Faz login e reduz a publicidade

WP Batalha Final 2018: Novos Campeões… e Muito Mais

Este Domingo, 10 de Junho, o Wrestling Portugal encerrou a sua Season 2 do “WP Batalha” com uma Batalha Final que contou uma lotação recorde de 155 espectadores.

Vamos à report!

1 – Bernardo Barreiros derrota “Killer” Kelly, “Dazzling” Darrell Allen e “O Veterano” Marcos Vitória para se tornar o 1º Campeão de Honra

Num confronto que reuniu 4 lutadores de elite, os fãs viram um combate a 4 extremamente equilibrado, em que todos os envolvidos mostraram porque foram selecionados para o combate. Se tivéssemos que apostar num vencedor, usaríamos o codigo bonus bet365 para o fazer.

“Killer” Kelly foi quem abriu as hostes. Depois de ter ouvido Bernardo Barreiros dizer que estava pronto para sabotar a sua ida à WWE, a lutadora não esperou pelo toque da sineta e…

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Tal como na Batalha da Reconquista, “Dazzling” Darrell Allen mostrou a diferença que fazem os seus anos de experiência e antecipou constantemente os ataques dos seus adversários, surpreendo-os com o seu arsenal completo de striking, golpes técnicos e agilidade.

Marcos Vitória também procurou (e encontrou) os seus momentos no combate. Quando Kelly o tentou levar de volta ao seu combate de estreia no WP (em que foi vencido em 50 segundos com um Head Kick), apanhou-a rapidamente no Ankle Lock, mostrando que muito pode mudar em 1 ano e meio.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Mas, no final, o único momento que realmente importou foi aquele em que Bernardo Barreiros agarrou a vitória numa sequência incrível que envolveu os 4 lutadores.

Primeiro, Marcos Vitória conseguiu prender Darrell Allen no Ankle Lock. Kelly aproveitou e arrasou “O Veterano” com um Head Kick, seguido de um German Suplex para assentamento.

Quando o 3 parecia inevitável, Bernardo Barreiros puxou o árbitro para fora do ringue. Kelly nem quis acreditar. Sentia que tinha o combate ganho.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

De volta ao ringue, Kelly ganhou vantagem sobre Bernardo e chegou a parecer que íamos ter uma Campeã de Honra. Mas, quando Kelly foi para o seu golpe final, Bernardo sabotou o seu Rain Killer, usando o árbitro como escudo.

Quando o árbitro finalmente saíu da frente, Kelly foi surpreendida com um Forearm que a deixou KO.

1… 2… 3. Com uma chuva de boos para o primeiro Campeão de Honra: Bernardo Barreiros.

Depois do combate, “Killer” Kelly teve ainda direito a um pavilhão a aplaudi-la de pé, já que será a primeira pessoa de Portugal a competir na WWE.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Depois do combate, Afonso Malheiro explicou o funcionamento do Título de Honra: quanto mais adversários o Campeão de Honra vencer, melhor é a sua oportunidade pelo Título do WP:

• Se vencer 2 adversários, tem uma oportunidade normal
• Se vencer 3, pode escolher a estipulação do seu combate pelo Título do WP
• Se vencer 4, o Título de Honra transforma-se num “Money in the Bank”, uma oportunidade pelo Título que o Campeão de Honra pode marcar quando quiser.

2 – Ramon Vegas Passou-se

Com um novo visual, Ramon Vegas interrompeu o espectáculo para “pôr cá fora” o que lhe aconteceu nas últimas semanas.

Sofreu um traumatismo craniano na Batalha da Reconquista, graças a um Piledriver de Bruno “Korvo” Almeida.

Com essa lesão, foi obrigado a defender o seu tão querido Título da APW, que perdeu na semana passada.

E tudo aconteceu enquanto os fãs aplaudiam. Isto, na cabeça do Luso-Cubano, torna-os cúmplices de quem o lesionou e de quem o tem colocado impiedosamente para baixo.

O peso de toda esta adversidade parece ter levado Ramon ao ponto de ruptura.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Quando pareceu começar a chorar, o booker e MC Afonso Malheiro dirigiu-se ao ringue tentou dar-lhe uma palavra de apoio, mas Ramon reagiu de forma muito agressiva.

Primeiro, em resposta ao que ele sente ser um ataque dos fãs, jurou que eles teriam de se despedir de uma das suas mais queridas personalidades do WP.

Depois, agarra Malheiro no seu Rock Bottom e parecia certo que este ia ser atirado sem cerimónia para o tapete.

Mas a vítima prometida não era o booker, que Ramon largou enquanto se ria.

Com Malheiro no canto, paralisado pelo ataque de que facilmente podia ter sido alvo, o novo Ramon Vegas deixou claro que voltará ao WP para reclamar uma vítima.

