William Regal tem feito um trabalho notável desde que chegou à AEW, ajudando a tornar o Blackpool Combat Club (Bryan Danielson, Jon Moxley & Wheeler Yuta) num dos grupos mais populares da promotora.

Só que o antigo General Manager do NXT está agendado para um confronto cara-a-cara com Chris Jericho no Dynamite desta quarta-feira, pelo que muitos especulam que poderá vir a calçar novamente as botas.

Em entrevista a Allstair McGeorge do Metro, o veterano britânico de 54 anos foi questionado acerca da possibilidade de regressar aos ringues para mais um combate, visto que o seu último foi contra Cesaro em 2013.

Não, nunca. Não. O meu último combate oficial foi contra o Cesaro. Nos meus últimos anos, eu não percebi – saiu recentemente, eu tive um sério problema no pescoço por 20 e poucos anos. Finalmente terminou. Tudo o que eu sempre quis foi uma carreira de Wrestling de 20 anos quando comecei – acabei com uma carreira de Wrestling de 30 anos. Eu não poderia ter pedido mais.

Se não és eu e estás apenas a olhar de fora “Oh, ele deveria ter sido isso, ele deveria ter sido aquilo” – não. Fiquei muito feliz com o que consegui. Se eu nunca tivesse vindo para a América, tive uma carreira incrível. Aos 24 anos, já tinha estado em 19 países. Dos 20 a 24, eu estive em todos os melhores lugares que poderia ir, a lutar com o melhor Wrestling.

Eu posso entrar no ringue agora e lutar tão bem quanto eu já fiz. Na verdade, as pessoas ficam tipo “Quer parar um pouco?”. Treinando, eu posso entrar lá [no ringue] e fazer isso. Ainda treino, faço todos os meus agachamentos e flexões que nunca pensei que seria capaz de fazer. Mas eu pareço uma pessoa de 54 anos. Eu não quero essas memórias de mim – eu ainda posso lutar tão bem quanto eu costumava.

Na verdade, melhor porque tenho circulação total agora, sabe Deus quantos anos.  Eu lutei com o meu filho [Charlie Dempsey] por uma hora antes do Natal, no Performance Center em Orlando. Eu posso lutar. Prefiro que esse combate com Cesaro seja a minha última coisa.

“Elvis saiu do prédio.” É por isso que o Colonel Tom Parker nunca deixou o Elvis fazer um encore. Não estragues isso para mim. Essa foi o melhor combate que poderia ter para eu terminar a minha carreira, e 30 anos depois, é a vez de outra pessoa agora. Porquê arruinar isso?


Gostarias de voltar a ver William Regal a combater?

6 Comentários

  1. Zickelous1 mês

    Alguém com bom senso, diferente do Ric Flair

  2. El Cuebro1 mês

    William Regal sendo um cara sensato, ele parou quando devia e achava ser o certo, aí depois fez algo incrível no NXT e agora no Blackpool Combat Club, aliás a luta com o Cesaro foi algo muito bom de se ver, espero que o Regal possa ir muito bem na AEW e quem sabe algum dia vejamos o Cesaro em grandes lutas lá também!

  3. Anónimo1 mês

    Chega-se a um ponto que o melhor mesmo é ficar retirado de vez, palavras sentadas do William Regal.

  4. Bom ver que ele é inteligente e não quer pôr a vida em risco!