Frank casino

A WWE transmitiu esta quarta-feira, a partir da Full Sail University, mais uma edição do NXT na USA Network, com os olhos postos no TakeOver: XXX de 22 de Agosto e novamente em concorrência com o AEW Dynamite.

Resultados

– Dakota Kai venceu Rhea Ripley (NXT Women’s Championship Nº1 Contender’s Match)
– Bronson Reed venceu Shane Thorne
– Damian Priest venceu Ridge Holland & Oney Lorcan
– NXT Champion Keith Lee venceu Cameron Grimes (Non-Title Match)
– Tegan Nox venceu Indie Hartwell
– NXT Tag Team Champions Imperium (Marcel Barthel & Fabian Aichner) venceram Undisputed ERA (Kyle O’Reilly & Bobby Fish)

Report

– Dakota Kai venceu Rhea Ripley (NXT Women’s Championship Nº1 Contender’s Match): O primeiro combate do NXT começou de forma bastante técnica entre estas duas lutadoras, estilo que beneficiou Rhea Ripley. Porém, Dakota Kai conseguiu reverter o ímpeto a seu favor e dominou a “Nightmare” durante vários minutos. No entanto, a força de Rhea Ripley foi um factor importante no combate, pois permitiu-lhe equilibrar esta luta que tinha em jogo o lugar de candidata principal ao NXT Women’s Championship.

O final teve várias false finishes e quando parecia que Rhea Ripley estava em vantagem, Mercedes Martinez atacou a lutadora australiana nas costas do árbitro, abrindo espaço para que Dakota Kai capitalizasse com o seu Go To Kick e vencesse o combate, garantindo assim a oportunidade de enfrentar a campeã Io Shirai.

Depois do combate, Mercedes Martinez voltou a atacar Rhea Ripley, um ataque claramente a mando de Robert Stone, que não se esqueceu da rejeição e da tareia que levou às mãos da “Nightmare” há umas semanas.

– Bronson Reed venceu Shane Thorne: Os dois australianos deixaram a precaução no balneário e o combate foi agressivo desde o primeiro momento, com Shane Thorne a não mostrar medo do tamanho e força de Bronson Reed e foi com tudo para cima do seu compatriota.

O combate foi taco a taco até aos últimos momentos, nos quais Bronson Reed usou primeiro a sua força com um Death Valley Driver e de seguida a sua agilidade com o seu Splash da terceira corda, para assim vencer o combate e aumentar o ímpeto rumo ao NXT TakeOver: XXX.

Fora da Full Sail University vimos imagens do Legado del Fantasma a atacar os Breezango, com os três lutadores a colocar Fandango dentro da mala do carro.

Também fora da Full Sail University tivemos uma entrevista a Robert Stone, que afirmou que Rhea Ripley poderia ter-se esquecido da Robert Stone Brand, mas que eles não se esqueceram do que Rhea Ripley lhes fez.

– Damian Priest venceu Ridge Holland & Oney Lorcan: O Triple Threat Match de qualificação para o Ladder Match que irá definir o próximo NXT North American Champion foi extremamente agressivo desde o primeiro segundo, com os três lutadores a quererem acabar o combate rapidamente. O combate esteve sempre perto de terminar, mas a resistência dos três lutadores prolongou a ação.

Apesar de ser o lutador mais pequeno em ringue, Oney Lorcan mostrou toda a sua tenacidade ao quase vencer por várias vezes, mas acabou por ter ficado KO, primeiro com uma Lariat de Ridge Holland, que também ele ficou fora de cena com um Chokeslam de Damian Priest, tendo este aproveitado depois para acertar o seu Reckoning em Oney Lorcan e vencer o combate.

– NXT Champion Keith Lee venceu Cameron Grimes (Non-Title Match): O NXT Champion Keith Lee dominou por completo Cameron Grimes durante vários minutos, mas o manhoso lutador conseguiu inverter o rumo do combate ao atacar o joelho do campeão.

Ainda assim, a força de Keith Lee foi sempre um factor a ter em conta, apesar de Cameron Grimes ter dado muito mais luta do que seria esperado. Keith Lee fartou-se da brincadeira e depois de 4 Clotheslines e a sua Spirit Bomb, o NXT Champion arrecadou a vitória.

Assim que o combate terminou, Karrion Kross apareceu no titantron e afirmou que tudo o que vai acontecer é culpa de Keith Lee e viram-se então imagens de Karrion Kross a atacar mais 2 lutadores.

Em seguida, o General Manager William Regal anunciou que Dexter Lumis está lesionado e que não poderá lutar no NXT TakeOver: XXX. Assim, para além do Triple Threat Match que acontecerá na próxima semana, daqui a duas semanas, os quatro lutadores que não sofreram pins ou submissão nos Triple Threat Matches irão enfrentar-se em dois combates singulares, com os vencedores a ganharem lugar no Ladder Match.

