WWE transmitiu este domingo, a partir do ThunderDome no Tropicana Field, em São Petersburgo, na Flórida, o seu terceiro pay-per-view do ano, o Fastlane, rumo à WrestleMania 37 de 10 e 11 de Abril.

O WWE Fastlane foi transmitido na WWE Network. Subscreve aqui!

Resultados

– WWE United States Champion Riddle venceu Mustafa Ali (Kickoff)
– WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler venceram SmackDown Women’s Champion Sasha Banks & Bianca Belair
– WWE Intercontinental Champion Big E venceu Apollo Crews
– Braun Strowman venceu Elias
– Seth Rollins venceu Shinsuke Nakamura
– Drew McIntyre venceu Sheamus (No Holds Barred Match)
– Alexa Bliss venceu Randy Orton
– WWE Universal Champion Roman Reigns venceu Daniel Bryan

Report

Foram mostradas imagens de um treino de aquecimento de Shane McMahon, do qual este saiu lesionado no joelho.

– WWE United States Champion Riddle venceu Mustafa Ali (Kickoff): O campeão entrou melhor, mas Mustafa Ali de forma inteligente contra-atacou o Broton e começou a dominar este combate. Depois de vários minutos de controlo por parte do líder dos RETRIBUTION, Riddle começou a usar os seus strikes para virar o combate e quase venceu depois de uma joelhada incrível.

Nos minutos finais, os dois lutadores quase venceram em especial Mustafa Ali que quase fez o “Original Bro” desistir com o Koji Clutch. No final, Riddle conseguiu de forma impressionante acertar o Bro Derek a partir da segunda corda e assim reter o seu WWE United States Championship.

Depois do combate, Mustafa Ali voltou a culpar os RETRIBUTION pela sua derrota. Enquanto Reckoning e Slapjack saíram simplesmente do ringue, Mace e T-Bar atacaram o líder do grupo com um Double Chokeslam, no que deve ter significado o fim da stable.

– WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler venceram SmackDown Women’s Champion Sasha Banks & Bianca Belair: Ainda antes do primeiro combate do main card do Fastlane começar, as duas equipas já estavam a discutir, mas até acabou por ser a dupla da “The Boss” e da “EST da WWE” a entrar melhor, tendo dominado tanto Shayna Baszler como Nia Jax. Porém, fora do ringue a “Queen of Spades” conseguiu virar o ímpeto a favor da sua equipa e isolou Bianca Belair, que acabou por ser dominada durante vários minutos.

Quando a “EST da WWE” fez o tag e “The Boss” entrou em ringue, esta entrou com tudo e virou o combate do avesso, mas quando Bianca Belair acertou o 450 Splash, Reginald distraiu o árbitro e Sasha Banks, o que nos levou até a um final caótico.

Sasha Banks tinha o Bank Statement aplicado em Shayna Baszler, mas Nia Jax atirou Bianca Belair contra a SmackDown Women’s Champion. As duas adversárias da WrestleMania 37 começaram a discutir e a “Queen of Spades” teve a presença de espírito para fazer um pin rápido e assim reter os WWE Women’s Tag Team Championships.

Sasha Banks e Bianca Belair ficaram a discutir e a “The Boss” com um estaladão na “EST da WWE” deixou a sua adversária avisada rumo à WrestleMania 37.

Nos bastidores vimos Shane McMahon a andar de muleta, mas acabou por ser interrompido por Elias que lhe queria propor uma ideia para ele actuar na WrestleMania 37. Elias afirmou que faria tudo o que Shane McMahon lhe pedisse e o segmento terminou com o filho do dono da WWE a dizer que tinha uma ideia.

– WWE Intercontinental Champion Big E venceu Apollo Crews: Como seria de esperar, este combate começou de forma bastante agressiva e foi Big E que entrou melhor, tendo entrado com tudo contra Apollo Crews, dominando o combate enquanto falava lixo contra o seu rival.

Depois de minutos de grande domínio, Apollo Crews conseguiu atacar o joelho esquerdo do WWE Intercontinental Champion e isto virou o ímpeto deste combate pelo título a seu favor. Só que depois de vários minutos de domínio, Big E conseguiu contra atacar um small package e com um pin rápido reteve o seu título.

Porém, Apollo Crews ficou aziado com a sua derrota e atacou de imediato o seu rival, tendo aplicado dois Olympic Slams enquanto gritava que isto ainda não estava acabado.

A seguir tivemos o que parecia ser um anúncio de Old Spice, mas tivemos uma grande confusão entre Akira Tozawa e o WWE 24/7 Champion R-Truth, que fez com que Joseph Average (Rik Bugez) conquistasse o título durante 5 segundos, pois tudo acabou com R-Truth a reconquistar o seu título de seguida.