3 – Luís Mira é o Parceiro Mistério; ajuda Artur Carvalho a derrotar Trindade e João Santos

O Artista Formalmente Conhecido Como Trindade e João Santos não foram de meias medidas. Antes do combate começar, quando Artur Carvalho se preparava para anunciar o seu parceiro, atacaram o recém-estreado lutador.

Quando Santos e Trindade começaram a pedir ao público para saírem das suas cadeiras para atirarem Artur contra elas, este último foi “salvo” pela música de Luís Mira, que assim regressou ao WP depois de um ataque nos bastidores (por João Santos) o ter impedido de participar no espectáculo anterior.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Depois de uma rixa a 4 no exterior, foi restabelecida a ordem e teve início o que foi apenas o 2º combate de equipas do “WP Batalha”.

Notou-se a existência de duas rivalidades isoladas no combate, com Mira e Santos claramente à procura de ajustarem contas, acontecendo o mesmo com Trindade e Artur.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

No fim, como muitas vezes acontece nos combates de 2-contra-2, contou o trabalho de equipa.

Luís Mira chamou a atenção de João Santos e pontapeou-o para o exterior. E depois, do canto, mergulhou em Flying Body Press para cima dele e tirou-o do combate.

Isto deixou Artur com tempo e espaço para colocar O Artista formalmente fora do combate, com o seu Kamehameha.

Depois do combate, João Santos estava visivelmente descontente com o resultado e foi tirar satisfações ao seu parceiro. Encurralado, sufocado no canto e interrogado sobre o que tinha a dizer em relação a ter perdido o combate, respondeu: “Ao menos estava no ringue para o perder”.

Entre a resposta de Trindade e o subsequente “oooohhhh” do público, João Santos não terá visto outra opção que não atacar o seu parceiro. Mas não o conseguiu fazer por muito tempo já que, surpreendentemente, Artur Carvalho regressou dos bastidores e ambos conseguiram colocar Santos fora do ringue.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Artur ofereceu um aperto de mão a Trindade, que colocasse definitivamente fim à rivalidade, mas este recusou. O motivo: “Eu tinha tudo controlado!!”

4 – João “Pégaso” Sena tem o seu Regresso Épico; vence o “Fantástico” David Francisco

Depois de um pré-combate aceso com muitas palavras menos simpáticas trocadas entre os dois intervenientes, Pégaso regressou a casa para fechar a primeira parte da Batalha Final.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

E, apesar das grandes dificuldades causadas pelo antigo Duplo Campeão…

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

… fê-lo de forma triunfante.

Num combate em que ambos os lutadores fizeram questão de fazer a sua própria apresentação, tudo o que se seguiu pareceu ser sobre um tentar superar o outro.

Depois de um início em que o “Fantástico” dominou e Pégaso começava a mostrar no rosto o receio de estar com um caso agudo de “ring rust”, João Sena equilibrou as contas e tornou o combate competitivo. E, claro, foi dando um ar de sua graça.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

No final, os papéis inverteram-se e foi David Francisco a sentir-se ultrapassado. E a ter de recorrer ao velho amigo: o pó, que lhe abriu caminho para o seu duplo campeonato.

Mas Pégaso estava pronto e não permitiu que o adversário utilizasse a sua arma predilecta.

Como David Francisco não conseguiu recorrer às suas manhas, João Sena tirou uma das suas da caixa, que lhe deu a vitória.

Pégaso saiu para o exterior, e desapareceu para debaixo do ringue. O “Fantástico” não sabia exactamente o que fazer. Pégaso emergiu do lado contrário e surpreendeu o antigo Duplo Campeão com um dropkick contra o canto e o Fim De Sena II (a sua versão do Pedigree), que lhe deu o 1, 2, 3.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Com o regresso épico consumado, chegava o intervalo. E a oportunidade de comprar cartas do Pégaso por apenas 2 euros. Porque “tu também podes ser fixe.”

5 – Duarte Silva Está Fora do WP

Confiante de que Zé de Manteigas não seria um adversário à sua altura, Duarte Silva passou o espectáculo a fazer companhia a Afonso Malheiro na mesa da produção. Nem fez um aquecimento.

Verdade seja dita, não se enganou. Zé de Manteigas não é propriamente conhecido pela sua técnica e resiliência dentro do ringue. O problema? O karma fez uma visita ao “Meia Dose”.

Zé de Manteigas trouxe consigo… a Zé World Order. Dois homens vestidos de preto entraram ao som de uma música, hum, familiar para os fãs de wrestling, mascarados de forma semelhante à do próprio Zé.

E apontaram novamente para a cortina, de onde saiu o líder da zWo: “Hollywood” Zé Hogan.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Duarte Silva via-se, assim, à mercê do mesmo truque a que sempre recorreu durante a sua carreira no WP: os números.

