A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao Halloween Havoc do dia 22 de Outubro.

Resultados

– Carmelo Hayes venceu Oro Mensah
– Von Wagner venceu Andre Chase (NXT North American Championship Ladder Match Qualifying Match)
– Wendy Choo venceu Lash Legend
– Nikkita Lyons & Zoey Stark venceram Toxic Attraction (Jacy Jayne & Gigi Dolin) (NXT Women’s Tag Team Championship Nº1 Contender’s Match)
– Julius Creed venceu Duke Hudson
– Xyon Quinn venceu Hank Walker
– NXT Tag Team Champions Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram Brawling Brutes (Ridge Holland & Butch)

Report

O NXT abriu com os NXT Tag Team Champions Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) que vinham vestidos a rigor, e os dois começaram a falar de como melhoraram o NXT, tendo em seguida falado mal de várias equipas da divisão. Quando os Pretty Deadly já estavam prontos a declararem-se como campeões para sempre, os Brawling Brutes apareceram e Ridge Holland e Butch explicaram que estavam fartos de ouvir os seus compatriotas, e seguiram para o ringue para atacar os campeões de equipas.

A seguir, vimos imagens da chegada da Toxic Attraction ao CWC, tendo Alba Fyre atacado Gigi Dolin e Jacy Jayne, tendo roubado o carro do grupo.

– Carmelo Hayes venceu Oro Mensah: Oro Mensah entrou melhor neste opener, tendo mostrado as suas qualidade técnicas e velocidade, com Carmelo Hayes a só conseguir ficar no controlo depois duma distração de Trick Williams. O “A-Champion” dominou durante vários minutos, mas um erro abriu espaço para Oro Mensah ter novamente ofensiva e até quase vencer.

Quando parecia que podíamos ter uma surpresa, uma nova distração de Trick Williams, Carmelo Hayes virou o combate a seu favor e com o seu Leg Drop da terceira corda, conquistou a vitória.

Após o combate terminar, Carmelo Hayes foi à mesa de comentadores para prometer nova conquista do NXT North American Championship, mas foi interrompido pela entrada de Andre Chase e assim seguimos para o segundo combate da noite.

A seguir tivemos imagens de Brutus Creed a ser assistido no gabinete médico, tendo Duke Hudson aparecido para gozar com os Creed Brothers, tendo Julius Creed desafiado o australiano para um combate.

– Von Wagner venceu Andre Chase (NXT North American Championship Ladder Match Qualifying Match): Von Wagner foi usando a sua força para dominar, sendo que Andre Chase foi atacando a perna esquerda do seu adversário para ter alguma ofensiva. Quando parecia que o professor da Chase U poderia vencer, Mr. Stone distraiu-o, o que lhe valeu um ataque de Thea Hail, no entanto toda esta distração permitiu Von Wagner virar o combate a seu favor e vencer com o Death Valley Driver.

Assim que o combate terminou, Wes Lee apareceu do nada e atacou Carmelo Hayes, que teve de fugir de cena.

Nos bastidores, vimos Sanga a conversar com Nathan Frazer, tendo este falado da sua série de combates contra Axiom. Sanga afirmou que gostaria de ver o britânico ser campeão, tendo o segmento terminado com um cara a cara entre Veer Mahaan e Sanga.

A seguir, vimos imagens de Grayson Waller a falar com a equipa de segurança do CWC, enquanto uma figura estranha tentava recrutar pessoas para os Schism.

– Wendy Choo venceu Lash Legend: A força e tamanho de Lash Legend foi um problema desde os momentos iniciais para Wendy Choo, tendo dominado durante vários minutos, mas a dorminhoca do NXT não se deu por vencida e conseguiu virar o ímpeto a seu favor e conquistar a vitória após a sua Vader Bomb da terceira corda.

Nos bastidores, Wes Lee foi entrevistado e este estava a falar sobre Carmelo Hayes, mas foi interrompido por Stacks que não perdeu tempo a insultar o ex-campeão de equipas.

A seguir, tivemos um video package dos Gallus a falar do seu futuro e a dizer que querem todos os títulos.

