A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, especial Roadblock e a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao NXT Stand & Deliver do dia 2 de Abril.

Resultados

– Dakota Kai & Wendy Choo venceram Cora Jade & Raquel Gonzalez (Semi-final do NXT Women’s Dusty Rhodes Tag Team Classic)
– Fallon Henley venceu Tiffany Stratton
– Grayson Waller venceu LA Knight (Last Man Standing Match)
– Io Shirai & Kay Lee Ray venceram Kayden Carter & Kacy Catanzaro (Semi-final do NXT Women’s Dusty Rhodes Tag Team Classic)
– NXT Tag Team Champions Imperium (Fabian Aichner & Marcel Barthel) vs MSK (Nash Carter & Wes Lee) (No Contest)
– Dolph Ziggler venceu NXT Champion Bron Breakker e Tommaso Ciampa

Report

– Dakota Kai & Wendy Choo venceram Cora Jade & Raquel Gonzalez (Semi-final do NXT Women’s Dusty Rhodes Tag Team Classic): O opener começou de forma equilibrada, mas a dupla improvável de Dakota Kai & Wendy Choo conseguiu isolar Cora Jade e dominaram durante vários minutos. Fora do ringue quando parecia que Cora Jade & Raquel Gonzalez iam equilibrar, nas costas do árbitro as NXT Women’s Tag Team Champions com um pau atacaram a perna da “Big Mami Cool” e assim a dupla de Dakota Kai & Wendy Choo continuou no controlo.

Estas duas dominaram durante mais alguns minutos, mas Cora Jade fez o tag a Raquel Gonzalez que apesar de vir a coxear ainda conseguiu ter algum ímpeto, sendo que Dakota Kai ainda teve alguns problemas em bater na sua antiga amiga.

No final, a neozelandesa lá concordou com os que as vozes diziam e depois de um pontapé e de Wendy Choo ter acertado o seu Frogsplash, Dakota Kai acertou o seu Stomp da terceira corda, dando assim a vitória à sua equipa.

Nos bastidores, Tommaso Ciampa explicou que hoje se vai tornar NXT Champion pela terceira vez, mas que hoje é diferença é que ele quer voltar a ser o main event e que nunca houve uma diferença tão grande entre o número 1 e o número 2, e ele é o número 1.

No parque de estacionamento do Capitol Wrestling Center, vimos os Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) deitados no chão depois de terem sido atacados por alguém.

– Fallon Henley venceu Tiffany Stratton: Tiffany Stratton entrou melhor tendo usado uma ofensiva pouco ortodoxa, sendo que apesar de toda a luta que a sua adversária lhe estava a dar, o combate parecia mais que encaminhado para a “menina do papá”, mas esta foi atacada pelas costas por Sarray, o que abriu espaço para que Fallon Henley acertasse um Shinning Wizard e vencesse este embate.

De seguida tivemos Andre Chase a culpar os sues alunos pela sua derrota, tendo ainda assim elogiado o comportamento de Bohdi Hayward.

A seguir tivemos o NXT North American Champion Carmelo Hayes e Trick Williams no barbeiro e o campeão não se mostrou preocupado com quem serão os seus quatro adversários no Ladder Match no NXT Stand & Deliver.

Logo a seguir tivemos uma edição do Lashing Out que teve Nikkita Lyons como convidada, sendo que as duas lutadoras rapidamente se começaram a insultar e o segmento terminou sem que houvesse contacto físico.

Continuando nos bastidores, os NXT Tag Team Champions Imperium (Fabian Aichner & Marcel Barthel) gozaram com os Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) por estes terem sido atacados, sendo que os MSK (Nash Carter & Wes Lee) apareceram e explicaram que eles estão aptos para lutar.

Ainda pelo backstage, Brooks Jensen & Josh Briggs estavam a festejar a vitória de Fallon Henley, tendo depois acusado os Legado del Fantasma por terem atacado os Creed Brothers.

– Grayson Waller venceu LA Knight (Last Man Standing Match): Finalmente voltando ao Wrestling, LA Knight nem deixou Grayson Waller fazer a sua entrada e o veterano dominou os primeiros minutos deste Last Man Standing Match, mas com alguma batota à mistura, o australiano virou o ímpeto a seu favor.

Com o passar dos minutos, os dois lutadores acabaram a lutar por todo o CWC, sendo que Sanga veio na ajuda de Grayson Waller, mas acabou algemado ao ringue.

Isso ajudou a que o carismático lutador virasse o combate a seu favor, tendo até feito o australiano atravessar uma mesa que estava fora do ringue, mas este manteve-se na luta. LA Knight não tirou o pé do acelerador e com uma cadeira foi destruindo tanto o seu rival, como o seu guarda-costas.