Elias, Jaxson Ryker e Shane McMahon foram ao ringue para um momento de cantoria, mas o presidente da WWE anunciou que o cantor iria assumir o seu lugar no combate contra Braun Strowman.

– Braun Strowman venceu Elias: O “Monster Among Men” fez questão de destruir Elias durante vários minutos, isto até Jaxson Ryker o distrair para que Elias conseguisse virar o combate a seu favor.

Porém, o domínio de Elias durou pouco tempo e Braun Strowman com o seu Running Powerslam venceu o combate.

Nos bastidores tivemos o WWE United States Champion Riddle a falar com Shinsuke Nakamura e o “Original Bro” tentou sugerir mais uma das suas ideias ao “King of Strong Style”, que o deixou a falar sozinho.

– Seth Rollins venceu Shinsuke Nakamura: Shinsuke Nakamura entrou melhor neste embate, mas fora do ringue o “Messiah” rapidamente virou o ímpeto a seu favor, dominando durante vários minutos enquanto ia falando para o seu rival Cesaro que é por isto que ele não deve ser desrespeitado.

Porém, quando Seth Rollins tentou fazer o Swing para provocar Cesaro, acabou por perder demasiado tempo e o “King of Strong Style” usou os seus strikes potentes para colocar o ímpeto do combate a seu favor.

Ainda assim, as primeiras false finishes pertenceram a Seth Rollins, mas Shinsuke Nakamura foi sobrevivendo, o que o começou a frustrar e isso quase lhe custou a vitória. No entanto, depois de um Inverted Shining Wizard, Seth Rollins acertou o seu Stomp e venceu este combate.

– Drew McIntyre venceu Sheamus (No Holds Barred Match): Os dois ex-amigos prometeram-nos uma guerra e foi isso que tivemos desde o primeiro segundo. Drew McIntyre entrou de forma incrível ao dominar tanto dentro como fora do ringue, mas conhecendo a resistência de Sheamus, já se sabia que o “Celtic Warrior” ia conseguir uma forma de sobreviver e até virar o combate a seu favor, e para isso usou um kendo stick.

Ainda assim, um No Holds Barred Match e em especial se contarmos com a resiliência destes dois, haver alguém a dominar de forma clara é praticamente impossível, pois tanto Drew McIntyre como Sheamus estavam determinados em destruir o outro.

A guerra entre os dois acabou por acontecer por todo o ThunderDome, sendo que os dois lutaram no meio dos ecrãs onde podemos ver os fãs virtuais, ao ponto do “Scottish Warrior” atirar Sheamus contra vários ecrãs que “explodiram”.

De novo perto do ringue, Sheamus controlou durante o tempo suficiente para voar com um White Noise que fez Drew McIntyre atravessar a mesa dos comentadores.

A custo Sheamus conseguiu colocar Drew McIntyre dentro do ringue, tendo ido buscar um bocado da mesa dos comentadores para capitalizar com algo mais já dentro do ringue, mas Drew McIntyre do nada acertou o seu Future Shock DDT, seguido do seu Claymore Kick e assim sobreviveu a este No Holds Barred Match.

– Alexa Bliss venceu Randy Orton: Ainda Randy Orton estava a fazer a sua entrada e começou a cuspir gosma preta, o que o irritou ainda mais.

Assim que a sineta tocou o “Legend Killer” tentou atacar a lutadora, mas uma onda de fogo proibiu que isso acontecesse. Já fora do ringue, Alexa Bliss continuou a querer ser perseguida por Randy Orton, ao ponto de alguma forma quase fazer cair uma série de luzes em cima do “The Viper”.

De novo dentro do ringue, a perseguição continuou e desta vez Alexa Bliss atirou uma bola de fogo contra Randy Orton. Foi então que vindo debaixo do ringue apareceu o “The Fiend”, ainda mais assustador do que anteriormente e acertou um Sister Abigail em Randy Orton.

Alexa Bliss aproveitou e fez um pin muito pouco ortodoxo para garantir a vitória.

– WWE Universal Champion Roman Reigns venceu Daniel Bryan: O main event começou de forma bastante técnica e isso beneficiou Daniel Bryan, pois a sua vantagem técnica foi irritando e frustrando Roman Reigns, que tentava levar este combate para um estilo menos técnico. Este conseguiu quando usou a sua força com um Spinning Powerslam e assim conseguiu pela primeira vez controlar o “American Dragon”.

