Frank casino

A WWE transmitiu esta quarta-feira mais uma edição do NXT na USA Network, e mais uma vez em concorrência direta com o programa semanal da All Elite Wrestling, o Dynamite.

Resultados

– NXT Women’s Champion Rhea Ripley, Toni Storm & Candice Le Rae venceram NXT UK Women’s Champion Kay Lee Ray, Io Shirai & Bianca Belair
– Imperium (Marcel Barthel & Fabian Aichner) venceram Forgotten Sons (Primeira Ronda do NXT Dusty Rhodes Tag Team Classic)
– Austin Theory venceu Joaquin Wilde
– NXT Tag Team Champions The Undisputed ERA (Kyle O’Reilly & Bobby Fish) venceram NXT UK Tag Team Champions Gallus (Wolfgang & Mark Coffey) (Primeira Ronda do NXT Dusty Rhodes Tag Team Classic)
– Mia Yim venceu Kayden Karter
– Keith Lee venceu Cameron Grimes, Damian Priest e Dominik Dijakovic (NXT North American Championship Nº 1 Contender’s Fatal 4-Way Match)

Report

A primeira edição “normal” de 2020 do NXT começou com a nova NXT Women’s Champion Rhea Ripley, que esteve no ringue para fazer uma promo. No entanto, foi rapidamente interrompida por Toni Storm, que a desafiou para um combate no Worlds Collide. Seguiu-se a presença da NXT UK Women’s Champion Kay Lee Ray, Io Shirai, Bianca Belair e Candice LeRae. Antes que todas pudessem falar, a NXT Women’s Champion Rhea Ripley fartou-se e atacou Bianca Belair, o que começou uma brawl que nos levaria ao primeiro combate da noite.

NXT Women’s Champion Rhea Ripley, Toni Storm & Candice Le Rae venceram NXT UK Women’s Champion Kay Lee Ray, Io Shirai & Bianca Belair. O trio da NXT UK Women’s Champion Kay Lee Ray, Io Shirai & Bianca Belair dominou grande parte do combate, tendo focado a sua atenção em Candice LeRae. O domínio do combate mudou quando Toni Storm conseguiu entrar no ringue, porém, Io Shirai conseguiu virar novamente o combate e até parecia que ia vencer o mesmo, até Bianca Belair ter feito o tag e ter entrado em ringue. Isto levou a uma discussão entre as duas colegas de equipa, com Io Shirai a acabar por atacar Bianca Belair. Quem aproveitou esta distração foi a NXT Women’s Champion Rhea Ripley, que entrou em ringue e atacou Bianca Belair até aplicar o seu Riptide e vencer o combate.

Imperium (Marcel Barthel & Fabian Aichner) venceram Forgotten Sons, no primeiro combate a contar para a primeira ronda da edição de 2020 do NXT Dusty Rhodes Tag Team Classic. Os Imperium e os Forgotten Sons tiveram um combate a um ritmo impressionante, que teve várias false finishes. No final, foram os Imperium com a sua European Bomb a vencer e a ganhar um lugar na meia-final do torneio de equipas.

No backstage tivemos uma entrevista a Matt Riddle, onde este admitiu que não conhece muito bem Pete Dunne, mas que os dois concordaram em fazer equipa no NXT Dusty Rhodes Tag Team Classic, revelando também que o nome da dupla será… BroserWeights.

Austin Theory venceu Joaquin Wilde. O novo lutador do NXT, Austin Theory, esteve em ação pela segunda vez na arena da brand amarela e desta vez contra Joaquin Wilde. Um combate onde a força de Austin Theory foi um fator decisivo, com a vitória a sorrir ao jovem lutador depois de ter utilizado o seu TKO.

NXT Tag Team Champions The Undisputed ERA (Kyle O’Reilly & Bobby Fish) venceram NXT UK Tag Team Champions Gallus (Wolfgang & Mark Coffey) no segundo combate da primeira ronda do NXT Dusty Rhodes Tag Team Classic. Um combate bastante equilibrado em que os Gallus mostraram ao público americano porque são NXT UK Tag Team Champions, e até tiveram perto de avançar no torneio por várias vezes, com muitos e bons golpes de equipa.

Porém, a vantagem dos números fez-se valer e depois das distrações do NXT North American Champion Roderick Strong e do NXT Champion Adam Cole, Kyle O’Reilly & Bobby Fish venceram o combate e avançaram para as meias finais do NXT Dusty Rhodes Tag Team Classic.

