o Joe ou contra o Sami, mas esta é apenas a minha opinião

    De resto está um exelente artigo, concordo com a maior parte do que disseste 😉

    • Nuno Paço - há 7 meses

      Muito obrigado Kira! Na verdade, também acho que Aj Styles poderia ter sido melhor aproveitado mas este artigo foi escrito com base nos combates já confirmados pela WWE.

      • Kira - há 7 meses

        Foi mais um desabafo que outra coisa, pois acho que o AJ devia estar noutro combate pois o talento dele não devia estar a ser desperdiçado com Shanes ahahah

  9. DirtCrit - há 7 meses

    Em primeiro, concordo com toda a tua nota introdutória sinceramente. Para mim, Charlotte, AJ Styles e Strowman são capazes de ser as três grandes forças impulsionadoras do produto da WWE neste último ano. Claro que, posto isto, podemos retirar daqui algumas enlações: Charlotte é apenas a única com um combate “de destaque” na Wrestlemania; Strowman está no Andre the Giant Memorial Battle Royal depois de um ano em que se destacou; e Styles enfrentará Shane McMahon. Neste ponto, por acaso, não concordo com a maioria da IWC. Para mim, um combate contra o filho do presidente da empresa, no maior show do ano, é um combate de destaque. Outra coisa, é a maioria das pessoas desejar Styles num main-event por um título principal da companhia. Há que separar as águas.

    Ora, quanto à tua opinião sobre o vencedor da Battle Royal, concordo em absoluto. Strowman tem de ganhar, deve ganhar, e só faz sentido se ganhar. Claro que Zayn tem o carinho do público; Show supostamente ia defrontar o Shaquille O’Neil e foi colocado neste combate por misericórdia, visto que possivelmente será a sua última Wrestlemania. Só não concordo com a tua opinião do Zayn vencer uma Royal Rumble. Não acredito que aconteça sinceramente. Nem acredito que esteja num main-event na próxima Wrestlemania. Acredito, espero eu, que se torne Campeão Intercontinental/USA neste ano. A ver vamos…

    Quanto ao combate Cruiserweight, discordo em absoluto. Para mim, Neville foi um bom campeão mas o próprio Título necessita de mudanças repetitivas para dar aspeto de “imprevisibilidade” que caracteriza a divisão. Para mim Aries é fenomenal no micro, tem boa capacidade in-ring, e deve ganhar o título a Neville no show-dos-shows.

    No Combate Feminino do SD, volto a concordar contigo. Alexa Bliss tornou-se campeã porque Naomi se lesionou; não se sabia a gravidade da lesão; regressou mais cedo. Bliss tem de passar o Título novamente a alguém. Não me interpretem mal, adoro a personagem; as mic-skills mas este segundo reinado foi caótico, na minha opinião. Se Naomi deve ganhar? É possível. A minha única questão é um possível “fator surpresa”. Ou seja, Mickie James, ou algum regresso ou ingresso (Asuka talvez?) conquistarem o título.

    No Mixed Tag Team, concordo e discordo. Não acho que Cena/Bella devam ganhar. Pelo contrário. Não precisam. Concordo que haja o pedido de casamento (li um rumor qualquer sobre isso). Cena iria estar ausente depois disto até ao Survivor Series pelo que sei; Bella poderia ausentar-se um pouco também; e daria aquele ar de superioridade ainda pois “não ganhamos o combate, mas casamos”. E sim, daria um belo momento Wrestlemania. Já agora, estou ansioso para ver a Maryse em ringue novamente.
    Concordo em absoluto com a tua opinião sobre o Título Intercontinental. Corbin merece, precisa de ganhar dada a construção da personagem; e Ambrose poderia beneficiar com um heel turn já que de repente ficou estagnado no card do Smackdown. Há coisas que acontecem…

    No RAW TT Championship, concordo e discordo. Não acho que Gallows/Anderson tenham falhado como campeões. Acho que servem o propósito que a WWE lhes dá. Acho também que a construção das personagens deles beneficiaria numa stable sem dúvida (Bálor Club?? – Summerslam Storyline alguém?). Enzo e Cass devem ganhar. Se, e só se, os rumores de que tornaram este um combate de escadotes para os Hardys regressarem não sejam verdadeiros. O PWInsider avançou que se existisse algum momento em que as escadas se tornassem parte de um segmento entre as três equipas, existia forte possibilidade dos Hardys regressarem. Tal aconteceu na última RAW, portanto, vamos ver… Giro, era eles aparecerem e com os Títulos do ROH.
    Concordo contigo no Non-Sanctioned Match, mas sinceramente, é daqueles combates que nem me importo de ver qualquer um a ganhar. O que quero é que façam o que ambos fazem brilhantemente: contem um raio de uma história. Ponto.