Só que com uma arma, Grayson Waller virou o ímpeto, tendo decidido arriscar tudo e subir à terceira corda e acertar uma Elbow Drop para a mesa de comentadores, que acabou por lhe dar a vitória, pois com a ajuda de Sanga conseguiu levantar-se, enquanto o seu rival não respondeu à contagem de 10.

No balneário, tivemos o NXT Champion Bron Breakker a explicar que sabe que é o menos experiente no combate principal de hoje, mas que sempre que olha para o título, ele faz questão de dar tudo e trabalhar no duro para prestar homenagem a todos os que foram campeões antes dele e que é por isso que ele dá tudo em todos os combates e é por isso que vai fazer questão de destruir os seus adversários rumo ao Stand & Deliver.

A seguir tivemos, Tony D’Angelo a comer num restaurante, com este a explicar que no NXT Stand & Deliver se vai tornar o novo Don do NXT.

Antes da segunda meia-final, vimos que a NXT Women’s Champion Mandy Rose estava no seu Toxic Lounge, a ser servida por Malik Blade & Edris Enofé.

– Io Shirai & Kay Lee Ray venceram Kayden Carter & Kacy Catanzaro (Semi-final do NXT Women’s Dusty Rhodes Tag Team Classic): As duas equipas mostraram bastante agilidade nos minutos iniciais deste embate, algo que beneficiou a equipa de Kayden Carter & Kacy Catanzaro.

Ainda assim acabou por ser a dupla de Io Shirai & Kay Lee Ray que teve um maior controlo, mas mais uma vez a maior velocidade das suas adversárias foi um problema. As quase vitórias foram começando a ser cada vez mais frequentes, sendo que Kacy Catanzaro até acertou uma Poison Rana absurda que quase lhe deu a vitória.

No final, a maior experiência de Kay Lee Ray fez com que esta acertasse o seu Gory Bomb, tendo feito o tag a Io Shirai que acertou o seu Moonsault e garantiram assim um lugar na final.

No Toxic Lounge, a NXT Women’s Champion Mandy Rose acabou por ser atacada por Cora Jade, mas teve sorte pois Malik Blade e Edris Enofé conseguiram separar as duas lutadoras.

No balneário, Persia Pirotta e Duke Hudson foram falar com Indi Hartwell e as duas amigas acabaram a discutir, tendo ficado marcado um combate entre elas. O segmento terminou com Persia Pirotta aos beijos com Duke Hudson.

Nos bastidores, Tiffany Stratton prometeu que vai partir a cara de Sarray na próxima semana.

– NXT Tag Team Champions Imperium (Fabian Aichner & Marcel Barthel) vs MSK (Nash Carter & Wes Lee) (No Contest): Os MSK tentaram usar a sua velocidade, mas a força dos NXT Tag Team Champions foi um problema e assim isolaram Nash Carter durante alguns minutos. Quando Wes Lee estava a virar o ímpeto a favor da sua equipa, os Creed Brothers apareceram e destruíram as duas equipas em ringue e deixaram uma mensagem enfática.

Joe Gacy & Harland interromperam o treino de Draco Anthony, mas Xyon Quinn não deixou que a situação escalasse.

A seguir tivemos um video package a promover a chegada de A-Kid ao NXT 2.0.

Nos bastidores, tivemos Ikemen Jiro a tentar animar Kushida sobre a chegada de A-Kid ao NXT 2.0, mas este não parecia muito interessado e afirmou ser melhor que o espanhol.

– Dolph Ziggler venceu NXT Champion Bron Breakker e Tommaso Ciampa: O main event começou de forma caótica como seria de esperar, sendo que Bron Breakker não demorou muito a colocar a sua força em jogo, mas já se sabe o quão complicado é controlar uma Triple Threat. O nível de agressividade nunca baixou e com isso as quase vitórias foram aparecendo.

Robert Roode salvou Dolph Ziggler de perder depois de Bron Breakker ter acertado o seu Military Press Powerslam, e o caos ficou instalado de tal forma que os três lutadores quase venceram, sendo que no final, Tommaso Ciampa parecia que ia ser o novo NXT Champion, mas por alguma razão o “Glorious” tirou Bron Breakker do ringue e isso abriu espaço para o “Show-Off” acertar um Superkick no “Psycho Killer” e temos assim novo NXT Champion.


O que achaste deste WWE NXT Roadblock?

11 Comentários

  1. O Dolph é campeão. WHAT?

  2. Bolieve that4 meses

    Wtf, dolph zigler campeao

  3. Oxe, Ziggler campeão? Do nada?

  4. P4 meses

    Assim sim a serem imprevisíveis grande Dolph, é bom para o NXT e vai por mais olhos lá e até vai dar mais valor para próximo campeão NXT, por mim era sempre um veterano do roster principal não tivesse a ter destaque fizesse isto para poder elevar próximas estrelas!

  5. PedrKo4 meses

    Por esta não estava á espera, Ziggler campeão.
    Sinceramente acho que mais resultados imprevisíveis com este fazem falta ao wrestling.

