A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao Heatwave do próximo dia 16 de Agosto.

Resultados

– Kayden Carter & Katana Chance venceram Toxic Attraction (Jacy Jayne & Gigi Dolin), Ivy Nile & Tatum Paxley e Yulisa Leon & Valentina Feroz (NXT Women’s Tag Team Championships Fatal 4-Way Elimination Match)
1. Ivy Nile & Tatum Paxley eliminaram Yulisa Leon & Valentina Feroz
2. Jacy Jayne & Gigi Dolin eliminaram Ivy Nile & Tatum Paxley
3. Kayden Carter & Katana Chance eliminaram Jacy Jayne & Gigi Dolin
– NXT North American Champion Carmelo Hayes venceu Nathan Frazer
– NXT Women’s Champion Mandy Rose venceu Sarray
– Axiom venceu Duke Hudson
– NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Tony D’Angelo & Channing “Stacks” Lorenzo
– Joe Gacy venceu NXT UK Tag Team Champion Brooks Jensen
– Alba Fyre venceu Lash Legend
– Solo Sikoa venceu Von Wagner (Falls Count Anywhere Match)

Report

– Kayden Carter & Katana Chance venceram Toxic Attraction (Jacy Jayne & Gigi Dolin), Ivy Nile & Tatum Paxley e Yulisa Leon & Valentina Feroz (NXT Women’s Tag Team Championships Fatal 4-Way Elimination Match): Desde os primeiros momentos deste opener que o caos ficou instalado, com nenhuma das quatro equipas a conseguir ter o ímpeto do seu lado. Yulisa Leon & Valentina Feroz até foram a primeira equipa a ter algum controlo, mas Ivy Nile de forma agressiva com um pin na lutadora brasileira, acabou por fazer a primeira eliminação da noite.

As três equipas ainda em combate, foram dando de tudo para tentar a segunda eliminação deste embate e com isso o cansaço foi sendo cada vez mais evidente, tendo Jacy Jayne conseguido eliminar a dupla de Ivy Nile & Tatum Paxley.

Por fim tivemos as ex-campeãs e a dupla mais antiga em combate e as quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes, sendo que por várias vezes tudo parecia indicar que as Toxic Attraction iriam voltar a ser campeãs.

Mas no final, Kayden Carter & Katana Chance acertaram a sua combinação de Neckbreaker e 450 Splash para conquistarem os NXT Women’s Tag Team Championships.

Nos bastidores, os NXT UK Tag Team Champions Brooks Jensen, Josh Briggs e Fallon Henley foram entrevistados, mas rapidamente foram interrompidos por Joe Gacy e os Dyad, com estes a oferecerem um lugar no grupo à lutadora.

Em ringue tivemos o NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams e estes começaram a insultar Wes Lee, antes de explicarem que iam celebrar o aniversário do campeão com um Open Challenge. Giovanni Vinci apareceu pronto a responder ao desafio aberto, mas Nathan Frazer apareceu em sprint e chegou ao ringue primeiro que o italiano.

– NXT North American Champion Carmelo Hayes venceu Nathan Frazer: Este embate começou de forma técnica, sendo que foi o campeão que acabou por ter um pouco mais de domínio. Nathan Frazer foi conseguindo aguentar o ataque do campeão e começou a equilibrar as contas e quando aumentou a velocidade até teve hipóteses para vencer.

Quando parecia que Nathan Frazer se preparava para vencer com um golpe da terceira corda, Giovanni Vinci empurrou-o, o que abriu espaço para o “A-Champion” acertar a sua habitual Leg Drop da terceira corda.

A seguir, tivemos a assinatura de contrato para o combate entre o NXT Champion Bron Breakker e JD McDonagh, e o irlandês afirmou que nunca esteve em ringue com alguém como o campeão, mas que ele irá lesioná-lo e conquistar o NXT Championship.

Bron Breakker afirmou a seguir, que estudou a carreira do “Irish Ace” e que provavelmente ele é o seu adversário mais complicado, mas quando o título está em jogo, ele é um animal.

Os dois continuaram a atirar farpas um ao outro, tendo a assinatura de contrato terminado, com Bron Breakker a rejeitar cumprimentar o seu adversário.