No ringue tivemos o NXT Cruiserweight Champion Santos Escobar acompanhado de Joaquin Wilde e Raul Mendonza e mostraram os danos que fizeram aos Breezango, com o campeão mais uma vez a afirmar que não quer que gozem com a lucha libre e deixou também um aviso a Isaiah “Swerve” Scott, que se voltar a falar dele, irá ter o mesmo destino dos Breezango.

No parque de estacionamento da Full Sail University tivemos uma entrevista a Damian Priest que acabou por ser interrompido por Bronson Reed. O ambiente aqueceu entre os dois lutadores e ficou então marcado um combate entre os dois para o futuro, que mais tarde veio-se a saber que acontecerá para a semana.

– Tegan Nox venceu Indie Hartwell: Indie Hartwell começou o combate com pujança e dominou os primeiros minutos, mas Tegan Nox conseguiu mostrar a sua maior experiência e venceu com o seu Shinniest of Wizards.

– NXT Tag Team Champions Imperium (Marcel Barthel & Fabian Aichner) venceram Undisputed ERA (Kyle O’Reilly & Bobby Fish): O main event do NXT começou logo bastante intenso, com Kyle O’Reilly e Fabian Aichner a quererem despachar o combate nos primeiros minutos com strikes poderosíssimos.

O ritmo do combate baixou quando Bobby Fish entrou em ringue e apesar dos Undisputed ERA terem dominado durante mais alguns momentos, o baixar de ritmo acabou por beneficiar os NXT Tag Team Champions Marcel Barthel & Fabian Aichner, que assim conseguiram colocar o domínio do seu lado.

Depois de vários minutos de domínio, Bobby Fish conseguiu finalmente fazer o tag em Kyle O’Reilly, que virou o combate do avesso com os seus strikes e a sua intensidade. Kyle O’Reilly mostrou estar num patamar superior do que os Imperium e só não fez Marcel Barthel desistir porque Fabian Aichner interferiu.

Pouco depois, Adam Cole perdeu a cabeça com Pat McAfee, que estava na mesa de comentadores, e tentou atacar o comentador convidado. Essa distração foi o suficiente para os Imperium capitalizarem e reterem assim os seus NXT Tag Team Championships.

No final, Adam Cole e Pat McAfee foram separados por vários árbitros da WWE e também Triple H e Shawn Michaels, mas o ex-jogador da NFL deu um pontapé na cabeça de Adam Cole que deixou o líder da Undisputed ERA KO.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

15 Comentários

  1. Being the elite2 meses

    Santos escobar é bom demais para a divisão cruzador, merecia estar disputando coisa maior como o titulo norte americano, ele estar literalmente carregando a divisão, melhor reinado ate agora depois do neville

    • Dreamer2 meses

      Assino embaixo, o Santos Escobar tem feito grandíssimas promos e o Legado Del Fantasma tem sido uma ameaça bastante credível no show. É excelente a forma que o Joaquim e o Raul despacham os oponentes enquanto o campeão fica a parecer um Final Boss, existe uma aura realmente intimidadora. Espero que eles mantenham o ótimo ritmo.

    • Concordo convosco.

    • maicon2 meses

      cara oq tu comentou n tem lógica . Para a divisão ter o minimo de credibilidade, tem que ter bons lutadores como o Escobar . Mania de achar que a divisão cruzador é ser inferior . Os fãns colocam isso na cabeça do nada

    • Maicon, mas a maioria da cruiserweight division é realmente inferior aos demais, não que sejam ruins, mas estão abaixo ué… Poucos são mais relevantes e caras como Escobar e Neville (Pac), são diferenciados e realmente merecem vôos mais altos do que ficar só ali.

  2. Aj estiloso2 meses

    Aeeeeeee kkk feliz pelos imperium undisputed que se lasque kkkkkkk Pat McAfee mito

  3. Alexa Two Belts2 meses

    Nossa, Rhea perdendo a torto e a direito, nem parece que até uns meses atrás estava imparável. Io vai ter bastante trabalho para defender o título contra Dakota (cadê a Raquel? Separaram elas?) e Mercedes.

    • Jean2 meses

      Raquel era uma das infectadas pelo vírus. Deve retornar nas próximas semanas

  4. Dreamer2 meses

    Vendo o Pat McAfee a insultar o Adam Cole usando a altura dele e depois nocauteá-lo BEM NA FRENTE do Shawn Michaels… Oh boy, that was something, não bastasse a luta do main-event que também foi muito boa e com um final satisfatório. Vejo o Adam Cole flertando com um face turn, hein.