Em seguida tivemos uma promo em ringue de Johnny Gargano, onde este falou do ataque de Finn Bálor que o fez falhar o NXT TakeOver: WarGames e explicou depois o seu ataque ao lutador irlandês. Claro que este acabou por interromper Johnny Gargano e disse para em vez de estar a queixar-se, para ir pedir a William Regal um combate entre eles para o NXT TakeOver: Portland.

Antes do próximo combate tivemos o anúncio de que Kushida vai ter como parceiro do equipa o seu antigo parceiro na NJPW, Alex Shelley.

Mia Yim venceu Kayden Karter. A seguir tivemos o segundo combate feminino da noite, um combate curto em que Mia Yim acabou por vencer contra Kayden Karter.

Depois do combate, Mia Yim foi atacada por Chelsea Green, que a seguir foi acompanhada pelo seu manager Robert Stone, tendo este afirmado que 2020 seria o ano em que ele iria expandir a sua brand.

Keith Lee venceu Cameron Grimes, Damian Priest e Dominik Dijakovic. No main event da edição desta semana do NXT tivemos um Fatal 4-Way Match pelo lugar de candidato principal ao NXT North American Championship, entre Keith Lee, Cameron Grimes, Damian Priest e Dominik Dijakovic. E, tal e qual se esperava, foi uma batalha caótica onde todos os lutadores tiveram excelentes hipóteses de vencer, mas parecia que havia sempre um outro lutador à espreita.

No final as falses finishes multiplicaram-se, mas Keith Lee mostrou porque muitos dizem que ele é um lutador sem limites e conseguiu ver-se livre primeiro de Damian Priest e Dominik Djiakovic, antes de fazer a sua Spirit Bomb em Cameron Grimes e assim vencer o combate.

Foi então anunciado que Roderick Strong defenderá o NXT North American Championship contra Keith Lee, na edição do NXT do dia 22 de Janeiro.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

14 Comentários

  1. Rooben9 meses

    Alex Shelley no NXT ?
    Grande contratação! !!!
    Espero que assine pelo NXT e nao apareça apenas no DRTTC

    • Weiden9 meses

      Aonde tu viu o Alex Shelley ?

    • Weiden9 meses

      AAAAAAAAH agora fui atras e ele sera parceiro do Kushida, realmente é um bom nome.

  2. L26MC9 meses

    WWE, só me pergunto o porque de vocês gozarem com a cara dos fãs semanalmente… porque o NXT consegue ter uma construção de combate tão boa que quase faz-me saltar da cama para o chão, de tão empolgante que é e vocês no main roster conseguem ter gajos consolidados e não apresentam porra nenhuma num combate de main event.

    • Rooben9 meses

      A minha explicaçao e que o Raw e o Smackdown se focam mais no Entertainement
      O NXT penso que tenha menos limitaçoes PG ate porque na altura que foi criado passava na wwe Network e nao na TV .
      Nao esquecer que WWE é World Wrestling Entertainement.

    • Brito9 meses

      Não há absolutamente nada no NXT que seja menos pg que o main roster.
      A diferença é que o NXT é um show feito para smarks e o do main roster e feito para um público maior.

  3. Showstealer9 meses

    Bom show por parte do NXT. O main event então foi brutal, mas os combates de tag team também correram bem.

  4. MC9 meses

    Mas que fatal four way brutal! Mete qualquer um na borda da cadeira!

  5. El Cuebro9 meses

    Que grande NXT como sempre, grande main event, que começo o caminho do Keith Lee por títulos, a luta de trios femininos foi muito boa também, o Tag Team Classic foi um bom aquecimento para o Worlds Collide, pena ver os Sons perdendo, bem como o Wilde/DJZ perdendo mais uma! Esperando muito pelos próximos planos da WWE para o NXT!!

  6. Facebook Profile photo

    o robert stone e o robbie e !!!

  7. El Cuebro9 meses

    Só eu reparei ou na aparição de Chelsea Green e Robbie E o Mauro Ranallo falou algumas vezes a palavra “Impact”?! Enfim e sobre a Chelsea ela tem aparecido no Raw e Main Event, mas ainda continua no NXT?

    • Raw e Main Event deve ter sido só um “teste”. Ao que parece vai ficar pelo NXT…

    • El Cuebro9 meses

      Entendi, realmente faz muito sentido, ela nem fez tantas aparições ainda e cairá muito bem no NXT, ainda mais agora começando uma rivalidade com a Mia Yim!

  8. Anónimo9 meses

    Foi um bom show. A contratação do Alex Shellye foi ótima. O main event foi um execelente combate, o Keith Lee. Mal posso esperar pelo próximo NXT, com os combates que já estão marcados promete ser um excelente show.