Faz login e remove a publicidade
Frank casino

A WWE transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do NXT na USA Network, novamente em concorrência direta com o AEW Dynamite, e a penúltima antes do TakeOver: Portland que acontece a 16 de Fevereiro.

Resultados

– Angel Garza venceu Isaiah “Swerve” Scott
– Dominik Dijakovic venceu Killian Dain
– Mercedes Martinez venceu Kacy Catanzaro
– NXT Cruiserweight Champion Jordan Devlin venceu Tyler Breeze
– Tommaso Ciampa & Broserweights venceram The Undisputed ERA (Adam Cole, Kyle O’Reilly & Bobby Fish) (por desqualificação)

Report

O NXT desta semana abriu com uma promo dos vencedores do NXT Dusty Rhodes Tag Team Classic, os BroserWeights, que foram interrompidos rapidamente pelos NXT Tag Team Champions Kyle O’Reilly & Bobby Fish. Porém, todo o segmento virou comédia para Matt Riddle, quando este achou engraçado Bobby Fish ter dito a palavra “fish” (peixe).

O segmento acabou sem confronto físico quando Roderick Strong veio aconselhar os seus parceiros de grupo que não valia a pena lutar agora.

Angel Garza venceu Isaiah “Swerve” Scott. No primeiro combate do NXT tivemos ação cruiserweight e, como seria de esperar, Angel Garza e Isaiah “Swerve” Scott lutaram a um ritmo frenético, com os dois lutadores a fazerem golpes incríveis. Aqui ficam alguns exemplos disso mesmo.

No final e depois de “Swerve” Scott quase ter vencido o combate, o ex-NXT Cruiserweight Champion Angel Garza, com o seu Wing Clipper, acabou por garantir a vitória.

Já depois do combate, Angel Garza fez uma promo onde se vangloriou do que fez no WWE Raw e afirmou que queria ser NXT Cruiserweight Champion novamente, uma mensagem para o atual campeão Jordan Devlin.

De seguida na zona do backstage tivemos os Undisputed ERA, a perguntar a várias pessoas se tinham visto Tommaso Ciampa. O grupo procurava assim vingar o ataque da semana passada.

Dominik Dijakovic venceu Killian Dain. Depois de ter enfrentado e vencido Damian Priest na semana anterior, agora Dominik Dijakovic enfrentou Killian Dain em mais um confronto de Powerhouses. Depois de vários golpes fortes e ágeis de parte a parte, Dominik Dijakovic venceu o combate.

A seguir, o NXT North American Champion Keith Lee apareceu na zona da entrada e cumprimentou Dominik Dijakovic, ficando assim marcado um combate entre os dois para o NXT TakeOver: Portland.

De novo na zona do backstage tivemos os Undisputed ERA novamente a perguntar a várias pessoas se tinham visto Tommaso Ciampa, começando por KUSHIDA, que acabou por ser atacado, tal como Bronson Reed, que levou uma joelhada brutal de Roderick Strong.

A seguir tivemos a entrevista a Johnny Gargano e Finn Bálor, onde os dois lutadores trocaram vários insultos e com ambos a afirmarem que no NXT TakeOver: Portland iriam vencer o combate.

Mercedes Martinez venceu Kacy Catanzaro. No primeiro combate feminino da noite tivemos Mercedes Martinez em ringue, a lutar contra Kacy Catanzaro. A ex-American Ninja Warrior ainda tentou usar toda a sua agilidade, mas a força e experiência de Mercedes Martinez foi suficiente para vencer, com o seu Fisherman Buster.

Em seguida os Undisputed ERA lá encontraram Tommaso Ciampa, mas não correu da forma como o grupo esperava, pois o “Blackheart” estava pronto para a guerra.

A brawl foi para o ringue e os BroserWeights vieram ajudar o candidato principal ao NXT Championship. Já com árbitros e agentes do backstage da WWE a tentar impedir a brawl, os lutadores queriam continuar a lutar e foi quando o General Manager do NXT, William Regal anunciou que o combate aconteceria mais tarde no episódio. Porém, a luta não acabou e os sete lutadores continuaram em brawl durante vários minutos, até finalmente serem separados.

NXT Cruiserweight Champion Jordan Devlin venceu Tyler Breeze. O novo NXT Cruiserweight Champion Jordan Devlin atacou Tyler Breeze ainda antes do combate começar, o que lhe deu a vantagem inicial. Ainda assim, a experiência de Tyler Breeze foi importante, pois o lutador canadiano conseguiu sempre maneira de se manter vivo ao longo do combate e reverter a ofensiva do “Irish Ace”.