Roman Reigns fez uso do seu maior tamanho para dominar, mas já se sabe que Daniel Bryan nunca se deixa dominar por completo, por muito que o “Tribal Chief” fizesse uso da sua força. Daniel Bryan foi sobrevivendo a tudo o que o Universal Champion fez e começou a recuperar para reverter o ímpeto deste combate, tendo deixado o campeão em apuros, sendo que o “American Dragon” quase o fez desistir por várias vezes.

Já com o árbitro fora de jogo e com Edge no seu lugar, parecia que íamos ter um novo campeão, mas Jey Uso atacou o “Rated R Superstar” e o “American Dragon”. Ainda assim, Daniel Bryan conseguiu tirar Jey Uso de ringue e quando ia acertar com uma cadeira em Roman Reigns este desviou-se e Edge levou com ela.

Ainda assim, nada abalou Daniel Bryan que voltou a aplicar o Yes Lock, sendo que desta vez o “Head of the Table” desistiu, só que não havia nenhum árbitro para dar como terminado o combate. Edge vingou-se então e acertou uma cadeirada em Daniel Bryan, antes de acertar outra em Roman Reigns, antes de sair do ringue extremamente frustrado.

No final e já com outro árbitro em ringue, Roman Reigns conseguiu arrastar o seu corpo para cima de Daniel Bryan e reteve assim o seu WWE Universal Championship.


O que achaste deste WWE Fastlane?

53 Comentários

  1. Ótimo Fastlane a todos! 🔥

    • Para mim foi um bom Fastlane e numa visão geral começou a dar hype para a WM.

      WWE United States Champion Riddle venceu Mustafa Ali (Kickoff)
      Confesso que não tive muito interesse, mas gostei do início do fim dos RETRIBUTION, quero ver como esses talentos serão aproveitados agora.

      – Nia Jax & Shayna Baszler venceram Sasha Banks & Bianca Belair
      Desde o início dessa história a Sasha julga-se superior e a sua postura não vem sendo de uma face convencional, então julgo que a WWE agiu com coerência, pois ter uma turn da Sasha agora seria meio estranho depois de toda a história com a Bayley. Vejo que isso não foi bem uma heel turn, mas nota-se que claramente ela terá uma atitude menos politicamente correta aqui.

      – WWE Intercontinental Champion Big E venceu Apollo Crews
      O desafiante perdeu o combate, mas não o ímpeto! E ao meu ver essa feud se arrasta até a WM e quem sabe enfim o título vai para o Nigeriano.

      – Braun Strowman venceu Elias
      Coitado do Elias…

      – Seth Rollins venceu Shinsuke Nakamura
      Grande combate! Em outra ocasião poderia até ser por um título mundial e o Seth vai mesmo atrás do Cesaro.
      PS: Já que o Nakamura voltou com a antiga theme, também poderia ter toda aquela mística que a mesma tinha antes.

      – Drew McIntyre venceu Sheamus (No Holds Barred Match)
      Uma das lutas da noite na minha opinião, perdendo somente pro Main Event!
      Esses senhores realmente tem uma química tremenda.

      – Alexa Bliss venceu Randy Orton
      Enfim o The Fiend retornou, gostei da história da luta, gostei do novo visual do Fiend, apesar do tempo dessa feud a história está sendo bem contada, com detalhes e tudo. Na WM o Bray vence e feud acaba.

      – WWE Universal Champion Roman Reigns venceu Daniel Bryan
      Simplesmente uma guerra! Que Main Event foi esse? Tudo foi tudo muito bem contado, o Bryan provocando o Roman, o campeão dominando boa parte da luta, o tap out saiu mesmo (Zé Pedro cantou essa bola haha), Edge se irritando de ser bonzinho sempre, ufa!!! Pela história até aqui e pelo final, acho que teremos uma Triple Threat Match e querem saber? Eu gostei, o Bryan também merece esse destaque.

  2. brazio6 meses

    bom ppv a todos!

  3. Facebook Profile photo
    Gonçalo Flores6 meses

    Sou o único a ter medo de qualquer move que a Nia faça?

  4. 19046 meses

    Fui o único que achou que a Sasha Banks virou heel outra vez?

    • Não chamaria já a isto heel-turn, mas claramente será a “heel” da história.

    • The boss6 meses

      Cara a mania vai ficar perfeita

    • 19046 meses

      Luis, possivelmente tens razão porque o plano que a WWE supostamente poderá fazer é que a EST vença na WrestleMania e a Sasha Banks dê o braço a torcer saindo as duas como faces…mas posso estar a dizer um grande disparate

    • Acho que seria uma história interessante de se contar. A Sasha Banks acha-se superior por três semanas e na WrestleMania reconhece que a Bianca Belair também é boa e saem as duas faces do combate, independentemente de quem sair de lá com o título.

