Durante muitos anos, era normal as Superstars da WWE receberem vários bónus para além do seu salário base, referentes à venda de merchandise, presença em grandes eventos etc..

No entanto, na mais recente edição do Wrestling Observer Radio, Dave Meltzer revelou que a WWE já não paga bónus aos seus lutadores.

O jornalista afirmou que se um lutador tem no seu contrato que ganha 1 milhão de dólares por ano, é o que fará no final do ano, pois já não existem bónus dos eventos na Arábia Saudita ou de outros premium live events.

Ainda assim, Dave Meltzer apontou que lutadores como Roman Reigns ou outros que vendem bastante merchandise, ainda poderão continuar a receber alguns bónus, mas longe do que acontecia no passado.


O que pensas desta mudança de política salarial das Superstars da WWE?

3 Comentários

  1. Eu acho que deveria haver bónus para os wrestlers que fazem a maior quantidade de combates, por exemplo quando chegassem a um x de combates receberiam um bónus, isso daria um incentivo aos wrestlers para estarem na melhor forma possível e ainda aparecer em live events para aumentar o número de combates, especialmente os menos utilizados.
    Mas acho uma boa ideia não haver bónus em geral.

    • Anónimo2 meses

      Concordo, além dos combates, também se vendessem muito merchandise, também deviam ter um bónus.

  2. Martins2 meses

    Muito errado!