WWE NXT (11/07/2023): Domínio dos Judgment Day

O NXT abriu com os Judgment Day em ringue, com o grupo a ser bastante bem recebido à exceção de Dominik Mysterio.

O quarteto foi rapidamente interrompido pelo NXT Champion Carmelo Hayes & Trick Williams que falaram logo dos problemas que os Judgment Day estão a ter, sendo que também elogiaram bastante Finn Bálor e tudo o que ele fez no NXT, mas neste momento esta é a arena de Carmelo Hayes.

Damian Priest mostrou respeito pelos comentários do “A-Champion” ao mesmo tempo que explicou que ele também nunca falha o alvo e depois de mais uma troca de palavras, ficou marcado um combate de equipas.

McKenzie Mitchell falou com Tony D’Angelo que ainda está na prisão e este mostrou-se confiante em “Stacks” apesar de tudo.

A seguir, tivemos um video package de Gigi Dolin que falou do seu lado negro e que ela abraça quem realmente é ao contrário de Kiana James.

Chase U (Andre Chase & Duke Hudson) venceram Drew Gulak & Charlie Dempsey

Os quatro lutadores envolveram-se numa brawl ainda antes do combate começar de forma oficial e foi a dupla da Chase U que levou a melhor nos minutos iniciais deste opener.

Drew Gulak & Charlie Dempsey conseguiram virar o ímpeto a seu favor, graças à sua técnica e agressividade, mas Andre Chase & Duke Hudson nunca se deram por vencidos e com o passar dos minutos ambas as equipas tiveram hipóteses para vencer.

No final, Thea Hail atacou Drew Gulak sem o árbitro ver, o que abriu espaço para Duke Hudson acertar o seu Flatliner em Charlie Dempsey e assim dar a vitória à Chase U.

Nos bastidores, Bron Breakker falou sobre Ilja Dragunov e elogiou o talento do lutador europeu, mas afirmou que hoje ele irá sofrer às suas mãos.

A seguir, tivemos Von Wagner a falar com Robert Stone e a dizer que na semana passada exagerou com Javier Bernal, mas que apesar de tudo o que sofreu com a sua doença, na semana passada foi a primeira vez que se sentiu bem consigo próprio.

Cora Jade venceu Kelani Jordan

Kelani Jordan usou a sua velocidade para entrar melhor, mas Cora Jade rapidamente virou o ímpeto a seu favor. A ex-campeã de equipas dominou durante algum tempo, mas Kelani Jordan voltou a colocar alguma velocidade em jogo e equilibrou o combate.

No final, Cora Jade mostrou ainda antes um patamar acima e com um DDT conquistou a vitória.

Após o combate terminar, Cora Jade pegou no kendo stick e atacou Kelani Jordan até que Dana Brooke veio em auxílio da jovem.

Nos bastidores, Ilja Dragunov prometeu que iria vencer Bron Breakker e a segurar o seu lugar no combate pelo NXT Championship no Great American Bash.

Depois de revermos imagens do NXT Underground Match entre Eddy Thorpe e Damon Kemp, vimos Gable Steveson a explicar que tem muito que pensar sobre o seu futuro no NXT. Dijak viu este vídeo e acabou a discutir com alguns alunos do NXT que acham que Eddy Thorpe é o lutador mais duro do NXT.

Ilja Dragunov venceu Bron Breakker (NXT Championship Nº1 Contender’s Match)

Os dois lutadores entraram de forma bastante agressiva e foi Ilja Dragunov que foi levando a melhor, até que fora do ringue, Bron Breakker virou o ímpeto a seu favor.

O ex-NXT Champion dominou durante alguns minutos, mas como é normal, Ilja Dragunov nunca se deu por vencido e de forma agressiva equilibrou as contas desta “guerra”.

Com o passar dos minutos, ambos foram ficando cada vez mais perto da vitória, sendo que ambos foram usando as suas armas mais fortes, mas sem sucesso.

No final, Ilja Dragunov contra-atacou um Spear com uma grande joelhada, tendo vencido depois de acertar uma cotovelada na nuca.