Nos bastidores, vimos os NXT Tag Team Champions Creed Brothers a falar com Apollo Crews, tendo este sido a treinar com os campeões. O segmento terminou com Damon Kemp a dizer que Roderick Strong está atrasado.

Ainda no backstage, tivemos Jacy Jayne e Gigi Dolin irritadas por não serem campeãs, tendo a NXT Women’s Champion Mandy Rose dito que elas irão voltar a ser campeãs em breve.

– NXT Women’s Champion Mandy Rose venceu Sarray: Mandy Rose dominou desde cedo e esteve no controlo durante vários minutos, mas Sarray com os seus habituais strikes começou a equilibrar o ímpeto.

Com o passar dos minutos, as quase vitórias forma sendo cada vez mais frequentes, mas no final, a campeã usou a sua força para virar o combate a seu favor e no final, conquistou a vitória com a sua joelhada.

Após o combate terminar, a campeã pegou numa cadeira e continuou a atacar Sarray, até que Zoey Stark veio ao ringue salvar a nipónica.

A seguir tivemos um video package sobre Tiffany Stratton.

Nos bastidores, Axiom estava a ser entrevistado mas foi rapidamente interrompido por Duke Hudson que explicou que o lutador mascarado não merece estar ali. Os dois acabaram por se envolver numa brawl que acabou no ringue, tendo o australiano dominado essa brawl e desafiado Axiom para um combate.

– Axiom venceu Duke Hudson: Duke Hudson continuou a usar a sua força para dominar, e até parecia que ia vencer com o Razor’s Edge, mas Axiom com um pin rápido apanhou o australiano e conquistou a vitória.

Wes Lee foi entrevistado e explicou que Trick Williams pode achar que é Muhammad Ali, e que por isso o quer enfrentar num combate por rounds.

– NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Tony D’Angelo & Channing “Stacks” Lorenzo: Os Creed Brothers usaram a sua força para dominar os momentos iniciais deste embate, mas Julius Creed acabou por ser isolado por Tony D’Angelo e “Stacks”.

Os dois dominaram durante vários minutos, até que Julius Creed teve uma abertura para fazer o tag ao seu irmão que entrou com tudo e equilibrou as contas do combate.

Nos minutos seguintes, as duas equipas foram tendo várias hipóteses para vencer, sendo que parecia que íamos ter novos campeões, quando Elektra Lopez deu um pé de cabra a Tony D’Angelo, mas Santos Escobar fez o seu regresso, atacou o seu rival, o que abriu espaço para Brutus Creed fazer o pin ao “Don do NXT”.

A seguir, tivemos um vídeo de Roxanne Perez a falar da traição de Cora Jade, tendo esta lançado um desafio à sua antiga amiga para um combate no Heatwave.

Nos bastidores, Cora Jade rejeitou o desafio de Roxanne Perez e afirmou que esta quer fazer dela a vilã. A NXT Women’s Champion Mandy Rose interrompeu a entrevista e pediu a Cora Jade para arrumar Zoey Stark, mas esta rejeitou, até que a campeã disse que se ela o fizesse, então poderia lutar pelo título no Heatwave.

Ainda no backstage, tivemos as novas NXT Women’s Tag Team Champions Kayden Carter & Katana Chance a falar da sua conquista, tendo agradecido aos fãs.

– Joe Gacy venceu NXT UK Tag Team Champion Brooks Jensen: Joe Gacy dominou quase por completo este combate, sendo que os Dyad tiveram sempre atentos a Fallon Henley.

Quando Brooks Jensen estava a ter algum ímpeto foi distraído pelos Pretty Deadly, o que abriu espaço para Joe Gacy acertar a sua Lariat e vencer.

Após o combate, Joe Gacy voltou a falar de Cameron Grimes e de como o poderá ajudar.

Nos bastidores, Tony D’Angelo estava irritado com o regresso de Santos Escobar, que acabou por ligar ao seu rival, tendo ficado marcado um último combate entre os dois.

– Alba Fyre venceu Lash Legend: Lash Legend usou o seu maior poderio físico para dominar desde cedo, tendo conseguido várias quase vitórias, logo nos minutos iniciais deste embate. Lash Legend ficou demasiado confiante e foi buscar o bastão da sua rival, que aproveitou esta oportunidade para com dois pontapés e uma Gory Bomb deixar a sua adversária no chão, tendo a escocesa vencido com a sua Swanton Bomb.