O video package seguinte foi das NXT Women’s Tag Team Champions Katana Chance & Kayden Carter, a falar da sua relação.

– Nikkita Lyons & Zoey Stark venceram Toxic Attraction (Jacy Jayne & Gigi Dolin) (NXT Women’s Tag Team Championship Nº1 Contender’s Match): O combate começou a um ritmo algo lento, tendo Nikkita Lyons & Zoey Stark levado a melhor nos minutos iniciais. O duo da Toxic Attraction conseguiu isolar Nikkita Lyons durante vários minutos, mas esta conseguiu aguentar a ofensiva, até fazer o tag a Zoey Stark que virou o combate a favor da sua equipa, tendo o caos ficado instalado nos minutos seguintes.

Depois de várias quase vitórias de parte a parte, Zoey Stark acertou a sua versão do GTS, tendo o combate terminado com o pin pouco ortodoxo de Nikkita Lyons. Assim, a dupla tornou-se as novas candidatas aos NXT Women’s Tag Team Championships.

De seguida tivemos um video package de Ilja Dragunov a falar da sua lesão e da sua recuperação e que sabe que este tipo de oportunidades só acontecem uma vez na vida e que ele quando entra em ringue dá tudo o que tem e que no Halloween Havoc irá sofrer e ter dores, mas que tudo valerá a pena quando conquistar o NXT Championship.

O Grayson Waller Effect, começou com as duas antigas amigas logo a trocarem insultos uma com a outra, para irritação do australiano que não queria ser interrompido.e anunciou que daqui a duas semanas, as duas poderão escolher a adversária uma da outra, com todas as lutadoras da WWE a estarem disponíveis para serem escolhidas. Grayson Waller a seguir foi rodar a roda que decidirá o combate entre as duas rivais o Halloween Havoc, tendo calhado num Weapons Wild Match.

Dentro do ringue, Roxanne Perez e Cora Jade tentaram começar à pancada, mas foram paradas por vários seguranças, sendo que o australiano acabou por ser puxado para debaixo do ringue por Apollo Crews, e quando Grayson Waller saiu debaixo do ringue, os seus olhos estavam totalmente vermelhos.

Nos bastidores, os Schism estavam irritados com a figura misteriosa, que supostamente não está a fazer o seu trabalho como deve ser.

– Julius Creed venceu Duke Hudson: Julius Creed não deu hipótese a Duke Hudson e depois vários Slams, acertou a sua Lariat e conquistou a vitória.

Após o combate terminar, Brutus Creed decidiu atacar Duke Hudson, sendo que o ataque parou quando Damon Kemp apareceu numa zona alta do CWC e desafiou Julius Creed para um combate no Halloween Havoc, mas caso este perdesse, Brutus Creed teria de sair do NXT.

Os irmãos aceitaram o desafio sem medo, tendo Julius Creed aumentado a parada e afirmado que quer um Ambulance Match, estipulação essa que foi aceite.

A seguir, tivemos um video package de JD McDonagh que fez vários insultos aos seus adversários, tendo dito que no Halloween Havoc, ele irá mostrar que é o mais inteligente e sair do event com o NXT Championship.

Nos bastidores, a equipa de segurança estava a motivar Hank Walker para o seu primeiro combate, enquanto lutador oficial, tendo Quincy Elliot aparecido e dito para este ter cuidado com Xyon Quinn, pois ele irritou-o na semana passada.

De seguida tivemos Axiom a falar do terceiro combate da sua série contra Nathan Frazer, tendo dito que acredita que este embate será ainda mais equilibrado do que os outros dois e prometeu fazer de tudo para vencer.

– Xyon Quinn venceu Hank Walker: Xyon Quinn fez uso da sua agressividade para dominar desde cedo, mas Hank Walker não se deixou ficar e até virou o ímpeto a seu favor, mas no final, o mais experiente conseguiu virar o combate a seu favor e venceu após um Flying Forearm.

Assim que o combate terminou, Xyon Quinn preparava-se para continuar o ataque mas Quincy Elliot veio ao ringue e parou o seu rival.

