A WWE transmitiu esta terça-feira mais uma edição do NXT 2.0 na USA Network, a partir do Capitol Wrestling Center em Orlando, Flórida, rumo ao Great American Bash de 5 de Julho.

Resultados

– NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Malik Blade & Edris Enofé
– Fallon Henley venceu Tiffany Stratton
– Wes Lee venceu Xyon Quinn
– The Dyad venceram Javier Bernal & Dante Chen
– NXT Champion Bron Breakker venceu Duke Hudson
– Giovanni Vinci venceu Guru Raaj
– NXT North American Champion Carmelo Hayes & Trick Williams venceram Channing “Stacks” Lorenzo e Troy “Two Dimes” Donovan
– Roxanne Perez, Cora Jade & Indi Hartwell venceram Toxic Attraction (NXT Women’s Champion Mandy Rose e NXT Women’s Tag Team Champions Gigi Dolin & Jacy Jayne)

Report

– NXT Tag Team Champions Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) venceram Malik Blade & Edris Enofé: A força dos Creed Brothers foi um problema para os seus adversários desde o primeiro segundo e assim os campeões dominaram durante vários minutos.

Malik Blade & Edris Enofé foram aguentando a ofensiva dos campeões e até tiveram algumas hipóteses, mas no final, Julius Creed com sua Lariat conquistou a vitória.

Nos bastidores, Cora Jade, Roxanne Perez e Indi Hartwell estavam a conversar, com a australiana a dar conselhos às suas jovens parceiras de equipa.

A seguir vimos um video package de Apollo Crews que estava num restaurante e onde falou da sua vontade em construir um legado no NXT e atacou uma pessoa.

– Fallon Henley venceu Tiffany Stratton: Fallon Henley entrou de forma agressiva, mas Tiffany Stratton virou o ímpeto a seu favor e dominou durante alguns minutos. No entanto, com o passar do tempo, o combate foi começando a ficar cada vez mais equilibrado e as duas lutadoras foram tendo várias hipóteses para vencer, mas no fim, Wendy Choo apareceu e disparou uma pistola de confettis à cara de Tiffany Stratton, o que abriu espaço para Fallon Henley com um Small Package sair vitoriosa deste embate.

Nos bastidores o NXT Champion Bron Breakker foi falar com Cameron Grimes para o consolar depois de ter perdido o NXT North American Championship, mas este não gostou da conversa. Os dois foram interrompidos por Duke Hudson que desafiou o campeão para um combate, tendo este aceite meter o título em jogo.

De seguida tivemos um video package a relembrar o ataque de Lash Legend a Alba Fyre, com esta a vangloriar-se de todo o sucesso que teve fora da WWE.

– Wes Lee venceu Xyon Quinn: Wes Lee tentou usar a sua velocidade, mas Xyon Quinn usou a sua força para tentar vingar-se da derrota contra o ex-campeão de equipas. O domínio durou alguns minutos, mas Wes Lee conseguiu ter algum ímpeto e conquistou a vitória depois de um Corkscrew Splash.

A seguir tivemos um video package de Nathan Frazer a dizer que poderia ter chegado à Premier League enquanto jogador de futebol, mas preferiu o Wrestling.

– The Dyad venceram Javier Bernal & Dante Chen: Os druidas de Joe Gacy dominaram desde o primeiro segundo e praticamente não deram hipóteses aos seus adversários, tendo os misteriosos lutadores vencido depois de um golpe de equipa.

Assim que o combate terminou, Joe Gacy afirmou que foi o público que fez os Dyad sentirem-se inferiores e que ele só irá parar quando o NXT 2.0 foram um lugar de aceitação.

Nos bastidores, Sanga estava a conversar com Yulisa Leon & Valentina Feroz, tendo Xyon Quinn confrontado o lutador indiano, antes de sair de cena.

De seguida, tivemos um video package a promover o regresso em breve de Nikkita Lyons.

De regresso ao ringue tivemos a D’Angelo Family acompanhada pelos Legado Del Fantasma, com o “Don do NXT” a oficializar a promoção de Channing “Stacks” Lorenzo e Troy “Two Dimes” Donovan de associados a soldados da família.

Tony D’Angelo aproveitou para desafiar o NXT North American Champion Carmelo Hayes para um combate, tendo “Stacks” e “Two Dimes” aproveitado e desafiado o “A-Champion” e Trick Williams para um combate de equipas.

No Toxic Lounge, as Toxic Attraction foram entrevistadas e estas afirmaram que estão decididas a fazer deste grupo, o mais dominante da história do NXT.

– NXT Champion Bron Breakker venceu Duke Hudson: O campeão não deu hipótese ao australiano e não demorou muito a acertar o seu Military Press Powerslam para conquistar a vitória.

Assim que o combate terminou, Cameron Grimes veio ao ringue e afirmou que Bron Breakker só tem o título por causa da sua família e que no Great American Bash, ele quer um combate pelo NXT Championship, tendo este desafio sido aceite pelo campeão.

Nos bastidores, Ivy Nile estava a conversar com Tatum Paxley, mas foram interrompidas por Roderick Strong que por usa vez foi interrompido pelos NXT Tag Team Champions The Creed Brothers, que anunciaram que na próxima semana, eles irão enfrentar o “Messiah of the Backbreaker” e Damon Kemp.

