Desde 2003 que a WWE realiza o evento anual Tribute to the Troops para homenagear os militares norte-americanos que combatem em várias zonas do globo e, apesar deste ano ser bastante diferente do que é habitual, a WWE ainda assim vai realizar uma nova edição do evento no ThunderDome.

O Tribute to the Troops deste ano será transmitido no domingo, dia 6 de Dezembro, no canal FOX, mas deverá ser filmado alguns dias antes. Vai ter somente militares nos ecrãs LED do ThunderDome e foi um evento anunciado pela FOX Sports e pelo jornalista Ryan Satin, entretanto confirmado pela WWE.

Vince McMahon, sobre este Tribute to the Troops, afirmou que é uma altura única e que a WWE espera poder providenciar uma experiência interactiva única aos militares e às suas famílias, entregando um evento que honre os milhares de militares e entretenha os milhões que podem ver o programa na FOX.

Como é habitual, este Tribute to the Troops não deverá ter grande relevância a nível de storylines, mas é sempre um evento que a WWE gosta de promover para homenagear os militares norte-americanos.


Mesmo com a pandemia de COVID-19, algum dia pensaste que a WWE não faria o seu tradicional Tribute to the Troops?

11 Comentários

  1. E uma tradição que deve continuar.

  2. El Cuebro7 meses

    Desde que tomem todos os cuidados possíveis a realização do evento certamente é algo bom, é uma boa tradição!

  3. Confesso que não esperava que fizessem este ano com tudo o que tem ocorrido na WWE.
    Se em 2019 (sem pandemia) não realizaram, pensei que em 2020 fosse completamente de descartar.
    Todavia, ainda bem que decidiram voltar a ter o evento. A causa é nobre e o que mais conta no fim do dia é isso mesmo.

  4. Eduardo7 meses

    Nunca Pensei mas Ainda BEM K vai Haver é uma tradição K obviamente deve de Continuar

  5. É tradição a este ponto, portanto faz sentido continuarem.

  6. É uma tradição que é eterna para os soldados americanos e todos os soldados no mundo!

  7. Fazem bem em fazer. É uma tradição bonita.

  8. Anónimo7 meses

    Não pensava que fossem fazer este ano por causa do vírus. Mas fazem bem em continuar com está tradição.