A WWE transmitiu esta quarta-feira, a partir do Capitol Wrestling Center, mais uma edição do NXT na USA Network, rumo ao TakeOver: Stand & Deliver de 7 e 8 de Abril e em concorrência com o AEW Dynamite.

Resultados

– NXT Women’s Champion Io Shirai venceu Toni Storm
– Pete Dunne venceu Jake Atlas
– Shotzi Blackheart & Ember Moon venceram NXT Women’s Tag Team Champions Dakota Kai & Raquel González
Xia Li vs Kayden Karter (No Contest)
– Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendoza) venceram Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson)
– NXT Champion Finn Bálor venceu Adam Cole

Report

O NXT abriu com William Regal no ringue, que começou por anunciar o NXT TakeOver: Stand & Deliver vai acontecer nos dias 7 e 8 de Abril.

Já para o segundo anúncio feito pelo General Manager do NXT, William Regal chamou Dakota Kai & Raquel González ao ringue e ofereceu-lhes os novos NXT Women’s Tag Team Championships.

As novas NXT Tag Team Champions começaram logo a insultar a restante divisão, mas Shotzi Blackheart e Ember Moon não quiseram ficar caladas e desafiaram as campeãs a defender os títulos contra elas.

– NXT Women’s Champion Io Shirai venceu Toni Storm: Io Shirai entrou melhor nesta sua defesa do NXT Women’s Championship, mas Toni Storm não quis deixar a sua oportunidade passar e dominou por completo e durante vários minutos a NXT Women’s Champion.

Sempre que a “Genius of the Sky” tentava recuperar algum ímpeto, Toni Storm mantinha o controlo e quase venceu o combate por várias vezes, mas no final Io Shirai conseguiu aplicar o Crossface e fez a australiana desistir.

A seguir tivemos o NXT Champion Finn Bálor a falar do seu combate contra Adam Cole e de como o irá vencer.

Numa entrevista a LA Knight, este estava a anunciar que ia estrear-se na próxima semana, mas foi interrompido por Bronson Reed, mas as coisas não escalaram mais porque os árbitros pararam o “Colossal”.

– Pete Dunne venceu Jake Atlas: Jake Atlas tentou usar a sua velocidade, mas Pete Dunne usou toda a sua agressividade e técnica para controlar o jovem lutador. Depois de alguns minutos, Jake Atlas ainda conseguiu alguma ofensiva, mas no final teve de desistir para uma submissão extremamente agressiva.

Assim que o combate acabou, Pete Dunne desafiou qualquer lutador que queira provar-lhe que ele não é o lutador mais técnico do mundo.

De seguida nos bastidores tivemos os Imperium a dizerem que querem Timothy Thatcher de volta ao grupo e que se este tiver de pedir a Tommaso Ciampa, até este pode-se juntar ao grupo, por respeito, mas que eles, os Imperium vão dominar o NXT.

Ainda nos bastidores tivemos Leon Ruff bastante irritado com Isaiah “Swerve” Scott e afirmou que o irá vencer na próxima semana.

– Shotzi Blackheart & Ember Moon venceram NXT Women’s Tag Team Champions Dakota Kai & Raquel González: Shotzi Blackheart e Ember Moon entraram melhor neste primeiro combate de sempre pelos NXT Women’s Tag Team Championships, mas as campeãs conseguiram isolar a lutadora da cabelo verde durante alguns minutos.

Quando a pouco ortodoxa lutadora conseguiu fazer o tag, Ember Moon virou o ímpeto do combate, o que nos levou a uns minutos finais bastante caóticos. As quatro lutadoras passaram bastante tempo em ringue e tivemos várias false finishes para as duas equipas.

Já com Raquel González e Ember Moon fora do ringue, Shotzi Blackheart surpreendeu tudo e todos com um pin rápido em Dakota Kai, e assim temos novas NXT Women’s Tag Team Champions.

Nos bastidores tivemos Adam Cole a prometer que neste NXT irá vencer o NXT Champion Finn Bálor e tornar-se novamente campeão.