Nos bastidores, Cameron Grimes estava a tentar explicar à figura misteriosa que Joe Gacy é perigoso, mas os Schism atacaram-no pelas costas, tendo Joe Gacy abraçado a figura misteriosa.

No balneário dos Brawling Brutes, Josh Briggs & Brooks Jensen e Malik Blade & Edris Enofe foram dizer que queriam uma oportunidade pelos NXT Tag Team Championships caso os Brawling Brutes vencessem, com os dois ingleses a deixarem um aviso às duas equipas.

No backstage, o NXT Champion Bron Breakker estava a ser entrevistado, mas foi interrompido por Javier Bernal, que começou a insultar o campeão que o desafiou para um combate na próxima semana.

– NXT Tag Team Champions Pretty Deadly (Elton Prince & Kit Wilson) venceram Brawling Brutes (Ridge Holland & Butch): Os Brawling Brutes entraram de forma dominante neste main event, tendo controlado os campeões de equipas durante vários minutos. Os Pretty Deadly ainda assim conseguiram isolar Butch durante vários minutos, mas este aguentou a ofensiva dos campeões e fez o tag a Ridge Holland que tentou virar o combate do avesso, mas acabou também ele por ser dominado pelos NXT Tag Team Champions.

Ainda assim, foi um domínio curto, com o “Bruiserweight” a voltar a entrar em ringue e a colocar toda a sua agressividade no ringue e sozinho quase venceu este main event. As quase vitórias foram cada vez mais frequentes, em especial com um Bitter End de Butch e um Emerald Flowsion de Ridge Holland. No entanto, Giovanni Vinci e Ludwig Kaiser apareceram e distraíram os seus rivais, o que ajudou os Pretty Deadly a vencer este combate.

A brawl entre os Imperium e os Brawling Brutes continuou, sendo que o NXT terminou com as duplas de Josh Briggs & Brooks Jensen e Malik Blade & Edris Enofe a mostrarem querer os NXT Tag Team Championships.


O que achaste deste WWE NXT?

3 Comentários

  1. willow2 meses

    Interessante a WWE apostar bastante na personagem da Wendy Choo, espero que vá longe. Lash Legend tem muito a melhorar, ainda bem que deram uma pausa naquele push estranho que ela recebeu no começo do 2.0.

  2. Gostei:
    – Promo dos Pretty Deadly, interrompidos pelos Brawling Brutes. Um bom segmento, com promo sólida dos campeões e o regresso de Dunne e Holland ao NXT durante uma noite foi uma surpresa bem vinda.
    – Carmelo Hayes vs Oro Mensah. Fizeram o melhor possível com pouco mais de 5 minutos. O Carmelo precisava da vitória a caminho da Ladder Match e o Oro Mensah sai daqui forte.
    – Andre Chase vs Von Wagner. Apesar de ter sido curto, teve boa ação. A Thea Hail a arrumar com o Mr. Stone fora do ring foi um destaque pessoal.
    – The Brawling Brutes vs Pretty Deadly (c). Bom main event. O único problema aqui foi o final: Holland a não avançar de imediato para o pin pois Giovanni Vinci demorou demasiado tempo a aparecer.

    Não Gostei:
    – Wendy Choo vs Lash Legend. Um combate curto com pouco a dizer.
    – Toxic Attraction vs Stark & Lyons. O combate não foi nada demais. Stark & Lyons estão a funcionar bem como equipa, mas as Toxic precisam de algo novo. Está mais que claro que elas estão à espera que a Mandy perca o título para avançarem para o main roster.
    – Grayson Waller Effect com Cora Jade e Roxanne Perez, ainda com Apollo Crews a atacar Waller. As promos nem foram muito más, mas também não foram boas. O outro grande problema, para mim, foi eles terem metido muita coisa num só segmento. Devia ter-se focado só na feud entre Roxanne e Cora.
    – Julius Creed vs Duke Hudson. Squash. Continuando.
    – Xyon Quinn vs Hank Walker. Novo combate curto, este foi mesmo medíocre.

    Overall: 5.5/10. Um episódio relativamente decente. Nada a destacar aqui, quer seja pela positiva ou pela negativa.

  3. Anónimo2 meses

    Destaco o main event.