WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, sendo que esta semana tivemos o especial Great American Bash.

Resultados

– NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Tommaso Ciampa & Timothy Thatcher
– Million Dollar Champion LA Knight venceu Cameron Grimes
– Io Shirai & Zoey Stark venceram NXT Women’s Tag Team Champions Candice LeRae & Indi Hartwell
– Adam Cole venceu Kyle O’Reilly

Report

– NXT Tag Team Champions MSK (Nash Carter & Wes Lee) venceram Tommaso Ciampa & Timothy Thatcher: Como seria de esperar, Tommaso Ciampa & Timothy Thatcher entraram de forma bastante agressiva, sendo que os MSK foram respondendo com a sua agilidade, mas o duo mais experiente estava decidido a dominar desde cedo. Depois de um domínio intenso e de vários minutos, os NXT Tag Team Champions começaram a impor a sua velocidade para equilibrar este opener.

Com o passar dos minutos, o cansaço foi aparecendo e com isso as duas equipas tiveram várias hipóteses para quase vencer.

No final parecia que íamos ter novos campeões, só que Wes Lee com um pin rápido apanhou Timothy Thatcher e assim os MSK continuam com os NXT Tag Team Championships.

A seguir vimos a bateria a carregar até aos 91%, ou seja está quase na hora para sabermos sobre quem será estes teasers

No ringue tivemos o General Manager William Regal e Samoa Joe, e os dois chamaram Johnny Gargano e o NXT Champion Karrion Kross. O líder dos The Way fez logo questão de dizer que Karrion Kross não presta e que o campeão tem medo dele, por isso é que o tentou atropelar. Já depois de William Regal anunciar que na próxima semana os dois irão lutar pelo título, o NXT Champion Karrion Kross explicou que não tem medo de Johnny Gargano e que isto não é um filme, e que ele irá levar uma tareia.

O General Manager William Regal anunciou então que para não haver confusão, Samoa Joe será o árbitro convidado desse NXT Championship Match. O segmento terminou com Johnny Gargano a provocar mais uma vez Karrion Kross, que quando se dirigiu para atacar o seu rival, acabou por ficar cara a cara com Samoa Joe.

A seguir tivemos o NXT Cruiserweight Champion Kushida a falar do ataque às mãos de Roderick Strong, afirmando também que está pronto para o Diamond Mine.

– Million Dollar Champion LA Knight venceu Cameron Grimes: Cameron Grimes não perdeu tempo e entrou com tudo neste embate, tendo dominado LA Knight durante os primeiros minutos, sendo que só com alguma batota à mistura o Million Dollar Champion virou o ímpeto a seu favor. Depois de um domínio de alguns minutos, Cameron Grimes começou a equilibrar e aumentou a agressividade, e assim o cansaço foi-se começando a instalar e com isso as hipóteses de vitória foram aparecendo para ambos os lutadores.

Já frustrado, LA Knight foi buscar o seu Million Dollar Championship e tentou fazer batota, mas não conseguiu. Fora do ringue e sem o árbitro ver, LA Knight acertou um DDT contra o seu título, sendo que o ricaço do NXT conseguiu sobreviver de forma inesperada. Já dentro do ringue, o Million Dollar Champion acertou o seu golpe final e venceu este combate. Ou seja, Cameron Grimes vai ser o mordomo do Million Dollar Champion LA Knight.

Nos bastidores, a NXT Women’s Champion Raquel Gonzalez e Dakota Kai foram entrevistadas e as duas prometeram que a próxima vez que enfrentarem Ember Moon e Shotzi Blackheart vão acabar de vez com elas.

A seguir foram apresentados os oito lutadores que irão participar no NXT Breakout Tournament de 2021, e são eles: Trey Baxter, Carmelo Hayes, Andre Chase, Josh Briggs, Ikemen Jiro, Joe Gacy, Odyssey Jones e Duke Hudson.

– Io Shirai & Zoey Stark venceram NXT Women’s Tag Team Champions Candice LeRae & Indi Hartwell: No terceiro combate por um título deste Great American Bash, as candidatas principais começaram melhor, sendo que só quando Indi Hartwell fez batota para dominar Zoey Stark, as campeãs começaram a dominar.

Depois de minutos no controlo, Zoey Stark conseguiu fazer o tag a Io Shirai e a ex-NXT Women’s Champion com os seus strikes e agilidade virou o combate do avesso. Ainda assim, quem teve a primeira grande hipótese de vitória foi Candice LeRae, quando esta aplicou a Gargano Escape, sendo que ao mesmo tempo Indi Hartwell aplicou a submissão de Dexter Lumis, mas o combate não terminou aí.