– Giovanni Vinci venceu Guru Raaj: Giovanni Vinci entrou de forma dominante nesta sua estreia e mesmo com Guru Raaj a ter conseguido ter alguma ofensiva, o italiano usou a sua força e com uma grande Powerbomb conquistou a vitória.

Nos bastidores, Solo Sikoa estava a ser entrevistado por McKenzie Mitchell, mas este foi interrompido por Grayson Waller, e o samoano desafiou o australiano para um combate no próximo NXT.

Continuando no backstage, Cameron Grimes foi dar na cabeça a Edris Enofé e Malik Balde por estes estarem a sair mais cedo da arena para irem para uma discoteca e que se eles se mantiverem focados poderão ser estrelas.

– NXT North American Champion Carmelo Hayes & Trick Williams venceram Channing “Stacks” Lorenzo e Troy “Two Dimes” Donovan: O combate começou com os associados de Tony D’Angelo a tentarem ter alguma ofensiva, mas a equipa de Carmelo Hayes & Trick Williams conseguiu dominar durante vários minutos.

Com o passar do tempo, o equilíbrio foi ficando cada vez mais notório e Cruz Del Toro tentou interferir, mas sem sucesso, o que abriu espaço para que o “A-Champion” acertasse a sua Leg Drop da terceira corda para conquistar a vitória.

Nos bastidores, Tony D’Angelo e Santos Escobar começaram a discutir, com o “Don do NXT” a prometer que ia conquistar o NXT North American Championship na próxima semana.

– Roxanne Perez, Cora Jade & Indi Hartwell venceram Toxic Attraction (NXT Women’s Champion Mandy Rose e NXT Women’s Tag Team Champions Gigi Dolin & Jacy Jayne): O trio de Roxanne Perez, Cora Jade & Indi Hartwell entrou melhor neste main event e foram controlando as Toxic Attraction, porém o trio de campeãs conseguiu isolar a vencedora do NXT Women’s Breakout Tournament e assim dominaram durante vários minutos.

No entanto, a jovem lutadora conseguiu fazer o tag a Indi Hartwell e esta usou a sua força para virar o ímpeto a favor da sua equipa, isto até colocar Cora Jade em ringue que acabou também ela por ser dominada durante vários minutos pelo trio liderado por Mandy Rose.

Quando Roxanne Perez voltou a entrar em ringue, este ficou virado do avesso e depois de algum caos, Cora Jade acertou o seu Senton da terceira corda e a sua amiga fez o pin vencedor.


O que achaste deste WWE NXT?

6 Comentários

  1. Gostei:
    – Toxic Attraction vs Jade, Hartwell & Perez. Este combate foi editado no final, por causa de uma possível lesão com a Gigi Dolin, mas isso não prejudicou nada e acabou por ser um bom main event. Também beneficia Roxanne Perez, que cada vez mais parece uma futura campeã no NXT.

    Não Gostei:
    – Enofe & Blade vs The Creed Brothers (c). Gosto imenso dos Creeds, mas não Blade & Enofe não são a melhor escolha para uma primeira defesa de título. Houveram alguns spots que não correram bem e a química não estava lá. Foi um combate algo medíocre.
    – Fallon Henley vs Tiffany Stratton. Vou dar crédito à Tiffany: ela está a melhorar imenso. O combate só tinha como objetivo avançar a feud entre a Tiffany e a Wendy Choo e cumpriu. O combate em si foi curto, nada demais.
    – Wes Lee vs Xyon Quinn. Este combate podia ter sido bem melhor se tivesse tido tempo…
    – The Dyad vs Chen & Bernal. Chen e Bernal conseguiram alguns ataques, mas acabou como esperado: domínio dos Dyad. Nada demais por aqui.
    – Segmento entre o grupo de Tony D’Angelo e os Legado del Fantasma. Mais um segmento com pouco de substância.
    – Duke Hudson vs Bron Breakker (c). Maior squash que isto era impossível. A promo de Cameron Grimes depois foi boa, mas não compensou.
    – Giovanni Vinci vs Guru Raaj. Squash para Vinci. Teve uma boa exibição, mas não sei exatamente o que esperar desta personagem e não sei se é o melhor rumo.
    – Hayes & Williams vs Channing & Lorenzo. Combate curto, a terminar com uma previsível falta de comunicação nos heels.

    Overall: 5/10. Foi um episódio bem estranho. Nada de memorável, todos os combates foram curtos (tirando o opener e o main event) e foi, talvez, o pior episódio do NXT este ano.

  2. Master Gacy do lado dos Jawas 🤣🤣🤣🤣 valha me deus

  3. Hhh2 semanas

    Troy donovan n tinha sido despedido

  4. Anónimo2 semanas

    Destaco o combate entre o Wes Lee vs Xyon Quinn e o main event.

  5. El Cuebro2 semanas

    Sobre o NXT algumas dúvidas, por exemplo sobre as imagens geradas, pareciam meio embaçadas, o mesmo para o Raw e SD, estranho, e também temos o Apollo que aparentemente ainda pode ser um heel. Os capangas do Tony lembram muito os Metro Brothers e parece que a WWE pode transformar o Fabian num novo Cesaro hein, no mais os capangas do Gacy vão lutar daquele jeito, porque aquele tanto de mistério estraga um pouco a movimentação!