A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, especial Spring Breakin’, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida.

Resultados

– NXT North American Champion Cameron Grimes venceu Solo Sikoa e Carmelo Hayes
– Nathan Frazer venceu Grayson Waller
– Cora Jade & Nikkita Lyons venceram Natalya & Lash Legend
– Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Viking Raiders (Erik & Ivar)
– NXT Champion Bron Breakker venceu Joe Gacy

Report

– NXT North American Champion Cameron Grimes venceu Solo Sikoa e Carmelo Hayes: A Triple Threat começou de forma caótica e com os três lutadores a tentar vencer o mais rapidamente possível, mas como seria de esperar, foi complicado algum dos três lutadores conseguir ímpeto suficiente para conquistar a vitória nestes minutos iniciais.

Carmelo Hayes ainda assim conseguiu ter maior controlo deste opener em comparação aos seus adversários, mas o caos foi a palavra de ordem neste embate e com isso as quase vitórias foram começando a ser frequentes.

Nos minutos finais, todos os lutadores tiveram a sua hipótese de vitória, em especial Solo Sikoa que acertou o seu Splash, mas aos 2.99, Carmelo Hayes quebrou o pin, or fim, parecia mesmo que íamos ter novo campeão, mas Cameron Grimes com um Cave-In da terceira corda venceu este combate.

A seguir, tivemos a NXT Women’s Champion Mandy Rose no solário, mas enquanto se bronzeava, Wendy Choo mexeu na máquina o que fez com que a campeã em vez de ter um bronze normal, ficasse com a cor habitual de um inglês com um escaldão no Algarve em pleno mês de Agosto.

Nos bastidores, Nathan Frazer foi entrevistado e mostrou-se muito entusiasmado com a sua estreia no NXT, dizendo que este é um sonho de criança.

No ginásio da Diamond Mine, Roderick Strong foi apertar com os Creed Brothers e Ivy Nile a dizer que ele é o líder do grupo e que não quer falhas.

No balneário tivemos Indi Hartwell e Duke Hudson bastante tristes por razões óbvias (despedimentos de Dexter Lumis e Persia Pirotta) e quase se beijaram, mas acabaram por não o fazer.

– Nathan Frazer venceu Grayson Waller: Nathan Frazer mostrou toda a sua técnica e agilidade nos minutos iniciais desta sua estreia, mas com alguma batota à mistura, Grayson Waller virou o ímpeto a se favor e dominou durante vários minutos, mas como sempre a sua bazófia fez com que o seu adversário voltasse a equilibrar o ímpeto deste combate.

Nos minutos finais, os dois lutadores tiveram várias hipóteses de vitória e quando parecia que o australiano se preparava para vencer, Andre Chase distraiu-o com uma buzina, o que abriu espaço para que Nathan Frazer aproveitasse este erro e com um Phoenix Splash conquistou a vitória na sua estreia.

A seguir tivemos um video package a promover a presença de Fallon Henley no NXT Women’s Breakout Tournament.

Em seguida, vimos o encontro entre o Legado Del Fantasma e o grupo de Tony D’Angelo, com este último a tentar um acordo imediato, mas Santos Escobar não quis fazer acordo porque este e a sua equipa não são de confiança. Apesar de terem trocado algumas farpas entre os dois, Santos Escobar e Don D’Angelo lá concordaram em fazer uma trégua.

Nos bastidores, os Viking Raiders foram entrevistados e apesar de terem elogiado os Creed Brothers, os ex-campeões afirmaram que os jovens nunca enfrentam ninguém como eles. Os NXT Tag Team Champions Pretty Deadly interromperam os lutadores do main roster, mas acabaram por sair de cena, quando estes os desafiaram.

Joe Gacy afirmou que a mudança pode ser complicada, mas que é bom que ele conquiste o NXT Championship hoje, ou então vão todos sofrer.

– Cora Jade & Nikkita Lyons venceram Natalya & Lash Legend: Cora Jade & Nikkita Lyons entraram melhor neste embate, mas a dupla de Natalya & Lash Legend conseguiram isolar a mais fraca fisicamente das suas adversárias e assim dominaram durante vários minutos. Ainda assim, a “skater” residente do NXT foi aguentando e quando fez o tag à sua parceira de equipa, Nikkita Lyons usou toda a sua força para virar o ímpeto a seu favor.

No final depois de uma falha de comunicação das suas adversárias, Cora Jade conseguiu a vitória depois do seu senton da terceira corda.

A seguir tivemos um video package a promover a presença de Tatum Paxley no NXT Women’s Breakout Tournament.

A seguir tivemos Gigi Dolin e Jacy Jayne a chegar à praia, mas estavam a ser espiadas por Wendy Choo e uma relutante Roxane Perez que preferia estar a treinar para o Breakout Tournament, mas ainda assim ajudou a dorminhoca a roubar a roupa das Toxic Attraction e assim esta continuou a fazer a vida negra ao grupo de Mandy Rose.

– Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Viking Raiders (Erik & Ivar): Os Viking Raiders entraram com tudo e em poucos minutos acertar o seu Viking Experience, mas Julius Creed sobreviveu e conseguiu fazer o tag a Brutus Creed que virou o combate do avesso, mas pouco depois os ex-campeões voltaram ao controlo.

Erik & Ivar dominaram durante alguns minutos, mas a dupla da Diamond Mine manteve-se na luta e com o passar dos minutos foram equilibrando a contenda e fomos tendo várias false finishes de parte a parte, mas com o cansaço cada vez mais presente, Brutus & Julius Creed foram sobrevivendo a tudo o que os ex-campeões lhes fizeram, o que foi deixando os seus adversários e todos na arena cada vez mais incrédulos.

No final, nas costas do árbitro, Roderick Strong apareceu e deu uma joelhada em Erik, dando espaço a Julius Creed para acertar a sua Lariat e assim conquistar a vitória.

Já depois do combate terminar, os Creed Brothers ficaram chateados quando perceberam que Roderick Strong tinha interferido.

No parque de estacionamento do NXT, Santos Escobar foi falar com AJ Galante e o grupo acabou por raptar o Consgilieri de Don D’Angelo.

No gabinete médico do NXT, Josh Briggs estava a acompanhar Brooks Jensen que estava a ser avaliado depois da sua lesão, com o médico a dizer que uma lesão como estas demora pelo menos 12 semanas a curar, mas que os músculos daquela zona da mão e do braço são muito mais fortes do que é habitual… e que por isso, Brooks Jensen irá recuperar entre 6 a 8 semanas.

NXT Champion Bron Breakker venceu Joe Gacy: Bron Breakker entrou de forma agressiva e dominou os momentos iniciais do main event, mas com alguma batota à mistura, Joe Gacy colocou-se no controlo deste embate.

O sinistro candidato principal dominou durante vários minutos, mas o campeão conseguiu aguentar a ofensiva e começou a equilibrar o ímpeto, tendo quase vencido depois de um Bulldog da segunda corda, tal como os que o seu pai fazia.

Nos minutos finais, Joe Gacy quase conquistou o título, mas o campeão foi sobrevivendo e com o seu Spear venceu o combate e reteve o NXT Championship.

O NXT Spring Breakin’ terminou com Bron Breakker a festejar com o NXT Championship, mas com dois mascarados a aparecerem nas suas costas.


O que achaste deste WWE NXT Spring Breakin’?

5 Comentários

  1. BRRM3 semanas

    Belo combate entre os Creed Brothers e os Viking Raiders. Os Creed têm um potencial enorme e os Raiders merecem estar numa posição bem melhor que aquela em que se encontram atualmente, pena que a WWE não os aproveite.

  2. TNT3 semanas

    Uma dúvida aquela parada de casamento do Dexter Lumis e da Ind Hartwell foi de verdade mesmo ou só Storyline da WWE ?

    • El Cuebro3 semanas

      Casamentos na WWE são sempre storylines, John Cena e Nikki Bella até poderia ter sido, mas não aconteceu!

  3. Gostei:
    – Carmelo Hayes vs Solo Sikoa vs Cameron Grimes (c). Um fantástico combate de abertura entre 3 ótimos lutadores, com ótima ação. Aquela near-fall de Solo Sikoa nos momentos finais foi algo de belo.
    – Grayson Waller vs Nathan Frazer. Um ótimo combate com boas sequências por parte dos 2. No entanto, tenho que admitir que não fui grande fã do final.
    – Lyons & Jade vs Natalya & Legend. Foi um bom combate. Legend com uma das suas melhores exibições desde que chegou ao NXT, muito devido à veterania da Natalya.
    – The Creed Brothers vs The Viking Raiders. Mais um bom combate, com muita ação e violência. Das melhores tag matches que os Creeds tiveram no NXT, muito graças à enorme experiência dos Viking Raiders.
    – Bron Breakker (c) vs Joe Gacy. Em termos de manobras, spots, ação e assim, achei um ótimo combate. No entanto, dado a história da feud, o combate para mim falhou um bocado em mostrar essa história. Mais uma vez, ótimo combate mas que sofre um bocado devido a isso.

    Não Gostei:

    Overall: 7/10. Um dos melhores episódios do NXT 2.0. Os destaques vão para o combate de abertura, Waller vs Frazer e o main event (apesar da fraca história). De negativo, só mesmo todos os segmentos que aconteceram, que achei-os desinteressantes com nada para contar.

  4. Anónimo3 semanas

    Ótimo combate pelo NXT North American Championship, destaco também o ótimo main event.