  5. El Cuebro6 meses

    Finalmente o fim da Retribution, já não era sem tempo!! E o Riddle é Matt Riddle novamente? E que coisa hein, mudaram o personagem do Apollo e ele perde, vai entender! Quem é o cara que pinou o Truth?

    • Não, ainda é Riddle, nós é que ainda não perdemos o hábito de colocar o Matt antes… Mas acho que a malta percebe quem é…

    • El Cuebro6 meses

      Sim claro, mas fica muito melhor como Matt Riddle mesmo!

  6. Rodrigo6 meses

    Até ao momento (cerca de 1h de evento), este deve ser um dos piores PPVs que já vi na minha vida.

  7. The boss6 meses

    Eae Luís o que vc acha da sasha banks como hell

  8. Maxa6 meses

    Alguém sabe dizer se a luta da Alexa é cinematográfica ou ainda é algo que a gente não sabe ainda,kk

  9. Diow6 meses

    Vcs não tem grupo no whatsapp? Deveriam criar um

  10. Zoro sola6 meses

    Luta muito boa do drew e sheamus me lembrou roman vs owens no tlc desse ano usaram de tudo

  11. Facebook Profile photo
    Gonçalo Flores6 meses

    Wait a minute… Não seria desqualificação no combate da Alexa com o Randy? O combate nunca foi anunciado com qualquer tipo de estipulação, pois não?

    • Facebook Profile photo
      Andre6 meses

      Para isso o combate ja tinha acabado logo? So o tempo que andaram fora do ring

    • Wtv… É importante? Sabes que a WWE muda as regras conforme lhe interessa. Foi um “combate” e tivemos um regresso, é tudo o que é preciso saber. Siga…

    • Facebook Profile photo
      Andre6 meses

      Para mim isso nao era importante, pq para mim este “combate” iria ser um segmeto, para construir fiend vs rko na wm

    • Tanta coisa para se analisar no show inteiro e se apegam a esse tipo de coisa… Ok, cada “louco” com a sua loucura.

  12. Lindo6 meses

    Retorno muito fraco esse The fiend,não esperava um retorno com essa aparência e não me deu muito o que falar.

  13. Zoro sola6 meses

    Que inveja que eu tenho do randy

  14. Junior6 meses

    O the fiend esta me lembrando o jason,agora quero ver se manterão esse desing,ou se mudaram por conta de ele lutar pelo titulo mundial

  15. Luis6 meses

    Só queria sofrer um pin da Alexa.

  16. Foi um bom PPV com alguns pontos de interesse e outros que foram mais filler para a Mania que outra coisa.

    -Big E vs Apollo
    Foi curto mas deu para ver boa ação entre eles.O final foi algo precipitado mas logo a seguir tivemos o ataque do Apollo,o que justificará novo combate entre eles na Mania,que será o pay off desta feud.

    -Seth Rollins vs Nakamura
    Um combate interessante,bem fluido do inicio ao fim e muito trash talk por parte do Rollins acabou por dar uma boa dinâmica à historia que estava a ser contada.
    Gostei da forma decente como venderam o Nakamura e esta vitória do Rollins.

    -Sheamus vs Drew McIntyre
    Mais um combate violento entre dois brawlers que juntos têm uma excelente quimica.
    Gostei desta série de combates de ambos nestas ultimas semanas.

    -Roman Reigns vs Daniel Bryan
    Para mim foi o combate da noite.
    Storytelling de qualidade,boa construção do combate e sai daqui com a sensação que teremos o Bryan no main event da Mania com o Reigns e o Edge apesar da derrota de hoje.

    Nota negativa para o combate feito a ultima hora entre o Elias e o Strowman que foi completamente desnecessário.
    Nota ainda para o regresso do Fiend,algo que até o meu vizinho da esquerda que nunca viu wrestling sabia que ele iria aparecer hoje.

  17. Facebook Profile photo

    Basta ver o Twitter da WWE para perceber o quão culpados alguns fãs são pelo estado da empresa, meu Deus, é só gajos a destilar ódio por lá 🤦🏻‍♂️

  18. Bom Fastlane
    – Ali vs Riddle
    Bom combate de se ver, aquele final foi bom e o pós combate era o que se estava à espera
    – Quebra Ossos vs Sasha e Bianca
    Valeu pelo final
    – Apollo vs Big E
    Não sei se foi botch ou não, mas gostei que alonguem a feud para a WM
    – Strowman vs Elias
    Whatever
    – Seth Rollins vs Nakamura
    Muito bom combate, sairam os dois bem vistos, agora siga Cesaro vs Rollins na Mania
    – Drew McIntyre vs Shemaus
    Bom combate, gostei da agressividade que já vinha dos combates anteriores
    – Alexa Bliss vs Randy Orton
    Gostei da história que foi contada, vamos ver hoje como está o The Fiend e o que realmente mudou
    – Roman Reigns vs Daniel Bryan
    Bom combate e bom storytelling, tal como comentei no outro dia o Roman deu tap out o que deverá por o Bryan no Main Event da WM