Nos bastidores, o NXT North American Champion Wes Lee foi entrevistado e mostrou-se ansioso para o combate contra Mustafa Ali. A entrevista foi interrompida pela Women’s World Champion Rhea Ripley e Dominik Mysterio, que aceitaram o desafio aberto do campeão. Wes Lee explicou que já não fazia um desses há bastante tempo e “Dirty Dom” afirmou que o combate acontecerá na próxima semana.

A vignette seguinte foi de Baron Corbin que explicou que queimou o seu passado e agora irá descobrir quem é no futuro.

NXT Women’s Champion Tiffany Stratton venceu Ivy Nile (Non-Title Match)

Ivy Nile entrou melhor neste combate e foi dominando até que Tiffany Stratton fez batota. O domínio da campeã ainda assim foi curto, tendo Ivy Nile voltado a equilibrar este embate, e até quase venceu com o seu Dragon Sleeper.

No final, Tiffany Stratton deixou a sua adversária por terra e venceu com o Prettiest Moonsault Ever.

Após o combate, a NXT Women’s Champion tentou fazer uma promo, mas acabou a fazer birra por os fãs gritarem que ela desistiu. Nos bastidores, Andre Chase afirmou que Thea Hail poderá fazer a campeã desistir mais uma vez.

Nos bastidores, Noam Dar cancelou o Supernova Sessions por estar deprimido.

McKenzie Mitchell entrevistou Blair Davenport que explicou que se Roxanne Perez lhe tentar fazer frente, irá lesioná-la, tal como já fez às outras lutadoras do NXT.

Channing “Stacks” Lorenzo venceu Joe Coffey

Num combate em que a liberdade de Tony D’Angelo estava em jogo, Joe Coffey foi dominando a seu bel-prazer, mas “Stacks” nunca se deu por vencido e foi dando luta ao elemento dos Gallus.

Quando Wolfgang e Mark Coffey interferiram, Bronco Nima e Lucien Price atacaram-nos, o que abriu espaço para que “Stacks” dentro do ringue equilibrasse as contas.

No final, os Gallus tentaram fazer batota novamente, mas “Stacks” acertou com um pé-de-cabra em Joe Coffey, tendo em seguida acertado uma joelhada que lhe deu a vitória.

Nos bastidores, os Schism foram gozar com Ivy Nile por causa da derrota dos Creed Brothers, com Ava a dizer que no grupo há sempre lugar para mais um.

McKenzie Mitchell entrevistou Yulisa Leon & Valentina Feroz que falaram sobre o cancelamento da Supernova Sessions, mas acabaram por ser interrompidas por Humberto & Angel, até que Nathan Frazer & Dragon Lee fizeram os dois lutadores bater em retirada.

Judgment Day (Finn Bálor & Damian Priest) venceram NXT Champion Carmelo Hayes & Trick Williams

O main event começou num ritmo algo lento, com os Judgment Day a tentarem levar a melhor, mas Carmelo Hayes mostrou porque é o NXT Champion, antes de ser isolado pelos seus adversários.

Finn Bálor & Damian Priest dominaram durante alguns minutos, mas o “A-Champion” foi aguentando até que teve espaço para fazer o tag a Trick Williams que virou o combate do avesso.

Com o passar dos minutos, o caos foi aumentando com os quatro lutadores cada vez mais perto de darem a vitória à sua equipa, com várias false finishes.

No final, Dominik Mysterio tentou interferir, mas Ilja Dragunov tentou equilibrar as contas, mas acabou por ser atacado de forma involuntária por Carmelo Hayes, o que abriu espaço para Damian Priest acertar o South of Heaven e Finn Bálor fechar o combate com o Coup De Grace.

O episódio terminou com os Judgment Day imponentes e uma discussão entre o NXT Champion Carmelo Hayes e Ilja Dragunov.


O que achaste deste WWE NXT?

4 Comentários

  1. April olsen8 meses

    Chase U venceu Dempsey e Gulak? Wwe e suas cagadas.

    • Como a Thea vai lutar pelo título femino é certamente para dar mais visibilidade aos Chase U.

    • A maior cagada aqui é esse teu comentário kkkkkk
      Provavelmente nem assiste nxt, nem sabe a storyline, só olhou os nomes e defecou pelos dedos

  2. Anónimo8 meses

    Destaco o segmento dos Judgment Day com o Carmelo e Williams, e o ótimo main event.