O caos continuou, sendo que as campeãs tiveram várias quase vitórias, mas quando pareciam que estavam perto da vitória, as luzes do Capitol Wrestling Center apagaram-se e a bateria apareceu 100% carregada no titantron… Foi Tegan Nox que apareceu na zona de entrada, para choque de Candice LeRae.

Isso abriu espaço para que Io Shirai e Zoey Stark conseguissem ter ímpeto suficiente e as duas conseguiram vencer o combate, tornando-se assim são as novas NXT Women’s Tag Team Champions!

Assim que o combate terminou, Tegan Nox saiu disparada em direção de Candice LeRae e atacou a sua rival.

Nos bastidores, Toni Storm foi entrevistada e explicou que Raquel Gonzalez nem sequer a desafia porque sabe que iria perder o NXT Women’s Championship, e que recusa o desafio de Sarray.

A seguir tivemos imagens de Dexter Lumis que veio buscar Indi Hartwell e a levou em braços para os bastidores.

De seguida tivemos a festa dos Hit Row, para celebrar a conquista do NXT North American Champion por parte de Isaiah “Swerve” Scott, que foi basicamente um concerto do grupo.

– Adam Cole venceu Kyle O’Reilly: Ao contrário do que seria de esperar, este main event começou de forma técnica e foi como se esperava Kyle O’Reilly a levar a melhor nesta vertente do combate. O domínio de Kyle O’Reilly durou até ao momento em que fora do ringue Adam Cole conseguiu acertar um Neckbreaker e assim virou o ímpeto a seu favor.

O domínio do ex-NXT Champion durou vários minutos, apesar de Kyle O’Reilly ter continuado a dar luta. Adam Cole pelo meio começou a atacar a perna esquerda do seu rival, mas Kyle O’Reilly não veio a este Great American Bash para perder e sempre que pôde foi acertando com os seus strikes poderosos e alguns dos seus suplexes.

Nos minutos finais, o cansaço já era mais que evidente e os dois lutadores foram começando a usar várias submissões de forma a tentar vencer este embate. Já depois de Adam Cole ter acertado um Panama Sunrise do apron para fora do ringue e pouco depois um Last Shot, de alguma forma Kyle O’Reilly continuou a sobreviver.

Kyle O’Reilly até parecia que ia virar o ímpeto, mas a sua lesão no joelho foi demasiado para aguentar. Adam Cole conseguiu acertar mais um Panama Sunrise e outro Last Shot, para finalmente vencer o seu rival.


O que achaste deste WWE NXT Great American Bash?

13 Comentários

  1. Kay Orton4 semanas

    Fazer minhas apostas antes de começar pq não cheguei a ver se teve lista de apostas:

    Tommy Ciampa e Timmy Thatcher
    Karrion Kross
    Indi e Candice
    Adam Cole (Bay Bay) só pq KOR venceu as outras vezes
    Cameron Grimes