  6. Rui Jesus Messias4 meses

    Balor, ricochet, rk-bro, ziggler, alguém anda com boas vibes

  7. Facebook Profile photo
    Pedro4 meses

    Gostei do show em si o Zigler a mostrar o seu valor o Bron a melhorar de dia para dia quando tiver no Roster vai tem de ser bem aproveitado está ai um diamante em bruto e o Tomaso agora do main roster se ele for para lá que seja bem aproveitado

  8. ??4 meses

    Boa Dolph Ziggler, e o Bron saiu protegido.

  9. El Cuebro4 meses

    Baita main event e um final um tanto surpresa hein, até agora não estou acreditando, mas foi sem dúvidas uma das melhores lutas do Ziggler nesses últimos tempos, ele fez o pin no Ciampa que pode ter feito sua última luta no NXT e quem sabe na WWE, se o Bronson não levou o pin ele certamente vai ter uma revanche no Stand & Deliver e quem sabe assim vencendo e se consagrando como o grande líder do NXT 2.0 entre os homens de lá, aliás ele tem um spear destruidor hein! No mais foi um show de boas lutas, mas com muita coisa “errada” ainda, principalmente nos angles, aquela história do Jensen e do Briggs já está chata demais, aliás nem começou bem, quando meteram o Briggs numa dupla, a Tiffany Stratton é muito fraca como lutadora, eu não gosto nada das gimmicks do Gacy e do Parker também e até estão pensando em separar a Persia e a Indi e ainda usam storylines de casal/relacionamento, ah NXT 2.0 você ainda tem muito para melhorar!

  10. Anónimo4 meses

    Destaco o bom combate entre Grayson Waller vs LA Knight, e o ótimo main event entre o Dolph Ziggler e Bron Breakker.

  11. Gostei:
    – Jade & Gonzalez vs Kai & Choo. A principal história deste combate foi a lesão da Raquel após um ataque de Gigi Dolin e Jacy Jayne. O combate em si foi sólido, apreciei o selling que Raquel fez à sua perna.
    – Promo de Tommaso Ciampa. Uma ótima promo aqui. Mostrou emoção e fiquei a torcer por ele.
    – Vinheta com Carmelo Hayes e Trick Williams. Um ótimo trabalho a dar hype à futura Ladder Match pelo North American Championship.
    – Imperium negam ter atacado os Creeds, com os MSK a tomar o lugar deles. Hmm, será que foram os MSK a atacar e isto levará ao seu heel turn? Uma possibilidade interessante aqui…
    – LA Knight vs Grayson Waller. Um fantástico combate sempre a abrir que definiu bem a feud entre os 2. Houveram também vários spots que gostei, incluindo quando Knight está a espetar cadeiradas em Waller com um caixote na sua cabeça e o spot final para dar a vitória a Waller. Pontos bónus pela forma como Waller ganhou, usando Sanga como apoio.
    – Catanzaro & Carter vs Shirai & KLR. Um ótimo combate, melhor do que esperava. Houveram várias combinações interessantes ao longo do combate, nomeadamente entre a Kacy e Io.
    – Imperium vs MSK. O que estava a ser um combate divertido de se ver foi algo prejudicado pelo final, quando os Creeds atacaram ambas as equipas. No entanto, foi igualmente divertido ver os Creeds a destruir ambas as equipas.
    – Ziggler vs Ciampa vs Breakker. Um main event que cumpriu as expectativas, um fantástico combate. Boas false finishes, a interferência de Robert Roode era previsível mas ajudou a proteger o Breakker. E não acho uma má decisão o Ziggler ser o NXT Champion. Claro, vai ser um campeão transicional para o Breakker, mas vai ajudar ainda mais a brand do NXT 2.0.

    Não Gostei:
    – Tiffany Stratton vs Fallon Henley. O combate não foi nada por aí além. Ainda por cima terminou com uma distração.
    – Andre Chase a falar com os alunos da sua universidade. O segmento não foi assim muito diferente dos anteriores, mas tenho que admitir: aquele ”quantos dedos vês?” enquanto faz o dedo do meio ao gajo teve a sua piada.
    – Lashing Out com a convidada, Nikkita Lyons. Este segmento foi tão cringe.
    – Briggs & Jensen acham que foram os Legado del Fantasma que atacaram os Creeds. É a este ponto que já se começa a notar que estou a abominar a gimmick do Briggs & Jensen.
    – Segmento entre Hartwell & Pirotta e Duke Hudson. Que storyline mais desinteressante.
    – Gacy & Harland tentam recrutar Draco Anthony mas Xyon Quinn intervém. Nada de mais aqui.

    Overall: 7/10. Destaco o main event, Knight vs Waller e ambos os combates do Dusty Classic, especialmente o de Shirai & KLR. Pela negativa, só mesmo a storyline a rodear Hartwell e Pirotta bem como o segmento com Briggs & Jensen.