Após a conclusão do negócio de compra da WWE por parte da Endeavor e a fusão da primeira com a UFC, muito se tem falado sobre possíveis despedimentos.

Entretanto, Mike Johnson do PWInsider revelou que esta sexta-feira começaram os despedimentos nos cargos de chefia dentro da WWE.

Frank A. Riddick, Jamie Horowitz, Catherine Newman e Amanda Bloom foram os quatro primeiros nomes a serem despedidos depois da fusão com a UFC.

Frank A. Riddick era o Chief Financial Officer e Chief Administrative Officer da WWE, e estava na empresa há cerca de 13 anos. Em 2021, o responsável passou a fazer parte do Board of Directors da mesma.

Jamie Horowitz era o Executive Vice President of Development and Digital da WWE, tendo chegado à empresa em Junho de 2021, depois de ter trabalhado na DAZN.

Catherine Newman tinha a função de Executive Vice President e Head Of Marketing, tendo trabalhado pouco mais de um ano na WWE, isto depois de ter trabalhado como Chief Marketing Officer do Manchester United.

Já Amanda Bloom chegou à WWE em 2015, e desde Fevereiro de 2020 que era a Director, Enterprise Master Data & Governance da WWE.

Para já, só estes quatro oficiais da WWE foram despedidos, mas veremos se estes cortes ficam por aqui ou se irão continuar.


Acreditas que para além de trabalhadores dos escritórios da WWE, também lutadores serão despedidos?

2 Comentários

  1. tosse10 meses

    jobbers na wwe?
    main eventer nos trampolins já ali ao lado!

    Kommander para para world champ
    JÁ!
    Quero ver um salto mortal com a ajuda do adversário, sim?

  2. willospreyg.o.t10 meses

    tem que demitir o matt riddle pois o mesmo so causa problemas