  19. Facebook Profile photo

    Gostei imenso deste ppv. Superou as minhas espectativas! 8 de 0 a 10

  20. Thiago6 meses

    Na minha opinião tão estragando o personagem do randy orton e ja tá chato mano ele perde pra todo mundo aonde que a alexa bliss tem que lutar com ele meu deus randy orton sofredor das lendas

  21. BRRM6 meses

    Sinceramente, sinto que à exceção de McIntyre contra Sheamus, tudo o que aconteceu neste PPV ficava bem melhor num programa semanal.

    Riddle vs Ali – combate agradável. Já sobre o turn dos Retribution no Mustafa, é tipo… idc

    Shayna & Jax vs Sasha & Bianca – o combate até foi bom mas fds isso tbh. Esta storyline é ridícula. Não está a fazer nada pela Banks enquanto campeã e muito menos pela Belair enquanto candidata ao título e também não está a dar mais credibilidade aos títulos de equipas. Com duas wrestlers como a Sasha e a Bianca bastava bookar uma storyline baseada na competitividade das mesmas mas foram fazer esta merda… enfim, que lhes deem tempo para elas darem um belo combate na WM pelo menos.

    Big E vs Apollo – o maior problema de ter um PPV tão perto da WM é que basicamente implica ter combates como este. A agressividade do Big E em resposta à nova personagem do Crews faz desta uma rivalidade interessante mas combates destes não precisam de ocorrer num PPV.

    Strowman vs Elias – a rivalidade entre o Shane e o Braun é outra que está a ser um bocado parva mas provavelmente vai culminar num combate bastante entertaining. Nada de especial a dizer sobre este combate em si tbh

    Rollins vs Nakamura – combate bem nice mesmo, como se podia esperar tendo em conta os envolvidos. Gostava que dessem ao Shinsuke mais oportunidades de ter performances destas.

    McIntyre vs Sheamus – dois brawlers/powerhouses com o talento destes dois num No Holds Barred match vai ser sempre brutal de se ver. Que combate!

    Alexa vs Orton – sendo alguém que até acha piada a filmes de terror rascas, até que nem tou a desgostar desta storyline, apesar de compreender que não seja para todos. Agora é ver o que fazem na Mania (se tiver qualidade idêntica ao Firefly Fun House match do ano passado tá top).

    Roman vs Bryan – no geral foi um ótimo combate: o Bryan começou com bastantes provocações (à semelhança do que fez quando lutou contra o Lesnar há uns anos), depois o Reigns impôs-se durante um bom bocado enquanto o Bryan tentou aproveitar cada oportunidade ao máximo. Até aqui, tudo excelente mas o final… cada vez gosto menos de combates com interferências, principalmente em PPV’s. Se isto tivesse acontecido num SmackDown ainda vá (porque efetivamente serviu para avançar a história) mas assim serviu só para ressaltar o quão inútil é fazer um PPV tão em cima da WrestleMania. Para além disso, a execução do final podia ter sido mais bem feita, é um bocado estranho o Roman e o Daniel levaram ambos cadeiradas mas depois um fica “morto” enquanto o outro consegue fazer o cover (sendo que este último tinha acabado de dar tap out pela primeira vez na carreira, o que supostamente deveria indicar que tinha chegado ao seu limite físico). Mas pronto, tirando isso gostei muito do combate, adoro todos os envolvidos e acredito que o pay-off seja tudo o que se espera deles portanto ya

  22. Gostei muito desse PPV, dos melhores do ano para já!

  23. Guilherme Moscovich6 meses

    #ForaVince

  24. Anónimo6 meses

    Foi um bom PPV. Destaco os combates, Rollins/Nakamura, Drew/Sheamus e Roman/Daniel Bryan, fora bom combates. E finalmente o The Fiend regressou. Gostei do novo visual, mal posso por um combate entre ele e o Randy Orton na WM.

  25. Diria que o Fastlane foi um PPV bem conseguido. Destaco o bom combate entre Seth Rollins e Shinsuke Nakamura, a ótima “batalha” que opôs Drew McIntyre a Sheamus e o excelente main event entre Roman Reigns e Daniel Bryan (para mim, o combate da noite).