A WWE transmitiu esta terça-feira a cerimónia do Hall of Fame a partir do ThunderDome no Tropicana Field em São Petersburgo, Flórida, que contou com a presença de várias lendas e Superstars da empresa.

O WWE Hall of Fame foi transmitido na WWE Network. Subscreve aqui!

A classe de 2020 foi composta por: nWo (Hulk Hogan, Kevin Nash, Scott Hall e Sean Waltman), Bella Twins (Brie & Nikki Bella), JBL, British Bulldog, Jushin “Thunder” Liger, William Shatner e Titus O’Neil (Warrior Award), sendo que foram ainda adicionados ao Legacy Hall of Fame: Ray Stevens, Brickhouse Brown, “Dr. Death” Steve Williams, Gary Hart e Baron Michele Leone.

Já a classe de 2021 foi composta por: Molly Holly, Eric Bischoff, Kane, The Great Khali, Rob Van Dam, Ozzy Osbourne e Rich Hering (Warrior Award), sendo que foram ainda adicionados ao Legacy Hall of Fame: Dick The Bruiser, Pez Whatley, Buzz Saywer, Ethel Johnson e Paul Boesch.

Report

O primeiro lutador a ser induzido da classe de 2020 do WWE Hall of Fame foi JBL e tudo começou com um video package a relembrar a sua carreira.

Já JBL relembrou os primeiros momentos da sua carreira, desde o seu trabalho fora da WWE, como a sua equipa com Ron Simmons, até ao facto de ter sido WWE Champion e de ter perdido para John Cena. JBL continuou a falar dos seus melhores momentos e terminou dizendo que está no Hall of Fame porque é o “Wrestling God”, e que não pede desculpa a ninguém.

De seguida tivemos o video package que relembrou a carreira de “British Bulldog” Davey Boy Smith.

O filho de Davey Boy Smith falou em nome do pai e relembrou a carreira deste último, falando dos grandes combates que teve contra Bret Hart e Owen Hart. Harry Smith também falou de como ele era como pessoa e do quão bom pai ele era, e finalizou agradecendo a todos os que lutaram contra o seu pai e também ao WWE Universe.

Logo a seguir tivemos o video package da indução de Jushin “Thunder” Liger no WWE Hall of Fame. O japonês não esteve presente no ThunderDome, mas deixou uma mensagem onde se mostrou bastante feliz por ser wrestler e também agradeceu a todos os fãs da WWE.

Em seguida tivemos o video package da indução de William Shatner, que foi induzido na ala das celebridades. De forma virtual, William Shatner agradeceu por esta indução e relembrou as vezes que esteve no ringue da WWE e de como é uma honra estar no WWE Hall of Fame.

A seguir tivemos o vídeo da indução de vários lutadores no Legacy Hall of Fame 2020, onde tivemos os nomes de: Ray Stevens, Brickhouse Brown, “Dr. Death” Steve Williams, Gary Hart e Baron Michele Leone.

A próxima indução da classe de 2020 no Hall of Fame foram as Bella Twins. Depois do video package a relembrar a carreira das duas lutadoras, estas começaram por dizer que partilharam tudo na vida, desde o ventre da sua mãe, até a esta carreira maravilhosa. As duas agradeceram às várias pessoas que as ajudaram durante a sua carreira, desde Fit Finlay, Natalya, John Cena, Daniel Bryan ou Dusty Rhodes. As duas falaram de tudo o que fizeram, tendo também falado do seu grupo de fãs, a Bella Army e da revolução na divisão feminina da WWE.

De seguida tivemos Titus O’Neil a receber o Warrior Award de 2020. Depois de um video package onde se pode ver todo o trabalho que Titus O’Neil faz na sua comunidade, o lutador fez o seu discurso e relembrou a sua história e de como todos achavam que ele ia estar na prisão antes dos 16 anos.

Titus O’Neil falou então de como foi a primeira pessoa a ter um curso na sua família e que a WWE lhe deu a plataforma para ele fazer o bem, usar a sua popularidade para ajudar os outros, tal como o ajudaram a ele. Titus O’Neil explicou então que devemos gostar de toda a gente, quer concordemos com essa pessoa ou não, e que devemos ser bondosos com todos.

A última indução nesta classe de 2020 foi a nWo e depois do video package onde relembrámos o lendário grupo, Hulk Hogan, Kevin Nash, Sean Waltman e Scott Hall vieram fazer o seu discurso.

Sean Waltman foi o primeiro a falar e agradeceu à sua esposa, a Eric Bischoff, Triple H e depois aos outros três lutadores que estavam no palco com ele. A seguir foi a vez de Scott Hall e este fez um discurso bastante curto em que agradeceu a todos. Kevin Nash começou por agradecer aos três lutadores ali com ele e de que a nWo é para sempre, tal como a WWE.

Hulk Hogan falou de como ao início estava na dúvida se deveria fazer parte da nWo, mas que foi a melhor coisa que fez. A seguir falou de tudo a nWo fez e fechou o discurso a dizer que a “nWo is 4 life”.

Já depois de toda a classe de 2020 ter sido induzida, a primeira indução na classe de 2021 foi Rob Van Dam. Depois do video package a relembrar a carreira de RVD, este fez o seu discurso onde começou por falar do seu início de carreira e afirmou que só está no Hall of Fame por causa do apoio dos fãs.