Ainda nos bastidores, tivemos a divisão feminina a dar os parabéns às novas NXT Women’s Tag Team Champions, sendo que só Candice LeRae e Indi Hartwell não quiseram participar na festa. O segmento terminou com Austin Theory irritadíssimo com Dexter Lumis e que está preparado para o enfrentar.

– Xia Li vs Kayden Karter (No Contest): Xia Li dominou desde cedo e quando parecia que ia partir a perna de Kayden Karter tal como fez a Kacy Catanzaro, como a adversária estava nas cordas, a árbitra decidiu terminar o combate.

A “American Ninja Warrior” decidiu então que estava na hora de atacar Xia Li com a muleta e evitar que a sua amiga também saísse lesionada deste NXT. Boa ainda tentou parar o ataque, mas sem sucesso e assim Kayden Karter conseguiu sair do NXT com as duas pernas intactas.

De seguida tivemos imagens de Jordan Devlin num aeroporto e o irlandês anunciou que na próxima semana estará de volta ao NXT, onde irá recuperar o que já é seu, o NXT Cruiserweight Championship.

Logo a seguir tivemos um video package sobre Zoey Stark e de tudo o que esta tem feito desde que chegou ao NXT.

No backstage tivemos o NXT Cruiserweight Champion Santos Escobar a discutir com William Regal por causa de Jordan Devlin.

– Legado del Fantasma (Joaquin Wilde & Raul Mendoza) venceram Grizzled Young Veterans (James Drake & Zack Gibson): O combate entre o duo de Joaquin Wilde & Raul Mendoza e os Grizzled Young Veterans começou equilibrado, mas os MSK disfarçados de Breezango distraíram os ingleses de tal maneira, que lhes custou o combate.

Assim que o combate terminou, os MSK atacaram os Grizzled Young Veterans, enquanto os Breezango atacaram a equipa de Joaquin Wilde & Raul Mendoza.

Nos bastidores, Dakota Kai e Raquel González estavam a ser entrevistadas, mas a entrevista acabou de forma inesperada quando a NXT Women’s Champion Io Shirai confrontou Raquel González e disse que a quer enfrentar.

A seguir íamos ter uma entrevista a Timothy Thatcher, mas Tommaso Ciampa fez logo questão de dizer que não está interessado e que já sabe que se não estás com ele, estás contra eles. Então, na próxima semana pediu um combate entre si e Timothy Thatcher contra os Imperium.

– NXT Champion Finn Bálor venceu Adam Cole: O main event deste NXT abriu de forma técnica, mas agressiva, com os dois lutadores a tentarem levar a melhor. Finn Bálor acabou por ter algum domínio, mas Adam Cole virou o ímpeto a seu favor e dominou durante vários minutos.

Ainda assim, já se sabe que o “Príncipe” nunca se deixa ficar e foi sempre sobrevivendo a tudo o que Adam Cole lhe fazia. Finn Bálor conseguiu então equilibrar, mas Adam Cole queria mostrar-se num patamar acima, mas a verdade é que Finn Bálor continuava em combate mesmo depois de várias submissões, do Last Shot e até do Panama Sunrise.

Quando Adam Cole estava fora do ringue, este viu um fantasma, pois Kyle O’Reilly apareceu e distraiu o ex-líder dos Undisputed ERA. Isto deu espaço para que Finn Bálor virasse o combate do avesso, tendo acertado o 1916 fora do ringue e depois já dentro deste voou e acertou o Coup de Grace e reteve o NXT Championship.

Assim que o combate terminou, Kyle O’Reilly entrou em ringue e destruiu Adam Cole que tentou fugir, mas que se não fossem vários árbitros ia sofrer um Brainbuster nas escadas.

Porém, o episódio do NXT só terminou quando tivemos um confronto cara a cara entre o NXT Champion Finn Bálor e Karrion Kross.


O que achaste do WWE NXT desta semana?

22 Comentários

  1. Zoro sola1 mês

    Se forçarem a shirai mais um poquinho ela caga

  2. Muito bacana, agora os WWE Women’s Tag team Championship ficam para Raw e SmackDown e os NXT Women’s Tag team Championship ficam para o NXT e o NXT UK. Outra vantagem se deve ao fato de desenvolver as duplas no NXT, pois no Main Roster são formadas aleatoriamente.