No final, Tyler Breeze quase surpreendia tudo e todos com uma vitória sobre o novo NXT Cruiserweight Champion, mas Jordan Devlin provou que pelo menos no NXT desta semana estava um passo à frente de Tyler Breeze, arrecadando a vitória e cimentando a sua posição de campeão.

De novo no ringue tivemos então o segmento de cara a cara entre Bianca Belair e a NXT Women’s Champion Rhea Ripley, porém Bianca Belair foi interrompida por Charlotte Flair, que por sua vez foi interrompida por Rhea Ripley.

Depois de uma troca de palavras onde Charlotte Flair insultou Bianca Belair, a NXT Champion Rhea Ripley relembrou a “Queen” que no NXT existe um ditado que diz “We are NXT“. A seguir tivemos o ataque de Bianca Belair e de Rhea Ripley a Charlotte Flair.

Assim, Charlotte Flair foi expulsa do ringue sem que antes tenha dado uma resposta ao desafio lançado pela NXT Women’s Champion Rhea Ripley para um combate entre as duas na WrestleMania 36.

Tommaso Ciampa & Broserweights venceram The Undisputed ERA (Adam Cole, Kyle O’Reilly & Bobby Fish) por desqualificação.main event do NXT desta semana, como seria de esperar, começou mesmo antes do combate começar, com Tommaso Ciampa e os BroserWeights a atacarem a Undisputed ERA durante a sua entrada.

No entanto, o trio da Undisputed ERA conseguiu ganhar o controlo do combate, tendo dominado este main event por vários minutos. Porém, nos últimos minutos e com a entrada de Tommaso Ciampa, o ímpeto virou e a confusão aumentou, tendo então Roderick Strong achado por bem atacar o candidato principal ao NXT Championship, tendo acabado o combate por desqualificação.

Os Undisputed ERA atacaram Tommaso Ciampa em grupo e também despacharam os BroserWeights fora do ringue. Quando parecia que Adam Cole se iria preparar para tentar lesionar o pescoço do seu adversário do NXT TakeOver: Portland, tivemos o regresso de Velveteen Dream.

Este atacou os Undisputed ERA, com maior foco em Roderick Strong, o homem que lhe tirou o NXT North American Championship e o lesionou por vários meses. Esse foco de Velveteen Dream não foi só nos socos dados, mas também nas suas calças, que tinham a imagem da esposa de Roderick Strong, Marina Shafir e do filho do casal.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

7 Comentários

  1. Showstealer4 meses

    Foi um episódio decente do NXT, com destaque principal, obviamente, para o aguardado regresso de The Velveteen Dream. Tal como muitos de nós previmos pelo teaser no programa da semana passada, Dream está então de volta e parece-me que terá uma rivalidade pessoal com Roderick Strong antes de eventualmente lutar pelo título principal se Adam Cole retiver.
    Em termos de combates, gostei bastante do opener (Angel Garza e Isaiah Scott são super talentosos in-ring e parecem ter boa química um com o outro) e de Jordan Devlin vs Tyler Breeze, pois parece que o irlandês consegue dar um bom combate contra qualquer um (este ano já teve pelo menos 3 de nível elevado).
    O segmento de Charlotte Flair com Rhea Ripley e Bianca Belair também foi bacano, apesar de no final ainda não se saber de nada dos planos xD Interessante também o facto de neste próximo TakeOver haver 6 combates no card (a não ser que algum vá parar ao kickoff, o que duvido), não é comum isso acontecer.

  2. Bruno Vieira4 meses

    Estou a ficar muito fã dos Isaiah “Swerve” Scott. Gosto que o publico interaja com os cânticos “Who’s House? Swerve’s House” a acompanhar os combates dele.

    Bem temos Dijakovic Vs Lee part IV. Será que algum irá fazer o Heel turn no final ou durante o combate no TakeOver?

    Não sei porquê mas acho que o próprio candidato principal aos Títulos de Tag Team (acho que od Bros não vencem) será os Time Splitters (Kushida e Alex Shelley) seria ótimo ver o Shelley ganhar um título no NXT

  3. RENZMC4 meses

    Achei engraçado que o Velveteen bateu em geral.

  4. O Pete Dunne agora assim do nada, vira-se para os adversários dos BroserWeights e diz que o Matt Riddle os vai fumar. Ele já tinha dito isso antes mas não me lembro quando foi. Eu fico-me a rir quando ele diz estas coisas.

  5. mc4 meses

    Não é que seja muito importante, mas é Dijakovic e não Djiakovic 😉

  6. Anónimo4 meses

    Bom NXT, gostei do combate do Angle Garza contra o Isaiah Scott, o segmento entre a Charlotte/Rhea/Bianca foi muito bom.