Há vários anos que se fala da WWE poder criar uma espécie de museu ou Hall of Fame físico, que os fãs possam visitar diariamente e que nem possam ver objectos icónicos da história da empresa, gears de lendas, e tudo mais.

Em entrevista ao Orlando Business Journal e ao podcast Cheap Heat da ESPN, Triple H afirmou que a WWE não quer um simples Hall of Fame físico e referiu que Vince McMahon vê isso como um “desperdício de dinheiro”.

Começando pela entrevista ao Orlando Business Journal, Triple H disse o seguinte:

Não quero que um Hall of Fame ou qualquer outra atração seja apenas algo onde as pessoas vejam as cuecas de um lutador. Nós somos a WWE e somos grandes, então tudo o que fazemos precisa ser também grande. Se eu fosse dizer o que poderia ser, pense nisso como algo que tem shows ou coisas interativas ao vivo para os fãs. Por exemplo, algo como uma experiência 4-D, em que o fã fica cara a cara com um André The Giant – algo nessa escala.

Já na entrevista ao podcast Cheap Heat da ESPN, Triple H afirmou:

Hall of Fames dessa forma, físicos ou museus tendem a ser poços de dinheiro e não resultam bem, porque com o tempo as pessoas vêem-nos e pensam: “Bem, precisas de fazer mais alguma coisa” e eu acho que se fosse interativo, com a tecnologia que temos agora, aqueles objetos estavam lá, coisas que as pessoas podem ver e se impressionar, mas também há razões para continuar a voltar. Acho que isso significa mais do que uma coisa que vais uma vez e pensa: “Oh, isso foi bom. Eu vi algumas botas”. Mas mais de uma: “Tu tens que ir ver isso. Eu estava lá. Há não sei quê virtual, há um 3D que…” a tecnologia leva-te a outro nível.

Como a Disneyland, tu vais ver essas coisas incríveis, mas também tens essas experiências alucinantes em torno da WWE e também podes passar o dia lá. Tu podes ir lá e conhecer algumas lendas e ver pessoas a perguntas e respostas, e talvez seja uma parte do nosso desenvolvimento, onde há combates a acontecer e há muito para ver, junto com e bem feito.


O que achas desta decisão da WWE não ter interesse na criação de um museu ou Hall of Fame físico?

10 Comentários

  1. JoaoPedrooooooo3 semanas

    O Vince pode ter muitos defeitos, mas se há algo que ele percebe, é de marketing. A ideia de “a empresa é grande, tem de ser tudo à grande” faz todo o sentido.

  2. Hugo3 semanas

    Bom….
    Concordo com o TripleH.
    Apenas funcionaria enquanto fosse novidade, porque depois o interesse seria pouco.
    Mas se lhe juntarmos um pouco tipo parque temático da Wwe,acho que resultaria melhor e a cativação dos fãs aumentaria.

  3. A.M.G.3 semanas

    Já vinha a reclamar, pois o HoF físico é uma coisa que já gostaria de ver a bastante tempo. E acho que adiciona uma legitimidade as indicações.

    Mas percebo bastante o ponto do HHH. Acho bastante justo o que ele diz em relação a escala e a uma possível falta de interesse no futuro.

  4. Facebook Profile photo

    Compreendo o Triple H, realmente tem que ser algo “revolucionário” para manter a atenção dos fãs durante bastante tempo, e não apenas alguns anos.

  5. Johnny "HappyGuy" Walker3 semanas

    Eu acho que um espaço físico ao estilo de um Museu Madame Tussauds, com esculturas em cera à escala real dos Hall of Famers, mais uma videoteca e um espaço com objetos (roupas, cinturões ou objetos usados na caracterização dos wrestlers) seria incrível.

    • Johnny "HappyGuy" Walker3 semanas

      Junto a esse espaço poderia existir um local, um espaço onde se realizaria um PPV, por exemplo o Royal Rumble ou o Survivor Series seria sempre realizado nesse espaço

  6. Anónimo3 semanas

    Entendo o ponto de vista do Triple H.

  7. Eu compreendo aquilo que o Triple H quer dizer!