    O RAW Women’s Championship, para mim, seria ganho pela Nia Jax ou Charlotte. Agora, no meio do combate, sim, acho que Sasha trairá Bailey e isso vai lhe custar o Título. Fico surpreendido se tal não acontecer, e se Bailey retiver o título.
    Concordo também com a tua opinião no US Championship. Acho que esta história tem sido deliciosa, e o resultado final vai depender do que a WWE tem agendado para ambos. Portanto, é um resultado de atirar moeda ao ar. Pode pender para ambos os lados. Pessoalmente, gostava de ver Owens a ganhar o título; por outro lado, Jericho tem sido brilhante e uma vitória na Wrestemania seria um bom reconhecimento do trabalho do mesmo.

    Quanto ao Styles/Shane, concordo com o vencedor. Não acredito que as coisas se passem dessa forma. Acredito que apareça de surpresa no RAW, em que o novo GM seria revelado e com um contrato já assinado. Já disse anteriormente, e volto a dizer, para mim a história de Verão da WWE poderia bem ser Styles/Bálor com elementos do Club há mistura. Alguém sabe até quando são os contratos dos Young Bucks? Adam Cole a vir para a WWE?

    No WWE Championship Match, penso que sim, Wyatt deve ganhar. Mas, não por forma limpa. Wyatt é heel, tem todos os traços sobrenaturais do seu lado, não acho que deva ganhar de forma limpa. Para um bom WM moment, acho que este combate vai terminar de forma “wtf” e não sei se não teremos algum tipo de interferência da “sister Abigail”.

    Por fim, acho que Reigns deve ganhar. Não acho que se torne heel, porque acho que o facto de se saber que este é o último combate do Undertaker e é contra Reigns, este já vai ser mais do que apupado e o combate ainda nem começou. No final do dia, Reigns não é heel, é babyface mas é um face que as pessoas gozam, e divertem-se a não apoiar. É mais isso do que outra coisa agora. Reigns vai ganhar, Undertaker entrará num Hall of Fame (do próximo ano quiçá), e vamos ter um motim em Orlando. Como disse, acho que no final do dia a decisão é de Undertaker. Ponto.

    Concordo quanto a Lesner/Goldberg até no tempo de duração do combate. Apesar de achar genial a aparição de Bálor, não acho que ocorra. Acho sim que vai acontecer antes Lesnar/Reigns, até porque ambos seriam os únicos a vencer numa Wrestlemania o Undertaker; ambos são umas bestas; o combate deles na WM foi ganho por Seth Rollins, logo nunca o terminaram; seria pelo Universal Championship e etc, etc, etc, tudo ingredientes que a WWE gosta.

    Bom artigo! Diverti-me imenso a ler! Parabéns 😉

  10. Doug Hc - há 7 meses

    Foi muito bom ler seu artigo, muito obrigado 🙂

  11. Anónimo - há 7 meses

    Artigo baseado em “achismo”, para mim perde a credibilidade.

    Gostei de algumas idéias, mas não de condicionar o sucesso do evento a concretização destas ideias, vez que algumas delas muito fantasiosas e bem pouco prováveis.

  12. Tobias - há 7 meses

    Achei sensacional esse teu pensamento em ter uma feud entre Brock Lesnar & Finn Balor, mas detestei esse negocio do Reigns ganhar do Taker, ao meu ver vale muito mais a pena o John Cena ganhar o Taker e tornar-se vilão, tá mais do que na hora do Heel dele.

  13. vinicius henrique - há 7 meses

    Sobre a divisão feminina, achei vago da sua parte ignorar o retorno e a presença da Mickie James na luta pelo titulo da SD, na minha visão uma vitória da Mickie daria rumos interessantes a Storyline, alem de ser uma vitória mais que merecida quando comparamos o legado da Mickie com a pouca experiência das demais (isso inclui a Charlotte)

  14. Se o Reigns ganhar ouviremos maior número de vaias em um show televisionado!

Comentar

Editar avatar »