  3. Zoro sola1 mês

    Aeeee finalmente kross indo em busca daquilo que nunca perdeu,tick tock finn, a ampulheta esta zerada seu momento acabou finn

  4. pedro1 mês

    io shirai vc é linda demais

  5. BOSS1 mês

    Que tragédia, esses títulos de duplas femininas já nasceram mortos!! Dakota e Raquel trabalharam tanto nos últimos meses pra receberem um reinado de 1 dia? Patético!!!

    • Ethan Parker1 mês

      Raquel é a única relevante pra tirar o título da Io

    • Facebook Profile photo

      É, a Dakota e Raquel só perderam para a Raquel defrontar a Io no TakeOver. E como a Shotzi e a Ember estão como campeãs não duvido que seja a Candice e Indi vs Shotzi e Ember pelos titulos.

    • É o 50/50 booking da WWE a funcionar. Uma equipa ganha o torneio, a outra fica com os títulos… Felizmente a Raquel vai atrás da Io Shirai, ou ao contrário.

    • 1 dia???? Eu diria uns minutos, mas é wwe que se ade fazer

  6. Victor WWE1 mês

    Caraca será que teremos Kross vs Balor no TakeOver ou na WrestleMania? Seja onde for, o tick tock irá recuperar aquilo que lhe pertence ☠

  7. Ren1 mês

    Muito bom ver a Kacy se vingando da Xia pra mim isso ja valeu o sjow inteiro
    #letsgokacy

  8. Zickelous1 mês

    Mano, os títulos de duplas do MR já são uma merda e ainda criam um pro NXT que já desceu morto? Ideia horrível, deveria ser um título de midcard feminino, seria MUITO mais credível

    • Facebook Profile photo

      Mal deste uma chance aos titulos, só pq a Dakota e Raquel perderam em menos de 1 dia para a esta ultima receber um “push” não significa que tenha matado o titulo. Eu também acho que seja desnecessária a criação destes, mas não é caso pra tanto.

  9. El Cuebro1 mês

    Um grande episódio do NXT, novos títulos, com uma injustiça acontecendo para Dakota e Raquel, a volta do Kyle O’Reilly destruindo o Adam Cole, teremos Bálor vs Kross sim no futuro, Imperium voltando e querendo quem sabe a Ringkampf de volta com o Thatcher, gostei muito do que vi, uma pena o que não estão fazendo com o Atlas e com os Veterans!

  10. Balhote1 mês

    Mais um grande NXT com grandes combates e desenvolvimento de storylines. Gostei bastante de todos os title matches, apesar de reconhecer que a mudança de títulos de tag femininos foi um bocado estranha e desnecessária. Estou também curioso para o desenrolar da feud Ciampa e thatcher/Imperium e para o regresso do Jordan ao NXT. O que gostei mais do show foi o final ( aquele ” What took you so long” foi genial) acho que foi fantástico e deixou já “água na boca” para dois grandes combates: Cole vs Kyle e Finn vs Kross que devem acontecer no próximo Takeover.

  11. Bom episódio! Não curti do reinado muito curto de Dakota Kai e Raquel González, mas ao mesmo tempo acabo por ficar feliz por Ember Moon e Shotzi Blackheart.
    Porém, Io Shirai vs Toni Storm foi um combate bem conseguido (é pena que não tenham tido ainda mais tempo como num TakeOver) e tudo no main event foi excelente.

  12. Anónimo1 mês

    Foi mais um bom NXT. Destaco os combates pelos títulos principais, foram bons.

  13. Foi um otimo episodio do NXT.
    Destaques:
    -Otimo combate entre a Toni Storm e a Io Shirai,tem uma quimica excelente entre elas e deram mais uma grande performance.
    -Main event excelente entre o Balor e o Cole,o storytelling foi muito bom e lançou dois potencias matches para o Takeover.

    Notas finais para a ma decisao a envolver os novos titulos e ao bom combate entre o Atlas e o Dunne,bem como dos segmentos a envolver os The Way e o LA Knight

  14. Bom NXT.
    Destaco:
    – bons combates pelos títulos principais, com os corretos vencedores, a meu ver
    – destacar também o que envolveu os novos títulos de tags, mas pela negativa