Rob Van Dam explicou que sempre ficou a pensar no facto de as pessoas ficarem felizes por o ver e que espera que as pessoas quando pensarem nele, pensem em individualidade e em alguém que quer ser diferente. Rob Van Dam finalizou ao agradecer ao WWE Universe e a todos os que trabalharam com ele durante toda a sua carreira, tendo terminando a fazer o seu taunt habitual.

Em seguida tivemos o video package a relembrar a carreira de Molly Holly. Esta fez um curto discurso onde agradeceu às pessoas que sempre trabalharam com ela, tendo agradecido também aos fãs por sempre a terem apoiado, mesmo quando ela falhava.

A seguir foi a vez de vermos o video package a relembrar a carreira de The Great Khali, que só esteve presente de modo virtual nesta cerimónia. O gigante indiano mostrou-se muito feliz e agradecido por estar no WWE Hall of Fame, tendo agradecido à WWE e aos seus fãs, pela sua carreira.

De seguida tivemos o video package de Ozzy Osbourne, que foi induzido na ala das celebridades do WWE Hall of Fame. O cantor, que foi vocalista dos Black Sabbath e também com uma grande carreira a solo o “Prince of Darkness”, fez o seu discurso de forma virtual e agradeceu aos fãs da WWE, tendo também agradecido a Vince McMahon e a Triple H.

Logo a seguir tivemos o vídeo da indução dos lutadores para o Legacy Hall of Fame 2021, onde tivemos anunciados os nomes de: Dick The Bruiser, Pez Whatley, Buzz Saywer, Ethel Johnson e Paul Boesch.

O próximo video package que vimos foi a relembrar a carreira de Eric Bischoff, desde a sua carreira como comentador até a ser General Manager do Raw.

Eric Bischoff falou da sua carreira desde a AWA, até ao facto de ter sido o responsável pela WCW. Eric Bischoff explicou então que toda a sua carreira só é possível por causa dos fãs e que lhes agradece do fundo do coração por fazerem parte desta viagem.

De seguida tivemos Rich Hering a receber o Warrior Award de 2021. Depois de um video package onde se pode ver todo o trabalho que Rich Hering faz na WWE, desde os anos 80 até aos dias de hoje, foi até mostrado que foi ele que organizou o casamento de Randy Savage e Miss Elizabeth no SummerSlam de 1992, e também de como ajudou a família do Ultimate Warrior depois da morte deste.

Rich Hering começou logo por falar de Dana Warrior e das suas filhas, antes de agradecer a todos os que trabalharam e ainda hoje trabalham com ele na WWE, quer seja lutadores ou empregados que ninguém conhece. Rich Hering fechou o seu discurso agradecendo também aos fãs por esta honra.

O último induzido da noite foi Kane e tudo começou com um video package a relembrar a carreira do “Big Red Machine”, desde a sua incrível estreia a todos os seus momentos de destruição, até aos seus momentos mais cómicos com Daniel Bryan.

Kane começou por agradecer aos seus pais e depois à sua mulher e às suas filhas. Depois começou a agradecer a Jim Ross, Dutch Mantell, Jim Cornette por o terem ajudado a entrar na WWE.

O “Big Red Machine” começou a falar dos empregados da WWE que ninguém conhece o nome, mas são os responsáveis por a WWE ser o fenómeno que é hoje. Kane falou em seguida da sua relação com Undertaker e com Paul Bearer e que tudo é possível porque Mark Calaway acreditou em Glen Jacobs.

Kane finalizou o seu discurso agradecendo aos fãs e dizendo que se alguém como ele conquistou tudo o que conquistou na vida, todos nós podemos cumprir os nossos sonhos.


O que achaste da cerimónia deste ano do WWE Hall of Fame?

19 Comentários

  1. bc966 meses

    Dentro das expectativas. Fiquei feliz por ver uma das minhas superstars favoritas de sempre a ser introduzida no H.O.F.”THAT’S GOT TO BE KANE”

    • O Kane é o que mais merecia deste HOF, todos os outros sem duvida que merecem, mas o Kane foi o mais impactante e a meu ver injustiçado por nao ter a rumble no seu curriculo do meu ponto de vista

  2. Olha o Romarinhoooooooooooooo6 meses

    Ozzy tadinho, a idade chega até para ele :c kkkk

  3. Dentro dos possíveis, foi merecido as induções!

  4. Gostei de ver o pequeno tributo do Eric Bischoff ao Jamal/Umaga e ao Rosey (irmão mais velho do Roman Reigns). Não esperava, foi muito bonito.

  5. Pyre6 meses

    Não foi mau, achei justo. Sou apologista de introduzir os workers enquanto ainda cá andam e não de fazer introduções post mortem… Claro que nem sempre é possível, mas é sempre bom ver os Hall of Famers disfrutarem do seu momento de glória 🙂

  6. El Cuebro6 meses

    Gostei muito do discurso do Harry Smith/Davey Boy Smith Jr. sobre o pai dele e lembro que ele mencionou continuar seguindo o legado do pai, seria muito bom vê-lo de volta à WWE no futuro!

  7. Foi uma boa edição dentro do possível.

  8. BRRM6 meses

    Passou-se mais tempo a ver entrevistas nos bastidores (sendo que a grande maioria delas pareceu ser over-produced pra crl) do que a ouvir discursos…