O combate foi curto e, por várias vezes, podia ter sido ganho por Duarte Silva. Mas a zWo certificou-se que esse não era o caso, com várias distracções flagrantes do árbitro, incluindo uma em que um dos Zés parece ter rasgado o quadricípite.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

No meio de um arraial de confusão, com o árbitro distraído e no exterior, um dos Zés entrou no ringue e atingiu Duarte Silva com um Codebreaker e uma joelhada em corrida na cabeça.

Depois, tirou a sua máscara. Era Luís Mira.

Sem perder tempo, o lutador que tantas vezes viu a vitória fugir-lhe por causa de Duarte Silva, ajustou as contas que tinha para ajustar. Ainda voltou para trás, aplicando a sua joelhada em corrida, o Bullseye, pela segunda vez no seu rival de longa data.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Antes de sair do ringue, o prego final no caixão: colocou Zé de Manteigas por cima do inconsciente Duarte Silva.

1… 2… 3. E Duarte Silva está fora do WP porque, ironicamente, alguém trouxe os seus próprios “Gunas”.

6 – Bruno “Korvo” Almeida derrota o Bi-Campeão Luís Salvador e Bruno “Bammer” Brito, por 2-1-1, num combate Iron Man de 30 minutos e é o Novo Campeão do WP

(Num combate Iron Man, o vencedor não é a primeira pessoa a conseguir uma vitória. Vence, sim, a pessoa que mais vitórias acumular durante 30 minutos – uma medida extraordinária no mundo do wrestling, para resolver conflitos invulgarmente renhidos.)

No início, Salvador tentou dividir e conquistar, procurando que Bammer e Korvo se concentrassem um no outro. Infelizmente para o Bi-Campeão, os dois Candidatos Principais reconheceram o truque.

Os primeiros minutos ficaram marcados por várias tentativas de assentamento rápido, o que mostrou a importância que todos os intervenientes estavam a dar às regras de um combate Iron Man.

A primeira vitória chegou por volta dos 10 minutos, quando Bammer (finalmente) castigou Salvador com o seu Bammer Bomb Duplo. A “Referência” fazia o 1-0-0 e aproximava-se do bi-campeonato.

Mas aos 21 minutos, Salvador fez o 1-1-0, com um Log Off sobre Bammer, já desgastado depois de um Running Lariat de Korvo – uma das raríssimas ocasiões em que Bammer é virado no meio do ar por um “strike”.

Mérito para Bruno Almeida pelo feito. E mérito para o oportunismo do Bi-Campeão que, logo de seguida, projectou Korvo para fora do ringue e aplicou o Log Off em Bammer.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Bammer voltou à carga e por pouco não alcançou o 2-1-0 com um Burning Lariat.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Com cada vez menos tempo de combate, o sentido de urgência era evidente e a agressividade dos lutadores aumentava:

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Finalmente, aos 26 minutos, Korvo apareceu no marcador. Bammer, na parte exterior do tapete, lançou-se para dentro do ringue por cima de Korvo, à procura de um Sunset Flip mas, depois de dar a volta e aterrar, Korvo inverteu e conseguiu o seu próprio assentamento.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Salvador conseguiu convencer Korvo a castigarem Bammer com um Superplex e tentou a adiantar-se com um RKO sobre Bruno Almeida. Sem sucesso. Depois, conseguiu apanhar Bruno Brito num Log Off, com Korvo fora de cena. Mas Bammer quebrou o assentamento aos 2.9.

Salvador não quis acreditar. E procurou medidas drásticas.

De debaixo do ringue, tirou uma cadeira. Mas, após um momento de pausa, ocorreu-lhe algo ainda mais drástico. E revelou outra arma:

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

No entanto, como gostava de dizer o primeiro professor de Wrestling de Bruno Almeida: “o feitiço virou-se contra o feiticeiro.”

Com 1 minuto para lutar no combate principal, Salvador agarrou Korvo para o projectar contra a tábua, mas Bruno Almeida escapou e agarrou Salvador para um Fallaway Slam que atirou Salvador contra a tábua, que se partiu imediatamente em dois.

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Com o Campeão imóvel, Korvo arrastou-o para fora do canto e prendeu-o no Sharpshooter. Sem mais uma gota de energia, o Campeão estava vencido.

Com cerca de 20 segundos ainda no relógio, Salvador desistiu, Bruno “Korvo” Almeida fez o 2-1-1, deu a volta ao resultado e consolidou o seu lugar na história do Wrestling Portugal, tornando-se apenas o 5º homem a ter o Título do WP ao ombro.

E, com o novo Campeão a agradecer a Tarzan Taborda, aos colegas que o apoiaram e aos fãs presentes, chegou ao fim a Season 2.

1 Comentário

  1. Edge88 há 6 meses

    Obrigado pela analise do evento , para quem esta longe é sempre bom viver um pouco do wrestling que se faz em Portugal nem que seja desta forma, já agora parabéns a todos que participaram no evento

Comentar