No backstage, o NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams a falar do combate por rounds contra Wes Lee, sendo que um grupo de mulheres acabou por pedir ajuda aos dois lutadores.

Ainda nos bastidores, Nikkita Lyons afirmou que tem lidado com pessoas como Kiana James desde sempre, tendo desafiado-a para um combate na próxima semana.

– Solo Sikoa venceu Von Wagner (Falls Count Anywhere Match): Como seria de esperar este main event começou de forma bastante agressiva, sendo que fora do ringue acabou por ser Von Wagner a ganhar algum controlo e assim a dominar o seu rival.

O nível de agressividade neste Falls Count Anywhere Match nunca diminuiu e os dois rivais foram começando a usar várias armas para tentar vencer, sendo que acabaram por ir lutar para os bastidores e parque de estacionamento do CWC.

Com o passar dos minutos, as quase vitórias foram sendo cada vez mais frequentes e os dois voltaram a lutar dentro do ringue. No final, Mr. Stone ainda interferiu e isso quase deu a vitória a Von Wagner, mas por fim, Solo Sikoa acertou dois Superkicks no seu rival, que ficou em cima da mesa de comentadores, tendo o samoano subido à terceira corda e acertado o seu Splash que lhe deu a vitória.


O que achaste deste WWE NXT?

4 Comentários

  1. Natan2 semanas

    Grande combate de hoje hein e fico feliz pelos títulos de duplas femininas conquistadas pela Kacy Catanzaro e Kayden Carter, merecidíssimas e a grande vitória do Solo Sikoa pra cima do Von Wagner, só alguns combates inclusive pelos títulos que não foram muita coisa, mas algumas rivalidades estão começando de surgir, capítulos de facções que estão pra encerrar e por fim um confronto fodástico que irá acontecer no heathave envolvendo o Bron Breaker e o Jordan Devilin

  2. Gostei:
    – Elimination Fatal 4-Way pelos NXT Women’s Tag Team Championships. Ótimo combate para começar. Todas as equipas puderam brilhar. O final teve uma boa sequência, e finalmente Chance & Carter conquistam os títulos que tanto mereceram. Ótimo trabalho aqui.
    – Carmelo Hayes (c) vs Nathan Frazer. O combate foi bom. Cumpriu como uma boa defesa de título e para continuar a feud entre Frazer e Vinci.
    – Assinatura de contrato entre Bron Breakker e JD McDonagh. Foi um segmento decente, mas o que mais me captou foi o JD a assinar o contrato com o seu próprio sangue. Parece que vão seguir o caminho de uma personagem lunática para o JD e este é o percurso correto.
    – The Creed Brothers (c) vs The D’Angelo Family. Cumpriu o seu objetivo, que era finalmente separar os Legado del Fantasma da The D’Angelo Family. O combate em si foi sólido.
    – Solo Sikoa vs Von Wagner. Um ótimo main event, entre 2 lutadores que trabalham bem gimmick matches. Vários spots divertidos para (espero) terminar esta feud.

    Não Gostei:
    – Sarray vs Mandy Rose. Um combate cheio de nada, honestamente.
    – Duke Hudson vs Axiom. É aquela squash onde o grandalhão domina, mas perde no final. Foi um bom esforço, mas não suficiente para ser um combate decente.
    – Brooks Jensen vs Joe Gacy. Um combate curto com pouco de substância. Ainda termina com distração, tanto dos The Dyad como dos Pretty Deadly.
    – Alba Fyre vs Lash Legend. Outro combate com pouco a dizer. Espero que seja o fim desta feud e que a Alba vá para o main roster (tem qualidade suficiente para isso). Side-note: aquela manobra da Lash Legend, onde ela bate com a cabeça da adversária na 2ª e 3ª corda, é das manobras mais estúpidas que já vi.

    Overall: 6/10. Um show decente. Continuou algumas storylines, terminou algumas e tivemos bons combates, nomeadamente o de abertura e o main event.

  3. As mudanças no nxt sao fantasmas… o produto continua horrivel, perdi o meu tempo a pensar que podia ver coisa melhor mas arrependi-me, se do assim nao volto a ver esta porcaria nem agora com o HHH no comando

    Fico me pelo main roster e chega

  4. Anónimo2 semanas

    Sikoa vs Wagner foi um ótimo main event.