    Bom show a todos

  2. Abc4 semanas

    Show fraco com resultados previsiveis

  3. Gostei:
    – MSK vs Ciampa & Thatcher. Esperava imenso deste combate e não desiludiu. MSK lutaram diferente aqui para se adaptarem aos 2 adversários duros alternando entre uma boa ofensiva e manobras high-flying. A química de MSK foi o que lhes deu a maior vantagem dado a algumas falhas de comunicação entre Ciampa & Thatcher. Lee conseguiu a vitória para a sua equipa. O resultado justo. O reinado dos MSK ainda vai curto e fazia sentido. A história da maior química entre os MSK funcionou na perfeição. Recomendo a verem este combate.
    – Segmento entre Karrion Kross e Johnny Gargano. Kross quer continuar NXT Champion, ir ao main event da WrestleMania e tornar-se WWE Champion. Gargano destrói Kross completamente no departamento de mic skills e prova isso aqui. Regal anuncia que na próxima semana teremos Gargano vs Kross pelo NXT Championship, com Samoa Joe a árbitro. Um ótimo segmento para avançar esta promo que terá o seu suposto blow-off na próxima semana. Não acredito que Gargano vença, mas sai mais estrela aqui.
    – Cameron Grimes vs LA Knight. O combate foi muito melhor do que esperava. Um bom ritmo do início ao fim e a atividade do público era extremamente necessária aqui, portanto ainda bem que apareceram. Grimes e Knight fizeram um ótimo combate. O DDT fora do ring foi brutal, e Grimes a impedir por pouco a sua derrota por count-out foi muito bem feito. Mas LA Knight conseguiu a vitória eventualmente, forçando a que Grimes seja o seu empregado. Nunca na vida Grimes vencia aqui, o Million Dollar Championship fica sempre melhor com os heels. Mesmo assim, a feud entre estes 2 ainda não acabou portanto podemos esperar mais coisas boas destes 2. Recomendo a assistirem.
    – The Way vs Io Shirai & Zoey Stark. Em geral, foi um combate muito bom. Foi diferente de combates passados, mais lento e alguns spots. O melhor momento deste combate é sem dúvida alguma o regresso de Tegan Nox, sempre bom vê-la. Esperemos que não se volte a lesionar. Nox distraiu Candice e Indi que permitiu a Io e Zoey tornarem-se as novas NXT Women’s Tag Team Champions. O início de uma feud entre Nox e Candice e veremos como este reinado de Io e Zoey correrá. Eu sinto que vai ser curto, para depois Io meter Zoey over numa feud, mas veremos.
    – Segmento com os Hit Row e isto foi mesmo brutal. O concerto foi excelente, todos os membros disseram boas/ótimas falas e isto fez-me adorar ainda mais esta stable. Recomendo a verem!
    – Adam Cole vs Kyle O’Reilly no main event. O combate começou lento e técnico, mas rapidamente ficou rápido e agressivo. O ritmo do combate foi muito bem feito, algo que apreciei imenso. Os false finishes também foram bem feitos. Adam Cole venceu com o Last Shot e Panama Sunrise, fazendo 1-1 nesta feud. Gostei mais do combate do Stand & Deliver, mas este também foi muito bom. Recomendo a verem.

    Não Gostei:

    Overall: 9/10. Foi um ótimo show, por toda a parte. Aliás, foi melhor que o TakeOver mais recente. Os segmentos também ajudaram, mas os combates foram o verdadeiro destaque. Também destacar que finalmente o público esteve vivo hoje, e isso ajuda imenso, especialmente no NXT.

  4. Barão da pisadinha4 semanas

    Show de qualidade.

  5. Facebook Profile photo

    Incrivel como conseguiram banalizar um move como o canadian destroyer :/

    • Ryu4 semanas

      Não sou fã do move, muito por ser a pessoa que está a sofrer o move fazer o trabalho todo logo não tem um aspecto muito real, no entanto não deixa de ser um Piledriver, um dos moves mais devastadores no wrestling. É triste ver que hoje é apenas usado como um golpe comum.

    • Facebook Profile photo

      Exatamente, para alem de ser estupido em termos de kayfabe, pela razao que referiste, o piledriver “normal” tem o mesmo impacto e faz muito mais sentido. Mas la esta, tanto um como outro hoje em dia sao apenas moves comuns, quando deviam ser, arrisco a dizer, o finisher mais protegido da industria.

  6. Ótimo evento! Boa promo por parte de Johnny Gargano no confronto com Karrion Kross; combate bem agradável entre LA Knight e Cameron Grimes; match decente pelos títulos de tag team femininos que contou com uma inesperada troca de campeãs (estes belts em tão pouco tempo já tiveram 4 duplas como campeãs loool) e o regresso de Tegan Nox após quase 1 ano de fora; atuação musical fixe dos Hit Row apesar de algo longa; e excelente main event (um dos melhores embates que vi este ano no NXT).

  7. Facebook Profile photo

    Um especial de grande qualidade, nível TakeOver! Destaco:
    – Grande combate entre o MSK e Ciampa & Thatcher, uma boa mistura de agressividade e manobras high-flyer por parte dos MSK, a químicas destes dois acabou por ser o diferencial, pois teve momentos em que o Ciampa e o Thatcher não se conectaram muito.
    – LA Knight reteve o Millon Dollar title, preferiria uma vitória do Grimes, pois este já merecia.
    – O retorno da Tegan Nox, não via o NXT quando se lesionou então estou curioso para ver isto. btw mesmo que tivessem sido distraídas, os The Way não deviam perder o título, ainda mais para uma dupla que nem equipa é.
    – Grande segmento entre o Gargano e o Kross (espero que o 1º ganhe!)
    – Celebração dos Hit Row diferente e divertida de ver!

    Obs: ainda não vi o main event, trabalhei muito e to com sono, dêem-me um desconto xD

  8. Anónimo4 semanas

    Foi um show muito bom! Bons combate, destaco o main event foi excelente.

  9. Muito bom NXT.
    Destaco:
    – todos os combates que tivemos foram muito bons
    – segmento entre o Gargano e o Kross
    – celebração dos Hit Row