    Outros pontos a se destacar:

    – Fico triste pelo Lumis, era o meu favorito a ganhar o título. Da forma que está tudo acontecendo, acredito que o Bálor vá ao combate e ganhe o título posteriormente.

    – O Legado del Fantasma é sensacional, Santos Escobar tem feito promos maravilhosas de se acompanhar. Total respeito ao campeão pelas boas prestações, mas gostaria de ver mais combates propriamente ditos da stable.

    – Karion Kross continua solto por aí também e o homem está uma verdadeira besta. Acho que a história está sendo bem construída e eles devem ter um bom combate no TakeOver, mas fico pensando sobre o resultado… se o Karion perder, pode também deixar uma grande parte do seu ímpeto cair por terra, enquanto também não queria ver o Keith perder a primeira o título na primeira defesa. Estou bem curioso pra ver como tudo vai se desenrolar.

    – Por fim, a divisão feminina tem estado muito bem. Estou curioso pra ver como será o combate pelo título feminino que deve ter ainda alguma interferência da Mercedes contra a Io Shirai. No geral, tenho boas expectativas.

  5. Outro NXT de grande qualidade.
    Fiquei um pouco desiludo, esperava que o Lumis ganhasse o título, mas assim abre espaço para o Balor ganhar a chance dele e acabar por ganhar o título.
    Outra grande apresentação do Santos Escobar e do Legado del Fantasma. O Santos Escobar se continuar assim vai ter muito sucesso.
    Bom triple treath, o resultado era o esperado. Será que o lutador mistério para a semana é o Ciampa?
    Mais uma boa continuação á história do Karrion e do Lee. Estou a gostar muito da feud deles.
    A divisão femenina também esteve bem, não sei se era necessário a Rhea perder, depois do hype todo que ela teve há uns meses.
    Main Event muito bom, com o resultado esperado.

  6. El Cuebro2 meses

    Alguém sabe que idioma era aquele que a Scarlett estava falando?

  7. Mais um episódio de grande qualidade do NXT.
    Destaques:
    -O n1 contender match entre a Rhea e a Dakota foi um bom combate,ja esperava a vitoria da Dakota,fiquei surpreendido apenas com a Mercedes a atacar a Rhea e a custar-lhe o combate.
    E uma boa feud inicial para a Mercedes no NXT e mantem a Rhea ocupada;

    -Mais um otimo triple threat desta vez envolvendo o Holland(boa surpresa,esteve muito bem)o Lorcan e o Priest que acabou por vencer.

    -Bom combate entre o Lee e o Grimes e aquele segmento pos combate do Kross foi otimo,cada vez tenho mais hype em ver o combate entre eles no Takeover.

    -Otimo main event com as duas melhores equipas do NXT neste momento,que teve aquele extra que foi o confronto entre o Cole e o McAffee,a continuar toda a situaçao iniciada no show do Pat.

    Notas finais para mais uma vitoria da Tegan Nox,do Bronson Reed e mais um otimo segmento envolvendo o Legado de Fantasma.

  8. Anónimo2 meses

    Foi um bom NXT. Destaco os combates entre Rhea Ripley/Dakota Kai e Keith Lee/Cameron Grimes, fora bom combates.

  9. O NXT nunca decepciona…
    Dakota Kai venceu Rhea Ripley (NXT Women’s Championship Nº1 Contender’s Match)
    Belo opener! Porém é uma pena a Rhea estar perdendo dessa maneira, mas enfim… Será uma boa match pelo título.

    – Bronson Reed venceu Shane Thorne
    Bom combate, mas nenhum dos dois me enchem os olhos…

    – Damian Priest venceu Ridge Holland & Oney Lorcan
    Quem está me enchendo os olhos é o Priest como face, estou gostando bastante dele. E boa estreia do Holland, provavelmente será uma aposta futura, tendo em vista que ainda está undefeated.

    – NXT Champion Keith Lee venceu Cameron Grimes (Non-Title Match)
    Boa match, com o campeão mais sério (como era de se portar mesmo) e o Grimes é outra aposta para um futuro próximo.

    – Tegan Nox venceu Indie Hartwell
    Essa match parece que foi mais pra preencher o tempo do programa.

    – NXT Tag Team Champions Imperium (Marcel Barthel & Fabian Aichner) venceram Undisputed ERA (Kyle O’Reilly & Bobby Fish)
    Bom Main Event! Fiquei com a sensação que a UE está numa leve transição para um face turn, até pela ovação da crowd para eles.
    Por fim foi uma boa brawl no final, onde esse Pat McAfee realmente conseguiu irritae e foi um bom ataque (mais uma vez dando indício de um turn de ambos).